História Tudo Pode Mudar - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cara Delevingne, Dianna Agron, Fifth Harmony, Kendall Jenner, Khloé Kardashian, Kylie Jenner, Lea Michele
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Cara Delevingne, Dinah Jane Hansen, Kendall Jenner, Khloé Kardashian, Kylie Jenner, Lauren Jauregui, Normani Hamilton
Tags Achele, Camren, Lamee, Lually, Luca, Lukh, Norminah
Visualizações 98
Palavras 5.182
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Luta, Musical (Songfic), Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hei people, me desculpem está demorando. Eu estou em época de prova e não estou tendo tempo!

Músicas
Cheguei - Ludmilla
Se depender de mim - Bruno e Caio César

Capítulo 55 - Barcelona - Part One


Fanfic / Fanfiction Tudo Pode Mudar - Capítulo 55 - Barcelona - Part One

POV. LUA

Acordei na cama sozinha, eu olhei pra frente e vi Khloé estava sentada na poltrona dele mexendo no meu notebook toda concentrada, me levantei e fui ate o banheiro escovar os dentes. Acabei de fazer minha higiene e fui sentar na minha poltrona, olhei pro céu e o sol ainda estava bastante forte.

- Eu dormir quanto tempo? Você dormiu alguma coisa? – Perguntei olhando pra loira ao meu lado, ela suspirou e negou.

- A Senhora que alguma coisa? - Lara me perguntou, eu concordei e pedi um suco. Lara se retirou rápido e logo voltou com o meu pedido, Khloé me olhou no fundo dos meus olhos e foi ali que eu vi que ela estava se segurando pra não chorar. – Nós já vamos chegar, só falta 20min pra chegarmos em Barcelona.

- O que houve? – Perguntei preocupada me levantando do meu lugar e fui até ela, sem me importa com o que Lara tinha me falado. – Khloé me conta o que aconteceu!

- O advogado de Kim me mandou um e-mail falando que minha irmãs desejam comprar a minha parte, ou seja, era tudo verdade o que o Scott tinha me falado. – Khloé me contou chorando, peguei ela no colo e me sentei no lugar dela com ela. Acariciei suas costa e pedi pra ela se acalmar, eu dava beijos em seus rosto e dizia que eu estava ali pra ela. – Eu defendo tanto elas quando falam mal delas e eu sou apunhalada assim pelas costas, eu estou quebrada.

- Calma, meu amor! Tudo vai ficar bem, você vai ver. – Falei sincera, Koko foi se acalmando e se agarrou mais a mim. – Agora você vai vender a sua parte pra elas e vai montar a sua própria linha, por que você não liga pra pessoa que você aí ligar e começa a colocar em prática seus projetos?!

- Eu vou fazer isso, eu mandei uma resposta e falei eu vendia a minha parte por U$50.000, 00 de dólares. – Koko respondeu mostrando a resposta que ela tinha mandado pro advogado das irmãs, eu li todas as exigências dela. – Eu pedi pra que ele preparasse os papéis e que fosse sozinho ao meu encontro, eu não quero ver as minhas irmãs tão cedo e que é pra ele avisar que eu estou fora do programa.

- Tem certeza disso Koko? – Perguntei olhando em seus olhos e ela concordou, me deu um beijo de leve em meus lábios. – Então deixa eu ir sentar no meu lugar que a Lara já me deu o sinal de que vamos pousar!

- Só mais um beijo! – Khloé pediu toda manhosa, dei um rápido beijo nela e carreguei novamente ela antes de colocar sentada no seu lugar, me sentei na minha poltrona e prendi me sinto de segurança. – Quando pousamos você liga pro Ney e eu ligo pra pessoa que pode me ajudar no meu projeto, tudo bem? E eu que um beijo de verdade!

- Sem problemas, nos já estamos aterrissando mesmo. Vou matar a sua conta de e a minha. – Respondi enquanto o avião descia e pousou na pista, esperamos ele parar em uma área segura e desprendemos nossos sonhos. – Vamos! Gente obrigado mais uma vez, eu vejo você depois de amanhã.

Desci do Jato com Khloé e peguei nossas malas que eram tiradas por um rapaz que trabalha no aeroporto, eu trazia nossas mala e ela nossos mochilas. Saímos por uma porta na lateral da sala de desembarque e fomos pra área de espera, peguei meu celular e tratei logo de ligar pro Neymar.

~Call Nj. On~

“Gato, nós acabamos de chegar em Barcelona! Vem nos buscar.”

“Sério isso? Eu tô no treino agora, mas eu vou pedir pra Can ir buscar você com a Rafa e o Davi.” – Nj.

“Beleza! Estamos esperando na praça de alimentação, eu estou faminta.”

“Te vejo em casa, fica a vontade. Minha familia e amigos já tudo sabem que vocês estão indo pra lá, beijos.” – NJ.

“Beleza, beijos.”

~Call Nj. Off~

- Eu liguei pra Nj, ele disse que a irmã e a Can estão vindo buscar a gente. – Falei pra Khloé depois que ela desligou o celular, vi que esse começou tocar logo depois, mas foi ignorado pela loira quando viu o nome da Kourt na tela. – Vamos esperar na praça de alimentação, eu estou com fome.

- Vamos, eu também estou com fome. – Khloé respondeu, peguei a mão dela e entrelacei nossos dedos, com a outra mão eu lava o carrinho com as nossas malas que o segurança tinha colocado. – Temos companhia!

- Eu percebi, mas não liga! – Falei ignorando os paparazzi que tiravam fotos nossas de longe, aproveitei que agente tinha parado e tirei a mochila da costas dela pra colocar na sexta do carrinho. – Você está linda com essa roupa!

Khloé estava vestindo um calça jeans preta, uma botinha cano curto marrom, uma blusa blusa branca e uma camisa xadrez quadriculoda, com um óculos escuros. Já eu estava com uma calça jeans azul, uma bota Preta cano curto, uma blusa listrada com uma jaqueta de couro Preta por cima e assim como Khloé eu estava de óculos, mas com ele descansando na minha cabeça.

Tanto eu como ela usávamos fone de ouvido com um lado em nossa orelhas, andamos até a Mcdonalds que tinha ali e nos sentamos em uma mesa. Khloé puxou a cadeira mais pra perto de mim, passei meus braços por cima dos ombros dela e dei um beijo em seus cabelos. Até sentadas a nossa diferença de tamanha era um pouco grande, eu olhei o cardápio e vi o que poderíamos comer.

- Eu quero um Double Cheese médio e você? – Khloé me perguntou, ela estava olhando pro cardápio. Puxei ela pra um beijo, era só um roçar de lábios até Khloé pedir passagem para língua, entre abrir e dei liberdade pra sua língua entrar. Chupei sua língua com gosto e isso fez ela gemer, ficamos bons minutos nessa disputa até que o ar foi necessário. Terminei o beijo mordendo seus lábio e os puxando, pra em seguida chupar e acabei recebendo um arranhão na nuca e nas costa, eu nem tinha percebido que a mão de Khloé estava dentro da minha blusa.

- Vou querer o mesmo que você, só que no caso eu vou quere o tamanha grande. – Respondi me levantando como nada tivesse acontecido e ir fazer nossos pedidos, paguei e esperei eles ficarem prontos. Levei tudo em uma bandeja e me sentei na minha cadeira, nos comíamos entre conversas e brincadeira, mas as vezes rolava alguns selinhos.

- Oi meninas, desculpe a demora o trânsito não está um pouco bom na vinda pra cá. – Carol pediu se fazendo presente em nossa frente com a irmã de Neymar e o filho, esse já estava no colo de Khloé. – Mais é muito abusado mesmo.

- Oi príncipe. – Khloé falou dando um beijo na bochechas do loirinho em seu colo, ela olhou pra mãe do menino em nossa frente. – Que isso Carol, sem problemas. Nós entendemos, isso é completamente normal.

- Relaxa, Can. – Falei dando um sorriso pra loira e pra morena, me levantei com Khloé peguei o celular dela de cima da mesa e guardei no meu bolso. – Vamos!

- Vamos, os meus pais estão ansiosos pra conhecer vocês. Assim como eu, a propósito sou Rafaella, irmã do Juninho. – A morena se apresenta estendendo as mãos pra mim e pra Khloé, eu apertei e a puxei pra um abraço. – vamos, ei abusado tu vai no colo dela mesmo?

- Sim, Tia Koko é muito legal e ela é mãe do Romeo e do Brook. – Davi respondeu e abraçou Khloé apertado pelo pescoço, ela riu e deu um beijo na bochecha do loirinho. – Tia Koko por que eles não vieram?

- Eles tinha aula meu amor e nós estávamos em uma viagem de negócios, estamos a praticamente uma semana fora de casa. – Khloé respondeu andando com o menino pra fora do aeroporto, nos fomos em direção ao estacionamento. – Na próxima eu trago eles, pra vocês brincarem.

- Obaaaaa.. trás mesmo tia Koko! – Davi falou batendo as mãos animado, nos chegamos no carro. Eu abrir a porta pra Khloé entrar e Carol abriu o parta malas, coloquei todas as nossas coisas e deixei o carrinho em um lugar ali perto que deixava eles. – Tia Lua, nos vamos jogar bola na casa do papai né? Tem um quadra grandona lá!

- Claro, lindo. – Respondi e fiz casquinhas na barriga dele, isso fez ele soltar uma gargalhada alto e as meninas rirem com ele. – coloca uma música pra tocar Rafa!

- Vou logo avisando que é o meu pendrive que está aqui, ou seja, só tem funk e sertanejo. – Rafa avisou ligando o som, ele conectou o pendrive e começou a tocar uma música.

Que eu cheguei (cheguei)

Cheguei chegando

Bagunçando a zorra toda

E que se dane

Eu quero mais é que se exploda

Porque ninguém vai estragar meu dia

Avisa lá, pode falar

Que eu cheguei com tudo

Cheguei quebrando tudo

Pode me olhar, apaga a luz e aumenta o som

A recalcada pira

Falsiane conspira

Pra despertar inveja alheia eu tenho dom

Se não gosta, senta e chora

Hoje eu tô afim de incomodar

Se não gosta, senta e chora

Mas saí de casa pra causar.

- Dança Davi, dança pra Tia Khloé e a Tia Lua vê. – Rafa pediu ao loirinho sentado na cadeirinha ao lado e Khloé, ele dançou todo desajeitado. – Nós estamos chegando meninas, quando você chegarem não liguem por a casa tá cheia.

- Se vocês quiserem, vocês podem ficar lá em casa comigo e com o Davi. – Carol falou nos olhando de relance, ela estava prestando atenção no trânsito. – Chegamos!

Nós estávamos parada em frente a uma casa grande e bonita, descemos do carro e eu fui pegar as malas de trás do carro. Carreguei elas pra fora da garagem seguindo as meninas, elas foram nós guiando. Entramos na casa e demos de cara com um senhora de cabelo longos, ela descia a escada.

- Mãe, essas são as amigas que o Neymar falou que convidou. – Rafa falou em português apontando pra Khloé e eu, a loira ao meu lado não estava entendendo nada. – Essa é Khloé e a do lado dela é a Lua, a loirinha não entende português.

- É um prazer conhecer vocês, meninas. Sou a mãe do Juninho, Nadine. – Ela se apresentou e veio nos abraçar, nós a cumprimentamos. – Deixem a mala de vocês aí que depois eu peço pra um dos meninos levarem a mala de vocês pro quarto, vocês querem comer alguma coisa?

- Nós comemos no aeroporto, mas muito obrigado. – Respondi sorrindo em sua direção, Davi que estava sentado assistindo desenho correu até o nosso lado. – O que foi carinha?

- Vamos jogar bola, Tia Lua? – Perguntou todo animado, ele pulava segurando minha mão.

- Vamos, mas deixar eu trocar de roupa antes. – Falei me abaixando na altura dele, ele concordou e voltou a se sentar no sofá. – Não precisa se incomodar, eu mesma levo as nossa coisas pro quarto, Dona Nadine.

- Vocês devem está querendo tomar banho né?! Vou levar vocês ao quarto das duas, O Juninho me falou que vocês namoram e que não tem problema vocês ficarem no mesmo quarto. – Falou Dona Nadi se virando pra subir as escada, olhei pra Khloé e ela estava do vermelha de vergonha. Dei um beijo em sua bochecha e fui pegar as malas perto da porta, vi Carol se aproximar.

- Deixa eu te ajudar! – Carol disse pegando a minha mala, que por acaso era mais leve que a da Khloé.

- Obrigado, se tiver pesado você deixa aí que depois eu pego! – Falei vendo ela puxar a mala até perto da escada, Khloé e a mãe do Jr já estava no meio da escada nos esperando.

- Sem problemas, está até leve. – Carol falou carregando a mala e começando a subir as escadas, chegamos no 2 andar e demos de cara com um corredor cheio de portas. – Vocês vão ficar no quarto ao lado do da Rafa, que é no final do corredor.

- Obrigado, por nós hospedar na casa da Senhora. – Falei e Khloé concordou, Dona Nadine fez pouco caso.

- Não precisa agradecer meninas, sinta-se em casa. – Dona Nadine falou abrindo a porta do quarto que eu ia ficar, entramos e eu deixei a mala perto da porta, assim como Carol tinha feito. – Meninas, tem toalhas limpas no armário dentro do banheiro. Vou deixar vocês a vontade!

- Obrigado Tia. – Falei dando um abraço nela pelos ombros, Carol estava na sacada com Khloé conversando. – Avisa o Davi que eu vou me trocar e só vou fazer uma ligação, pra só então descer pra gente jogar futebol.

- Está bem, aproveita e coloca um biquíni pra tomar banho de piscina com ele. – Dona Nadine falou fechando a porta do quarto, fui até a minha mala e abrir. Peguei uma roupa simples e fui em direção ao banheiro, tirei a roupa que eu estava vestindo e vestir a que eu tinha separado. Era um conjunto de moletom cinza da Calvin Klein, sair do banheiro e me sentei na poltrona de frente pra cama. Peguei meu celular e liguei pra Nick, mas antes eu tinha que falar com a Khloé.

- Koko! Vem aqui, por favor. – Pedir chamando alto, logo ela e a Carol entraram novamente no quarto. – Você vai querer criar a sua linha né?! Você não quer que eu fale com Nick pra ele dando entrada na papelada pra criar e legalizar?

- Você faria isso? – Khloé perguntou ansiosa se sentando na poltrona ao meu lado e indicou pra Carol fazer o mesmo, eu concordei e ela pulou no meu colo feliz. – Eu te agradeceria muito se fizesse isso por mim, eu já ia ver algum advogado pra ver isso pra mim.

- Vou falar com ele, assim que tiver tudo pronto eu te aviso. – Falei fazendo carinho em sua cintura, ela beijou meu rosto e se levantou. – Eu só tenho que saber qual o nome da marca de roupa e empresa.

- Eu pensei K. A. Kardashian, é um bom nome e tem as minhas iniciais! – Falou revezando o olhar pra mim e pra Carol, nós duas concordamos. – Então vai ser esse o nome, o Advogado de Kim me mandou uma mensagem falando que os papéis estão todos prontos.

- Sábado de manhã você assina, eu vou pra NY pela manhã também e a tarde eu vou direto pra Miami arrumar minhas coisas pra Portland. – Falei todo o meu planejamento pra Khloé, ela concordou e Carol só nós olhava. – Agora deixa eu ligar pro Nick logo!

- Nós vamos ali pra sacada, qualquer coisa me chamar! – Khloé falou e chamou Carol com a mão, eu concordei e peguei meu celular novamente pra ligar pra Nick.

~Call Nick On~

“Alô, Nick!”

“Oi Lua, aconteceu alguma coisa?”

“ Nick, tem como você de Paris da entrada em uma criação marca uma linha de roupa e empresa?”

“Tem sim, Lua! Você quer que eu faça isso?” – Nick.

“ Sim, se você puder fazer isso pra mim! Do que você precisa?”

“Eu preciso dos documentos de ID do proprietário e nome da marca que ele quer, assim eu vou ver se está tudo em ordem pra fazer a criação.” – Nick.

“Eu vou te mandar o agora por mensagem e o nome da K. A. Kardashian, você vê tudo pra mim e depois me fala como ficou.”

“Beleza, eu vou fazer isso agora mesmo que você me mandar.” – Nick.

“Obrigado, Nick. Beijos, a gente se fala depois.”

“Não precisa agradecer, eu só estou fazendo o meu trabalho.” – Nick.

“Beijos, até mais tarde e me manda logo a ID do proprietário.” – Nick.

~Call Nick off~

- Koko, eu vou pegar a sua identidade! – Avisei pegando os documentos dela de dentro da mochila dela, bati foto visível e mandei pro Nick por Whatsapp. – Meninas, eu vou descer pra jogar bola com o Davi!

- Tudo bem, não vão se machucar vocês dois! – Khloé falou assim que eu apareci na porta da sacada, ela me deu um selinho e Carol piscou pra mim brincando. – Nós vamos continuar aqui no quarto conversando, aproveita e manda a Rafa vim aqui pro quarto com gente.

- Okay, vou indo. – Falei virando de costa pra sair do quarto, guardei meu celular no bolso. Desci as escadas e vi que Rafa estava com Davi assistindo TV. – Rafa ás meninas mandaram você ir lá no quarto se juntar a ela!

- Elas estão no seu ou no da Can com o Juninho? – Rafa perguntou se levantando, Davi assim que me viu veio correndo e se jogou no meu colo.

- Elas estão no nosso quarto, elas estão na sacada. – Avisei olhando Rafa subir as escadas, olhei pro Davi. – Vamos jogar bola carinha?

- Vamos! – Davi respondeu animado e jogou as mãozinhas pra cima, eu rir e fiz casquinha nele.

- Mas antes o senhor vai desligar a televisão e pegar seu prato pra levar pra a cozinha! – Falei colocando ele no chão, ele correu e fiz tudo o que eu pedi. Andei com Davi até a cozinha e esperei ele colocar o prato na pia, saímos em direção a quadra sintética. – Muito bem, assim que um rapazinho faz.

- Eu fiz o certo né, Tia Lua? – Davi perguntou todo animado e eu concordei, entramos na quadra e eu tirei minha sandália. – Olhaaaa, a sua sandália é igual a do Tio Cebola.

- Eu gosto dessa sandália, ele tem muito bom gosto. – Falei rindo e fui pegar a bola perto do gol, esperei ele tirar sandália dele. – Eu vou pro gol e você tentar fazer um gol em mim.

- Tá bom! – Davi respondeu, eu fui pra o gol e chutei a bola pra ele.

Ficamos brincando desse jeito por um bom tempo, até que a gente escuta alguém chamar o Davi.

- Filho toca pro papai, eu vou fazer um gol nessa chata. – Neymar falou entrando no campo, eu me preparei pro chute e o Davi tocou pra ele.

- Vamos vê se eu consigo agarrar seu chute, mané! – Brinquei com o jogador, ele riu e chutou lá onde a coruja dorme. Eu até tentei pegar mais, ela entrou raspando meus dedos. – Foi por pouco mané!

- O importante é que eu fiz um gol em ti, chata. – Neymar falou rindo e veio até a mim, fizemos um toque de mão antes de nos abraçar. – Tá namorando né, Lua.

- Tô nada, ainda estamos só ficando! Talvez futuramente eu namore com ela, Khloé é incrível. – Falei andando com ele pra fora do campo, Davi já tinha ido correndo tomar água. – Mais e você com a Carol?

- Agente voltou a namorar, depois que eu terminei com a Bruna. Eu conversei com ela e resolvemos nos dar mais um chance, minha família e amigos só faltaram soltar fogos por isso. – Neymar falou se sentando em uma espreguiçadeira dentro da piscina, eu me sentei ao seu lado na outra que tinha ali. – Aliás cadê ela e a Khloé?

- Estão lá no quarto que eu e a Khloé estamos, tá a Carol, minha loirinha e a sua irmã! – Respondi olhando pro céu que estava começando a escurecer, olhei pro Neymar. – Nem te falei, eu não vou mais jogar no Orlando Pride.

- Como assim? Você desistiu? – Neymar perguntou me olhando confuso, eu rir antes de responder ele.

- Eu não desistir, vou jogar pelo Portland duas temporadas. – Respondi meio que rindo, ele me deu um empurrão e eu quase caiu da cadeira, foi a vez dele gargalhar. – Porra Jr. Quase tu me joga dentro da água!

- Essa era a intenção, mas falando sério! – Jr falou rindo, mas parou pra falar sério. – Eu estou feliz por você, se bem que você não precisa trabalha pela sua vida inteira. É podre de rica!

- Falou o pobre! – Brinquei olhando pra ele com deboche, ele jogou água na minha cara com a mão. – Eu vou te jogar nessa piscina, merda!

- Podem ir parando vocês dois! – Carol falou chegando perto da gente junto com Khloé e Rafa, ela se sentou no colo do Neymar e deu um beijo nele. – Como foi o treino?

- Puxado! Como foi o seu dia? – Neymar perguntou fazendo carinho na sua loira, ela estava com a cabeça encostada em seu peito. – Oi Khloé!

- Foi bom, a gente estava lá no quarto conversando. – Respondeu e foi impossível Eu e o Jr falarmos baixinho “fofocando”, isso fez com que nos ganharmos um tapas das loiras. – Engraçadinhos!

- Oi Neymar, vocês estão demais hoje! – Khloé falou sentando no meu colo e colocando o rosto na curva do meu pescoço, beijei sua cabeça e acariciei suas costa.

- Eu vou bater uma foto de vocês, estão tão fofinho com às namoradas de vocês! – Rafa falou de dentro da piscina com o Davi, ela nadou até a borda e pegou o celular. – Fiquem do jeito que estão!

Senti Khloé me dar um beijo no meu pescoço e eu olhei pro seus rosto, ela estava sorrindo pra mim e eu retribuir seu sorriso.

- Essa foto ficou perfeita! – Rafa falou nos tirando da nossa bolha, mas a Khloé puxou meu rosto e me deu um breve beijo com direito a mordida da parte dela. – Vocês estão muito fofas nessa foto.

- Verdade! – Carol e Jr concordaram, Khloé pediu pra gente vê e quando eu vi não acreditei. O nosso olhar era de apaixonados, tinha carinho e respeito envolvido.

- Eu vou postar essa foto no meu Instagram. – Jr falou pegando o celular e fez sinal pra irmã passar a foto pra ele, eu fazia carinho na Khloé e olhava a nossa foto.

- Passa pra mim Jr, eu vou revelar ela e colocar ela em um quadro. – Falei pra ele, Khloé mordeu meu pescoço e depois chupou forte. – Aí Koko.

- Desculpa linda, me deu muita vontade de fazer isso nessa pele branquinha. – Khloé falou fazendo carinho no mesmo lugar do chupão, foi a minha vez de dar um tapa estalado na pele dela. – Aí Lu, isso doeu! Jr pra onde você vai nos levar pra conhecer e sem contar que a gente quer comprar a blusa do Barcelona.

- Verdade cara, sem contar que eu ia pedi pra você conseguir o autógrafo de todos os jogadores pra mim e pro papa. – Falei me molhando um pouco, Jr me olhou e concordou.

- Podemos sair pra dançar e beber, apesar deu não saber dança merda nenhuma latina. – Jr falou todo sem graça, eu rir dá cara dele e Khloé me deu um tapinha pedindo pra eu parar. – Mas nós temos que ir cedo pra não voltar tarde, meu treinador não gosta que a gente saía antes da competição.

- Vamos só no camp Nou comprar as blusas e depois a gente volta, outra vez eu venho aqui e você me apresenta a cidade. – Falei me levantando com a Khloé, a água batia um pouquinho a cima dos nossos pés. – Koko, vamos tomar banho e nos arrumar.

- Nós vamos fazer o mesmo, Rafa você vai com a gente? – Jr perguntou pra irmã e ela negou, nós entramos na casa e subimos as escadas. – Vejo vocês em alguns minutos, tentem não demorar!

- Okay, chato. Nós não vamos demorar muito, pelo menos eu acho que não. – Falei antes de fechar a porta, olhei pro quarto e vi que Khloé já tinha entrado no banheiro.

Fui até a minha mala separar uma roupa, vasculhei ela toda até achar um que me agradou. Khloé saiu do banheiro 15min depois toda enrolada em uma toalha branca e azul, peguei as minha coisas que tinha separado e entrei no banheiro.

Minha roupa era uma calça jeans, uma blusa listrada branca e blusa quadriculada azul e vermelho, com um tênis branco cano branco.

Tomei meu banho em poucos meninos, já que eu não ia lavar meu cabelo. Me enxuguei e vesti minha roupa, sair do banheiro descalça. Khloé estava sentada na cama descalça, o bom é que ela já estava pronta.

- Lua, me empresta um tênis teu? – Khloé perguntou na hora que me viu abrindo minha mala, puxei minha sacola com os sapatos e peguei um tênis branco pra ela.

- Toma, esse vai combinar com a sua roupa. – Falei indo até a nossa cama, eu me abaixei e coloquei o tênis em um dos pés dela pra ela ver se gostou. – Você está linda, uma princesa!

- Obrigado, príncipe! – Agradeceu me abraçando pelo pescoço assim que se levantou, segurei sua cintura e me curvei pra da um beijo nela. – Você vai levar bolsa?

- Não, vou guarda nossos celulares no meu bolso. – Respondi me soltando dela e indo calçar o meu sapato, eu terminei e expirei um pouco de perfume em mim. – Vamos princesa?

- Vamos príncipe! – Respondeu me dando nossos celulares e minha carteira, reparei que os documentos e cartões dela estavam junto com os meus. – Eu coloquei tudo junto pra não ter que levar as duas, eu espero que você não se importe!

- Sem problemas, vamos descer e ver se o Neymar e a Carol já estão prontos. – Falei abrindo a porta pra Khloé passar, ela passou e eu fechei atrás de mim. Andamos o corredor dos quartos de mão dadas, ela fazia um carinho em meu dedo.

- Já estão prontas? – Neymar perguntou se levantando do sofá com Davi e Carol, nós duas concordamos e formos em direção a garagem dele. – Nós vamos pegar um pouco de trânsito, essa hora é o horário que estão saindo do trabalho.

- Que horas são? – Perguntei abrindo a porta do carro pra Khloé e Carol entrar, elas me agradeceram e o jogador me olhou estranho. – O que?

- Sério que você abre a porta do carro pra elas? – Me perguntou apontando pra porta de trás que ainda estava aberta esperando eu entrar, eu concordei e dei de ombros. – São 17h:45min.

- Neymar Jr! Nem vem desvirtua o meu bebê, deixa ela assim que eu amo. – Khloé falou alto do lado de fora, eu rir do susto que ele levou. – Agora vamos logo com isso vocês dois!

- Você devia ser assim, mas eu sei que você já está perdido. – Carol falou dando de ombros, eu e Khloé rimos da cara que Jr fez.

Neymar ligou o carro e saiu com ele da garagem, vi que estava querendo chover e isso foi notado por Khloé. O jogador ligou o som do carro e começou a tocar uma música sertaneja.

●Play●

Linda

O seu gene foi desenhado pelas mãos de Deus

Parece ter vindo direto de um sonho meu

Nós dois frente a frente

Que coincidência

Linda

Por que tá me olhando

Com esse olhar desconfiado?

Se eu pudesse estar na sua pele

Apagava o passado

Não vai mais doer

Outros amores não viram o que eu vejo

Atrapalhando o amor por desejo

Se depender de mim, eu sou o cara certo

Se depender de mim, vai dar certo

Se depender de mim

Você nunca vai tocar na porta do carro

Nem vai ter medo de usar aquele salto

Eu tô do seu lado

Tô do seu lado

Se depender de mim

Final feliz não vai ser coisa de tv

Tava passando da hora de conhecer

Alguém pra te tratar assim como princesa

É o que você nasceu pra ser.


Khloé me olhava tentando saber o que eu estava cantando, até que a Carol deu o celular dela com a letra da música traduzida em inglês. A loira no meu lado abriu um sorriso cada vez que lia o significado de cada parte cantada, até que na hora que ela acabou. Khloé me abraçou e me deu um beijo muito carinhoso, nos separamos e eu fiz carinho em seu rosto.

- Eu não sei se vocês se perceberam, mas a gente tá cercado por paparazzi que estão seguindo a gente desde de lá de casa. – Neymar avisou antes de abrir a porta do carro e saiu, nós estávamos na frente do Camp Nou. – Bem vindas ao estádio mais lindo, minha segunda casa.

- Cala a boca, maluco. – Falei saindo do carro e dando a mão pra Khloé sair, aproveitei e abrir a porta pra Carol. – Onde a gente compra as camisas?

- Naquela loja ali. – Neymar Respondeu apontando pra uma loja ao lado do portão de entrada do campo, peguei a mão de Khloé e entrelacei nossos dedos. Neymar aí na frente de mão dadas com Carol e com Davi no colo, nós seguimos eles mais atrás.

- A música que você estava cantando combina com a gente, você reparou? – Khloé perguntou me olhando, larguei a mão dela e isso fez ela me olhar confusa, passei meu braço por cima do ombro dela e a trouxe mais pra mim. – Sua voz é bonita.

- Obrigado, princesa. – Falei dando um beijo em sua cabeça, eu olhei pra frente e vi alguns paparazzi tirando fotos nossas de longe, mas não chegava a incomodar. – Aquela música combina com a gente mesmo, eu vou te tratar sempre que nem princesa.

- Own... Príncipe! – Khloé falou com uma voz fofa e me deu um selinho, isso pareceu fazer os paparazzi irem a loucura. – Pelo menos os paparazzi daqui de Barcelona respeitam o nosso espaço!

- Nem fala, vai que dá uma doida neles. – Brinquei fingindo estar com medo de acontecer, Khloé soltou uma gargalhada alta na entrada da loja e isso fez com todos de dentro da loja nos olhasse.

- Ops, Sorry Guy's! – Khloé falou e depois colocou a mão na boca, isso fez com que Neymar e eu caísse na gargalhada. – Para Lua, vocês estão me deixando envergonhada!

- Desculpa linda, vamos ver logo a nossa blusa que o Neymar já está sendo atacado ali. – Falei puxando ela pra perto das blusas dos jogadores do time, eu olhei todas e escolhi a minha do Messi. Vi que Khloé pegou a do Soares, dei de ombros e fui pagar nossas camisas, dessa vez a Khloé pagou as duas camisas. – Vamos chato!

- Opa, foi mal pessoal eu tenho eu ir! – Neymar avisou saindo do meio do muvuca e veio pro nosso lado, eu rir da cara que ele estava fazendo. – Valeu por não ter demorado muito, agora vamos embora daqui!

O caminho de volta pra casa foi feito entre brincadeira e risadas, quando nós chegamos na casa do Neymar. Eu e Khloé conhecemos o pai dele e os amigos, nós jantamos e depois ficamos um tempo conversando até a Dona Nadine manda a gente dormir.

Subi com Khloé pro nosso quarto, tomei meu banho e ela fez o mesmo antes de se deitar comigo na cama. Ela se aconchegou em mim como faz em todas as vezes em que vamos dormir, comecei a fazer cafuné nela.

- Boa noite, Lua. – Khloé desejou sonolenta, dei um selinho nela e um beijo em sua cabeça.

- Boa noite, Princesa. Dorme bem, qualquer coisa me chama. – Pedi puxando o corpo dela mais pra cima de mim, fechei meus olhos e me deixei apagar.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...