História Tudo Por Ele (Malec) - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Luke Graymark, Magnus Bane, Max Lightwood, Raphael Santiago, Simon Lewis, Valentim Morgenstern
Tags Amor, Malec, Romance, Shadowhunters
Exibições 141
Palavras 1.189
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 32 - Uma noite agradavelmente desagradável


Dois dias havia se passado e ainda era evidente ter a preocupação com a chegada dos seus pais no olhos do Alec, Magnus não sabia bem o que fazer mas sabia que tinha que fazer algo. Era uma sexta feira a noite e todos estavam reunidos no apartamento do Magnus assistindo um filme, Simon e Izzy estavam no sofa a esquerda, Clary e Jace como eram muito grudado não se importavam em dividirem uma poltrona e a direita um pouco mas afastados estavam Magnus e Alec.

- Não estou entendendo nada desse filme. - Cochichou Alec pra Magnus.

- Esse cara asiático, trafica pessoas pra a América e depois e se faz de bom, ele ajudou a treinou duas crianças que hoje ja são adultos e ainda continuam amigos,quando esse cara manda mata um desses jovens porque ele falou de mas o outro se revolta contra ele e quer mata lo. - Magnus explicou pra ele.

- E qual é o nome desse filme mesmo ?

- A Vingança dos Dragões Verdes.

- Humm... Interessante. 

- Você não prestou muita atenção no filme não é ?

- Como presto atenção no filme com você ao meu lado. - Alec deu um beijo rápido no Magnus.

- Você dois podem fazer silêncio. - Reclamou Jace.

- Deixa de ser chato Jace. - Izzy os defendeu.

- Izzy não fala assim com o Jace. - Clary também se intrometeu. 

- Clary deixa de ser chata. - Simon também.

- Paro todos vocês, vamos terminar de assistir esse filme antes que eu de spoiler. - Disse Magnus.

- Você não assistiu esse filme. - Jace deu uma leve levantada na sobrancelha. 

- Quer apostar ? - Disse Magnus.

- Não Magnus não faz isso, falta menos de quinze minutos pra o filme terminar não estraga. - Izzy estava quase de joelhos implorando. 

- Ele não sabe Izzy.

- O policial é aliado do vilão e o mocinho morre no final. - Disse Magnus.

- AHHHH... - Todos gritam ao mesmo tempo e começam a jogar almofadas do Magnus.

- A culpa foi do Jace. - Disse Magnus sorrindo.

- Vocês são sem graça. - Clary ficou emburrada. - Vamos ter que escolher um outro.

- Tem um bem legal chamado a volta dos que não foram. - Disse Alec e todos tiram.

- Que filme é esse ? É novo ? - Perguntou Clary e todos voltaram a rir.

- Amor deixa que eu procuro ta. - Jace pega o controle da mão da ruiva e começa a procurar outro filme. - Terror que tal ?

- Não.  - Falaram Izzy e Clary. 

- Quem não quer terror levanta a mão. - So as meninas levantaram. - Otimo ganhamos vai ser terror.

E la foram eles assistir mas um filme, mas antes fizeram o Magnus prometer não da spoiler. Mas sabiam que ira ser difícil ja que Magnus ja havia assistindo a maioria daqueles filmes, em cada cena de susto que as meninas gritavam, nos rapazes riam da cara das meninas mas depois tudo ficou quieto Magnus vendo a quietude de todos puxou o Alec sem fazendo barulho o levantado do sofa e indo para o quarto.  Alec não precisava nem pergunta o que o moreno queria apenas fez. 

Alec empurrou Magnus na cama e subiu em cima dele Alec colocou a mão por baixo da camisa do moreno e começou a percorre las por todo o corpo dele, Magnus e aprofundou o beijo, ele puxa Alec pra si, mas e mas eles nunca se cansavam daquilo era como se eles tivessem que esta conectados pra viver, Magnus não se cansava de ver aqueles olhos azuis o olhando com paixão. Alec o beija e lamber o pescoço do moreno, o mesmo tira a camisa dele e a joga em cima do abjuru o derrubando, eles riem tinha que ter cuidado pra não fazerem barulho pra os seus amigos não perceberem suas ausências, eles cuidaram de posição Magnus estava com presa queria esta com o Alec ali e agora. Não demorou muito e eles estavam nus suas erosões roçavam os fazendo gemer Alec mas alto que o Magnus, ele se posicionou no meu do Alec e o penetrou Alec deu um pequeno gemido não de dor mas sim de prazer a cada movimento que Magnus fazia dentro dele que sempre eram rápidos mas sutis, Alec rebolava contra o menbro do moreno que também gemia, era muito prazeroso esta ali com o Alec, ele queria falar o nome do Magnus pra ele ouvir mas não podia por causa dos que estavam a sala então apenas morida do lábios o provocando mas, Magnus se  inclina um pouco sobre o Alec e beija o abdômen dele Magnus logo chega ao seu ápice e se desfaz ali no seu amado e sai de dentro dele, Alec se levanta e puxa o moreno ate o banho pra um banho gelado. Mas não era bem um banho que o Alec queria e sim seu amado. Alec liga o chuveiro e eles começam a se beijar em baixo dele com toda aquela água cindo sobre eles, ele vira Magnus contra o box do banheiro se posiciona na entrada dele e o penetra ele começa cok movimentos leves mas logo aumenta, Magnus gemia de prazer e Alec sussurrava seu nome ao seu ouvido.  Magnus estende a mão batendo numa pequena prateleira aonde ficava o shampoo o derrubando mas não importava se os outros iriam perceber suas ausências o que importavam era que eles estavam se amando. Depois desse maravilhoso banho eles voltaram para o quarto, eles perceberam que estava tudo quieto de mais e foram ate a sala ao chegar la se depararam com seus amigos dormindo. 

Magnus foi ate seu quarto pegou algumas cobertas que tinha no armário e trouxe pra os cobrir, depois ele e Alec foram parar a cozinha comer algo estavam com fome ja que haviam gastado muita energia.  Mas a preocupação ainda era evidente nos olhos do Alec.

- Você não esta pronto pra assumir pra seus pais, eu sei. - Magnus foi direto.

- Mag...

- Não precisa falar nada. - Magnus o interrompe.  - Eu sei como é se sentir assim, quando você estiver pronto eu também vou esta.

- Te amo. - Alec pegou na mão do Magnus.

- Eu também te amo. - Respondeu seu moreno. 

- E-E o Valentim como vai os preparativos para a festa ? - Alec revirou os olhos ao pronunciar o nome dele.

- Esta ficando perfeito.

- Eu tenho certeza que sim. - Alec deu um sorriso amarelado.

- Hoje eu almocei com ele.

- Você o que ?

- Almocei com ele, tem alguma coisa de errado nisso ?

- Não eu apenas não fui com a cara daquele sujeito. 

- Esta com ciumes de novo ?

- Não eu apenas não fui com a cara dele ja disse. - Alec se levanta. 

- Alexander...

- Vou dormir estou cansando você vem ?

- Daqui a pouco.

- Ok. - Alec foi para o quarto deixando Magnus ali sozinho na cozinha ele e seus pensamentos. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...