História Tudo pôr você - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jogos Vorazes (The Hunger Games)
Tags Jogos Vorazes
Exibições 28
Palavras 1.712
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Espero que gostem. 😏😏

Capítulo 3 - Três anos atrás.


Flashbacks On

Três anos atrás.

Pov. Peeta

Estava arrumando minhas coisas para ir a um acampamento de verão com meu irmão e melhor amigo Gale, eu com 14 e ele com 15 indo finalmente a um passeio sem nossos pais para nos atormentar , eu estou muito feliz com essa viagem e também por a professora Ana Paula ter me pulado de ano e ficar na mesma sala de Gale. A única que não ficou realmente feliz foi minha mãe, patético, nunca soube o porque não vai com minha cara, mas no fundo eu sei que gosta de mim.

Assim que acabo de arrumar minhas coisas vou fazer minha higiene pessoal... Saiu do banheiro e me visto(camisa polo, calça jeans ,meu sapato all star e claro meus óculos), depois vou direto ver como o Gale está. Entro no quarto dele, está uma zona literalmente e ainda está dormindo... Eu mereço.

-Gale!! Mano acorda, está quase na hora de irmos ao acampamento- digo e ele resmunga algo meio sem nexo e passa a mão no meu rosto e geme.

-Só mais uma hora mãe- diz e se põe a roncar de novo- Não queria fazer isso, mas você não me deu escolha- digo pegando um jarro de água que sempre deixa antes de dormi, porque é muito preguiçoso para querer descer no meio da madrugada e pegar. Derramo todo o jarro em sua cabeça e levanta que nem o Flash, " sabia que iria funcionar"- penso.

-Porra Peeta! De novo com isso mano? Eu já falei mais de 1500 vezes para você me acorda como uma pessoa civilizada e normal, é difícil caramba?- diz furioso comigo, não aquento e começo a ri e ele também, depois de um tempo me contenho.

- É muito difícil sim Gale, você parece um urso hibernando , não levanta nem se a casa tiver pegando fogo e ainda reclama quando te acordo assim- falo zombando da cara dele que não me olha muito bem.

-Ver se não me enche mano... Arrumou suas coisas para essa tal acampamento que não estou nem um pouquinho afim de ir?- falou coçando a cabeça e pegando um roupa para ir.

- Sim eu já arrumei e tenho certeza que vai adorar o ar livre,  longe de internet, de celular, de tudo- fala e ele resmunga e bota a mão no rosto, mexe com seu ponto franco. Internet.

Ele pega sua mala , eu a minha e descemos a escada para tomar café antes de irmos. Sento na mesa ao lado de Gale .

-Bom-dia- nós dois falamos juntos, eu dou um sorriso alegre e Gale um sorriso forçado.

-Bom-dia- diz meus pais para nós dois e começamos a nos servi.

-Eu tenho certeza que vocês vão adorar essa acampamento,  eu quando mais jovem ia todo verão para lá e é onde fica uma das minhas melhores lembraças- diz dando um sorriso alegre para  mim e Gale, que não está animado.

-Se anime Gale, eu sei que quando chegar lá vai amar tudo, eu também ia nesse acampamento!- diz minha mãe e Gale dá um sorriso torto bagunçando seu prato.

Nós acabamos de comer, nos depedimos dos nossos pais e famos para ponto de ônibus do acampamento de carro. Chegamos lá e esperamos um tempinho para chegar.

-Esse troço não chega não?- diz se irritando com a demora. Tem algumas pessoas aqui que nunca vimos antes, mas fazer o que? Era para isso mesmo que estamos aqui, fazer amigos e se divertir, mas fazer amigos está meio complicado para gente... Ou pelo menos pra mim.

-Calma Gale, não pode ficar nem um pouco em pé que já se irrita todo, está ate parecendo um velhinha- digo e ele me olha irritado e bufa pela boca.

-Cala boca!...- diz e me empurra. Depois de uns 15 minutos o ônibus chega. - Obrigada senhor- fala Gale e eu reviro os olhos. Entramos no ônibus e me esbarro com uma pessoa... Ótimo.

- Me desculp...- fala e se interrompi olhando para mim que eu coro e ela também, ficamos nos encarando uns minutos e...

-Meu nome é Katniss e o seu?- pergunta para mim.

-Meu nome é Pee-ta- falo gaguejante  e ela dá uma risada calorosa.

-Prazer Pee-ta - fala me imitando que arranca gargalhadas de nós dois.

Ficamos lá parados no meio do ônibus igual a dois idiota só nos encarando e sorrindo. Como ele é linda.

-Peeta!! Seu lesado eu...- diz e para no meu lado e olha para a Katniss intensamente e ela tira os olhos de mim e começa a fitalo, ele dois corão e...

- Ohh rebanho de idiotas, vai ficar parados ai ou vão sentar?-  fala um garoto gordinho com os olhos verdes e cabelo loiro. Nós sentamos , mas Katniss e Gale não param de se olhar de longe que me deixa com... Ciúmes? Não de Gale é claro, mas não tinha motivo para eu ter ciúmes dela... Eu cabei de conhece-la. Amor a primeira vista lesado- grita minha consciência. 

Não pode ser... Cacete- penso

Chegamos na acampamento, realmente aqui é muito bonito ,o ar puro me deixa bem... Assim posso ter expiração para desenhar ou até mesmo pintar algo no quadro.

-É Peeta acho que foi bom eu ter vindo- fala olhando para a Katniss que está com a cabeça para o chão destraida. Ele foi lá falar com ela a despertando que abre um longo sorriso para ele, ficaram conversando felizes. Gale sempre foi melhor para falar com as garotas que eu, tenho que admitir que ele é muito mais legal também.Depois de um tempo os monitores chegam pra chamarem as pessoas para suas cabanas.

-Olá pessoal, meu nome é Barry Lamartine e eu vou chamar as pessoas da minha cabana, a 53, então são:

Katniss Everdeen 

Gale Mellark

Peeta Mellark

Caitlin...

Parei de ouvi ate ai... Meu Deus! A Katniss vai está na minha cabana, eu sou sortudo. Sortudo o quê? Até parece que ela vai falar com você, oh lesado!- fala minha consciência sendo bastante realista.

- Então.... Vamos gente- falou e todos nós fomos e meu irmão me excluindo...

-Peeta! Vem cá- fala e eu me viro para vem quem me gritava, era a Katniss me chamando! Eu fui ate eles.

-Oi- falei concertando meus óculos no rosto e ela sorri.

- Eu queria te pergunta se você quer ir aprender a usar arco- e-flecha comigo e seu irmão- fala abrindo sorrido lindo pra mim, eu olho para o Gale e ele não gostou muito dessa ideia, mas...

-Tá bom... Mas não sou bom nessas coisas, não sou bom em nenhuma arma, inútil né?- falo abrindo um fraco sorriso, mas ela sorri e diz:

-Ninguém é obrigado a saber itulizar uma arma, mas você aprendi- fala 

******

-Não aprendo não- falo, eu acertei a grama, todos riam da minha cara, eu só abaixo a cabeça tentando esconder a humilhação, Gale e Katniss acertaram todos e eu nenhuma.

-Ei!! Seus bandos de babacas, por que não vão cuidar de sua vida!? Que eu saiba ninguém é obrigado a ser o exper em arco- flecha e você Caitlin... Feche seus dentes, porque também não acertou nenhuma- falou para todos que ficam calados, principalmente a Caitlin. Gale não ficou com cara muito boa, ciúmes? Sei lá.

-Não fica triste Peeta -fala passando a mão no meu rosto que eu tremo da cabeça aos pés e Gale lá se mordeno de raiva.

-Tudo bem Kat... E obrigado por me defender, um dia será uma ótima advogada- falo e ela sorri.

-Eu também acho isso Catnip- fala e ela sorri e acena.

- Peeta você tem um hob? Que tenha aqui?- pergunta para mim.

- Ah... Eu gosto de pintar e desenhar- falo dando um leve sorriso.

-Ótimo! Aqui tem um lugar para isso, é logo ali- diz apontando o lugar com várias telas.

- Então eu vou lá... Depois a gente de fala- falo para ela que abraça me surpreendendo. E Gale bufando.

-Tchau Gale- falo e saiu em direção ao lugar das pinturas...

*****

Estou pintando o por do sol que está maravilhoso hoje. Presto atenção nos detalhes, como é lindo... Laranja como o por do sol é minha car favorita.

Estou pintando tranquilamente quando alguém toca meu ombro e diz:

- Nossa! Está lindo Peeta- diz a dona dos olhos de tempestade que tanto me fascina. 

-Obrigado- digo sem graça e corando ( se controla buchecha) .

- Parece ser uma foto- fala fascinada com os detalhes.

- Qual é sua cor favorita? - pergunto ela me olha.

- Verde, e a sua?- pergunta sorriso olhando bem dentro dos meus olhos.

-Laranja- falo ternamente para ela.

- Laranja forte?- pergunta olhando para mim.

-Não esse laranja... É uma laranja do entardecer-  falo para ela que me olha admirada. Com os olhos brilhantes.


Pov. Autora

Se passaram uma semana e era o último dia, Katniss estava muito indecisa sobre um loiro lindo, meigo e sensível e um moreno forte e corajoso.  Ela gostava da presença de Gale para atirar flechas e suas piadas e Peeta... Passava uma segurança a ela, que nada nem ninguém a machucaria, adora seus olhos e seu sorriso... Mas gosta dos dois nesse momento.

Ela e Gale estão olhando a chuva que caia sem pena, Gale já sabia... Estava apaixonado por ela.

- Eu gosto de chuvas, lembra meu pai...- diz e depois olha para ele, que olhava sua bocs com vontade de beijar.

- Desculpa, mas tenho que fazer isso... - falou Gale e a beija, um selinho demorado e bom, Katniss ficou parada e feliz.Ele depois abre os olhos e diz:

-Tchau catnip- diz Gale que dá outro beijo agora em sua buchecha e Katniss sorrindo igual a uma boba.

-Tchau Gayle- fala e ele sai.

****

Peeta e Katniss estão parados sentados olhando o por do sol, Peeta adora tudo isso.

-Eu sentirei sua falta Katniss- fala Peeta agora a olhando intensamente.

-Eu também vou sentir muito Peets- fala olhando em seus olhos.

-Eu não queeia que nossa amizade acabasse assim- fala Peeta

-Não vai, vamos nos comunicar- diz olhando quase chorando.

-Eu te amo Katniss, eu daria tudo para parar nesse exato momento, e eu amo não só como amizade, aconteceu, eu te amei assim que me esbarrei em você- diz olhando nos olhos dela que tinha lágrimas. 

-Eu... - ele falou mais foi interrompido pelo beijo de Katniss, a lingua dela pediu passagem e ele deu, segurou seus cabelos e Katniss apertava suas costas com desejo. Ela o ama só que não tem coragem de lhe dizer. Ela acaricia seu rosto e param pela falta de ar.

-Te amo garota em chamas- diz Peeta e Katniss roça os lábis nos deles.




































Notas Finais


Que fogo hein? Ai está gente 😚😚👏


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...