História Turbulence - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens BamBam, Jackson, JB, JR, Mark, Personagens Originais, Seulgi, Youngjae, Yugyeom
Tags Drama, Jaeyu, Markson, Yujin
Exibições 31
Palavras 2.478
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Então, esse capítulo ta saindo agora porque eu vou viajar amanhã e sou vou voltar terça, então não vai dar pra postar segunda. Vou postar um bônus também porque amo vocês s2 (Esse sorriso do Jaebum me deixa totalmente apaixonada)

Boa leitura ^^

Capítulo 4 - Capítulo IV Attraction?


Fanfic / Fanfiction Turbulence - Capítulo 4 - Capítulo IV Attraction?

Estendi todas e entrei pra trocar de roupa. Vesti um short de moletom e uma blusa preta folgada. Penteei o cabelo e o deixei solto para secar.

No fim da noite não fizemos muita coisa, apenas jantamos e assistimos TV, Jackson ligou para Mark avisando do almoço e também para Jinyoung e Jaebum. Todos fomos dormir por volta das 23:45 quando terminou um dorama que sempre assistimos juntos.

____________________________________//_______________________________

 

Eu e Bambam acordamos mais cedo para decidir o que iríamos fazer para o almoço, e já que ninguém ia acordar nem tão cedo pra arrumar a casa decidimos arrumar nós mesmos enquanto conversamos.

 

- Então, o que vamos fazer? – Indaguei varrendo a sala enquanto ele arrumava os sofás.

 

- Eu pensei fazer alguma coisa diferente, já que todos nós gostamos de comida italiana então eu pensei em fazer uma macarronada e uma lasanha.

 

- Bom eu tava pensando em fazer bife ao molho madeira com um arroz recheado, o que acha? – Apenhei o lixo e coloquei no cesto que estava perto da porta da cozinha.

 

- Tá ótimo, eu faço a macarronada e a lasanha e você faz a carne com o arroz recheado. – Sorriu.

 

- Já temos um almoço idealizado, mas e a sobremesa? – Parei do lado do sofá olhando pra ele.

 

- Nós fazemos aquele pavê de limão que é bem fácil. – Falou sem me fitar.

 

- Então pronto, já temos um cardápio. – Falei animada.

 

- Agora temos que ter uma casa arrumada. – Rimos e voltamos a arrumar tudo.

Tiramos todas as roupas do varal e se paramos, ficamos um pouco confusos na hora de separar as cuecas do Jackson e as do Yugyeom, pois algumas são idênticas, mas eu sabia que o Jackson sempre desenha uma estrela com caneta de tinta permanente em todas as etiquetas de suas roupas então terminamos rápido graças a essa informação.

Não tínhamos todos os ingredientes necessários para fazer o almoço, então saímos pegando quinhentos wons da carteira de cada um e juntamos para comprar as coisas, mas primeiro tínhamos que tomar um banho então eu fui rapidamente pro banheiro, tomei uma ducha rápida, vesti um vestido branco florido, uma sapatilha bege, fiz duas tranças no cabelo e coloquei uma tiara branca só pra por a franga pra trás. Deixamos também o café da manhã pronto na cozinha e fomos pro mercado no carro do Yugyeom, só ele e Youngjae têm carro na casa, mas o dele é maior. O dia estava como o anterior, ensolarado, muitas pessoas estavam na rua andando e fazendo compras, como de costume muitos casais também andavam pelas ruas de mãos dadas, algumas lojas estavam começando a fazer promoções do dia dos namorados já que é no próximo mês, mas a cada cinco lojas que víamos apenas uma estava fazendo esse tipo de promoção.

Chegamos ao mercado uns dez minutos depois, no carro ficamos ouvindo várias musicas de K-pop e o Bambam até se arriscou em cantar algumas delas, assim como eu, mas eu me surpreendi quando o ouvi cantando Full House da nova unit da YG MOBB, e num é que ele tem talento?

 

- Então, temos que comprar bife, carne moída, queijo e presunto, dois quilos de arroz que ta precisando, molho madeira pronto e mais um monte de coisa. – Falei enquanto lia a lista que fizemos.

 

- Tem certeza que o dinheiro que temos vai da pra comprar tudo? – Indagou empurrando o carrinho.

 

- Quanto a isso não se preocupa, eu posso sacar dinheiro no caixa eletrônico. – Olhei pra ele e sorri.

 

- Yuna o que seus avos fazem? – Fiquei intrigada com a pergunta, mas mesmo assim respondi.

 

- Meu avô é CEO da JYP, aquela que o pai do Mark é dono, eu fui saber disso um dia desses enquanto conversava com minha avó no telefone, só que a filial que ele trabalha é na China, minha avó foi morar com ele quando eu e Yugyeom nos mudamos para Seoul, e todo o mês eles depositam dinheiro na nossa conta. – Respondi colocando algumas coisas no carrinho.

 

- E quanto eles depositam?

 

- Na verdade eu não sei, eu e Yugyeom não usamos muito essa conta, tiramos o dinheiro necessário para o mês todo, e só quando precisamos a gente usa. – Andei mais um pouco procurando o que tinha na lista e riscando algumas coisas.

 

- Ata, é que vocês não trabalham, e ainda sim compraram uma casa e conseguem manter ela normalmente. – Falou olhando para as prateleiras.

 

- Temos a ajuda de nossos avos, e como meu avô quer muito que o Yugyeom assuma a empresa da China, ele decidiu fazer administração como forma de agradecimento a tudo que ele faz por nós.

 

- E você vai fazer administração também? – Nós revezamos agora ele estava olhando as coisas na prateleira e levando o carrinho.

 

- Bom, acho que sim, de qualquer forma quero ajudar meu irmão a administrar a empresa que nosso avô trabalhou tanto para construir. – Falei sorrindo.

 

- Ele e o pai do Mark né? – Rimos e continuamos a conversar assuntos aleatórios enquanto colocávamos as coisas no carrinho.

 

- Yuna! Bambam! Vocês aqui! – Ouvimos alguém nos chamar e quando olhamos pra trás vimos Mark e seus dois amigos.

 

- Mark! O que ta fazendo aqui? – Bambam indagou animado.

 

- Viemos comprar ingredientes pra fazer uma sobremesa, já que vocês nos convidaram não queríamos ir de mãos vazias. – Falou sorridente e se aproximou de nós.

 

- Mas não precisa no-

 

- Qual sobremesa vocês vão fazer? – Bambam me interrompeu colocando a mão na minha boca.

 

- Pensamos em fazer uma torta de chocolate. – O que estava ao seu lado se pronunciou, se me lembro bem era o tal de Jr. ou Jinyoung.

 

- A que ótimo. – Bambam sorriu e tirou a mão da minha boca.

 

- Bom precisamos ir, já terminamos nossas compras. – Falei me despedindo e bati na mão de Mark. – Bambam desde quando te dei o direito de me interromper desse jeito? – Olhei pra ele com um olhar fuzilador quando já estávamos na fila do caixa.

 

- Eu livrei a gente de fazer a sobremesa, temos mais tempo pra fazer o almoço que é o principal. – A moça a nossa frente já havia passado todas as suas coisas então ele começou a tirar as compras do carrinho e colocar no balcão. – De nada minha dongsaeng querida. – Sorriu falso e voltou a fazer o que estava fazendo.

 

- Você não tem jeito mesmo. – Ri e o ajudei.

Passamos todas as coisas, pagamos com o dinheiro que ‘roubamos’ dos meninos e ainda sobrou, compramos sorvete após colocar as sacolas no carro e fomos até em casa escutando musica e tomando sorvete.

Quando chegamos lá os três estavam na porta do lado de fora com cara de paisagem, saímos do carro nos segurando para não rir, pelo fato dos três sem exceção de nem uma estavam só de pijama no meio da rua, Jackson com uma bermuda curta e camisa colada ao corpo sem tirar o cabelo bagunçado, Youngjae de pijama de ursinho dormindo no ombro de Yugyeom que estava com uma calça preta e uma blusa azul, normal, mas a cara todas amassada e o cabelo lá em cima.

 

 - Vocês podem me explicar o porquê saíram sem avisar a ninguém e ainda roubaram quinhentos wons da carteira de cada um de nós? – Yugyeom indagou se levantando e ao mesmo tempo acordando Youngjae.

 

- Nós acordamos cedo para arrumar a casa que estava uma bagunça, tirar as roupas do varal e fazer café da manhã, saímos porque precisamos comprar ingredientes para o almoço. – Bambam respondeu.

 

- Está explicado vamos dormi pessoal. – Youngjae se levantou e antes que cruzasse a porta eu o interrompi.

 

- Nada disso, todo mundo vai ajudar a carregar as coisas, mas antes, Jackson vai colocar uma calça e ajeitar o cabelo, Youngjae tira esse pijama de ursinho e Yugyeom lava esse rosto e penteia o cabelo, por favor. – Jackson olhou pra baixo e saiu correndo seguido por Youngjae e Yugyeom, eu e Bambam rimos da cena e começamos a carregar as coisas mais leves.

Depois de um tempo todos vieram ajudar e quando terminamos de carregar Yugyeom colocou o carro na garagem e fomos pra cozinha. O café da manhã que eu e Bambam havíamos feito estava do mesmo jeito que deixamos na mesa, mandamos eles comerem rapidamente para liberar a espaço e assim foi feito, comeram mais rápido do que nunca, nos ajudaram a lavar os pratos e foram para seus quartos arrumá-los e guardar suas roupas que estavam na varanda do quintal. Eu e Bambam começamos a cozinhar de 10:30 no máximo, e já que os meninos iriam chegar de 13:30 tínhamos bastante tempo, comecei cortando o bife e Bambam fazendo a carne moída.

 

                                                  [...]

 

- Pronto, já fizemos a comida. – Bambam citou alegre ao colocar a pequena travessa de macarronada no balcão.

 

- Sim. – Ri. – Mas nós precisamos de um banho, olha como estão os nossos aventais. – O mesmo olhou para si e viu o estado de seu avental. Começamos a rir da situação em que nós nos encontrávamos quando ouvimos Jackson entrar na cozinha.

 

- Que cheiro bom. – O mesmo andava em direção ao balcão onde estava a comida, mas eu o impedi de chegar perto.

 

- Jackson ainda não ta na hora de comer. – Falei o afastando.

 

- Mas já são 13:20. – Reclamou manhoso.

 

- 13:20?! Vamos Yuna, temos que nos arrumar. – Bambam falou tirando seu avental rapidamente. O mesmo cruzou a porta e eu ia fazer o mesmo, mas me lembrei que tinha deixa Jackson sozinho, então voltei e o vi já com um garfo na mão pronto pra atacar a lasanha.

 

- Já disse que não. – Tirei o garfo da mão dele joguei na pia e peguei a mesma o puxando em direção a sala e o joguei no sofá entre Youngjae e Yugyeom. – Não deixem ele ir pra cozinha. – Após falar fui praticamente correndo pro banheiro, Bambam já se encontrava tomando banho então nem falei nada, apenas peguei meu roupão e entrei no boxe, me despi e tomei um banho sem molhar o cabelo, confesso que demorei, mas foi porque a água tava muito boa e ouvir o Bambam cantando Children do Justin Bieber me deixou mais relaxada ainda.

Depois do banho eu fui pro quarto e decidi vesti uma roupa bonita, mas nada muito chamativo, então vesti um vestido azul escuro com flores desenhadas do estilo japonês e um blazer jeans azul claro quase branco. Com o cabelo não fiz muita coisa, apenas peguei algumas mechas da frente às juntei e amarrei atrás deixando uma pequena franja de lado que eu coloquei para trás da orelha. Não coloquei nenhuma maquiagem, afinal seria apenas um almoço entre amigos não uma festa, e já que eu não precisaria sair de casa eu não calcei nada, apenas vesti uma meia com pegadas de cachorro desenhadas e borrifei um perfume de cereja que o Youngjae me deu no meu aniversário e fui pra sala. Chegando lá vi que os meninos já haviam chegado e estavam todos na sala em pé. Fui rapidamente até Yugyeom e fiquei ao lado dele.

 

- Sejam bem-vindos. – Ele falou nos curvamos.

 

- Obrigado por nos convidar. – Mark falou sorridente.

 

- Somos muito gratos, vocês nos tiraram de um tédio enorme. – Pela primeira vez o tal de JB ou Jaebum se pronunciou.

 

- Eu fico com isso. – Fui até Jinyoung que estavam com a torta de chocolate na mão e a peguei. – Eu vou colocar na cozinha. – Sorri para ele e o meso retribuiu.

 

- Yuna com estão seus avos? – Mark em chamou atenção, olhei para ele e o mesmo continuou. – Meu pai pediu para perguntar, disse que estava com saudades. – Sorriu.

 

- Estão bem obrigada. – Sorri e fui com Bambam para cozinha, Jackson e Yugyeom levaram Mark, Jinyoung e Jaebum para o quintal onde estavam arrumadas cadeiras e um isopor para que pudessem conversar enquanto bebiam.

 

- Nossa a torta ta muito bonita. – Bambam falou se aproximando.

 

- Quem será que fez?  - Olhei para ele.

 

- Não sei, mas parece apetitosa. – Sorriu.

 

- Sim. – Sorri de volta.

 

- Ainda tem aquele perfume que te dei de aniversário? – Youngjae me deu um susto ao aparecer do nada atrás de mim.

 

- Que susto! – Reclamei e ele gargalhou. – Sim eu ainda tenho o perfume que me deu, minha avó vive me enchendo de perfumes então quase nunca uso os que eu ganho. – Falei irritada.

 

- Ei calma estressadinha, to só brincando. – Falou tentando me acalmar.

 

- Sei... – Saí da cozinha indo pra sala, mas antes de chegar ao menos ao sofá bati em alguém sem querer. – Me desculpa, eu não quis... – Não consegui completar minha fala ao ver um rosto lindo muito próximo do meu, aqueles olhos me deixavam a suspirar, e que boca...

 

- Você esta bem? – Indagou me fazendo parar de olhar para sua boca e me afastar.

 

- Sim estou, me desculpe por ter batido em você. – Me curvei.

 

- Não se curve. – Ele colocou as mãos no meu ombro me levantou e se afastou. – Eu que fui desastrado ao ponto de não ver uma menina tão linda como você. – Senti minhas bochechas queimarem no momento em que ele falou aquilo, meu coração acelerou e isso não era normal, que estava acontecendo comigo?

 

POV’s Jaebum ON

Desde o dia que a vi meu coração bate forte, só de pensar nela me vem uma sensação totalmente estranha da que já senti, devo estar apaixonado pela segunda vez, ou só pode ser atração física, mas mesmo assim meu coração não deixa de bater por ela.

 

- O almoço já ta na mesa Yuna e Jaebum. – Bambam apareceu na sala nos chamando.

 

- Já estamos indo. – Ela respondeu e o mesmo voltou para cozinha. – Vamos? . – Indagou sorridente.

 

- Sim. – Respondi também com um sorriso no rosto e a acompanhei até a cozinha.

Quando chegamos todos já estavam sentados á mesa colocando comida em seus pratos, ele correu e sentou entre seu irmão e Youngjae, e eu me sentei do lado do Jingyoung e do Mark. Não posso dizer que conheço os garotos há tempo, apenas somos da mesma faculdade fazemos a mesma coisa, porém em salas diferentes, o único que eu conheço bem é Jackson e Yugyeom que foram os que mais conversaram conosco, Bambam e Youngjae também conversaram com a gente, mas nada comparado a Jackson e Yugyeom.

Só de pensar que já estou apaixonado por alguém que mal conheço, não tenho um bom pressentimento das coisas que estão prestes a vir pela frente. Já me apaixonei assim e fui retribuído da pior maneira possível, e ela no final acabou indo para os USA e me deixando isolado e totalmente sem rumo. Por isso não quero anteceder as coisas, espero não estar certo e se estou, espero se retribuído do mesmo jeito.

 

POV’S  Jaebum OFF

 

 

 

 


Notas Finais


Queria explicar uma coisa para vocês não me chamarem de repetitiva, o arroz é algo essencial na culinária coreana, todas as refeições tem arroz, até o café da manhã, então não estranhem toda vez que um personagem fizer arroz pra acompanhar outro alimento, isso é uma coisa totalmente normal.
Até o próximo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...