História Turbulências - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Escrita Criativa, Grupo D, Karinasesshy
Visualizações 39
Palavras 430
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa tarde ^^

Mais uma one do Projeto, a música da vez foi do Elvis Presley e a minha querida irmã, a Paula, foi quem escolheu.
Nessa fase do projeto temos que nos inspirar no título da música, que traduzindo fica: Ponte sobre águas turbulentas.

Boa leitura :)

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Turbulências - Capítulo 1 - Capítulo Único

Capítulo Único

 

Turbulências

 

Em nossas vidas existem aqueles dias em que tudo, absolutamente tudo, dá errado. Nesses dias parece que você acordou do lado errado da cama, quebrou um espelho, passou debaixo de uma escada, cruzou o caminho de um gato preto, abriu o guarda chuva sem chuva e tudo isso numa sexta-feira 13. Nem trevo de quatro folhas, ferradura, pimenta e pé de coelho são o suficiente pra afastar essa maré de azar da sua vida.

Você pisa numa poça de lama, perde o ônibus, vai correndo pro trabalho, chega atrasada, suada e suja, não consegue fechar negócio com um cliente... Enquanto tudo isso acontece, você ainda precisa ouvir reclamação de chefe, fofoca e burburinho sobre você vindo dos outros empregados, gente te olhando torto, a fome que sempre bate na hora errada... Mas aguenta tudo isso calada pra não descer do salto.

No final daquele fatídico dia, aquele dia maldito que fez você odiar sua vida, ainda é preciso aguentar lotação no meio de transporte na volta pra casa. E, como se as coisas não pudessem piorar, o ônibus que já estava cheio, quebra. Ai o que você faz? Espera pelo próximo, que também vem lotado e todo mundo se espreme naquela lata de sardinha fedorenta e suja.

Quando tu finalmente chega em casa, retira os saltos e sente aquele alívio maravilhoso, todo o peso do que você passou nas últimas horas caem sobre você. Sua vontade é de chorar e até faz isso, pois sabe que ali ninguém poderá te ver e muito menos te julgar.

A casa da gente, em sua maioria, é como nosso refúgio. É onde nos sentimos livres pra fazer o que queremos e chorar nossas dores. Mesmo que ela esteja vazia e ninguém te receba com um sorriso quando você passa pela porta, nossa casa é uma das coisas mais preciosas que temos.

É o lar de muitos momentos felizes, tristes, festas, mágoas, até drama, mas ela continua ali nos acolhendo sob seu teto aconchegante e suas paredes seguras; como se fosse uma mãe reconfortando um filho. E você sabe que, em meio a todas as turbulências que a vida lhe impõe, sua casa sempre será seu porto seguro.

Logo após chorar toda a sua dor e sofrimento, você opta por tomar um longo e demorado banho, onde deixa a água levar todo e qualquer resquício que tenha sobrado do dia ruim. Ali você decide virar a página e começar um novo capítulo em sua vida. Paus e pedras podem quebrar seus ossos, mas nunca serão o suficiente para lhe fazer desistir.


Notas Finais


Elvis Presley - Bridge over troubled water: https://www.youtube.com/watch?v=ZnWoFGksWtA

Bom... Vou explicar o meu raciocínio para escrever essa one.

"Ponte sobre águas turbulentas", eu pensei o seguinte: Pode estar dando tudo errado na nossa vida, mas sempre terá um caminho seguro por onde podemos passar. Todos nós temos o nosso porto seguro, entendem? Minha casa, mais especificamente o meu quarto, é o meu porto seguro.

Depois de chorar até não poder mais, por causa do dia ruim que tive, o que eu faço? Eu viro a página. Dias ruins sempre vão existir, isso é inevitável, e nós podemos chorar por isso. Não é errado chorar e você não estará sendo fraco se fizer isso, mas o importante é seguir em frente e de cabeça erguida.

Bom, então é isso. Espero que tenham gostado ^^
Um grande beijo pra todos <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...