História Turma da bagunça - temporada 2 - acampamento - Capítulo 5


Escrita por: ~

Exibições 18
Palavras 1.303
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


antes me baterem: semana de provas finais na facu....

Capítulo 5 - Mexeu com o grupo errado P. 1


JESY POV

- Quer dizer que vocês dois transaram sem camisinha 3 vezes?!?!? – falei indignada quando a Lo contou.

- Sim, e eu nem percebi. As que ele usa são tão finas que quase não tem diferença. – ela falou meio com raiva, meio preocupada.

- Já pensou se você pega barriga?!? – Mila disse meio alto

- FALA BAIXO CAMILA – gritamos juntas

- Olha Lo, nem era pra você estar assim. Era pra ele. Foi ele quem errou. – Per disse e concordamos.

- Bom, pelo jeito ele está mega arrependido. Ele até saiu daqui. – Jade disse e vimos ele sair – você não vai atrás dele. Deixa ele se arrepender.

- Bom, não quero mais falar sobre isso. – Lo começou – reparei que Rayder não para de olhar pra você Anne.

- Hmmmm, verdade. – comecei entendendo a brincadeira da Lo – olha só o coitadinho está quase caindo da cadeira. Devia conversar com ele...

- a sós...

- no quarto talvez...

- ou até quem sabe no meio do mato.

- Vocês duas não prestam – Anne disse pra mim e pra Lo no meio de risos

- Bom, elas tem razão – Per disse e se virou pra ele – Hey Ryder, a Anne aqui gostou de você – ela berrou pra ele que corou na hora – Não precisa ficar vermelho não. Sei que você também gostou dela.

- Te damos todo apoio – Jade falou também – ela disse que quer conversar com você.

- Tipo, agora. – Lo disse – mas vai rápido, só temos 30 minutos. – e todos na mesa rimos.

 

RYDER POV

Aí meu Deus, elas, ou melhor ELA já percebeu. E agora está todo mundo aqui me olhando:

- Olha só o Ryder, escolheu bem em – Puck falou e me deu um tapão nas costas – Mas branquela de olhos verdes tem razão, o tempo ta acabado.

- AÍ, EU OUVI O BRANQUELA!!! ISSO VAI TER VOLTA – Lauren, respondeu lá de longe

- EU NÃO TENHO MEDO DE VOCÊ – Puck gritou de volta

- MAS DEVERIA.

- Cara, é sério. Vai ter volta, e vai ser muito doloroso – Austin falou perto de nós – ela sabe se vingar muito bem. Muito bem mesmo.

 

PUCK POV

- Bom, pode deixar ela vir – comecei – veremos do que ela é capaz.

- Aí, cara – a branquela disse fazendo eu me virar pra ela, que força, - Aus aqui tem razão. Mas eu não estou afim de bater em você, hoje a noite na gincana. Quem pegar mais pulseiras ganha uma noite inesquecível.

- Lo, você namora. – A outra Lauren disse

- Pelo amor do pudim Cimorelli, uma noite inesquecível não precisa terminar em sexo. – ela disse e voltou pra mim – aceita? – e me estendeu a mão

- Aceito – e apertei.

- Boa sorte, Puck – se virou e saiu junto com as meninas.

- Cara, você está ferrado – Finn me disse

- Qual é, essa eu ganho fácil – falei

- Ela nunca perde uma aposta. – Zac disse – nunca. Mas, podemos te ajudar.

- Hmm, continue.

 

 

LO POV

- Você esta muito confiante senhorita Jauregui – Ally me falou

- Sim, estou. Sei que vou ganhar, a não ser que ele seja realmente melhor que eu.

- Olha, conhecemos o Puck, ele ama desafios. Melhor tomar cuidado – Tina falou

- Melhor mesmo. Ele sempre tem um truque nas mangas – Rachel começou

- Olha se conheço bem meu homem – Dj começou e sentamos em uma rodinha – ele vai ajudar o Puck.

- Acho que não só seu homem Dj, os nossos também. – Dani disse

- Por qeu o de vocês também? – Quinn perguntou.

- Bom, digamos que eles sempre apostam coisas comigo. – falei – e eu sempre ganhei. Talvez eles queiram revanche.

- Bom, então vamos fazer você ganhar garota. – Santana disse e começamos a pensar em algo. Sinto muito senhor Puck, mas essa aposta é minha.

 

JUSTIN POV

Saí do refeitório e fui para meu quarto. Quando está passando perto da piscina Shay me chama:

- Justin, Lauren falou com vocês sobre a sala de maquinas? – ela me perguntou

- Não, não falou nada. Mas o que houve? – porque será que ela não falou? Shay me contou o que estava se passando e eu realmente fique assustado. Mas disse que falaria com a Lo e veríamos um jeito de resolver aquele caso. – Shay, será que por um acaso você não teria uma..., bem... uma

- Camisinha? – me assustei – bom no banheiro de vocês na ultima gaveta tem. – ela sorriu e se virou – mas se eu ficar sabendo que você fez algo com ela..

- Você me mata. Já sei, Camila e a mãe dela me falam isso o tempo todo.

- Bom, mesmo. – ela riu e voltou pra espreguiçadeira. Fui pro quarto e segui até o banheiro onde realmente tinha muitas. De vários sabores. Sabores?

 

SANTANA POV

Olha até que as patricinhas sabem mesmo bolar um plano:

- Então está fechado, tudo que conseguirmos daremos pra Lauren. Mas, se você ganhar, coisa que eu realmente quero que aconteça, o que vai pedir pra ele? – perguntei

- Não sei. Eu falei aquilo meio sem pensar. Uma massagem nos pés talvez. – ela disse

- Bom é melhor tomar cuidado. Sabe como o Jus eh ciumento. – Camila disse

- É, eu sei. Por falar nele – Lauren disse e olhamos pra onde ela olhava.

- Bom, sei que não tenho muito a ver com isso, mas acho melhor você ir falar com ele. – disse e todas as meninas concordaram. Assim ela foi.

 

 

LO POV

Eu não falei nada quando cheguei perto dele, apenas me sentei ao seu lado, peguei uma pedra e joguei no lago:

- Por que não contou sobre o lance da casa de maquinas? – ele me perguntou fazendo a mesma coisa

- Não queria falar na frente do pessoal de Ohio. Mas como você sabe? – perguntei de volta

- Shay me contou, quando eu estava saindo do refeitório. Eu sei que ela é sua tia e tudo mais, mas olha, que corpo que ela tem. – dei um tapa nele – Ai,Ai. Desculpa. – ele falou esfregando a mão onde eu dei o tapa.

- Me desculpa do piti que eu dei. Eu, fiquei meio, sei lá, assustada. Já pensou se eu pego barriga?

- Sim eu pensei. E olha – e falou me colocando no colo dele e fazendo nossos olhos se cruzarem – sou que devo desculpas, eu que fui irresponsável. Mas, eu descobri que na gaveta do banheiro tem mais.

- Na gaveta do banheiro? Como soube?

- Sua tia me disse – ele respondeu e ohei desconfiada para ele – mas não se preocupe, assim como sua família ela me ameaçou caso fizesse algo com você – eu ri e beijei ele. Mas não um simples beijo. O beijo.

- Jus, tenho que te contar outra coisa. – ele beijou meu pescoço e olhou pra mim – Eu desafiei o Puck.

- Ele vai perder.

- Eu sei – e ri junto com ele. – só que o problema é o premio.

- Qual seria?

- Uma noite inesquecível. – falei olhei pra baixo e ele me soltou – Justin, calma

- Como calma? Você vai fazer sexo com outra pessoa?!

- Não, eu não vou. Eu falei sem pensar. Eu estava pensando na nossa conversa quando eu abri a boca e falei. Eu não vou fazer sexo com ele.

- Então desfaz. Não quero mais imaginar você na cama com outro.

- já sei. Chama os meninos pra mim.

- pra que?

- Só chama. Vou mudar o desafio. Me encontre na hora da gincana com eles.

- Aí, não vou ganhar mais beijo? – ele perguntou abrindo os braços

- Se você ganhar vai – falei e saí correndo ao encontro das meninas.  Quando encontrei elas, contei tudo o que aconteceu e elas toparam na hora o novo desafio.

- Se preparem garotos, pois mexeram com as garotas erradas – Mercedes falou e batemos palma. Pois é meninos. Se preparem.


Notas Finais


prometo postar o proximo em breve.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...