História Turma da bagunça - temporada 2 - acampamento - Capítulo 6


Escrita por: ~

Exibições 14
Palavras 1.626
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Musical (Songfic), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 6 - Lembranças


JUSTIN POV

- Espera. Lauren. Lauren Jauregui, minha cunhada. Mudando de desafio?!?! – Shawn falou com a mão no peito e todos rimos – essa eu tenho que ver.

- Não é só você. Mas olha estou com medo. – Zac começou

- Medo? Um cara como você com medo? – Mike disse – mas por quê?

- Primeiro, estamos falando de Lauren Jauregui. A menina mais confiante, mais forte, mais dedicada e mais gostosa da escola – falei – se ela não aceitou o outro e quis mudar, é porque ela esta planejando algo grande.

- Bom se ela é tudo isso que estão falando, temos que lembrar que nossas meninas estão com ela. – Finn disse – Santana e Rachel também nunca perdem uma aposta.

- Bom, então estamos perdidos. – Ty falou

- Perdidos é pouco. Presta atenção, temos duas Laurens, a Dj e a Chris. Igual a essas quatro não existe. Eles tem a Santana a Rachel e aquela Mercedes que não deve ser pouca coisa. Vamos perder mais feio que o Brasil no 7x1. – falei

- Bom, aqui cada um sabe a namorada que tem. Vamos fazer um esquema, colocamos na mesa os defeitos e as qualidades delas. Assim na hora da gincana vamos nos dar bem. – Artie falou

- Ta aí, você tem razão. Então vamos. Já cansei de perder pra branquela – Chen falou

- Ou, olha respeito menino. – falei, rimos e colocamos o plano em pratica. Desculpa meu amor, mas dessa vez seremos nós a ganhar.

 

DANI POV

- Mulher você arrasou, sério. Vamos deixar eles na lata – disse e as meninas concordaram.

- Tá, mas antes vamos lembrar de uma coisa. São meninos Lo. São mais fortes e mais altos. – Amy disse

- Podem até ser, mas. Sem ofender o homem de ninguém, não são tão espertos assim. – Lo disse

- Ok, temos um plano meninas – Tina e Marley chegam correndo no quarto

- Então fala Tina. Vamos – Rachel falou

- Artie teve a ideia de os meninos dizerem nossos pontos fracos e fortes, assim na hora da gincana eles vão saber o que será possível a gente fazer ou não – Marley falou virando a garrafa de água.

- Filhos da mãe. 1 ponto a mais pra eles – Lisa falou

- Lo, onde está sua tia? – Falei

- Na piscina talvez. Porque?

- Bom, algumas gincanas do acampamentos os responsáveis das escolas ajudam a organizar.

- Não quero trapacear Cimorelli – ela retrucou.

- Mas não precisa besta. A gente vê onde ela está, alguém fala com ela e ficamos escondidas e vemos onde estão escondendo as pulseiras. – falei de novo

- Dani tem razão A4, precisamos só ver o ambiente, não necessariamente o lugar exato delas. – Cara disse

- Por que me chama de A4, você também é branca. – ela retrucou e rimos

- Então está fechado, como não conhecemos sua tia, ficamos de olho. – Kitty falou e concordamos.

 

LAU POV

Para não ter suspeita de nada, apenas foi Lo e Mila falar com a Shay, Santana e Kitty foram observar o local, e o resto ficou no quarto mesmo jogando papo fora:

- Então maninha – Lisa começou e colocou o braço no meu ombro – como é dormir com Austin todas as noites?

- É muito bom sabia? Ele é muito carinhoso. – falei indo me sentar ao lado da Ally que estava rindo

- Mas na hora do sexo ele é carinhoso também? – Jade me perguntou

- Mas por que essas coisas caem sempre em mim? Meu Deus, mais gente nesse quarto faz sexo. – disse e as meninas riram – e sim ele carinhoso. Mas também não reclamo quando ele se alegra de mais. – disse e fiz um hi5 com Dj

- Essa é minha garota. – ela disse e todas rimos. – e vocês Ohio? Tem vidas ativas?

- Não todas. – Quinn falou – tipo eu e Santana somos as mais agitadas.

- Bom, eu de vez em quando também faço, mas não somos iguais a vocês.... – Rachel completou a todas rimos, menos a Marley

- Hey Marley. O que foi? – perguntei sentando ao lado dela.

- N-nada não. – ela falou olhando pra baixo

- Você ainda é virgem né? – Ally chegou do outro lado e ela fez que sim – bom, agora fico aliviada em saber que existe uma santa entre nós. – todas nós rimos, incluindo Marley

- Não precisa ficar assim, é normal isso. – Per disse – olha, antes nossa escola era só de meninas, aí esse ano entraram os garotos. Então foi uma novidade pra gente. Acho que é por isso que temos um pouco mais de fogo. – ela falou e rimos. – não precisa fazer com qualquer um que aparecer na frente. Faz com quem você acha certo.

- Obrigada meninas. – ela disse e deu um sorriso super fofo

- Bom, por falar em garotos. – Katy começou – já achou alguém legal Amy? E todas nós olhamos pra ela.

 

 

 

SHAY POV

Estava terminando de esconder algumas pulseiras e estranho Lauren não ter vindo me perguntar onde elas estavam

- Shay, já acabou? – Sasha a professora de artes me perguntou.

- Sim, já acabei. – respondi sentindo um nó na garganta. Por que será que eu sempre fico assim com ela? – você?

- Também. Achei estranho sua... – e parou de falar quando me viu

- Minha...? – e continuou a me olhar. Assustada olhei pra baixo e vi que ainda estava com a roupa da piscina – eu vou me trocar.

- Não precisa. Quer dizer, você está bem assim. Varios meninos estão louquinhos. – ela falou ficando vermelha – olha, suas sobrinhas – ela disse e me virei – vê se não conta onde escondemos as pulseiras – ela falou e saiu

- Uau em tia. Isso é que é saúde – Lo chegou ao lado de Camila que não parava de olhar em volta – até a professora chata – mila deu um cutucão nela – Sasha ficou sem palavras.

- Educação com os professores sim? Principalmente com ela. – falei ficando séria – o que querem?

- Primeiro – Mila disse – não viemos saber sobre as pulseiras, segundo queremos que nos fale onde fica a casa das maquinas

- e terceiro, porque temos que tratar melhor a Sasha? – lo terminou

- Venham comigo, vou mostrar o caminho da casa, e a Sasha é uma amiga de longa data que eu...

- Ama – Mila disse

- como uma amiga. – completei

- Ou mais como uma – Lo disse e eu virei pra elas fazendo a gente se trombar. – aí.

- Respeito Lauren – disse e mostrei pra elas o lugar, Lauren ficou olhando em volta por um tempo junto com Mila

- Isso aqui parece faca. – Mila falou – Mas porque riscar uma parede assim?

- Bom, eu não sei. Talves seja algum pacto ou algo do tipo. – Lo terminou e as duas ficaram olhando pra mim.

- Que foi? Por que estão olhando assim pra mim? – perguntei e elas cruzam os braços.

- Qual é tia, você não gosta só da professora Sasha como amiga. – Mila falou – vamos, conte.

- Meninas, não é nada. – disse saindo da sala e trancando a porta.

- Mas como a senhora sabia que tinha camisinha nas gavetas do banheiro? – Lo perguntou

- Tá bom. Eu conto. Mas vamos no meu quarto. Tenho me trocar – falei

- Fica assim mesmo tia. Ela vai ficar doidinha – Mila falou e elas riram.

- Vocês não prestam. – ri junto com elas. Quando chegamos no quarto elas ficaram surpresas em saber que eu também sou meio bagunceira. Depois me trocar sentei com elas na cama e pensei por onde começar – bom, eu conheci a Sasha na escola. Eramos inseparáveis. Eu, ela, Lucy, Spenser e Hanna

- A treinadora, professora de literatura e a professora de inglês? – Lo disse – vocês se conhecem desde sempre?

- Não, desde a época de escola. Mas enfim. Eu comecei a ter certos sentimentos pela Sacha no começo do ensino médio. Tipo as outras já tinham notado mas ela não. E eu sempre tive medo de contar, então nunca falei nada. Até que chegou nossa formatura, quando estávamos saindo da festa Sasha me pediu carona e eu dei. E acabou rolando dentro do carro. Depois desse dia só nos vimos na despedida, quando estávamos indo pra faculdade. Perdemos o contato, nós cinco. Mas aí depois de alguns meses consegui falar com a Lucy e a Spenser e consegui o trabalho pra elas na escola. Aí no começo desse ano o diretor avisa que teríamos uma professora nova. Fiquei surpresa em saber que era ela.

- E todos os sentimentos voltaram? Entre vocês duas? – Mila perguntou

- Os meus sim. Mas já os dela.

- Vamos fazer o seguinte, hoje a noite depois da gincana vamos fazer um jantar romântico pra vocês duas. – Lo disse

- Isso mesmo, assim vocês relembram os velhos tempos, e quem sabe não termina tudo na cama.

- CAMILA – gritei – tenha modos. Por favor.

- Camila tem razão. A ultima lembrança de vocês foi de sexo. Volta com ele ué. – Lo completou e fiquei surpresa como essas criaturas pensam em tudo e tão rápido.

- Ultima lembrança de que? – e ela entra pela porta, do mesmo jeito que entrava na sala.

- Toma a toalha tia. A baba ta caindo – Lo disse eu dei um tapa nela – lembranças sobre acontecimentos passados Sacha, ou melhor futura tia Sasha – Shay olhou pra e levantou da cama – Camila corre – e as duas saíram correndo e rindo.

- Uau, elas são uns amores. – ela comenta e senta na minha frente – tia Sasha, até que não é nada mal. Estava contando a história?

- Estava. – ela me olhou como quem diz “que mais?” – e elas agiram normal, sem preconceito nenhum.

- Essa geração de agora, não tem isso Shay, isso era só com nossos pais. – ela falou e chagou mais perto – eu adoraria relembrar os velhos tempos – e apagou a luz do quarto.


Notas Finais


mais um galera.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...