História Turtles - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO
Personagens Eunwoo, Jinjin, MJ, Moonbin, Rocky, Sanha
Tags Astro, Binwoo, Eunwoo, Fluffy, Jinjin, Jinwoo, Mjin, Moonbin, Myungjin, Myungjun, Rocky, Sanha
Visualizações 14
Palavras 2.365
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Slash
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Demorei? Sim, mas eu tava esperando pegar visualização, funcionou? Não, mas fazer o que

Capítulo 2 - O Velhote Nem Tão Velho Assim


Fanfic / Fanfiction Turtles - Capítulo 2 - O Velhote Nem Tão Velho Assim

15 anos depois

Jinwoo estava feliz, nesse momento se encontrava num táxi indo diretamente para sua nova casa e ainda por cima, com um novo emprego

Sua casa. Não imaginava que a sensação de dizer isso seria tão bom; até mesmo seus pais estavam contentes com isso, na verdade, a palavra certa era aliviados

Porque, sem querer ser rude nem nada, mas ninguém merece aguentar um marmanjo de 22 anos em casa sem fazer nada, né?

E a parte de agora ter terminado a faculdade e conseguido o emprego que tanto queria era ainda melhor. Jinwoo agora podia dizer aos quatro ventos que era um biólogo marinho, motivo para estar se mudando para o litoral e motivo de estar carregando um sorriso largo no rosto a todo momento.

Jinwoo chegou em casa, era uma casinha simples mas iria servir. Saiu do carro, sentindo a leve brisa de primavera do local que era bem menos poluído que sua antiga cidade, fazendo seus pulmões agradecerem num suspiro

Teve ajuda para descarregar o carro com suas coisas pessoais e o caminhão de pequeno porte que seguiu o táxi, carregando alguns móveis já comprados. Em pouco menos de meia hora já havia sido tudo levado para dentro e ambos caminhão e táxi já haviam ido embora.

Deu uma volta na casa para olhar os cômodos vazios, se permitindo imaginar como tudo ficaria depois de montado e personalizado, porém, sendo tirado de seu mundo de imaginação pelo mundo real e seu estômago faminto

Pegou o celular no bolso de sua calça para olhar a hora, era por volta das 15:00 e levando em consideração que não havia almoçado por conta da viagem, já era previsível sua fome; em apenas alguns minutos, já estava andando até uma lanchonete que viu no caminho enquanto pensava no que pediria quando chegasse.

Após terminar seu almoço / café, se dirigiu até o balcão para pagar a seu pedido, o atendente de cabelos cacheados que estava sentado em um banquinho mexendo no celular, assim que viu Jinwoo, se levantou para fazer seu trabalho

Se surpreendeu um pouco com a altura do rapaz quando o mesmo ficou em pé, por mais que este tivesse traços jovens como os de um bebê, Jinwoo se sentiu como uma formiga perto dele

Ignorou seus pensamentos e pagou a conta, logo se dirigindo até a saída do local, porém, logo voltando para o balcão quando lembrou que praticamente não conhecia nada da cidade ainda

—Com licença, mas... Por acaso sabe onde eu encontro um guia turístico.. Ou algo do tipo?

— Não. — Respondeu sem ao menos tirar os olhos do celular — Por que?

— Estou procurando alguém pra me mostrar a cidade, acabei de me mudar pra cá e-

— Aaah, mas assim fica mais fácil — deixou o celular de lado, por fim se levantando — tenho um amigo que está desempregado, ele é um velhote e vive aqui desde, tipo, sempre, acho que ele pode te ajudar

— Isso é ótimo — Abriu um sorriso espontâneo com a informação — mas.. Como que eu faço pra encontrar esse seu tal amigo?

— Aqui — Estendeu um pequeno papel rasgado com um número de telefone escrito — O nome dele é Myungjun, é só chamar ele, fala que foi o Sanha que te deu o número

— OK. — Guardou o papel no bolso — Pode ter certeza que ainda vou voltar aqui até ter ao mínimo uma cozinha arrumada em casa — Acenou para o outro, agora sim com a certeza de que iria para sua casa

— Até mais então, fonte de renda — acenou de volta sorrindo docemente como se não tivesse falado nada, fazendo Jinwoo dar uma pequena risada antes de sair da loja.

Já de noite, a lua brilhava alta no céu, com várias e varias estrelas espalhadas cintilando pela imensidão, era lindo, pelo fato de ser litoral, a vista do céu ao pôr do sol e a noite eram coisas muito bonitas de se ver, especialmente aos olhos de quem viveu toda sua vida em uma cidade mais movimentada, oque rendeu a Jinwoo várias fotos do céu estrelado.

Agora o mesmo estava deitado no colchão, pronto para dormir, não havia montado a cama ainda, mas podia pelo menos ficar confortável ali

Lembrou-se do tal 'velhote' que Sanha lhe falhou mais cedo, tirando o papel do bolso e o encarando

OK, ele estava com receio de ligar para tal, por mais que tivesse quase certeza que ele não era perigoso, vai que era um estuprador? Nunca se sabe

Suspirou por fim pegando seu celular e mandando uma mensagem para o número, pensando que assim seria mais seguro

Eu: Bom dia

Myungjun: Bom dia, quem é você?

Eu: Sou Park Jinwoo, Sanha me deu seu número

Myungjun: Por que que ele daria meu número a um desconhecido?

Eu: Eu disse que precisava de alguém para me mostrar a cidade, e ele me disse que você estava desempregado e poderia me ajudar
Eu: Eu pago

Myungjun: Se tem dinheiro envolvido eu topo
Myungjun: Mas quando que é para eu te mostrar a cidade?

Eu: O mais rápido possível, não sei nem onde eu tô

Myungjun: OK, pode ser amanhã cedo... Por volta das 8:30 na mesma lanchonete?

Eu: Claro, até amanhã

Myungjun: Até

Bloqueou seu celular novamente, o colocando para carregar e se virando na cama improvisada, agora sim ele iria dormir, teria um longo dia amanhã

No dia seguinte, Jinwoo acordou cedo, vestiu-se de maneira simples, calça jeans, camiseta e uma jaqueta por cima para proteger contra o frio da manhã.

Saiu de casa indo calmamente até a lanchonete, chegando lá na hora certa, olhou para os lados, haviam algumas pessoas tomando café da manhã, mas nenhum idoso

" Onde já se viu chegar atrasado quando é você mesmo quem decide a hora? "

Sentou em um dos banquinhos que ficavam no balcão, não iria pegar uma mesa para sair logo em seguida dela. Pediu um misto quente para comer enquanto esperava e pegou seu celular para checar se era a hora certa, como já esperava, era. Deu um leve suspiro logo vendo que seu misto havia chegado para a felicidade de seu estômago.

— Esperando alguém? — Um rapaz com cabelos ruivos cujo bebia um suco, que Julgava ser de laranja, perguntou e Jinwoo fez que sim com a cabeça — Coincidência, eu também — Ele não sabia oque falar, não era bom em puxar assunto, muito menos com um desconhecido — Nunca te vi por aqui antes, você é novo aqui?

— Sou, me mudei pra cá ontem mesmo

— Que legal! Mas já conhece alguém por aqui? A propósito, Sou MJ — sorriu, estendendo sua mão

— ah, olá Michael Jackson — cumprimentou enquanto ria por ter recebido um olhar de reprovação do outro — Tecnicamente ainda não conheço ninguém fora o Taxista e o Atendente que eu conversei ontem

— Então eu vou ser seu mais novo amigo — Sorriu divertido, a esse ponto, Jinwoo quase esquecerá o por que dele ter ido a lanchonete a essa hora da manhã, aquele sorriso de certa forma não era estranho para ele — Mas primeiramente, qual seu nome, não, melhor, como seus amigos te chamam?

— Fora apelidos nada carinhosos como anão de jardim, ou tartaruga, eles me-

— Como assim tartaruga não é um apelido carinhoso? são meus animais preferidos, mais respeito! — Interrompeu Jinwoo e disse em tom autoritário, mas ainda assim de modo divertido

— Calma aí — disse entre risadas, risadas gostosas de serem ouvidas, e que faziam MJ sorrir singelamente, sem ao menos perceber — São meus animais favoritos também, mas não é legal ser chamado assim pelo fato específico de ser lerdo — fez bico, lembrando de seus amigos na sua cidade natal, não havia falado com Eunwoo desde que viajou, mais tarde faria isso.

MJ sorriu abertamente, era difícil achar pessoas com animais favoritos diferentes dos tipo "gatos, cachorros, leões, tigres, ursos e etc", tanto que algumas vezes se perguntava o que tinha de tão especial em animais cheios de pelo

— Sério? Elas não são fofas? Especialmente as filhotes!

— Sim! — Respondeu na mesma animação que o outro — Elas foram inclusive o que me fez ter mais curiosidade sobre a vida marinha, o que acabou com eu tendo que me mudar pra cá ontem para poder seguir sendo um biólogo marinho

Sorriu lembrando do que teve que passar para chegar até aqui, não era nada muito grande o que tinha em suas mãos, mas adorava isso, se sentia feliz estudando sobre as criaturas que viviam no mar, lembrou também de quando era bem pequeno e tinha medo do mar, na verdade, este não tinha tantas memórias disso (ou quase nenhuma), maior parte das histórias dele com medo do mar fora sua mãe que lhe contou, mas mesmo assim, não deixava de ser uma ironia

— Olá? ALooOoo — MJ acenou na frente do rosto do outro, que parecia estar viajando bem longe e ainda por cima ter se perdido no labirinto dos pensamentos, quando este percebeu, deu um pulo no banquinho onde estava, piscando os olhos diversas vezes como se realmente tivesse acabado de acordar

— Ah.. Desculpa, me perdi aqui — disse se enrolando com as palavras enquanto passava a mão em sua nuca, claramente constrangido e talvez até um pouco vermelho. Pegou seu celular, num ato de desviar a atenção de MJ que agora ria de si e de ver a hora, marcavam 8:47 e nada de algum velho entrar naquela lanchonete — Nada ainda.. —sussurrou para si mesmo

— Como? — MJ perguntou, ouvindo o outro sussurrar mas não conseguindo compreender o que foi dito

— Nada, só que... A pessoa que eu estou esperando ainda não chegou, e contando com a hora, duvido que chegue

— A que eu estou esperando também está demorando.... Espera, quem você está esperando mesmo?

— Myungjun, ele iria me mostrar a cidade hoje, mas a pessoa cujo me deu o número dele me disse que ele era um senhor de idade e até agora nada. E você?

—Eu? Eu vou fazer picadinho de Sanha pra comer no churrasco — sorriu, mesmo estando com vontade de matar alguém por dentro, e esse alguém tinha nome, pais, idade e tudo mais que se pode imaginar — Prazer novamente, meu nome é Kim MyungJun, por enquanto ainda tenho apenas 23 anos e estou esperando um tal de Park Jinwoo

Jinwoo ficou boquiaberto, tentando entender a situação, mas acabou demorando um pouco para processar tudo, então estavam os dois ali o tempo todo e nenhum deles sabia disso

— Espera, achei que você seria um velho! Você é apenas um ano mais velho que eu!

— Por isso mesmo eu tô dizendo que vai ter Sanha grelhado no almoço de domingo, aquele pirralho acha que só por ter 17 anos pode sair chamando todo mundo de idoso — Riu enquanto fingia uma cara emburrada pela ofensa a sua pessoa – Mas por que você não me disse que seu nome era Jinwoo?

— Por que você perguntou meu apelido e ainda me interrompeu antes de eu acabar a frase, e você também não me disse que seu nome era MyungJun

— Nhaa, isso não importa, agora vamos porque a gente já perdeu tempo demais aqui — se levantou com um sorriso travesso nos lábios , visto que não tinha mais argumentos para continuar a conversa pois Jinwoo estava realmente certo — Aliás, Qual o outro apelido que você iria falar quando te interrompi?

— Era Jinjin, não é relacionado a minha personalidade como os outros; um antigo... amigo meu, me deu esse apelido, eu acabei gostando e pegou

— OK, então vou fazer como falei antes, já que Jinjin é seu apelido, vou te chamar de Jinji- Espera — Parou no meio da calçada e Jinwoo fez o mesmo — Você disse que um amigo que te deu esse apelido, certo?

— Sim

— Disse que seu animal favorito são tartarugas

— Sim

— Você já veio nessa cidade antes, tipo, quando criança ?

— Sim...

— Por acaso você tinha medo da água quando pequeno?

— Sim, mas como é que sabe?

MJ entrou na frente de Jinjin, segurando o rosto dele próximo ao seu com ambas as mãos o virando de um lado para o outro para ver os detalhes de sua face, por fim o encarando nos olhos por um bom tempo

Jinwoo não sabia oque estava acontecendo, não sabia o porquê das perguntas, como ele sabia daquilo e porque que ele estava o encarando de tal maneira agora, a única coisa que sabia era que seu coração estava acelerado pela proximidade e possivelmente estava com as bochechas quentes pelo mesmo motivo, que estava assustado com tudo isso e que podia jurar que com aquela encarado MJ conseguiu ver até sua alma

— JINJIN! — gritou alto quando se afastou do mesmo, sorridente, o que deixou o outro confuso — Não lembra de mim?

Fez que não com a cabeça, se preocupando um pouco com a reação de Myungjun e com sua própria memória

— Como não?! — Myungjun se sentiu ofendido, como pode ser esquecido assim tão fácil? Tudo bem que eram crianças na época, mas mesmo assim, ele levou o apelido que MJ lhe dera para a vida inteira e ao menos se lembrava dele — Fui eu que te dei o seu apelido, Jinjin, Jinjin! Sou eu, MJ! — apontou para si mesmo, tendo como reação de Jinjin apenas virar a cabeça para o lado, como se não entendesse nada e estivesse achando aquilo uma grande loucura — Você tem que lembrar! Que amigo ingrato você é, lembra do apelido, mas não lembra da cara de quem te deu ele

— MJ! — Jinwoo por fim se lembrou, correu até o amigo - mesmo que essa corrida tenha sido como, três passos - e lhe deu um abraço numa ação impensada, porém, foi retribuído mesmo assim, fora envolvido tanto pelos braços do outro quanto pelas risadas de ambos, que riam da lerdeza de Jinwoo e do fato de acharem que nunca mais se veriam

Agora Jinwoo sabia o porquê daquela sensação estranha de mais cedo


Notas Finais


Cara, nem sei o que coloco aqui, são muito poucas pessoas que veem isso aqui, scrr hdjddj, mas se você é uma delas, muito obrigada, muito obrigada mesmo.
Bem, o próximo sai ainda esse mês (até pq tá pronto, tá até no wattpad já)
Jinjin sou eu na vida
E esse maknae abusado aí?
Qual é o animal favorito de vocês? (q)
Enfim, muito obrigado de novo para quem acompanha, não esqueçam de votar caso gostem, amo vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...