História Tv Miluna! - Capítulo 29


Escrita por: ~

Postado
Categorias Sonic The Hedgehog
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Fofura, Imaginação, Talento
Exibições 2
Palavras 969
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Famí­lia, Fantasia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Uma aventura eletrizante aparece na vida de Miluna.

Capítulo 29 - Episódio 29 - Elektra, ligada aos 220 Volts


Episódio 29 - Elektra, ligada aos 220 Volts

 

O portal mágico aparece com uma notícia muito legal.

Iara: Sério? Uma nova aventura?

Miluna: Estou doida para saber qual é!

Iara: Vamos descobrir entrando neste portal!

Borboleta: Sim.

Iara, Miluna e Borboleta como sempre, entram no portal e logo se fundem. Miluna vira uma carga elétrica, chamada Elektra. Ela e todos os eléktrons vivem num mundo surrealista chamado Elektrolândia. Os amigos de Miluna passam a ser eléktrons também.

Elektra: Que lugar é esse?

TewTew: Deve ser o Elektroland.

Raxel: Sim, acertou.

Tazzy: Até mudamos de nome!

Elektra: Pois é! Estou achando que tem algum vilão aqui.

Borboleta Yellow: E tem mesmo, Elektra.

Elektra: Quem é?

Borboleta Yellow: A guerra na Elektrolândia. Os outros eléktrons se revoltaram por causa da crise energética, e o vilão principal é o Uneutorn.

Elektra: Nossa e o que faremos?

Borboleta Yellow: Fiquem espertos com ele, pessoal. Não deixem cair pela cilada dele e terão que enfrentar novos vilões. 

Elektra: Okay, então.

TewTew: Beleza!

Raxel: Okay

Pipioaz: Au au!

Tazzy: Okay!

E assim, todos os eléktrons estavam naquele ritmo agitado e acelerado. Só que Uneutorn acabou pegando Elektra.

Uneutorn: Parada aí, Elektra!

Elektra: ME SOLTA, UNEUTORN!

Uneutorn: Isso nunca!! Vou te transferir para o mundo realista!

Elektra: Por favor, pare!

Uneutorn: Hahahahaha!!

TewTew: Solte ela, seu imbecil!!

Uneutorn eletrocuta TewTew e ele sofre dano. A eletricidade do Uneutorn é de tonalidade preta. Raxel e Tazzy tentam dar uma investida e acabam sofrendo dano. Elektra vai ter que derrotar esse salafrário.

Elektra: PAZIMUN!!

Elektra eletrocuta Uneutorn e ele sente cócegas.

Uneutorn: Hahaha! Pare! Isso faz cócegas!

Uneutorn levou a coitada para o mundo realista. Elektra nem sequer conhece o lugar e acha todos estranhos. Os humanos olham para ela assustadoramente.

Elektra: Por que estão todos olhando para mim?

Os humanos nem responderam. Apenas se assustaram e um deles resolveu fazer carinho nela. Ela gostou, só que naquele climinha gostoso de descoberta, ela estava correndo perigo. Porque você sabe como são os humanos... Qualquer coisa que seja fora do comum e fora da realidade, eles capturam para estudar. Ou para empalhar e colocar no museu, para estudar. Elektra ativou seus sensores e percebeu que alguns humanos a cercaram e resolveu fugir, para não ser empalhada ou estudada por eles.

Elektra: Pazinum!!

Depois de dizer isso, esses humanos levam choque e Elektra corre igual a uma raposa assustada.

Elektra: Eu não queria fazer isso, sinceramente! Mas esses humanos não me deixaram escolha!

Logo, duas cargas negativas aparecem e encaram Elektra. Devem ser as cópias da Anti Iara.

Negative Neutri: Elektra, você já era! Fui convocada para destruí-la!

Protone Poutri: Prepare-se para morrer!

Elektra: Parem com isso, eu sou radioativa! Não entendem que Elektrolândia corre perigo?!

Protone Poutri: Elektra, querida... Somos cargas negativas! Viemos aqui por conta do Uneutorn! Além disso, precisamos destruir esse mundo também! Se Elektrolândia não é das cargas negativas, não é de mais ninguém!

Negative Neutri: Por isso, vamos nos vingar!

Elektra: Pazinum!!

Elektra eletrocuta as cargas negativas, mas não o suficiente. Elektra leva golpes doloridos e fica presa num buraco da tomada. Seu rabo tomada ganha forças e Elektra recebe mais energia. Sua bateria já saiu do controle, passou dos 220 Walts e logo, ganha força máxima.

Elektra: Não permitirei tamanha crueldade!!

Elektra se transforma em Elektra Maximium e fica mais radioativa ainda. As cargas negativas eletrocutam ela, mas Elektra Maximium não sofre nenhum dano e termina a luta com sua energia radioativa.

Elektra Maximium: PAZINUM PASUHA!!!

Houve uma explosão enorme e todas as cargas elétricas sofrem dano, inclusive Uneutorn. Os humanos se assustam com a Elektra Maximium e todos os eléktrons. Elektra Maximium volta ao normal e vira a Elektra, explicando que os eléktrons apenas fazem o bem. Eles entenderam e demorou bastante para que os humanos fossem legais com os eléktrons. E assim, o Elektrolândia foi salvo e Uneutorn não se dá por vencido, ele promete que um dia ele vai derrotar a humanidade junto com os eléktrons.

-//-

Enquanto isso, no mundo inferior...

Anti Iara: Eu não quero ficar sozinha, papai! Aquela chata da Abusada foi embora! E essa menina que levou o gato? Quem era ela?

Dark Angel: Bom, nem eu sei também, mas vamos derrotá-la, ok?

Anti Iara: Espero que sim! Porque ela me atrapalhou! Eu já ia bater no gatinho e ela acabou sumindo!

Abusada aparece.

Abusada: Parece que citaram meu nome!

Anti Iara: Onde você estava, sua idiota?

Abusada: Peguei uma coleção de seres vivos para você torturar!

Anti Iara: Oh mas que maravilha! Eu vou fazer isso agora!

Anti Iara joga sal em todos os caracóis e eles acabam morrendo. Os caracóis gritaram e choraram, mas Anti Iara nem ligou.

Dark Angel: E quanto a você, vagabunda?

Abusada: Tenha muito cuidado quando for falar de mim, seu anjo malvado! Acredite, pois eu tenho a capacidade de te fazer delirar!

Abusada se aproxima de Dark Angel e abraça ele, seduzindo. Dark Angel sorri malicioso.

Dark Angel: Tá me provocando?

Abusada: Estou sim! E pode acreditar que eu sou muito boa nisso, querido.

Depois de matar caracóis e bebendo suco vermelho numa taça de vinho, Anti Iara olha para a Abusada com cara de ódio e quebra a taça, assustando a Abusada.

Anti Iara: TIRE SUAS PATAS DO MEU PAI!!

Abusada: Seu pai, querida?

Anti Iara: ELE É MEU!! ELE É MEU!! NÃO QUERO QUE TIREM PAPAI DE MIM!!

Dark Angel abraça Anti Iara e ela se acalma.

Dark Angel: Calma, filhote de cobra... Ela estava brincando.

Abusada: Está com ciúmes de mim, né?

Anti Iara: Eu? Ciúmes? Não! Só não quero que fiquem perto do meu papai!

Abusada: Aham, sei.

Abusada falou aquilo com sarcasmo.

Dark Angel: Tranquila, menina... Eu tenho sobra pra todas!

Depois de dizer isso, Anti Iara fica com o rosto vermelho de vergonha.

-//-


Notas Finais


Já eliminei os asteriscos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...