História Twice Crazy - Capítulo 48


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, BtoB, F(x), G-Friend, Girls' Generation, Got7, Mamamoo, Miss A, Seventeen, TWICE
Personagens Chaeyoung, Dahyun, Jihyo, Jungyeon, Mina, Momo, Nayeon, Sana, Tzuyu
Tags 2yeon, Comedia, Dahmo, Jeongchae, Jeongda, Jeongji, Jeongmi, Jeongmo, Jeongsa, Jeongtzu, Michaeng, Romance, saida, Satzu, Shoujo-ai
Visualizações 115
Palavras 6.463
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ecchi, Escolar, Harem, Romance e Novela, Shoujo-Ai
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Annyeong galera! Mals pelos 30 anos sem atualizar kkkk! (se leu as notas finais do cap anterior sabe do que estou falando kkk LOL). Mas eu finalmente voltei! :D E espero que vocês gostem deste cap! <3

Boa leitura!

Capítulo 48 - WTF?!


Fanfic / Fanfiction Twice Crazy - Capítulo 48 - WTF?!

 

“— Sim... Jeongyeon...”.

Essas palavras se repetem no cérebro da pequena garota deitada em sua cama enquanto olha para o teto de seu quarto compartilhado. A mesma vem estando acordada a noite inteira, sem pregar os olhos por um segundo se quer. E já é de manhã. Está quase na hora de levantar. Porém ao invés de ela tentar descansar por pelo menos alguns minutos restantes, ela permanece acordada e passando os flashes de conversas que ouviu, em sua cabeça, continuamente.

“— Talvez a minha amiga esteja realmente apaixonada...”.

Isso foi o que escutou da garota dormindo ao seu lado quando a mesma achou que já estavam todas dormindo, mas o certo anão não estava. Na verdade ela estava atenta a cada palavra que foi dita. E isso a deixa perturbada com algo.

CY: E se essa tal amiga for-... Agora tudo faz sentido...

 

Flash Back. Noite do dia anterior de elas ficarem presas na escola.

 

A pequena garota havia acabado de chegar de sua aula e estava prestes a entrar em seu dormitório, até que parou quando ouviu uma conversa vinda do lado de dentro do lugar, com um tema um tanto que incomum. Então ela somente abriu um pouco a porta, sem fazer barulho, e ficou escutando a conversa, pois curiosidade era sinônimo de Chaeyoung.

— Amber unnie, eu queria te pedir um conselho...

— Sobre o que?

 

“Amber unnie?”. Pensou Chaeyoung.

 

— Na verdade é um conselho para uma “amiga” minha, mas eu não sabia como aconselha-la, então eu preciso de sua ajuda...

 

“Essa é a Jeong unnie?”.

 

— Ok, o que é?

— Bem... “Ela” me falou que recebeu uma confissão de amor de alguém...

— Wah! Então isso é bom!

— Mas esse alguém... Era... Era uma garota... “Ela” me disse que não sabe o que fazer, pois não sabe o que realmente sente em relação a essa menina, se é amor ou amizade... Mas e se for amor? O que “ela” faz? Ela está perdida, certo? Porque não deve amar outra garota, né?

 

“Do que elas estão falando? O que está acontecendo?”.

 

— E porque ela não deve?

— Ué? Porque sim... O certo é menina se apaixonarem por meninos, certo?...

— Que eu saiba, não se da para escolher amor. Quem cuida disso é o coração.

— Eu sei, mas ela disse que está com medo. Ela tem medo de tentar enxergar esses sentimentos... O que você acha que ela deve fazer?

 

“Porque ela abordou esse tópico? E quem é essa tal amiga?...”. A menor suspeitava de algo sobre essa “amiga” de Jeongyeon.

 

— Ué! Se ela amar essa tal garota que lhe confessou, ela deveria seguir seu coração...

— Mas ela disse que tem muito medo...

— Medo do que?

— Sociedade talvez... As pessoas ao seu redor, o que elas pensariam sobre isso...

“O que que a Jeong unnie está fazendo?... A Amber unnie pode não perceber, mas para mim a Jeongyeon unnie é tão obvia... Eu a conheço muito bem... Não é atoa que somos No-Jam Bros... Está claro que ela não está falando de uma amiga...”

— Oh sim... As pessoas em volta são tudo um bando de ignorantes e estúpidos... Mas se deixar de fazer o que deseja você vai morrer infeliz... A vida é muito curta, você não sabe do amanhã... Ou melhor... Você não sabe do próximo milésimo.

 

“É ela, não é? Ela está falando dela, certo?”. Chaeyoung não pôde deixar de fazer confusão e perguntas em seu cérebro.

 

— Mas também tem algo nisso... A menina que se confessou para ela era-...

MB: Chaeyoung-Ssi?

Chaeyoung olhou para trás e viu Moombyul parada com uma menina ao seu lado.

MB: O que está fazendo? Porque está só parada ai em vês de entrar?

Chaeng fechou lentamente a porta atrás de suas costas para que Moombyul não percebesse e tentou achar uma desculpa plausível.

CY: Ah hahahaha! Eu só estava arrumando a maçaneta da porta que estava meio solta... — Sorriu forçadamente. Nossa que desculpa mais bosta, Chaeyoung. Pensou.

MB: Oh, ok então... Bem, Chaeyoung, eu queria te apresentar minha nova namorada. Esta daqui é a...

CY: Bom, mas parece que deu certo... Pensou enquanto Moonbyul a apresentava para a garota a seu lado.

Mas Chaeng só conseguia ocupar sua cabeça pensando em uma única coisa... E não era nem o fato de sua unnie estar apaixonada por alguém do mesmo sexo que ela, e sim...

CY: Quem é essa garota por quem ela se apaixonou?...

 

Fim do Flash Back.

 

 

CY: ... Agora tudo faz sentido... As duas presas no banheiro... A foto do beijo que elas disseram que foi um erro, porém agora tenho certeza de que não foi... Respira fundo e passa os dedos entre os cabelos, tentando engolir todos esses fatos que de alguma forma desconhecida está fazendo seu coração ser esmagado. Mina unnie sempre foi apaixonada por Jeongyeon unnie, então estou certa de que essa garota que confessou a ela foi... Foi Mina... Mas como Jeongyeon disse, “Ela tem muito medo”. Então ela deve ter recusado a Mina unnie. E com a frustação a Mina unnie veio até mim e me... E me... E me machucou porque desejava Jeong unnie... Mas agora sei que Jeongyeon unnie também está apaixonada por ela... Agora realmente tudo faz sentido...Junta as peças do quebra cabeça. ... Mas porque ela disse aquilo?...

 

Flash Back.

 

MI: Sim... Mas... Eu acho que tenho sentimentos para outra pessoa também...

CY: ............... — Parou por um momento no tempo antes de perceber o que a ultima tinha dito. —... Que?!... Como assim?!

MI: Deixe para lá... Eu ainda estou tentando ter certeza se é isso... Mas sinto que meus sentimentos por ela estão crescendo cada dia mais...

A menor ficou apenas encarando confusamente a mais velha. Mina sorriu ao ver a expressão da ultima.

MI: Você... Todas saberão quando chegar a hora... Pois agora não é o momento certo...

Chaeng continuou a olhar interrogativamente para ela.

MI: ... Chaeyoung... Eu fiz algo totalmente deplorável, eu sei... Mas você poderia guardar esse segredo para mim?... Você não acha estranho, acha?... Eu gostar de... — Não terminou de falar e abaixou a cabeça.

CY: Gostar de garotas?

Mina ergueu a cabeça e olhou para Chaeng.

MI: Eu não gosto de garotas... Eu gosto somente delas... São as únicas... — Tinha sentimento por duas garotas em especiais.

Chaeyoung negou com a cabeça, dizendo que não tinha problema algum com isso.

MI: E então? Você poderia guardar este segredo por mim? — Se curvou, colocando as duas mãos no chão enquanto encostava a testa sobre o mesmo, na frente da outra garota.

Chaeng só acenou com a cabeça novamente, porém ainda estava um pouco confusa.

MI: Eu agradeço. — Sorriu. — E peço desculpas novamente... Infinitamente pelo que fiz... — Se curvou de novo. — Sinto muito... Não sei nem como posso me redimir de uma coisa horrível como a que fiz...

A mais nova suspirou e tentou reprimir o medo de sua unnie pelo o que aconteceu na noite da festa, pois em alguma hora teria que aceitar o fato de que aquilo aconteceu e já passou. Não dava para voltar a trás e não tinha como continuar fugindo dela... Alias... Ela era sua unnie e também uma membro de seu grupo. Elas não poderiam ficar assim para sempre... E como de certa forma Chaeyoung tinha seu lado maduro. Ela com muito esforço mental e físico, decidiu perdoar Mina.

 

Fim do Flash Back.

 

CY: ... Tem como estar apaixonada por duas pessoas ao mesmo tempo?... E quem é essa outra menina?... As duas escondem algo... Pensa, mas logo chacoalha a cabeça de um lado para o outro tentando eliminar esses pensamentos revoltos de sua mente. Eu deveria ir dormir agora... Temos evento marcado para hoje...Suspira e começa a fecha os olhos lentamente.

Alguns segundos depois...

JY: Chaeng! Vamos, está na hora de irmos nos arrumar. — A chama enquanto se espreguiça.

CY: Droga!...

 

(...)

 

Nayeon que está deitada em sua cama e olhando para o teto antes mesmo do despertador soar no local para elas acordarem. Ela suspira e passa as mãos sobre o rosto. Seus olhos estão avermelhados e suas olheiras são visíveis junto com sua expressão de cansaço. Isso indica que provavelmente a garota passou a noite que deveria descasar bem para o evento seguinte, acordada apenas vendo as horas passarem.

NY: Porque eu simplesmente não consigo mais encara-la?... Ela obviamente nem se lembra do dia... Mas eu ainda continuo agindo estranho e a evitando... Franze o cenho e aperta o lençol de sua cama. — Eu sou tão estupida... Tenho que parar isso... Está errado... Tenho que parar com esses meus sentimentos... — Murmura. —... Esses meus sentimentos em relação a minha “MELHOR AMIGA”... Pensa.

Com um movimento súbito, Nayeon se levanta para ir até o banheiro para poder se lavar, enquanto limpa com os dedos, uma lagrima que escorreu em seu rosto.

NY: Isso tudo tem que acabar... — Sussurra.

E então alguém fica somente observando a mais velha ir para o bainheiro, sem a mesma ao menos perceber.

MI: Somos duas... — Murmura.

Mina está ainda deitada em sua cama, mas também esteve acordada a noite inteira enquanto sabia que Nayeon também fazia o mesmo. E sem precisar ler a mente da outra garota, Mina já pode deduzir o porquê de a mesma ter murmurando aquelas palavras, pois não tem outra explicação a não ser a que está em sua cabeça.

MI: Não é fácil... Realmente não...

 

(...)

 

MO: Momo, o que deu em você para fazer aquilo?! — Briga com sigo mesma enquanto escova os dentes na frente do espelho do banheiro. O que a Jeongyeon deve ter pensado sobre aquele beijo?!... Aquilo foi muito estranho... O que você estava pensando?! Cora quando se lembra do quão suave a pele de Jeongyeon era. Mas logo chacoalha a cabeça. — Que diabos, Momo! — Coloca a escova de volta no porta escovas de dente, liga a torneira da pia e enfia seu rosto de baixo da água.

 

(...)

 

“— Espere Tzuyu, eu...”.

Tzuyu pega a almofada do sofá e coloca sobre sua cara para abafar seu grito e esconder seu rubor ao se lembrar de alguns certos momentos que ocorreram quando estavam presas na escola, mas que também ao mesmo tempo estão a angustiando.

 

Flash Back.

 

SA: Espere, Tzuyu. Eu... Eu também gostei!... — Alcançou Tzuyu e a segurou pelos ombros.

As duas pararam e ficaram se encarando alguns segundos antes de começarem a corar muito forte.

TY: Oh my god! Essa situação está bem estranha.Virou para o lado oposto de Sana e escondeu seu rosto com as mãos, só deixando um espaço entre os dedos do meio e anelar para os olhos.

SA: ... Isso está realmente constrangedor... — Olhou para o lado e coçou a nuca, timidamente. — Éééé... Me desculpe se isso foi inapropriado... Err... Quero dizer... Eu... Bem... Sabe... Gostei só um pouco... Na verdade muito. Pera! Não!... Eu disse que gostei bastante, mas não que eu tenha gostado o suficiente para... Éééé... Foi bom, tipo, eu achei gos-... Que?!... Mas não é desse jeito... Eu... Ok... Me desculpe... — Não sabia como e mais o que falar, então só abaixou a cabeça, envergonhada.

Tzuyu não pôde deixar de rir do quão fofa era Sana sendo desajeitada.

SA: Só não quero que você me intenda mal ou ache estranho q-...

TY: Creio que não da para não entender mal ou não achar estranho quando falamos que gostamos do que aconteceu... — Disse enquanto se virava para Sana, com a cabeça a baixa e brincando com os dedos, timidamente.

SA: É... — Deu sorriso embaraçoso e olhou para o lado.

Então somente o silêncio permaneceu no local por alguns segundos até que Sana o quebrasse.

SA: Bem... Então isso é um segredo, certo?

Tzuyu acenou com a cabeça.

Sana levantou a mão para a mais alta e estendeu seu dedinho mindinho. Tzuyu fez o mesmo. E as duas fecharam os olhos.

SA: Juramos guardar esse segredo e nunca revela-lo para ninguém...

Sana falava e Tzuyu repetia logo em seguida.

SA: E não fazer isso novamente, porque é estranho... E não gostar disso, porque é mais estranho ainda... Certo? — Perguntou ao final da frase para poder saber se Tzuyu estava de acordo. Abriu um dos olhos para ver a outra garota. A mesma estava com uma expressão ilegível e também não respondeu a pergunta e nem repetiu a frase.

No fundo Sana não queria que Tzuyu estivesse de acordo com o que ela falou, mas após alguns segundos a ultima repetiu o que Sana disse. E Sana pôde a ver forçando os olhos, e sentir o aperto em seu dedo se tornado mais forte.

Tzuyu também não queria, mas como uma não pode ler os pensamentos da outra. Elas acabaram concordando, pensando que esse era o certo a fazer, pois se elas negassem seria estranho e em suas cabeças, algo errado a se fazer.

SA: Ok... Está feito... — Disse com um leve tom de tristeza em sua voz. — Então vamos esquecer o que aconteceu...

Tzuyu somente acenou com a cabeça novamente. E o silêncio dominou de novo o local.

SA: Waahh! Mas eu queria fazer de novo! — Fez uma expressão de tristeza, brincando.

Sana tenta disfarçar seu desalento com sua forma normal e idiota de ser. A grande cobra que flerta com todos.

Então Tzuyu revirou os olhos.

SA: Hum! Mas eu estou bem... Pelo menos roubei seu primeiro beijo... — Fechou os olhos, colocou as mãos atrás da cabeça e começou a dar paços largos enquanto se sentia orgulhosa.

TY: Aish! Pabo-ya! — Deu um soco de leve no braço de Sana.

E então as duas riram, para disfarçar algo maior... Algo maior que doíam em seus peitos.

 

Fim do Flash Back.

 

TY: Droga! Porque você disse aquilo?! — Se refere a Sana e acaba falando alto sem querer.

DH: Disse? Quem disse o que?

Tzuyu vê Dahyun parada na porta do quarto olhando para ela.

TY: Oh! Na-não é nada... Dahyun unnie... Hahaha! Não disse nada... Eu estava apenas pensando em voz alta... — Da um sorriso sem graça.

Dahyun cruza os braços e fica olhando interrogativamente para a maknae. Ela não sabe exatamente o que está acontecendo, porém tem um mau pressentimento sobre isso.

DH: Um...

 

(...)

 

Gerente: Estão todas prontas? — Abre a porta do carro para 5 das meninas entrarem.

Todas: Sim!

Jihyo, Sana, Tzuyu, Dahyun e Chaeyoung entram no carro, uma seguida da outra e logo depois o gerente fecha a porta do automóvel.

Gerente: E vocês? — Pergunta para as outras meninas restantes.

MI: É mais ou menos... — Responde desanimadamente.

Elas estão com cara de mortas, cara de quem não dorme faz séculos. Menos uma delas que está disposta e cheia de energia, olhando para a cara das 3 sem entender o porque de seus rostos de defuntos.

As 4 entram no carro e se acomodam em seus bancos.

JY: Porque vocês estão com cara de quem morreu e esqueceram de enterrar?

MI: Mals... Não consegui dormir... — Tenta agir normalmente.

MO: É... Eu também não... — Tenta o mesmo que Mina.

NY: ........

Nayeon ignora a pergunta e fica olhando para o lado de fora do carro, pela janela.

JY: Sério! Se fosse para vocês não dormirem e descansarem para hoje... EU NÃO TERIA ME ARRISCADO E FEITO UM ROLO PARA TIRAREM VOCÊS DAQUELA MALDITA ESCOLA! — Deita no banco e bufa, irritada.

Então as 3 olham para Jeongyeon, pelos cantos dos olhos.

NY, MO e MI: É tudo sua culpa!... Pabo!...

 

(...)

 

CY: Meninas! Vocês ficaram sabendo que somos top 1 nas paradas com Signal?! — Sorri e mostra a tela de seu celular para as garotas, fazendo-as sorrirem também.

TY: Nossa! Que novidade... — Fala com cara de poker enquanto lixa suas unhas.

CY: Wow! Quanta modéstia, Tzuyu. — É irônica.

Tzuyu vira o rosto para o lado para poder encarar Chaeng, mas ainda com sua cara de poker.

TY: Me desculpem... É que eu nasci para sempre ser top 1, então não é lá uma novidade... — Volta focar em suas unhas.

As meninas param de rir instantaneamente e ficam a olhando por alguns segundos antes de ignorarem totalmente o que a mesma falou e voltarem a discutir alegremente sobre a posição da musica.

CY: Estou tão feliz que nós conseguimos atingir essa marca! — Sorri e agita as mãos.

DH: Sim! Twice dominando o mundo! — Brinca.

SA: O planeta do Twice!

Todas olham para Sana.

CY: Que bosta é essa?

SA: Uai! Twice dominando o mundo. Então em vez de “O Planeta dos macacos” é “O Planeta do Twice”!

JH: E inconscientemente você nos comparou a macacos...

SA: .....

CY: Mas mesmo assim estaria errado, porque o único macaco aqui é a Tzuyu...

TY: Sim... — Concorda, mas para pra pensar no que acabou de ser dito. — Pera! Que!?...

CY: Fufufufufu!

SA: ... É... Se for pensar por este lado... Pega mal, né?... — Pensa no que Jihyo disse. — Mas essa não foi a minha intenção...

CY: É obvio que sabemos que não foi... Até porque você nunca pensa para falar.

Sana revira os olhos e mostra língua para Chaeng. O que a mesma acaba fazendo de volta para Sana.

DH: Vocês parecem duas crianças... — Fica com tédio.

CY: Oohh! — Finge estar surpresa. — Muito bem, dona adulta! — Zomba e depois ri junto com Sana, pois já fizeram as pazes novamente.

Dahyun suspira e as ignora.

CY: Affs! Desde quando você se tornou essa velha chata e ranzinza que é agora?... Está até parecendo a Jihyo unnie...

JH: EI! Eu estou aqui, ok?! — Fica chateada com a comparação. — E eu não sou nenhuma velha chata e nem ranzinza, tá?! Sou a melhor e mais divertida líder desse mundo! — Fala com orgulho.

CY: Claro, claro... E eu tenho 1,60...

Chaeyoung e Sana começam a rir histericamente, quase engasgando.

JH: Aish...

TY: Ela fez piada com seu próprio tamanho...

CH: Eu posso.

TY: Um... — Agi com indiferença.

DH: Eu mereço... — Olha para o anão e o esquilo rindo parecendo duas pessoas com problemas mentais.

Bom, talvez as duas realmente tenham problemas mentais... Ou melhor... Talvez o Twice tenha problemas mentais...

 

(...)

 

Gerente: Vamos garotas! O programa já vai começar! — Acena para as meninas entrarem no palco.

Elas vão em fila e em ordem de idade, entrando no local onde vão ficar para apresentar o programa.

Todas as 3.000 pessoas no auditório (que por sinal ultrapassaram um pouco o limite de pessoas permitido no local) começam a gritar loucamente com a entrado do Twice.

TY: Wah! O sentimento de ser famosa é tão bom!... Somos demais! — Sussurra para as garotas ao seu lado enquanto sorri e acena para os fãs.

Nayeon, Mina e Jeongyeon que ouviram o que a menina mais nova disse, reviram os olhos e continuam a acenar e sorrir.

Todas: One in a million, annyeonghaseyo, Twice imnida! — Se curvam.

Fãs: AAAAAAAAAAAAAHHHHHHH!

JH: Bem, então como todos tanto esperavam. Finalmente nós estamos aqui no Fan Meeting de Signal! — Fala e os fãs começam a gritar novamente.

NY: Sim! E estamos muito felizes de terem todos vocês onces aqui presentes, nos apoiando com o retorno. Então somos todas profundamente agradecidas a todos vocês!

Nayeon se curva e logo depois todas seguem seu exemplo.

 NY: Bom, e para iniciar esse Fan Meeting de comeback. O nosso MC de hoje é o nosso querido Dubu!

DH: Annyeonghaseyo, Dahyun imnida! — Se curva novamente e sorri.

Fãs: AAAAAAAAAAAAAAAAAHHH! DAHYUN, SEU BISCOITO DE POLVILHO FOFOOO!

As meninas olham entre si e riem enquanto Dahyun cora envergonhada com o apelido estranho, porém engraçado e fofo ao mesmo tempo.

DH: Bom, então vamos nos sentar, garotas... — Foge do constrangimento e aponta para as cadeiras no centro do palco.

Todas seguem o comando da MC Dahyun. Sentam-se nas cadeiras, com as mais altas nas de atrás e as menores nas da frente, e colocam os pequenos cobertores em cima de seus colos.

DH: Então o nosso primeiro quadro seráá... — Anda até ao quadro que está em um tripé e tira um pedaço de papel colorido de cima da palavra que definirá o que terão de fazer.

JY: Ha! Óbvio que seria isso... — Revira os olhos. — É só pra me ferra mesmo...

TY: É sério isso?...

DH: E o primeiro éééé... Fazer aegyo! — Ri de suas amigas que estão todas aborrecidas.

JH: Do que você está rindo?

DH: HAHAHAHAH! Vocês terão que fazer aegyo! HAHAHAHA!

JH: E continua rindo por quê? Você acha que só porque é a MC, vai escapar disso?

DH: Que?! Não! Mas...

NY: É! E só por causa disso, você é quem vai começar!

DH: Em!? Mas isso é inj...

JH: Anda logo!

DH: Aish!

Sem escapatória, Dahyun olha para câmera e se prepara.

TY: Queremos que você cante oppaya!

Dahyun olha para Tzuyu, cerrando os olhos. Como se estivesse falando “Te pego quando chegarmos encasa”, para Tzuyu apenas com o olhar. Mas a mais alta não se importa com olhar mortal da ultima e somente dá algumas risadinhas provocantes.

A musica começa e Dahyun encena com aegyo (que no caso parece uma velha morrendo de ataque cardíaco). Ao final da musica já estão todos tanto no auditório como no palco, quase morrendo de rir.

DH: Satisfeitas?! — Pergunta meio irritada e envergonhada ao mesmo tempo.

JH: Ai, ai, ai!... — Enxuga suas lagrimas. — Claro Dahyun... Você foi ótim-PUFFH! HAHAHAHAHAHA! — Morre novamente.

DH: Affs... — Olha para o lado.

JH: Mals... É só que eu não consigo esquecer a sua cara de salsicha quando-HAHAHAHAHA!

DH: YA!

NY: Ok, Dahyun. Você foi ótima… Agora é a vez de outra…— Se esforça ao máximo para não rir. — Você escolhe a próxima, Dahyun.

Dahyun olha para Chaeyoung que está quase caindo da cadeira de tanto rir, e da um sorrisinho malvado.

DH: Chaeng... Eu escolho a Chaeng! — Aponta para a menor.

O anão para de rir instantaneamente e olha para sua unnie.

CY: Maldita... — Amaldiçoa a mais velha em pensamento.

NY: OK, Chaeng, agora é sua vez.

Com muita vergonha, Chaeng olha para câmera e faz o seu melhor mostrando seu aegyo.

NY: Kyaaaaaa! É MUITA FOFURAAAA! — Agarra a cabeça da menor e aperta sua bochecha contra a bochecha da mesma.

Chaeng fica com uma expressão aborrecida com o grude de sua unnie que é louca por coisas fofas (parecidas com bebês melhor dizendo). Após 5 segundos de tortura melosa e doce de mais para o gosto do anão, a mesma se irrita e afasta a cabeça de sua unnie para longe dela.

CY: Chega!

Nayeon se senta novamente em sua cadeira e faz biquinho, entristecida com o bebê tigre rebelde e insensível.

CY: Bom, agora é minha vez de escolher a próxima! — Coloca um sorrisinho encapetado em seu rosto e começa a olhar para todas as meninas.

Chaeng encontra um alvo que pode ser interessante.

Jeongyeon vê a menor a olhando intensamente.

JY: Já vou avisando que se me escolherem, já podem ir se preparando para seus funerais... — Manda uma indireta (perceptivelmente bem direta) para Chaeng, cruza os braços e olha para o lado.

CY: Jeong unnie... — Aponta para a mais velha, ainda com o sorrisinho em seu rosto.

Jeongyeon que ainda está olhando para o lado, apenas serra os dentes.

JY: Filha da pu-lícia! — Murmura.

JH: Wow! Chaeng-Ssi! Escolha arriscada em hahahaha! Todas nós sabemos que Jeongyeon odeia fazer aegyo... — Olha para Jeongyeon que está quase matando a mais nova com seu olhar.

DH: Ok, vamos lá Jeong unnie.

Com muito esforço, Jeongyeon olha para câmera e agi fofamente.

SA: KYAAAAA! TIVE UM ATAQUE CARDÍACO! — Cai para trás em sua cadeira e coloca as mãos sobre seu coração.

Jeongyeon revira os olhos.

DH: Jeong unnie é realmente boa em fazer aegyo, mas não gosta... Que desperdício...

JY: Affs...

Todas: Hahahaha!

Então todas tiveram sua vez de fazer aegyo, seguindo depois de Jeongyeon, por Momo, Nayeon, Sana, Jihyo, Tzuyu e por ultimo Mina.

 

(...)

 

DH: Bem, então já que terminamos o primeiro “desafio”, iremos passar para o próximo quadro que éééé... — Puxa outro papel colorido de cima da palavra. — Jogar Máfia!

Todas começam a se agitar felizmente.

DH: Jeongyeon unnie? Você vai ser a comandante? Como sempre?

A mais velha acena com a cabeça.

DH: Ok! Então vamos começar!

Todas puxam as cadeiras, formam quase um circulo com elas, e se sentam.

JY: Certo! Agora todas fechem os olhos que vou escolher os assassinos...

7 delas fecham os olhos enquanto uma espertinha só finge que está de olhos fechados. Mas Jeongyeon logo percebe e da um tapa fraco na cabeça do ser.

JY: Já disse pra fechar os olhos, caraio! Sana!

(...)

 

JY: Pronto. A manhã chegou!

Todas se levantam e ficam encarando umas as outras.

JY: Ok... De quem vocês suspeitam logo de primeira e querem eliminar?

Nayeon, Mina e Jihyo apontam para Momo enquanto Sana e Dahyun apontam para Mina, e Chaeyoung e Tzuyu apontam para Dahyun.

JY: Certo. Quem teve mais votos foi a Momo... E porque vocês acham que é ela?

JH: Eu realmente não sei... Acho que é porque a cara dela condena...

MI: Sim... Ela está com essa cara de pamonha ai...

JY: Bem, está é a cara dela mesmo, mas enfim... Vocês acham que ela deve morrer?

Nayeon, Jihyo, Mina, Dahyun e Sana abaixam o polegar e Tzuyu e Chaeng levantam.

JY: Um... Então Momoring... Você morreu! — Ri. — Suas ultimas palavras?... — Pergunta para o guaxinim.

MO: Waah! Vocês são tão injustas comigo... Eu sou a mais inocente aqui, ok? Vocês vão se arrepender! — Pega o urso em seu colo e o soca, brincando.

JY: Hahaha!... Bom. Galera, a noite chegou!... — Vê se todas fecharam os olhos. — Máfia, levante.

Duas das meninas se levantam e se olham sorridentes.

JY: Quem vocês querem matar?

A assassina 1 aponta para a garota sentada ao lado de Momo que morreu, mas a assassina 2 nega com a cabeça e aponta para a menina sentada do seu lado direito. Então as duas decidem matar a pessoa sugerida pela assassina 2.

JY: Ok... Ééé... Médico, levante-se...

A médica levanta a cabeça lentamente e começa a olhar para todas ali. Ela fica indecisa e não sabe quem escolher, mas no final ela caba salvando a garota ao lado direito de Dahyun.

JY: Certo!... Polícia, levante-se...

A policial abre os olhos, encara Jeongyeon e aponta para a garota ao lado esquerdo da médica. Jeongyeon nega com a cabeça, dizendo que essa tal pessoa não é uma das assassinas. Então a policial fecha os olhos novamente.

JY: Bom... A manhã chegou...

Todas se encaram desconfiadamente.

JY: A Nayeon unnie morreu!

Todas: QUEEE?!

JH: Droga!...

NY: Affs...

JY: Morto não reclama...

Nayeon revira os olhos.

SA: Acho que sei quem é uma das assassinas! — Grita do nada.

TY: Quem?

SA: É a Chaeng...

TY: Acho que não é ela... — Murmura.

CY: Que?! Porque eu?! — Aponta para si mesma e arregala os olhos.

SA: Também não sei, mas você sempre é escolhida para ser assassina, então é um palpite bem considerável...

CY: Claro que não! Eu sou inocente!

DH: Aah! É muito sim... Com certeza... — É sarcástica.

JY: Tá! E quem vocês acham que são os assassinos?

Tzuyu aponta para Mina, Sana aponta para Jihyo, Chaeyoung aponta para Dahyun, e Jihyo, Dahyun e Mina apontam para Chaeyoung.

JY: Quem teve mais votos foi a Chae... Então vocês querem que ela morra?

Mina, Dahyun e Jihyo abaixam os polegares, enquanto Tzuyu e Sana ficam com os polegares levantados.

JY: Certo... Suas ultimas palavras... — Coloca o microfone perto da boca de Chaeyoung.

CY: VÃO PARA PUT-...

JY: Ok! A noite chegou!... — Corta o anão e se afasta da mesma. — Máfia, levante.

As duas se levantam e rapidamente apontam juntamente para a mesma pessoa, ao lado esquerdo da assassina 2.

JY: Certo... Médico, levante...

A medica analisa todas as meninas e aponta para a menina ao lado de Mina.

JY: Uhum... Agora, policial, levante-se...

A policial abre os olhos e aponta para a garota a seu lado esquerdo. Jeongyeon acena com a cabeça, dizendo que essa é uma das assassinas. A policial olha para a assassina e da beliscões no ar, fazendo a plateia começar a rir.

JY: Hahahahah! Ai, ai, ai... A manhã chegou, cambada...

Todas olham para Jeongyeon.

JH: E então?!

JY: E então o que?... — Pensa um pouco. — Aaah! É! Ninguém morreu.

Todas: WOW!

JY: Quem vocês acham que são os assassinos?

TY: É a Dahyun unnie! — Aponta para o Dubu.

DH: Que?!

MI: É Dahyun?

TY: Acho que sim!

Todas confiam em Tzuyu, mas com receio, e apontam para Dahyun.

JY: Vocês acham que Dahyun deve morrer?

Elas todas abaixam os polegares.

JY: Bem, Dahyun... Suas ultimas palavras?

DH: Prefiro não comentar...

JY: Oh bom! Então a noite chegou novamente... Máfia... Levante-se.

A assassina levanta a cabeça e bate um papo em mimica com sua parceira morta. No fim a assassina 2 decide matar a menina ao lado de Chaeyoung que está morta.

Nayeon se levanta da sua cadeira, indignada.

NY: A NÃO!... VAI SER BURRA LÁ NA CHINA! — Olha em direção a sua amiga sentada a seu lado esquerdo.

A assassina revira os olhos.

JY: Ok! Médico, levante.

A médica levanta e com muita dificuldade e em uma decisão difícil ela salva a si mesma.

JY: Certo... Policial... Vamos...

A policial abre os olhos e aponta para a garota que na ultima rodada foi escolhida pelas assassinas, mas foi salva pela medica. Jeongyeon nega com a cabeça e logo depois diz que a manhã chegou.

JY: ... Ninguém morreu!...

SA: Waaaah! — Fica surpresa.

JH: HAHAHAHAHA! Vocês queriam me matar, né?! — Fala para quem quer que seja o assassino. — Mas eu sou mais esperta! — Pega seu cobertor de cima de seu colo e o roda no alto enquanto ri.

JY: O caralho! Você não sabe joga não?! — Olha para Jihyo e suspira. — Enfim... Quem vocês acham que é o assassino?

Jihyo aponta para Mina.

SA: Anya! Mina-ya não é a assassina... — Abraça Mina que está sentada ao seu lado direito.

JY: Bem. Só sobraram quatro jogadoras. Está se tornando mais difícil. Então façam suas escolhas com cuidado...

TY: Se quando eu perguntei para Jeong unnie se Sana era assassina, ela negou, e se Jihyo unnie demonstrou ser a médica... Então a única que sobrou foi a... Pensa.

 JY: E então? Quem vocês acham que é a assassina?

TY: É a Mina unnie...

SA: Anya!...

JH: Ok, Mina! — Aponta para Mina também.

Sana aponta para Jihyo e Mina para Tzuyu.

JY: Mina teve mais votos... Vocês acham que ela deve morrer?

Tzuyu e Jihyo abaixam os polegares e Sana levanta.

JY: Certo... Mina morreu!...

SA: Vocês estão enganad-...

JY: Os cidadãos venceram!

Todas menos Sana: Wah!

SA: Que?! — Se espanta e olha para Mina que está rindo.

CY: Você é burra igual a uma porta em, Sana unnie.

NY: Mas mais burra foi a Mina, tipo, eu estava torcendo para os cidadãos é claro, mas era realmente obvio que a Tzuyu era a policial, porém vocês foram e tentaram matar Jihyo... — Balança a cabeça de um lado para o outro, decepcionada.

SA: Tzuyu era o policial?... E quem era o médico?

CY: Meu deus... — Não pode acreditar no quão idiota é sua unnie.

TY: Sim, eu era a policia! — Levanta a mão.

JH: E eu a médica! — Faz um v com os dedos.

SA: Oooohhh!

CY: Oooohhh! — Copia Sana, zombando da mesma.

MO: E EU DISSE QUE ERA INOCENTE!

JY: Ok, ok Moguri... — Da tapinhas leves na cabeça de Momo. — Elas se lembrarão disso da próxima vez... Mas é bem provável que mesmo assim te escolherão de novo. — Ri.

Todas começam a rir junto.

JH: Sentimos muito, Moguri! HAHAHAHA!

MO: Aish...

 

(...)

 

DH: Certo, nos divertimos muito jogando máfia. Agora vamos para nosso penúltimo quadro-...

MO: Só eu que não...

TY: Claro Momo unnie... Até porque você nem jogou kkkkkkkkkkk!

MO: Aaaahhhh! Porque vocês fazem isso comigoo?...

CY: Aahhh! Chola mais...

MO: Aquilo não foi jus-...

DH: OK! Então o penúltimo quadro ééé... — Tira o papel de cima da onde está o escrito o terceiro objetivo. —... Responder as perguntas dos onces...

Todas sorriem e ficam animadas.

DH: Ok, vamos começar... — Anda até uma pequena mesinha que está na frente delas e pega um tablete. — Bom... A primeira pergunta é do once “LinkAlado”. Ele perguntou: “Se vocês não fossem ídolos, o que seriam?”.

JY: How! Pergunta interessante...

JH: Agora que penso nisso... Eu não faço a mínima ideia do que seria se não fosse ídolo... — Põe a mão em baixo do queixo enquanto pensa.

DH: Certo! Vamos fazer assim... Comecem das mais velhas para as mais novas, a falar, ok?

Elas acenam com a cabeça.

DH: Bom! Então comece, Nayeon unnie.

NY: Tudo bem... O que eu seria?... Umm... Acho que talvez uma cuidadora de crianças de orfanato... — Não sabe se isso ia ser uma boa, mas seria o que gosta de fazer.

DH: Ooohh! Bem incomum, mas acho que seria legal. E já era óbvio que ia ser algo relacionado a crianças hahaha! — Sorri. — Bem... Agora você, Jeongyeon unnie.

JY: Tá... Eu acho que seguiria os mesmos passos de meu appa... Seria uma chefe de cozinha.

SA: Wow! Daria certo. Sua comida é a mais deliciosa...

CY: É a menos ruim você quis dizer, né?

 JY: EI!

CY: Que foi?! Não disse mentira... Sua comida é comestível, simplesmente isso.

JY: Affs... EU DEVERIA DEIXAR VOCÊ SEM COME, SEU ANÃO MAL-AGRA-...

DH: Enfim... Momo unnie, você é a próxima...

MO: Ok... Bem... Eu seria uma degustadora...

DH: Tá...

Todas ficam olhando para Momo com cara de poker.

CY: Ok. Já era esperando uma coisa não empolgante vindo de Momo unnie... Próxima! — Ignora a morena que está fazendo biquinho agora.

MO: Que?... Claro que é empolgante... É legal pra mim...

DH: Obvio que é. Se tiver relação com comida, é incrível para você...

Momo acena com a cabeça, concordando com Dahyun. O Dubu ri e depois aponta para Sana prosseguir.

SA: Umm... Eu acho que seria... Uma fotografa!

Todas: Waau! — Ficam encantadas com a escolha de Sana.

JY: Boa escolha, Sana-ya!

MI: Sim. Acho que você seria uma ótima fotografa.

SA: Oh! Gomawo galera! — Diz tímida.

CY: Uma pergunta... Se você fosse realmente uma fotografa. O que seria sua primeira foto?

SA: Em?! — É pega de surpresa. — Minha primeira foto?... — Olha para Tzuyu, mas rapidamente desvia o olhar. — Eu não sei... Talvez uma deusa...

CY: Deusa?... Ta?... — Fica confusa.

Todas ficam um pouco confusas, mas preferem não comentar.

DH: Certo! Jihyo unnie, sua vez...

JH: Uhum!... Como disse antes. Eu nunca pensei em algo que seria a não ser ídolo, pois fui trainee por 10 anos só para isso... Mas talvez com todo esse tempo de experiência, eu seria uma professora de canto.

MO: Oh, Sim! Isso seria uma boa!

JY: É!

DH: Você iria se sair perfeitamente bem nisso, Jihyo unnie!... Então Mina unnie, agora é você.

MI: Certo... O meu talvez seja um pouco obvio, mas eu seria bailarina. — Ri.

JH: Um pouco? Hahahaha!

DH: Hahahaha! Certo, Mina unnie. Acho que era realmente bem provável que você seria isso. Hahaha!... Mas vamos continuar... Bem, então é a minha vez... — Pensa bem antes de falar. —... Se fosse para ser algo sem ser ídolo... Eu seria uma pianista...

CY: Waah! Combina muito bem com você! Você é boa nisso! — Bate palmas e sorri.

DH: How! Que incomum um elogio de Son Chaeyoung. — Solta um sorriso provocante.

CY: Ai ó! Já tá querendo esculachar com o meu bom humor... Só por isso você é a pior pianista que eu já vi na vida!

JY: O anão e seu orgulho que ultrapassa sua altura kkkkkkk! É só isso que tem de grande mesmo kkkkkkkkk!

CY: Jeong unnie. Sabe o que você faz? Vai toma no meio do seu-...

JH: Galeraa! Sejem menas, por favor... — Interrompe a discussão das crianças toscas. — Nossos fãs não precisam presenciar suas conversas imaturas e desnecessárias...

CY: Waaaauu! Ok, “Thomas O Trem Desgovernado”.

Jihyo revira os olhos.

JH: Como sou uma pessoa culta. Não vou gastar meu tempo e paciência discutindo com-...

CY: Foda-se...

JH: O SUA BOSTA DE POMBINHA! EU SOU MAIS VE-...

DH: Ooookk!... Vamos prosseguir... — Breca as duas.

MI: É muito amor... Hahaha!

As outras meninas começam a rir.

DH: Vamos, gnomo, agora é sua vez.

CY: Gnomo é a porr-... Enfim... Eu seria desenhista se eu não fosse essa tal coitada pessoa que tem que aturar todos os dias, despachos de encruzilhados como vocês!

SA: Ish! Hoje a Chaeng tá pistola.

JY: Hoje? Ela sempre foi embaçada assim... Nunca intendi o porquê de os anões serem tão bugados...

CY: Jeong unnie, só não pulo na sua cabeça porque estamos em um show... Porque se não...

JY: Errado! Você só não pula por que não tem altura pra isso kkkkkkkkkkkk!

CY: SE QUISER QUE EU PULE AGO-...

DH: GALERA! PAREM COM ISSO! PORRA!

Enquanto isso a plateia está quase morrendo de rir das retardadices delas.

DH: Hahahaha! Desculpem-nos onces. Minhas membros são um pouco exageradas... — Sorri forçadamente.

Fãs: Continuem! — Gritam.

Fãs: Sim! HAHAHAHA!

Dahyun suspira, pois seus fãs são tão retardados quanto elas.

DH: Ok. Vamos dar continuidade as perguntas, porque não temos muito tempo.

Todas acenam com a cabeça.

DH: Certo. Então Tzuyu, fale o que você iria querer ser e nós passaremos para a próxima pergunta.

TY: Sim! Ok... Bom, acho que eu seria veterinária...

CY: Crianças...

TY: Que?

CY: Crianças sempre escolhem ser veterinárias...

NY: Aish! Chaeng! Deixe o nosso bebe Yoda escolher o que ela quiser... Ou sou uma mãe orgulhosa com a escolha da minha criança.

TY: Minha mãe está lá em Taiwan...

NY: Affs, Tzuyu-ah! Você é muito séria... — Fica emburrada.

TY: Você que é muito idiota...

DH: Ookk... Próxima pergunta... — Olha no tablete. — Umm... A _Tia_Dos_Kpop_. Perguntou: Jeong, você pegaria a Jihyo?...

Todas se olham estranhamente e depois se viram para Jeongyeon, na espera de uma resposta.

JY: Obvio que não... — Nega com a cabeça. — Ela é muito pesada...

JH: EI!

Chaeyoung da um tapa em sua própria testa, por causa da burrice da mais velha.

DH: É, Jeongyeon unnie?... Creio que a pergunta não queira dizer neste sentido... — Sorri forçado.

Jeongyeon fica confusa.

JY: Não entendi...

CY: Puta que pariu!... — Não consegue acreditar no que está presenciando.

JH: E alias! Eu não sou pesada! Você já me pegou uma vez no colo, lembra?                    

JY: Sim... E quase morri.

JH: Arghh! EU NÃO SOU PE-...

JY: Ok, Thomas... Você não é... Não é mesmo...

JH: Hum... Porque sinto sarcasmo na sua voz?... — Desconfia.

JY: Naah! É só impressão sua...

TY: Então, Jeong unnie... Voltando a pergunta. De acordo com o dicionário de linguagens informais... Pegar significa: Desde dar beijinhos até ter relações sexuais com o parceiro (a)...

JY e JH: É OQUEEE?!!

MI: TZUYU! AONDE É QUE VOCÊ ESTÁ APRENDENDO ESSAS COISAS?!

TY: Na net uai...

CY: Até a Tzuyu é mais esperta que você Jeong unnie... Que vergonha...

JY: QUE?! Mas beijar ou ter rela-... Rela-... C-COM A-A JI-JIHYO?! — Não sabe como reagir a situação.

 

 

 

 

Continua...


Notas Finais


E ae? Vocês conseguiram descobrir qual das meninas desempenhavam cada papel no jogo da máfia antes deles serem revelados? (tava bem fácil na minha perspectiva kkk).
A essa Tzuyu e Chaeng, mds. São as melhores dongsaengs que existe kkkkk! #MaknaesSelvagens XD

Espero que tenha gostado do cap!
Bjs kiouos e até a próxima era glacial kkkkkkkk! Ta, parei... Fufufu... Flw! Até mais! <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...