História Twins! - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Infinite, SHINee
Personagens Minho Choi, Myungsoo (L)
Tags Aventura, Comedia, Escolar, Romance
Visualizações 4
Palavras 651
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - BRIGA!


----------------------------------------Yoon In---------------------------------------------------

Vou atrás do Han Gyul… Ele estava sentado no chão, como perdedor.

- Por que você não me contou? – Fico com raiva.

- Pensei que fui bem claro . –Dou um tapa no rosto dele.

- Você brincou com a minha irmã! Você não merece nenhum tipo de amor. – Fico chorando. Seu rosto caía lágrimas. – Por que eu não saquei antes...

- Yoon In-nah...

- Não me chame mais assim! – Saio de lá. Fui atrás da Chae Young. Mas ela estava chorando com o Min Seok, e não quis mais aparecer lá. Apenas saí da escola o mais longe possível. Chegando em casa, jogo os meus livros no chão, tudo. Com raiva.

- Está louca?- A minha mãe aparece no quarto.

- Estou!  -Digo com raiva. Ela me deu um tapa. Aquilo foi como um balde de água fria na cara.

- Se recomponha, os vizinhos vão querer saber o que está acontecendo. –Ela vai embora.

- Você nunca me amou. –Digo chorando. Ela para no meio do caminho. –Você e o papai, nunca me amaram de verdade.

- Isso não é verdade. –Ela continua séria.

- Sério?-Me aproximo dela. – Quando que vocês foram às minhas apresentações? Quando que fizeram minha comida favorita no meu aniversário? Quando foram na minha formatura? Quando foi que me deram um abraço? –A minha mãe continuava quieta.

-Pois bem. Acha que eu não mereço ser amada? Por que então me tiveram? só a Chae Young não seria melhor?- Grito de raiva.

- Já chega Yoon In! –Chae Young aparece no quarto.

-----------------------------Chae Young---------------------------------------------------------------------------------

Saber que perdi para minha irmã não foi o que mais me doeu, mas que eu fui idiota, que eu sou apenas um brinquedo, e ainda que ela não perceber os sentimentos do HAn GYul.

Quando chego em casa, escuto os gritos da Yoon In, e fui correndo.

- Já chega Yoon In! –Grito com raiva.

-Chae Young.. Me desculpe. –Ela se aproxima de mim.

- NÃO! –A empurro para longe de mim.

- CHae Young...-Ela fica assustada.

- Já chega do teatrinho, acabou!  –Começo a andar no quarto, a mãe nos deixou sozinhas.

-Me desculpe. –Ela fica de joelhos chorando.

- O Han GYul é um completo idiota! Você sabe como estou me sentindo?-Toco nos ombros dela.

- Me desculpe. –Ela continuava chorando.

- Já chega! Não aguento ser a segunda em tudo. –Me levanto, e aos pouco a Yoon In se levanta.

- A segunda em tudo? –Ela fica um pouco séria.

- Sim.

- Me poupe. –Ela começa a sair do quarto.

- Como assim. –Seguro o braço dela.

- Na escola, no amor, e dai?-Ela me olha brava.

- O quê?-Fico brava com a atitude dela.

- Estou falando que passei a minha vida inteira ser a excluída da família, a que não merecia amor, a que era uma cópia falha sua! E você vem falar em ser segunda nessas coisas? Ah por favor. – Fico com raiva e parto para cima dela. Nós duas caídas no chão dando chutes e socos. Puxamos o cabelo uma da outra. Mesmo que isso não levaria a nada, mas pelo menos estava descontando a raiva.

- O que deu em vocês?-Nossos pais apareceram, e nos separaram.

- Ficaram loucas?- O pai estava furioso. Nos olhamos com raiva uma da outra.

- Mãe e pai. Já chega.- Dou partida do assunto.

- Com o quê?

- Já chega de vocês tratarem a Yoon In assim! Ela é filha de vocês! Ela tem sentimentos também. Ou vocês mudam, ou, eu saio de casa. –Ameaço.

-O qu-quê?- Os dois ficaram surpresos. Eu e Yoon In por mais que sejamos gêmeas , somos completamente diferentes uma da outra. Mas isso não quer dizer que devemos receber amor em diferentes modos, ou desigual.  Após a discussão, nossos pais começaram a dar mais atenção a Yoon In, e ela ficou mais alegre, mais espontânea, mais leve. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...