História Twists And Turns - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Tags Drama, Harry Styles, One Direction, Romance
Exibições 113
Palavras 1.587
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem! <3

Capítulo 12 - Rafael? Prima do Niall?


Fanfic / Fanfiction Twists And Turns - Capítulo 12 - Rafael? Prima do Niall?

- O que você pensa que está fazendo? – Disse o empurrando rapidamente de cima de mim, Rafael não disse nada, apenas me encarou sorrindo. – Você só pode ter ficado louco mesmo! – Disse levantando-me colocando uma das minhas mãos sabre minha testa.

- Se você não estava gostando... – Deu uma pausa entre sua frase para ajeitar seu terno. – Por que deixou eu tocar em você? – Completou.

- Por que... Eu... - Disse nervosa. – Eu tenho namorado sabia? – Disse seria.

- Não, obrigada por informar! – Ele responde rápido virando o notebook para ele como se na tivesse acontecido.

- Você só pode ter enlouquecido! – Disse pegando um pouco de água em um dos copos brancos, pequenos que ficavam ao lado do bebedor.

Na verdade eu não estava brava com ele, mas sim comigo! Como deixar as coisas chegar a esse nível? Talvez tenha sido por causa do seu perfume que estava pelo ar, pelos seus belos lábios rosados e convidativos, pode ser também pelo seu jeito de falar, de agir, de me deixar acuada.

- Calma Rose! Nossa, eu não sabia que você tinha namorado! – Ele disse já de saco cheio das minhas reclamações. – Quer que eu peça desculpas? – Disse me encarando desta vez.

- Não, a culpa foi minha! Eu tinha que ter te avisado antes não é mesmo? – Disse sorrindo fraco me sentando ao seu lado.

- Seria mais fácil! – Disse. – Bem, vamos voltar ao trabalho. – Disse voltando toda sua concentração as tais modelos.

Assim que selecionamos as modelos do próximo desfile, fomos até a sala de Laila para entregar a lista.

- Licença... – Disse empurrando lentamente a porta que já estava entre aberta.

- Pode entrar! – Disse e nós entramos na sala. – Terminaram? – Disse arrumando seus óculos como de costume.

- Sim! Selecionamos as melhores! – Disse entregando rapidamente a lista á ela.

- Realmente... – Disse observando a lista. – Bom trabalho! – Disse sorrindo. – Estão dispensados!

- Graças a Deus! – Rafael disse levando as mãos para o céu. Rimos com a sua atitude. – Vamos rose, te acompanho até o estacionamento.

- Ah, sim! – Disse. – Até mais! Qualquer coisa é só me ligar! – Disse a Laila saindo da sala.

- Pode deixar. Até mais! – Disse sorrindo.

 

...

 

- Pensei que nunca íamos sair de lá! – Rafael disse e rimos.

- Foi tranquilo hoje! – Disse enquanto caminhávamos até meu carro.

- Tranquilo? – Rimos. – Eu estou acabado de tanto subir de descer escadas. Chega! – Disse aparentemente exausto.

- Que drama! – Disse pegando minha chave na bolsa. – Bem, até mais!

- Onde está seu carro? – Perguntou olhando ao redor vendo vários carros de diferentes modelos.

- Aqui! – Disse apontando para um Ford branco com os vidros escuros.

- Belo carro. – Rafael disse sorrindo sem mostrar os dentes.

- Agora que já sabe qual meu carro e certamente já decorou a placa... – Disse e rimos. – Tenho que ir! – Completei.

- Está bem, até mais Rose! – Disse me olhando de cima a baixo.

- Até. – Disse um pouco desconfortável.

Entre rapidamente dando partida. Sai do estacionamento a caminho de casa. Liguei o radio e deixei tocar algumas musicas como: Stitches do Shawn Mendes e Want To Want Me do Jason Derulo.

Assim que cheguei em casa, larguei minha bolsa em cima do sofá e fui direto para o banho. Quando terminei, coloquei uma toalha em meus cabelos e um vestido bem soltinho. Peguei meu celular e vi uma mensagem do Harry.

-“Hey! Desapareceu a tarde toda! O que houve?”

Respondi:

-“Nada demais meu amor. Laila pediu para que eu fosse até a agencia arrumar umas coisas para ela.”

Depois de uns quinze minutos Harry respondeu.

-“Ah, está bem. Posso ir ai ver a Duda?”

Respondi:

-“Claro. Depois das sete.”

-“ Está bem. As sete estarei ai! Até mais!”

Assim que terminamos a conversa fui até a cozinha começar a preparar o jantar.

Peguei uma massa que havia comprado no dia anterior e algumas coisas para fazer um molho e decidi fazer uma macarronada a capricho.

Quando Duda chegou veio correndo até a cozinha ver oque eu estava fazendo e para me dar um abraço.

- Oi amor! – Disse colocando o pano de prato em cima da bancada a pia.

- Oi mamãe! – Disse me abraçando.

- Hoje nós vamos receber visita! – Disse animada.

- É? Quem? – Perguntou sorridente.

Duda amava receber visitas, assim tinha alguém para brincar.

- Seu pai. – Disse sorrindo.

- O Harry vai vir aqui? – Perguntou animada.

- Vai! – Respondi e Duda saiu rapidamente da cozinha.

- Preciso me arrumar, tomar um banho e colocar perfume! – Gritou do banheiro me fazendo rir.

Depois de um tempo as coisas já estavam praticamente prontas. Só estava esperando Harry chegar para colocar o molho na massa.

- Você vai jantar conosco! – Disse a Julianna que estava sentada no sofá assistindo TV.

- Vou? – Perguntou virando-se para mim.

- Claro que vai! Fiz uma macarronada maravilhosa! – Disse sorrindo.

- Tudo bem! – Disse e rimos.

Ficamos um tempo assim, Julianna assistindo TV, Duda pulando pela casa vestindo suas asas de borboletas e eu brincando com ela.

Quanto tocou a campainha corri até a porta.

- Oi! – Harry disse assim que abri a porta.

- Oi! – Disse lhe dando um selinho rápido.

Duda parou de pular e veio correndo em nossa direção.

- Harry!  - Disse animada.

- Oi meu amor! – Disse. – Isso é para você! – Disse lhe entregando uma caixinha rosa com bolinhas pretas. – E isso... É para você! – Disse me entregando um pequeno buque de rosas vermelhas e brancas. –Desculpe o tamanho! – Disse se referindo ao buque totalmente sem graça. -  Foi oque eu consegui comprar a essa hora...

Já eram 19:46min.

- São lindas Harry! – Disse lhe abraçando. – Obrigada! – Disse segurando seu rosto entre minhas mãos lhe dando um selinho demorado desta vez. – Vem, entre. Fique a vontade!

Harry entrou e sentou-se em uma poltrona branca ao lado do sofá.

- Olá! – Disse a Julianna.

- Oi! Tudo bem? – Disse ela sorrindo.

- Tudo certo!

- Ai, que lindo mamãe! – Duda disse empolgada. – Coloca em mim! – Disse com um colar em suas mãos.

- Harry... – Disse lhe encarando da porta da cozinha.

- Eu gostei! – Disse e rimos.

O presente que Harry havia dado a ela era um colar de ouro com o seu nome gravado.

- Mamãe, tem o meu nome dele! Como naquelas garrafas de coca-cola! – Disse e rimos.

- Gostou? – Harry perguntou sorrindo.

- Muito! Obrigada! – Disse correndo até ele lhe abraçando.

Depois de um tempo terminei de preparar o jantar, fomos até a mesa e começamos a comer.

- Está muito bom! – Harry disse tomando um gole do seu vinho.

- Realmente! – Julianna disse passando o guardanapo levemente em seus lábios.

- Obrigada! – Agradeci os elogios. Já disse alguma vez que não sei lidar com elogios? Pois é, não sei lidar com eles.

- Tem uma prima do Niall passando um tempo lá em casa, mas a comida dela não é tão boa como a sua! – Harry disse enrolando um pouco de massa no seu garfo.

- Prima do Niall? – Perguntei seria.

- Sim. Os pais dela foram viagem por dois meses. Daqui um mês eles iram chegar! – Disse serio também.

- Interessante... – Disse. Confesso que fiquei com um pouco de ciúmes. Pois não sabia quem ela era, como era e como se “comportava”, digamos assim.

Assim que terminamos de comer Julianna se encarregou de lavar a louça. Então para não ficamos atrapalhando, fomos para a sala. E ficamos conversando um pouco. Duda não saiu dos braços do Harry um minuto. Sempre querendo a sua atenção toda para ele. Eu estava gostando muito disso.

- Eu gosto de você Harry! – Duda disse sorrindo e brincando com seus cabelos.

- Gosta? – Harry perguntou me encarando rapidamente.

- Gosto... Posso fazer trancinhas nos seus cabelos? – Perguntou inocentemente nos fazendo rir.

- Pode. Claro! – Respondeu sorrindo.

- Como é no nome dessa “prima” do Niall? – Perguntei sem esposar expressão alguma.

- Você não está com ciúmes dela... – Harry disse tentando segurar o riso.

- Claro que não. Não conheço ela para ter ciúmes. – Disse seca.

- Não acredito Harry! – Harry começou a rir. – Você está com... Aii! – Fez cara de dor quando Duda puxou seus cabelos sem querer.

- Desculpa. Errei! – Duda se desculpou. – Podem continuar... – Disse continuando a fazer suas tranças.

- Ok. Continuando... Não acredito que você está com ciúmes dela... Ela tem 18 anos Rose!

- 18 anos? Novinha? Não é assim que você gosta? – Perguntei cruzando os braços fazendo Harry rir mais ainda. Idiota!

- Não, eu gosto assim... – Disse me encarando de cima a baixo maliciosamente.

- Eu imagino. – Disse não contendo um sorriso.

Depois de um tempo Julianna colocou Duda para dormir... Com muita dificuldade, mas conseguiu!

- Olha isso! – Harry disse se olhando no espelho da sala, observando seus cabelos cheios de nó. Bem, Duda não disse que não sabia fazer traças. – Ela não fez nenhuma trança. – Disse começando a rir.

- Meu Deus! – Disse indo até ele. – O que ela fez?

- Vários nós! – Disse pegando uma escova de cima da mesinha da sala.

Estava realmente cheio de nós. Eu estava achando muita graça daquela cena, a escova não passava entre os cabelos do Harry. Mas depois de passar muito trabalho conseguiu desfazer um, por um.

Mas eu não estava conseguindo tirar a tal “prima” do Niall da cabeça. Harry comentou que quando estava solteiro acabou indo para a cama com uma menina que ainda estava muito próximo dele, mas jurou por Deus que tinha sido uma vez só. Tenho certeza que foi essa garota!


Notas Finais


"Prima"... Rafael... Viish!
Será que esses dois vão interferir nesse casal?
Espero muito que vocês tenham gostado! <3
Beijo no core e até o próximo capitulo! :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...