História Two Crossed Soul - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals
Personagens Camille O'Connell, Davina Claire, Elijah Mikaelson, Freya Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Klaus Mikaelson, Kol Mikaelson, Marcellus "Marcel" Gerard, Personagens Originais, Rebekah Mikaelson
Exibições 74
Palavras 1.516
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Luta, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoas! Voltei 😊✌
Aqui está o 5 episódio dessa fanfic que estou amando escrever, sério essa fanfic é meu xodô
Agora eu lhe desejo a vocês uma

B
O
A

L
E
I
T
U
R
A

Não se esqueçam de ler as notas finais, vai ter os personagens novos, 🙊🙊oops dei spoiler do capítulo

Capítulo 5 - 5_Capítulo


Fanfic / Fanfiction Two Crossed Soul - Capítulo 5 - 5_Capítulo

P.O.V Ruby Danvers

- Não poderia perder por nada - falei

Klaus estava lindo, acho que o terno combina com ele, em seus lábios tinha um sorriso de lado o que deixa o mais encantador

- Gostaria que conhecesse algumas pessoas - disse Klaus estendendo a mão em minha direção

Peguei sua mão e começamos a andar entre algumas pessoas, estava perdida, não conhecia ninguém, deixei-me ser conduzida por Klaus até pararmos na frente de três pessoas, dois homens e uma mulher que estavam conversando entre si

O primeiro homem era moreno, olhos castanhos escuros, cabelos em um topete bem arrumado, e sua barba que o deixava com uma bela aparência
A mulher era loira, cabelos a baixo dos ombros, olhos azuis e...ela era uma bruxa pude sentir, o que me deixou curiosa
Já o outro homem, parecia ser mais novo do que o moreno, eles eram quase iguais, juraria que eles são irmãos

- Esse é Elijah - apontou para o moreno, que logo abaixou a cabeça em forma de comprimento - Freya e Kol Mikaelson - apontou para o loira que sorrio e depois ao outro moreno

Mikaelson, então eles eram irmãos, mais tem uma bruxa em sua família, será que ela sabem, a probabilidade era grande já que New Orleães é a cidade sobrenatural

- E está é Rebekah, minha outra irmã - falou, olhando atrás de mim virei-me e fiquei surpresa

- Aí meu Deus, Ruby- a loira veio correndo em minha direção me dando um abraço - Não acredito, é você mesmo? Que saudades por onde esteve? E seu cabelo ficou mais escuro - disse me soltando

Klaus e seu irmão olharam pra mim, com olhar de curiosidade, Freya e Kol já não estavam presentes, e eu estava completamente estática, Rebekah, sim era ela, minha amiga de longa data, porque diabos eu não associei o nome Mikaelson com Rebekah, quantas vezes ela falou de seus irmãos, mais por um lado ela nunca citou nomes e nunca disse que tinha outra irmã

Qual irmão Klaus seria, o cavalheiro, o psicopata, ou o descontrolado, as belas definição de Rebekah em comparação aos seus irmão

Pelo menos sei o que Bekah e seus irmãos eram, menos a tal Freya que por um lado nuca ouvira falar dela, mais realmente esse assunto é pra outra hora

- Rebekah...não creio - disse, devo estar com cara de tacho, não esperava essa supresa

- Sim sou eu, não acredito que se esqueceu de mim - fingiu está chateada

- Não me esqueci, quer dizer sim, mas e que eu estou surpresa, depois de anos

- Eu também nem acredito, você continua a mesma, já conheceu meus irmãos?

- Sim, Klaus me apresentou eles - sorri olhando para Klaus

- Tudo bem, estou surpresa por isso mas agora tenho que ir, quero que você fique depois da "festa", quero conversar com você sobre essa história, e talvez botar o papo em dia - disse ela

- Você não muda nunca né Bekah? - falei em seu ouvido e recebi um 'não' e um sorriso como resposta, e saiu em direção a um homem moreno

- Como você conhece nossa irmã Rebekah? - perguntou o tal Elijah, sua voz era bonita digamos assim, mais não igual a de Klaus

- Longa história, talvez um dia eu conte a vocês - disse e Elijah assentiu, ele com certeza é o cavalheiro que Bekah sempre falava

- Tudo bem, deixamos isso para outra hora, me concede uma dança? - o loiro estendeu sua mão novamente em minha direção, concordei e peguei em sua mão, ele me conduziu até o meio da , estava tocando uma música lenta

- Você está belíssima - disse Klaus depois de eu ter entrelaçado nossas mãos e coloquei a outra em seu ombro

- Obrigada, estou lisonjeada

P.O.V Klaus Mikaelson

Estava dançando com Ruby, até que percebo várias trocas de olhares em direção a porta, girei Ruby e pude ver três pessoas desconhecidas na entrada

- Com licença, tenho que resolver um assunto - falei, deixei a ruiva e fui ver quem seria meus "convidados" surpresa

Parei ao lado de Freya que estava observando as três mulheres paradas

- Elas são bruxas, posso sentir, o poder delas, é muito forte - disse Freya preocupada

- Devem ser as que chegaram ontem - falou Elijah que parou ao meu lado

- Bom vamos ver o que elas desejam

- Cuidado Klaus - Freya me preveniu e assenti

- Boa noite, o que duas mulheres e uma jovem garota, desejam?

- Estamos procurando por uma mulher, e tenho total certeza que ela está aqui - falou uma das mulheres, com certeza elas são parentes, a semelhança entre elas são muito parecidas, já a criança possuía alguns traços delas poderia ser filha de alguma delas

- Creio que tem muitas mulheres nesse recinto, podia ser mais clara, ou caracteríza-la para que eu possa ajudar você?

- Olhos azuis, cabelos lisos e meio alaranjados, rosto angelical, talvez tenha mudado um pouco desda última vez que a vi, te lembra alguém? Híbrido

Me passou pela cabeça uma pessoa, mais como ela poderia ser de interesses delas

- Não, não conheço ninguém com essas características e nem a vi aqui - menti

- Não sei se confio em você ou não, mais deixarei continuar o seu - parou de falar e olhou ao redor - baile - completou ela, a criança olhava atenta assim como a outra loira

- Fico feliz em poder continuar, seria uma pena se acabasse, isso tomou o valioso tempo de minha irmã

Ela se virou, a criança ao seu lado a chamou e cochichou em seu ouvido o que a fez a rir, se virou novamente

- Haa híbrido, não deveria ter mentido pra mim

A garota mais velha saiu ao seu lado e foi andando em direção a multidão de pessoas, todos olhavam atentos a cada detalhe e a cada movimento, tentei sair do lugar mais não conseguia

- Você é nem ninguém vai sair daqui - a loira falou

P.O.V Ruby Danvers

Estava em algum canto, parada só observando o que estava acontecendo na frente da entrada, eles estavam falando a algumas minutos, até que ela se vira pra ir embora mais para e vira novamente em direção ao Klaus,a irmã veio em minha direção

- Creio que você é Ruby, não mudou nada não é?

- É, eu não mudei nada, continuo linda do mesmo jeito - a provoquei

Ela me pegou pelo cabelo e me puxou ao encontro de sua irmã mais velha, avistei Klaus parado no lugar onde estava, e seus irmãos um pouco atrás

- Olha quem eu encontrei, demorou bastante tempo, mais aí está você na minha frente, Ruby você não mudou nada não é mesmo, só o cabelo que ficou mais escuro

- Sei que sou bonita não precisa falar - klaus deu um leve sorriso, mais, não deveria as provocar, agora sou completamente indefesa a elas, até a garotinha pequena que não conheço e mais forte que eu - mais acho que tenho direito de explicar não?

- Não quero explicação suas, eu quero fazer você sofrer, implorar por sua vida igual a minha mãe fez, eu ouvi ela implorar pedindo para poupar sua vida, mais você não teve nem compaixão

- Acho que você esta falando de outra pessoa, não gosto de nem ver sangue na minha frente muito menos matar a sangue frio, eu acho que quem fez isso não fui eu mais sim meu...

- Não tente botar a culpa em outra pessoa, só estava você lá! - me cortou

- Queria te mostrar o meu lado da história mas infelizmente não posso graças a uma pessoa - lembrei-me de Cass - Mais eu tô vendo que sua vontade de me matar e inigualável, ninguém vai fazer você mudar de ideia - respirei e rezei - Vai lá

Todos que estavam em minha voltam me olharam com surpresa, até as três bruxas em minha frente

- Tão fácil assim?! pensei que seria mais difícil, sua vida tá pior que eu imaginei, por querer morrer, nem implorar, estou realmente surpresa por isso, você não tem ninguém?seria divertido brincar um pouco

- infelizmente não -  menti na cara dura - fazer o que, ninguém quer conviver com uma pessoa que supostamente matou alguém não é mesmo Saynna? Também minha bipolaridade não coopera - falei com deboche

Minha cabeça começou a doer, como se estivesse queimando por dentro, era uma dor alucinante, cai no chão, a mão de Laynna já não estava segurando meus cabelos, e minhas mão estavam em encontro a minha cabeça, a dor era agonizante

- Eu te avisei, não quis me ouvir, agora vê a proporção de seus atos? - disse uma voz conhecida por mim, Cass, lhe dei um olhar mortal, respirou fundo - sinto repulsa por bruxas! -

Minha vista estava completamente borrado não via mais nada, até que a dor parou, mais já não me aguentava e a única coisa que escutei foi meu nome sair da boca do loiro, Klaus


Notas Finais


Já deu treta né? Fazer o que...
Comente o que achou, isso ajuda muito!

Saynna:

http://images6.fanpop.com/image/photos/36300000/Keira-Knightley-image-keira-knightley-36370733-300-300.jpg

Laynna:

http://elisty.ru/wp-content/uploads/2014/02/zvezdnyiy-stil-natali-portman_8.jpg

Elas não são a mesma pessoa e nem irmãs na vida real por incrível que pareça são pessoas diferentes 😊😊

Se você conhece alguém ou você mesma shippa Camren, da uma passadinha nesta fanfic, eu e a SexyLolita estamos fazendo uma parceria

https://spiritfanfics.com/historia/my-sexy-secretary-6744143


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...