História Two Faces Of Love - Capítulo 4


Escrita por: ~ e ~juju2018

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Groot, Hentai, Nudez, Romance, Sexo
Visualizações 1
Palavras 327
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Ficção, Hentai
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 4 - Alice


Já tinha se passado um mês do terrível acontecimento com sua amiga, Alisson ainda não tinha superado, pelo contrário, ela ainda sentia a presença de Jasmine ali, porém, o que intrigava era o nome que leu no papel que encontrou no quarto da amiga, quem ou o que era Alice?

 Será que Jasmine estava escondendo algo dela?

Alisson não iria descobrir se ficasse parada, ela havia abandonado a escola fazia 1 mês, após a terrível tragédia, não teve coragem de pisar os pés na escola outra vez, e além do mais ela estaria sozinha, de uma maneira que não queria, já que ultimamente ela quisesse ficar só, com seus pensamentos, ela não queria isso na escola, Allison via o lugar como a prisão de Azkaban, sendo ela Sirius Black e os demais eram Dementadores.

Depois de um longo dia tentando achar alguma pista sobre o nome naquele papel, Alisson decide pedir ajuda a uma pessoa, Kyle Parker o "Esquisito", um colega de sua antiga turma. Ela esperou na frente da escola por muitas e muitas horas até bater o sinal, não sabia como iria convence-lo a ajudar mas ela estava disposta a tudo. Quando viu Kyle saindo da escola ela deu um grito "KYLE, PRECISO FALAR COM VOCÊ" o garoto olhou para trás assustado e foi até ela, Alisson reparou o quanto ele tinha mudado, antes ele era um "CDF" magricela agora estava com porte de atleta, mas ainda usava os óculos fundo de garrafa arredondados e os cabelos loiros agora penteados para o lado, Kyle olhou para ela e disse

 - Quanto tempo, desde de que aquilo aconteceu nunca mais te vi - falou o garoto com uma voz meio trêmula, Alisson o não deu explicação alguma apenas o olhou e disse

 - Preciso da sua ajuda, desde que ela morreu veio tentando descobrir o por que, você é a única pessoa que pode me ajudar, mas não pode contar a ninguém o que vou te contar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...