História Two Heart, One Chance - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Alaric Saltzman, Bonnie Bennett, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Stefan Salvatore
Exibições 50
Palavras 2.154
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Ciúmes de Sobremesa!


Fanfic / Fanfiction Two Heart, One Chance - Capítulo 8 - Ciúmes de Sobremesa!

Ronnie chegou a casa indo direto pro quarto. Damon a beijou! Ele não só a beijou como prometeu beijar de novo. Ainda sentia o coração disparar a cada lembrança daquele beijo. Lembranças que serviam pra ofuscar o horror de ter achado um corpo.


Olhou o relógio vendo que o dia ainda estava pela metade e já tinha tido emoções para semana inteira. Já estava organizando um lual junto com Bonnie, havia achado um corpo em um armário e beijado o homem que lhe tirava o rumo. Por Deus! Sua vida andava mais agitada que na Califórnia.


__ Samantha?_ Alaric chamou da porta__ Posso entrar?


Ronnie suspirou se sentando na cama. Foi naquela hora que lembrou que ainda estava suja de sangue e sentiu um tremor.


__ Bom... Eu só queria saber se você está bem.


__ Vou ficar se pararem de me perguntar isso_ ela disse calma__ Olha eu estou bem. É serio.


__ Ok_ Ronnie estava calma e surpreendentemente eles não estavam brigando o que já era uma vitoria__ Vai descer para almoçar?


__ Na verdade estou meio... Enjoada_ ela disse lembrando a cena vista mais cedo.


__ Tudo bem então. Eu entendo_ ele disse parado a porta sem saber mais o que dizer.


__ Ric?_ ela chamou segurando o riso.


__ Sim?


__ Agora que você já fez o papel de bom pai sabe... Pode Sair.


__ Ah claro eu... Eu vou descer_ ele disse rindo da própria ação__ Qualquer coisa me chame.


Ronnie deitou de novo rindo da falta de jeito do pai. Não que tivesse intenção de abaixar a guarda ou se tornar a filha do ano, mas até que com tanta coisa acontecendo não seria má idéia dar uma trégua.


 


_______________


 


__ Bebeu bastante_ Stefan observou o irmão entrar na cozinha com algumas bolsas de sangue vazias.


__ Senti o cheiro de sangue de perto o dia todo_ Damon explicou jogando as bolsas no lixo __ Não sou de ferro.


__ Descobriu alguma coisa?


__ Não. Nem nesse nem nos outros três corpos encontrados.


__ Tem algo errado.


__ O problema e saber o que_ Damon disse frustrado__ Vai tomar um banho, nós vamos jantar no Ric.


__ No Alaric?_ Stefan perguntou com um sorriso.


__ Ele me chamou agora a tarde_ Damon tirou o casaco olhando curioso o irmão__ Você está bem Stefan?


Stefan fechou a porta da geladeira e se virou para o irmão assustado. Nem lembrava qual foi a ultima vez que ouviu preocupação na voz do irmão. Preocupação por ele então? Era algo que não esperava. Que Ronnie fosse louvada.


__ Eu... Eu estou bem assim_ ele disse sem querer começar a falar com o irmão sobre suas duvidas com Elena__ Vou me arrumar.


__ Eu também_ Damon avisou vendo o irmão sair da cozinha__ E tire esse sorriso idiota do rosto ou te arrebento.


Stefan gargalhou fazendo Damon xingá-lo o que só o fez rir mais. Enfim após muitos anos Stefan tinha o irmão de volta.



___________________

 


__ Ronnie?


__ Entra Jer_ Ronnie gritou saindo do banheiro.


__ Boa noite_ Jeremy se jogou na cama.


__ Onde esteve?_ Ronnie parou no meio do quarto com as mãos na cintura se fazendo de zangada__ Me abandonou hoje!


Ela foi ate a cama se deitando com a cabeça escorada na cabeça de Jeremy.


__ Fiquei sabendo o que aconteceu_ ele disse mexendo no cabelo de Ronnie__ Eu sinto muito.


__ É serio_ ela disse olhando para ele__ Quero saber onde esteve.


__ Na escola_ ele disse olhando para a janela.


__ Jeremy Gilbert você está mentindo!_ ela se sentou na cama com uma careta.


__ Como pode saber? Me conhece há três dias_ ele afirmou rindo.


__ Por que matou aula?_ ela viu que ele ia retrucar e cortou__ E não diga que não.


__ Está bem. Eu odeio a escola é isso.


__ Eu também odeio, mas ainda sim estava lá_ Ronnie rebateu__ E olha que sou novata.


__ Eu sei... Mas é que essa é uma semana difícil pra mim_ ele disse como se revelasse um segredo ou se livrasse de um fardo__ Está chegando o Dia de Ação de Graças e... É só que... Tenho muitas lembranças sabe?


__ Sente falta dos seus pais né?_ ela disse como se pudesse ler o que havia por trás da tristeza dele.


__ Eles faziam questão de fazer um jantar todo ano_ Jeremy lembrou amargurado.


__ Eu nunca tive um jantar de ação de graças_ Ronnie confessou_ Sabe acho que isso é coisa de quem tem algo pra agradecer e... Minha mãe não se sentia muito agradecida eu acho... Isso é coisa de família.


__ Sim, é sim_ Jeremy concordou triste.


__ Bom, mas... Vocês são uma família né?_ disse tendo uma idéia__ Sabe acho que está na hora de vocês terem um jantar de ação de graças.


__ O que?


__ É serio Jeremy_ ela disse levantando__ Não vai ser igual a como era com seus pais, mas... Tem sua irmã, o Ric, o Stefan... Vocês são uma família.


__ Ia ser divertido_ viu Ronnie abrir a porta para sair__ Vai onde?


__ Falar com o Ric_ explicou com um sorriso.


__ Ronnie?_ ele chamou esperando ela encará-lo__ Para mim você é parte dessa família.


Os olhos de Ronnie se encheram de lagrimas e seu peito de uma emoção desconhecida. Sempre morou com a mãe, mas não tinha certeza se sabia bem o que era ter uma família. Pela primeira vez alguém a fez se sentir com uma família de verdade.


__ Obrigado Jer_ ela saiu do quarto correndo escada a baixo__ Alaric?


Ao virar um dos corredores Ronnie acabou por cair em braços fortes que a ampararam de pronto. Aquele perfume estava impregnado nela como tatuagem na pele.


__ Damon_ ela o viu ofegar e mordeu o lábio inferior.


__ Tem que parar de me provocar_ ele perdia a paz toda vez que ela mordia os lábios carnudos.


Ronnie sorriu e era só o que ele precisava para iluminar sua noite. A examinou com intenso cuidado desde as pernas a mostra ate a camiseta que seguia as curvas tentadoras.


__ Eu não fiz nada_ ela disse rouca sem conseguir desviar os olhos dos dele.


__ Você quem pensa_ ele afirmou com um dos seus sorrisos tortos.


Oh, Deus! Damon era quente, o toque era quente, o olhar era quente. Ele era uma combustão. Ronnie nem lembrava onde estava, mas como as coisas sempre aconteciam sempre chegava alguém para atrapalhar.


__ Damon?_ Ric viu os dois se afastarem e olhou para Damon__ Seu irmão está te chamando.


__ Claro_ era fácil esquecer a promessa ao amigo quando via Ronnie, mas era fácil também lembrá-la ao ver o olhar ameaçador de Ric.


__ Vai ficar dando uma de pai ciumento?


__ Não sou ciumento_ ele se defendeu.


__ Claro que não_ ela ironizou rindo__ O que ele faz aqui?


__ Eu o chamei pra jantar_ Mas já estava se arrependendo__ Você me chamou?


__ Ah... Chamei sim_ era fácil esquecer tudo quando se encontrava com Damon__ Sabe o Jeremy me lembrou que é o Dia de Ações de Graça está chegando e... Acho que seria legal um jantar.


__ Vo0ce quer fazer um jantar de ação de graças aqui?_ Alaric perguntou sem disfarçar a surpresa.


__ Não fique tão animado, não é por mim. É pelo Jeremy.


__ Como assim pelo Jeremy?_ Elena perguntou se aproximando.


__ Ele... Ele me disse hoje que sente falta disso_ ela explicou__ Que sente falta dos jantares.


__ E por que ele diria isso a você? Eu sou a irmã dele.


__ É serio Elena? Quem saiba ele tenha falado comigo por que você está ocupada demais se metendo na minha vida_ Ronnie perguntou sem paciência.


__ Olha aqui...


__ Chega!_ Alaric se colocou entre as duas__ Eu gostei da idéia do jantar Ronnie. Foi uma ótima idéia.


__ Então nos faremos um jantar?_ Jeremy chegou recebendo um olhar da irmã que ignorou.


__ Por que não?_ Alaric nunca havia tido um jantar assim antes, mas agora faria sentido. Agora tinha algo a agradecer.


Ronnie e Elena ainda se encaravam com raiva. Ronnie não conseguia entender qual era o problema dela ou o porquê de toda aquela implicância.


__ Eu posso fazer o purê_ Jeremy percebeu o clima e saiu puxando a irmã__ Lembra a receita da mamãe...


__ Podia me ajudar a assar a torta_ Alaric propôs.


__ Não força pai_ Ronnie cortou indo para a cozinha__ Estou morrendo de fome.


Alaric ficou estático. Seria sua imaginação ou Ronnie realmente o chamou de pai? Abriu um sorriso bobo se sentindo um tolo por querer chorar. Sua menina havia o chamado de pai e pareceu nem notar. Sua Ronnie. Enfim algumas barreiras estavam sendo quebradas. Ouviu as risadas na cozinha. Agora teria mais um motivo para agradecer nesse bendito jantar.


 


_______________


 


__ Então Ronnie_ o jantar estava tranquilo até Elena começar a frase. Ronnie segurou o garfo com força esperando a frase que seguiu__ Você chamou bastante atenção dos meninos hoje. Aposto que logo, logo vai namorar.


Ronnie largou o garfo, Stefan ficou tenso ao lado de Elena, Alaric parecia ter comido algo estragado e Damon apertou os punhos com tanta força que os nos dos dedos estavam roxos.


__ Não me lembro de ter pedido sua opinião_ Ronnie ironizou__ Mas já que está tão curiosa Elena, eu te garanto que não estou interessada em ninguém da escola.


Alaric suspirou parecendo aliviado de alguma forma a idéia de ver sua filha namorando o incomodava bastante. Damon permanecia tenso, por mais que tentasse não conseguia tirar a imagem de Ronnie nos braços de outro da sua mente, ela não podia fazer isso.


__ Mas sempre tem a chance de você mudar de idéia e...


__ Chega Elena_ Stefan podia sentir a fúria do irmão. Ciúmes. Era isso que estava corroendo Damon o que só provava para Stefan o quanto Ronnie já era importante para ele__ O Alaric parece até enjoado.


__ É Elena! É melhor parar ou pode acabar mordendo a língua e mordendo envenenada_ Ronnie disse sentindo Damon rígido ao seu lado. Ele estava zangado de alguma forma era como se sentisse bem isso.


__ Eu vou para casa_ Damon disse levantando__ o Jantar estava ótimo Ric.


__ Pode vir sempre que quiser_ Ric avisou sem parecer notar nada.


Ele estava muito zangado. Ronnie tentou encontrar os olhos azuis, mas ele parecia disposto a evitá-la.


__ Vou levar você na porta_ ela se levantou.


__ Ainda não terminou de comer_ Elena só podia estar querendo morrer.


__ Perdi a fome.


__ Damon_ Alaric deu um aviso silencioso.


__ Eu sei Ric_ Damon disse já saindo.


Eles caminharam pelo corredor em silencio. Damon abriu a porta saindo para a varanda enquanto ela saia e fechava a porta atrás de si.


__ Damon eu...


Foi rápido. Em um minuto ele estava a sua frente de costas e no minuto seguinte a imprensava contra a parede ao lado da porta fazendo Ronnie perder o fôlego.


__ Me diz que não tem ninguém_ ele pediu entre dentes.


Ciúmes! Ronnie não podia acreditar que ele estava com ciúmes dela. Fechou os olhos inalando o perfume dele, podia sentir a mão firme na sua cintura e o corpo dele colado ao dela.


__ Está com ciúmes?_ ela perguntou divertida.


__ Ainda não me respondeu_ ele disse fugindo da pergunta dela.


__ Mesmo se tivesse_ Ronnie abriu os olhos se perdendo na imensidão azul dos dele__ Eu ainda ia querer só você.


__ Está brincando com fogo Ronnie_ ele respondeu sentindo a raiva se dissipar e tocado pelas palavras dela. Ela o queria.


__ Não tenho medo de me queimar Damon.


Ele se inclinou cobrindo os lábios dela com os seus. Ronnie levou a mão aos fios negros com fome dele, querendo aprofundar mais o beijo.


Damon a apertou mais contra a parede cedendo à vontade de explorar a boca macia. Aquela menina era uma droga e ele já estava viciado. Beijou o canto da boca dela enquanto sentia a pele quente debaixo da camiseta.


Ronnie arfou de desejo, mas tão rápido quanto ele a agarrou ele a soltou.


__ Seu pai_ ele explicou__ Amanha Conversamos.


Ela concordou com a cabeça ainda sem voz. Ele tinha que parar de abandoná-la daquele jeito. Coração disparado, pernas bambas. Sentou no banco da varanda tentando recuperar o ar e percebeu Alaric olhando pela persiana. Sorriu ao pensar que ele nem imaginava que segundos antes Damon a estava beijando.


Respirou fundo recuperando o equilíbrio e voltou para dentro de casa com um forte propósito. Elena estava no corredor do hall com Stefan colocando o casaco quando ela chegou empurrando a morena contra a parede.


__ Entenda uma coisa Elena_ ela disse ameaçadora__ Enquanto eu não colocar uma placa escrita “Aberta a sugestões” na minha porta não me venha dar pitaco na minha vida. Ate esse dia chegar esqueça que eu existo_ ela bateu na parede bem ao lado do rosto de Elena depois se afastou__ Boa noite Stefan.


__ Boa noite Ronnie_ ele respondeu ainda calmo a vendo subir as escadas__ Quando descobrir o motivo de toda essa implicância infantil você me explica_ ele abriu a porta__ Boa noite Elena.


Elena o viu sair sem nem lhe dar um beijo. Ela realmente não pretendia acabar com o jantar de Ric, mas não suportava mais a troca de olhares de Damon e Ronnie eles eram ridículos. Ele não era a pessoa certa para ela e ela nem ao menos sabia o monstro que ele era. Eles não podiam e nem iam ficar juntos.


__ Inferno.





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...