História Two Sides - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bangtan Boys(bts), Kpop, Lemon, Romance, Taekook, The Killer Bunny, Vkook
Visualizações 79
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oiii pepininhos espero que gostem, beijos

Capítulo 9 - "Era como se eu tivesse dois lados"


Fanfic / Fanfiction Two Sides - Capítulo 9 - "Era como se eu tivesse dois lados"

~Povs Jungkook~

 

[E se eu o jogasse, será que eu me arrependeria?]

 

Essa era a pergunta que não parava de ecoar em minha cabeça, sabe aquele garoto não era como qualquer uma de minhas vítimas, era como se ele fosse alguém diferente, um diferente bom ou mau?...eu ainda não sabia dizer.

Mas esses pensamentos simplesmente pararam quando o mesmo se acomodou melhor em minhas costas, me alertando que o efeito do remédio não demoraria muito para passar, eu então desisti de minha ideia de jogá-lo no lago, e continuei seguindo em direção ao carro, logo abrindo a porta do mesmo, colocando o mais novo dentro no banco do passageiro, e seguindo para minha casa. Quando adentrei com o menor em meus braços percebi que o mesmo já estava se mexendo, isso significava que ele acordaria logo, eu então decidi colocá-lo no quarto de hospedes, que ficava na porta ao lado do meu quarto, depois disso deixei-o na cama e tranquei a porta junto com as janelas presentes no quarto, para que caso ele acordasse não tentasse fugir.

Eu então fui em direção ao meu quarto deixei as chaves na mesa e fui tomar um banho, um banho calmo, mas não muito demorado, o suficiente para eu refrescar minhas ideias e pensar melhor no que eu iria fazer. Quando sai do banheiro me troquei rápido, por algum motivo eu estava querendo ir até aquele quarto ver como ele estava, pela minha própria segurança eu pensei. Quando eu destranquei a porta, e minha mão já estava sobre a maçaneta, eu parei e pensei se seria melhor ou não esconder meu rosto, afinal se ele não me visse por enquanto seria melhor para mim mesmo, pois eu não sabia até onde ele lembraria antes de ter adormecido. Então desço as escadas e vou em direção ao porão onde me recordo que tinha escondido uma máscara reserva caso acontecesse algo com a primeira, que foi o caso...Bem depois de ter colocado a mesma novamente em meu rosto achei melhor levar uma faca junto, caso fosse preciso agir, eu então subi novamente as escadas e abro a porta dessa vez com uma faca em mãos, e minha mascara no rosto, quando adentrei me deparei com o menor ainda dormindo, porém ele parecia agitado, estava suando, e dizendo algumas palavras em voz baixa, parecia estar tendo um pesadelo. Eu então fui me aproximando aos poucos até alcançar a cama onde o mesmo se encontrava, logo sentando em sua ponta, com cuidado para não o acordar.

~Povs Taehyung~

 

Depois que eu apaguei, aquele sonho se fez presente em minha mente de novo, porém não igual como das outras vezes, ao invés de ser eu quem entrava na sala e era pego pelo enfermeiro, desta vez é como se eu só pudesse assistir sem fazer nada, dessa vez eu escutava a mulher gritar, mas não conseguia ir até ela, eu só consegui ver o enfermeiro entrando na sala e a fechando, isso fez com que eu gritasse, logo despertando do sono.

Dando de cara com aquele garoto novamente sentado no pé da cama, com aquela máscara, eu ainda estava sem entender nada, só me lembro de ter arrancado sua máscara, e vagorosamente ter visto seu rosto.

Mas logo prestei atenção nele, quando o mesmo veio para cima de mim com uma faca em mãos, logo a colocando rente ao meu pescoço.

 

-P-por favor, não me machuque ^(eu disse ainda sentido um pouco de dor do corte feito em minha bochecha anteriormente)^

-Você não me reconhece? ^(ele disse virando um pouco a cabeça)^

-N-não eu só lembro de ter tirado sua máscara, não lembro de seu rosto muito b-bem ^(eu disse entre leves gaguejos quando ele pressionou a faca com mais força)^

-Isso é ótimo, não precisarei matá-lo tão antes do que imaginava, você ainda vai sofrer bastante garoto! ^(ele disse retirando a faca do meu pescoço e a colocando em meu rosto)^

-M-me m-matar? ^(eu disse com os olhos um pouco marejados)^

-Aish, acho o que? Que o famoso “The Killer Bunny” deixaria uma de suas vítimas vivas?

-... ^(o Silêncio ali prevaleceu por alguns instantes)^

-Bem se acho isso, achou errado garoto^(ele disse fazendo um leve corte na lateral de minha testa)^

-A-aah! ^(soltei um leve gemido após o corte)^

 ~Povs Jungkook~

Depois de ter feito aquele corte uma parte de mim, gostou de velo sofrer, mas a outra...bem a outra parte detestou, era como se de algum jeito estivéssemos ligados, e toda vez que eu o machucava eu acabava me machucando, era como se eu estivesse descobrindo outro lado meu, era como se eu tivesse dois lados.

-A-aigo garoto, você é fraco mesmo!^(eu disse me levantando indo em direção a porta, afinal não queria que ele desconfiasse de minha autonomia)^

-Olha tem curativos no banheiro, se a princesa quiser. ^(eu disse com um sorriso lateral no rosto)^

-a-aigo, por que comigo?^(ele disse com voz de choro)^

-Ora você é minha vítima perfeita, não? ^(eu disse dando uma gargalhada logo saindo do quarto o trancando, de certa forma eu sentia que minha frase havia se tornado verdadeira)^

Sabe, por algum motivo eu não estava feliz, era como se algo estivesse errado, era como se ele fosse especial de alguma forma, e-eu não sei explicar, toda vez que eu estou perto dele meu coração dispara, e eu não consigo feri-lo sem sentir remorso depois...

~Povs Taehyung~

Depois que ele saiu do quarto, meu coração ainda não tinha parado de palpitar, era como se toda vez que eu o visse eu sentisse algo amais que apenas medo, era como se ele tivesse despertado algo em mim, ele parecia como eu.... Um garoto que teve um passado difícil eu imagino...

Bem depois que volto de meus pensamentos, eu olho para a janela que estava com um cadeado, eu tento de todas as formas abri-la, mas é inútil até que olho ao redor e vejo um espelho a minha direita, vou em direção ao mesmo, e me espanto, com os cortes em meu rosto, decido então ir até o banheiro, onde encontro uma caixa, dentro tinha alguns band-aids, algumas gazes, remédios, faixas, esparadrapo e uma tesoura. Eu então logo lavo meu rosto e o seco com uma toalha que estava perto, depois pego um dos band-aids e percebo que eles são pequenos demais para meu ferimento, decido então pegar as gazes junto ao esparadrapo cortando um pedaço do mesmo logo o colando da gaze assim colocando na lateral de minha testa, como eu tinha feito um curso de primeiros socorros, por causa que o Namjoon começou a ter aula de culinária com o Jin, eu sabia o básico pelo menos de se fazer um curativo.

 Me pego sorrindo quando me recordo deles, mas logo volto a ficar sério quando vejo o reflexo do bunny no espelho, e ele estava vindo em minha direção

 

 

 

 

K.L

 

 

 


Notas Finais


desculpem qualquer erro, até segundo pepininhos

divulguem a fic pra ajudar pff

bjjss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...