História Two sides - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Romance, Yoonseok
Visualizações 95
Palavras 596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oie

Capítulo 7 - 7. keep calm


> Hoseok <

Depois de procurar frenéticamente por uns bons vinte minutos, eu decido fazer uma última tentativa. É um lugar pequeno e escuro. Já está noite, e confesso que fico com medo de entrar lá, mas o faço mesmo assim.

Ando por entre as mesas cheias de gente,e atravesso a pista que já começa a encher, indo em direção ao bar.

Sinto um alívio enorme quando o vejo sentado.

Mas o alívio vai embora quando vejo sua situação. Eu espero de coração que ele não esteja dormindo. 

Chego mais perto, a avisto uma mulher ao seu lado, acariciando seus cabelos, e falando coisas que nem inagino o que poderiam ser.

- Com licença... - falo tirando as mãos dela de lá. Ela não parece gostar muito. - Ei... nós temos que sair daqui, ok?

Ele apenas assente piscando os olhos. Eu agradeceria muito se ele não tivesse usado nenhum tipo de droga, já que ele parecia bem mal.

- Coloque seu braço no meu ombro. Você tem que me ajudar. - Ele assente mas não se move. Dou uma pequena sacodida nele. - Vamos.

Ele reage e faz o que pedi. Saio dali o mais rápido que eu posso, com ele tropeçando junto comigo. Nunca carreguei ninguém nessa situação, então não faço a mínima ideia de como prosseguir.

Assim que conseguimos sair daquela fumaça, para longe daquela gente estranha, sento ele em um banco ali perto. Espero nunca mais entrar em um local daqueles.

- Espere sentado aqui, tudo bem? Vou buscar alguma coisa com açúcar. Refrigerante, ou suco. Você não parece bem.

Ele não deve ter entendido nada, mas tudo bem. Com tanto que ele não saia daqui, está tudo certo.

Viro as costas mas ele segura meu pulso e balança a cabeça negativamente, olhando para o chão.

- O que foi? - uma lágrima escorre do seu rosto. Me ajoelho na sua frente, encarando-o sem saber exatamente o que fazer. - Ei.

Chamo e coloco uma mão em sua perna. Ele põe a mão sobre a minha. É, ele deve estar mesmo bêbado. 

- Você... tem razão. Eu não estou bem. - É a única coisa que ele diz, voltando a chorar.

Deixo que ele continue chorando desesperadamente, e não digo nada. Passamos cerca de dez minutos assim, até que ele comece a se acalmar.

- Yoongi... - coloco minha mão próxima a seu rosto, mas tenho receio de tocá-lo. Então ele me encara com olhos vermelhos. É um olhar triste, mas penetrante. Limpo seu rosto, o tocando finalmente.

Yoongi apenas fecha os olhos, e suspira profundamente.

- O que aconteceu? - questiono.

- Merda. Muita coisa errada.

- Seja mais específico, por favor. Pessoas não ficam bêbadas e transtornadamente chorosas do nada. - Eu estou passando os dedos por seu rosto. Por que estou fazendo isso?

- O mesmo de sempre... tudo está tão desencaixado... eu não quero voltar pra casa, por favor. Eu não quero voltar para casa.

E ele repete essa frase muitas vezes, até eu conseguir acalmá-lo de novo. Isso parece mais uma crise psicológica do que apenas bebida.

- Shh... ok, ok. Não vou levar você para casa.

Levanto e sento ao seu lado no banco. Passo as mãos pelos cabelos. O que é que eu vou fazer? Eu não sei lidar com pessoas assim.

- Pare de chorar, por favor... - peço quando vejo mais uma lágrima caindo e eu a seco.

- Desculpa. Eu não sei porque liguei para você. Pode ir. Eu arranjo um lugar. Eu ligo pro Namjoon.

- Eu vou dar um jeito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...