História Two Worlds Collide - Capítulo 77


Escrita por: ~ e ~LariParker

Postado
Categorias The Wanted
Personagens Jay Mcguiness
Tags Paixão, Romance
Exibições 19
Palavras 1.596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá meu povo amado.
Voltei com mais um cápitulo da fanfic. Agora nós vamos ver como a Laura está depois de ter sido atacada pelo Guilherme.
Boa leitura...

Capítulo 77 - Depois do susto


Jay estava acompanhando Laura que estava deitada em uma maca ainda desacordada, sendo levada para a emergência. Jay ligou para a Dra. Marie, que de imediato foi socorrer Laura.
James tinha deixado Hayley, Max e Siva na cobertura cuidando de Elena enquanto a policia não chegava para levar Guilherme para a delegacia.
Tom e Nathan foram com o seu amigo para o hospital. Jay não podia ficar sozinho nessa hora.

-Jay você não pode entrar. - A Dra. Marie falou impedindo James de ultrapassar a porta por onde os enfermeiros levaram Laura.
-Eu quero ficar com ela, Marie me deixa entrar!
-Eu lamento James. Mais você vai ter que ficar na sala de espera com os seus amigos, enquanto eu cuida da Laura. Por favor fica aqui.
-Tá bom. Eu vou ficar na sala de espera com os meus amigos.
-Quando eu tiver noticias eu venho falar com vocês. - A médica falou passando pela porta e deixando Jay, Nathan e Tom sozinhos no corredor.

Já passava das onze horas da noite e Jay ainda não tinha nenhuma noticia de Laura estava. Nathan e Tom ainda estavam com ele, tentando acalma-lo, mais isso não estava dando certo. Jay andava de um lado para o outro na sala de espera, os seu amigos não sabiam mais o que fazer para deixar Jay mais tranquilo.
Max já tinha ligado para Jay avisando que a policia já tinha ido buscar Guilherme. Só de ouvir que Guilherme já estava preso deixou Jay um pouco mais calmo.
Max também falou que Elena ia ficar no apartamento da Heyley, sendo cuidada por ela e por Maddie.

Já passava da meia noite quando Jay se deu por vencido, e por fim se sentou em uma poltrona, cansado de ficar andando de uma lado para o outro na sala. Ele estava cansado e preocupado com o estado da sua noiva.

-Jay você quer que eu vá buscar um café para você? - Nathan perguntou ao amigo.
-Cara eu iria adorar tomar um café agora.
-Então eu já volto. - Nathan falou se levanto do sofá e saiu da sala logo em seguida.
-Eu não acredito que eles vão me deixar a noite inteira sem noticias da Laura.
-Logo as noticias chegam Jay. - Tom falou para o amigo.
-Eu não acredito que aquele bosta do Guilherme apareceu de novo para infernizar a minha vida e a vida da Laura.
-Eu não sabia que ele era louco a ponto de invadir o prédio e tenta abusar da Laura. – Tom falou indignado com essa situação.
-Eu deveria ter matado ele!
-Não deveria não cara. Ele não vale a pena.
-Mais a honra da minha mulher vale Thomas. – Jay falou e depois o silêncio se instalou na sala.

Depois de vinte minutos Nathan voltou trazendo café para os três.
Meia hora depois uma médica ruiva, de pele pálida, não muito alta adentrou a sala de espera. E os três homens a olharam com curiosidade.

-Olá. - A médica falou. - Qual de vocês é o Sr. James?
-Sou eu. - Jay falou se levantando.
-Eu sou a Dra. Maryl, eu estou cuidando da sua noiva no lugar da Dra. Marie.
-Aconteceu alguma coisa com a Marie?
-Ela teve que atender uma de suas grávidas que entrou em trabalho de parto, e eu assumi os cuidados da sua noiva.
-Ok. Como a Laura está?
-Bom ela está instável. O corte no seu supercílio não foi muito profundo e o corte no canto da boca também não foi muito grave. - A médica começou a explicar. - Ela está com algumas escoriações por causa da queda que ela teve, e está com marcas de algumas chupões na base do pescoço até o ombro.
-Chupões?! – Jay perguntou incrédulo com o que ele tinha acabado de ouvir.
-Bom, o agressor da sua noiva deixou alguns chupões no pescoço da sua noiva.
-Filho da puta, desgraçado!
-Hey Jay! - Nathan o repreendeu.
-Me desculpe Dra. Maryl.
-Sem problemas James, eu entendo a sua irritação.
-Eu já posso ver a minha noiva Dra.?
-Bom você pode sim. Nós já a levamos para um quarto.
-Então meninos eu vou ficar com a Laura, se vocês quiserem ir embora, vocês podem ir.
-Claro cara. Nós voltamos amanhã a tarde. - Tom falou se levantando do sofá sendo seguido por Nathan.
-Manda um beijo nosso para a Laura quando ela acordar. - Nathan falou.
-Eu mando sim. - Jay falou. - Obrigado por terem vindo comigo. – Jay falou se despedindo dos seus amigos.
-Nós somos seus irmãos cara. - Tom falou, e depois ele e Nathan foram embora do hospital.

Depois de se despedir dos seus amigos, Jay seguiu a Dra. Maryl até o elevador aonde eles subiram até o quinto andar. Ao chagarem no andar eles andaram por um longo corredor, a médica o indicou a porta do quarto de Laura, e logo Jay entrou.

Laura estava dormindo profundamente coberta por lençol branco. Ela tinha uma agulha em seu braço aonde ela recebida soro. Jay a olhou e viu os seu curativos, ele pensou em se aproximar e tocar o seu lindo rosto que agora estava machucado, mais logo desistiu. Ela parecia tão frágil que ele pensou que se a tocasse ela quebraria.
Jay se sentou na poltrona de couro preto que tinha ao lado da cama, ele se ajeitou lá e ficou olhando Laura dormir...

(…)

Laura acordou sentindo um dor de cabeça horrível. Ela olhou o quarto todo branco, e por um momento ela se perguntou aonde estava.
Mais logo Laura se lembrou do que tinha acontecido na noite passada. Ela se lembrou de Guilherme a agredindo, ela se lembrou dele em cima dela falando barbaridades, beijando ela, apertando o seu corpo... Ao lembrar de tudo Laura não conteve suas lágrimas de dor.
Jay que estava dormindo na poltrona ao lado da cama acordou com os soluços baixos de Laura. Ele logo se levantou e foi falar com ela.

-Oi meu amor. - Jay falou chamando a atenção de Laura. - Como você está se sentindo?
-Estou me sentindo muito mal. Péssima. – Laura falou chorando ainda mais.
-É a sua cabeça que está doendo? Fica calma que eu vou ver se eu acho a médica que cuidou de você ontem, ou uma enfermeira.
-Não Jay, a minha dor maior é aqui dentro. - Laura falou colocando a mão no seu peito. - Dói mais o meu coração do que a minha cabeça.
-Não fica assim Laura. O susto já passou, aquele desgraçado já foi preso.
-Você chamou a policia?
-Chamei sim. Eu não podia deixar barato o que ele tentou fazer com você meu amor.
-Tudo bem. Como a Elena está? Com que ela está?
-A Maddie e a Hayley estão cuidando dela. Fica tranquila minha princesa.
-Eu fiquei tão assustada quando eu vi o Guilherme com a Ellie nos braços...
-Ele estava segurando a nossa filha quando você encontrou ele?
-Ele estava no quarto dela quando eu entrei lá.
-Eu vou matar aquele merda! - Jay falou sentindo aquela raiva que ele estava sentindo antes voltar.
-Anjo não fica nervoso.
-Eu já estou nervoso Laura! Ele tentou te estuprar e agora você me fala que ele pegou a nossa filha no colo.
-Se acalma Anjo, você mesmo falou que a Ellie está bem.
-É, ela está bem amor. - Jay falou e deu um beijo na testa de Laura. – Laura eu queria te pedir perdão por ter falado tanta merda ontem a tarde. – Jay falou se sentando na ponta da cama.
-Está tudo bem Jay, eu já esqueci tudo o que aconteceu ontem a tarde. E eu também quero esquecer o que aconteceu com o Guilherme.
-Vamos esquecer tudo o que aconteceu Laura. Vamos seguir em frente. – Jay falou dando um beijo na testa de Laura.

Os minutos se passaram e Jay ficou o tempo todo do lado de Laura. Ela não deixou ele ir chamar um médico para examina-la, e ver se estava tudo bem.

-Com licença. - A Dra. Maryl falou entrando no quarto. - Bom dia.
-Bom dia Dra. - Jay falou.
-Oi Laura, eu sou a Dra. Maryl, eu sou amiga da Dra. Marie. Ela cuidou de você ontem a noite só que ela teve uma emergência com uma das suas grávidas e então eu terminei de cuidar  de você.
-Olá Dra. - Laura falou.
-Como você está se sentindo? Está com muita dor de cabeça, dor no corpo?
-Eu só estou com um pouco de dor de cabeça, mais não é nada muito forte.
-Ok. Eu vou pedir para trazerem o seu café da manhã e depois eu vou te examinar e trocar esse curativo que está na sua testa, ok?
-Ok Dra.
-E você James se quiser ir para casa tomar um banho e trocar de roupa, você pode ir tranquilo que aqui no hospital nós vamos cuidar muito bem da Laura.
-Ah não Dr., eu estou bem. Eu vou ficar aqui com a Laura.
-Anjo vai pra casa, eu vou ficar bem.
-Não amor, eu vou ficar aqui com você.
-Jay vai pra casa tomar um banho e a aproveita para ver se a Ellie está bem com Maddie e com a Hayley.
-Tá bom amor. - Jay falou se levantando do cama. - Então eu vou e não demoro a voltar. - Jay falou dando um selinho rápido em Laura, e logo ele saiu do quarto e foi correndo para a cobertura.


Notas Finais


Bom por hoje é só. Espero que vocês tenham gostado.
Logo, logo eu volto com mais um cápitulo.
Beijocas para vocês <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...