História U got it bad - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Beyoncé, Ciara, Jay-Z, Rihanna, Usher, Wiz Khalifa
Personagens Beyoncé, Ciara, Jay-Z, Rihanna, Usher, Wiz Khalifa
Tags Beyoncé, Usher
Visualizações 47
Palavras 4.434
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!!!

Capítulo 5 - Capítulo 5


Fanfic / Fanfiction U got it bad - Capítulo 5 - Capítulo 5

Beyoncé já havia dito a Shawn que não aturaria suas vagabundas debaixo do mesmo teto que ela e agora trazer uma para seu quarto, sua cama. Era demais para a paciência da Morena.

 -O que você ainda ta fazendo aqui piranha? Se manda sua vagabunda!

Disse Beyoncé recolhendo as roupas da mulher do chão e jogando contra ela a mulher recolheu suas sandálias que também estavam perdidas em algum canto do quarto e saiu ainda nua.

-Eu to cansada disso tudo!

Gritou Beyoncé indo até seu guarda-roupa e pegando uma pequena mala.

-O que você esta fazendo?

Perguntou Shawn se levantando e vestindo sua boxer preta.

-Eu to indo embora dessa casa.

A Morena disse enquanto colocava algumas peças de roupa na mala.

-Não você não esta.

O homem disse depois de retirar as roupas da mulher da mala e jogá-las no chão.

-E você espera que eu faça o que? Que eu continue morando com você e seja conivente com tudo isso? Pois saiba que não vai ser assim eu não passo nem mais um dia debaixo do mesmo teto que você, Eu cansei!!

Gritou Beyoncé enquanto recolocava as roupas na mala.

-Eu não quero saber se você esta ou não cansada de tudo isso eu já disse que você não vai.

Disse Shawn segurando forte o braço da mulher.

-ME LARGA SEU ANIMAL!

Berrou Beyoncé enquanto tentava se soltar do aperto do marido que continuava a segurá-la forte.

-Você é um cretino, vagabundo e covarde!

Gritou Beyoncé enquanto sentia o braço começar a doer, mas segundos depois foi seu rosto que ardeu com o tapa que recebeu do marido que tinha o rosto distorcido pela raiva.

-Quem você pensa que é para me insultar dessa maneira!

Gritou o marido ainda segurando Beyoncé pelo braço.

-Toda essa coragem é por que aquele vagabundo do seu irmão esta na cidade? Pois saiba que se eu descobrir que você contou alguma coisa pra ele, eu mando matá-lo no mesmo instante.

Disse Shawn aproximando o corpo da morena de seu próprio corpo.

-Só não se esqueça que você não é o único que tem dinheiro para mandar matar alguém, encoste um dedo em meu irmão e eu mesma mando matá-lo seu miserável.

O rosto de Beyoncé foi golpeado mais uma vez e Shawn a empurrou contra a penteadeira, Beyoncé sentiu o gosto de sangue e viu que havia cortado o lábio inferior, mas a mulher não demonstrava a dor que sentia, ela não seria fraca, dessa vez ela enfrentaria Shawn e não importa quantos tapas tivesse que levar.

-Você pode me bater o quanto você quiser eu não vou voltar atrás, eu não vou deixar você controlar minha vida.

Disse a Morena enquanto limpava o sangue de sua boca com o dorso da mão, mas Shawn logo a agarrou novamente pelos braços enquanto a prensava contra a parede. Beyoncé sentia a dor que as mãos de Shawn estavam causando nela, mas não ousou reclamar.

-Você não vai sair daqui.

Shawn disse baixo, mas com a voz ameaçadora.

-Você não vai mais controlar minha vida!

Disse a mulher se debatendo para tentar se soltar, mas o ato só lhe causava mais dor.

-Eu odeio você!!

A mulher gritou e Shawn reagiu socando seu rosto. Beyoncé caiu no chão sentindo o rosto latejar de dor.

-Imbecil.

Outra vez Shawn socou-lhe o rosto, as lágrimas já rolavam pelo rosto da Morena, mas não eram de dor e sim pela raiva crescente que sentia do marido

-O que você acha que sua mãe vai pensar quando souber que você foi embora.

Disse o homem apelando para os sentimentos que Beyoncé tinha pela mãe. A Morena parou por um instante e viu o rosto de sua mãe, mais lagrimas rolaram pelo rosto da mulher, as duas já não estavam bem e quando Tina descobrisse que Beyoncé havia saído de casa nunca mais iria querer ver a filha. O coração de Beyoncé se apertou, mas ela não podia mais fazer nada, não iria passar mais nenhum dia naquela casa.

-Eu já fiz a minha escolha Shawn e não importa o que minha mãe pensa ou deixa de pensar eu não irei voltar atrás.

Disse Beyoncé indo para o banheiro pegar alguns objetos pessoais. Shawn andava de um lado para o outro no quarto sem saber o que fazer, a Morena já estava decidida a não ficar mais em casa.

-Se você não se importa com o que sua mãe vai pensar ou fazer isso quer dizer que eu posso ligar pra ela pra contar?

Disse Shawn entrando na frente de Beyoncé impedindo-a de continuar a juntar suas coisas.

-Pode, mas agora sai da minha frente!

Disse Beyoncé empurrando Shawn com a mão que estava livre e despejando seus pertences na pequena mala e logo depois a fechando.

-E você vai jogar cinco anos de casamento no lixo assim como se não fossem nada?

Perguntou Shawn alterado.

-Isso não é e nunca foi um casamento isso era apenas uma prisão da qual eu acabei de me libertar.

Beyoncé pegou sua mala e rumou para a porta do quarto.

-Se você sair dessa casa eu vou usar tudo que eu tenho pra destruir sua vida.

Shawn a ameaçou impedindo que Beyoncé passasse pela porta.

-Então a guerra esta declarada.

Disse a mulher empurrando o homem com toda a força que tinha para que ele saísse de seu caminho.

-Senhora Carter para onde vai?

Perguntou Sarah ao ver a patroa passar pela sala carregando uma mala.

-Pra bem longe daqui Sarah.

Sarah não disse mais nada apenas sorriu feliz pela patroa finalmente ter tomado a decisão de deixar o marido.

Beyoncé desceu até a garagem e entrou em seu carro jogando a mala no banco traseiro do veiculo e partiu. A Morena ainda pode ver Shawn na varanda de seu quarto a observá-la, enquanto dirigia Beyoncé permitiu-se chorar, ela estava feliz por estar livre do marido, mas ela sabia que estava comprando uma briga feia com ele e ainda havia sua mãe, como Dona Tina reagiria ao saber que a filha havia se separado do marido.

Ainda dirigindo Beyoncé pegou o celular e ligou para o irmão, ela passaria a noite no apartamento de Huey e no outro dia procuraria um apartamento para ela.

Beyoncé ouviu a voz irritante da mulher informando que o celular de Huey estava desligado ou fora de área, praguejou e discou mais uma vez, mas não obteve resultados.

-Huey seu inútil!

Gritou a mulher enquanto esmurrava o volante, mas então Beyoncé se lembrou que havia marcado de se encontrar com Usher então fez o caminho até o prédio onde o Moreno morava, mas ao estacionar o carro em frente ao prédio que residia Usher, Beyoncé percebeu o quanto estúpida fora sua idéia. Beyoncé olhou-se no espelho retrovisor e viu o quanto estava com o rosto machucado e agora que seu sangue já havia esfriado já sentia a dor em vários pontos de seu corpo, marcas vermelhas que estavam começando a ficarem roxas estavam espalhadas pelo seu braço como ela explicaria para o Moreno o motivo de todos aqueles hematomas.

Beyoncé já estava pronta para dar partida no carro e seguir para um hotel quando uma voz a assustou.

-Beyonce.

A Morena deu um salto no banco do carro com o susto, mas logo abriu o vidro do carro dando de cara com Usher que estava segurando uma garrafa de vinho na mão.

-Usher.

-O que aconteceu com você?!

Disse Usher preocupado ao perceber o quão machucada estava Beyoncé.

-Não foi nada de mais, mas foi bom te encontrar aqui eu só vim mesmo para dizer que não poderemos nos encontrar hoje.

Disse Beyoncé rapidamente enquanto tentava esconder o rosto, mas o Moreno foi mais rápido e segurou o rosto da mulher o virando para ele.

-Quem fez isso a você?

Ele perguntou visivelmente alterado.

-Ninguém eu sou uma desastrada e acabei caindo no banheiro.

A morena disse enquanto colocava uma mecha de cabelo atrás da orelha.

-Você menti muito mal.

Disse o Moreno sério enquanto abria a porta do carro dela e estendia a mão livre para que ela saísse do carro.

-Vamos subir.

O Moreno disse se encaminhando para a entrada do prédio acompanhado por Beyoncé.

***

-Agora você vai me dizer o que realmente aconteceu com você.

Disse Usher ao entrarem no apartamento. Beyoncé ponderou se deveria ou não dizer a verdade a Usher, mas a Morena não tinha nada a perder então resolveu dizer a verdade.

-Meu marido, ou melhor meu ex marido.

Disse Beyoncé sem encarar o Moreno. Usher ficou estático, por um momento sentiu raiva por saber o quão covarde era o marido de Beyoncé a ponto de lhe bater, mas um sentimento estranho tomou o seu corpo ao ouvir a mulher dizer “ex marido”.

-Como assim seu marido lhe fez isso, ele é louco? Você já o denunciou?

Disse o Moreno depois de algum tempo assimilando as novas informações.

-Não eu não o denunciei e não sei se eu quero fazer isso.

Disse Beyoncé rapidamente.

-Como assim não sabe se quer fazer isso?! Beyoncé olha o seu estado.

Disse o Moreno indignado apontando para Beyoncé.

-Você tem que denunciá-lo.

-Ta ok, eu vejo isso depois.

O Moreno não sentiu firmeza nas palavras de Beyoncé e a puxou para se sentar no pequeno sofá com ele.

-É a primeira vez que ele te bate?

Algo dizia ao Moreno que essa não era a primeira vez que Beyoncé era agredida. Beyoncé ficou em silencio olhando para o chão.

-Beyonce.

Usher chamou-a esperando uma resposta.

-Não.

Disse a Morena apenas.

-Céus e você nunca o denunciou?!

Perguntou Usher passando uma das mãos pelo cabelo.

-Você não entende.

Disse Beyoncé sorrindo sem humor.

-O que eu não entendo?

Perguntou o Moreno tentando se acalmar.

-Jay é um homem muito rico e de muita influencia, denunciá-lo não adiantaria nada e ele é muito vingativo, eu tenho medo do que ele possa fazer a mim ou a meu irmão.

-Beyonce ele não pode fazer isso e sair ileso, você tem que fazer alguma coisa.

Disse Usher ainda indignado pela falta de ação da mulher. Beyoncé respirou profundamente e sentiu todo seu auto controle se esvair, Beyoncé olhou para o chão enquanto grossas lágrimas rolavam pelo seu rosto, a mulher levou as mãos aos olhos na tentativa de cessar as lágrimas, mas foi em vão.

Usher não sabia o que fazer, nunca antes o Moreno deparou-se com uma situação como essa, Usher não sabia o que devia falar ou fazer e até se culpou por ter falado daquela forma com Beyoncé, ela estava machucada não só fisicamente e ela não precisava de ninguém a repreendendo ou dizendo o que ela deveria ou não fazer, Beyoncé precisava de apoio e alguém que a confortasse.

-Bey me perdoa, eu não deveria estar falando essas coisas com você agora.

Disse o Moreno enquanto levantava o rosto de Beyoncé para que pudesse olhar no fundo de seus olhos.

-Eu é que deveria te pedir desculpas Usher, eu apareço aqui no seu apartamento nesse estado e agora eu to aqui chorando na sua frente, me desculpa eu não deveria ter vindo você já tem seus problemas e eu não quero ser mais um pra você, mas é que eu não consegui falar com meu irmão e acabei vindo pra cá.

Beyoncé disse e se levantou para ir embora.

-Beyonce você não vai sair daqui assim.

Disse Usher se levantando e segurando a mulher pela mão.

-Eu só preciso encontrar meu irmão Usher e então eu vou para o apartamento dele, eu não preciso ficar aqui te incomodando.

-Você não incomoda.

Disse Usher calmamente.

-E você já disse que não conseguiu falar com o seu irmão, você pode passar a noite aqui.

-Usher não precisa se preocupar comigo.

-Claro que preciso, já esta decidido você passa a noite aqui e se você quiser amanhã você procura o seu irmão ta legal?

Beyoncé queria negar, mas não podia ela realmente precisava de um lugar para passar a noite e não queria de forma alguma ficar sozinha nesse momento.

-Tudo bem, mas eu preciso pegar algumas coisas minhas que estão no carro.

Disse Beyoncé indo em direção a porta novamente.

-Não, agora você vai tomar um banho, pode deixar que eu pego suas coisas.

Disse o Moreno retirando as chaves do carro da mão de Beyoncé.

-Obrigada.

Beyoncé disse com um sorriso fraco nos lábios e seguiu para o banheiro enquanto Usher descia até seu carro para pegar suas coisas.

...

Usher estava sentado em sua cama enquanto esperava Beyoncé terminar seu banho. Usher observou Beyoncé sair enrolada em sua toalha.

-Espero que não se importe.

Disse Beyoncé se referindo ao fato de ter se secado com a toalha de Usher.

-Nunca me importei antes porque me importaria agora?

Disse Usher sorrindo e apontando para a mala que ele havia buscado no carro dela, logo depois saiu de seu quarto para dar mais privacidade à Morena, Beyoncé se vestiu e penteou os cabelos, quando saiu do quarto encontrou Usher na sala bebendo vinho.

-Posso acompanhá-lo no vinho?

Disse a Morena se sentando ao lado de Usher no sofá.

-Claro que pode.

Ele sorriu pegando a outra taça em cima da mesinha de centro e servindo o vinho para a Morena, que agradeceu.

Usher mesmo nunca tendo visto o marido de Beyoncé sentia ódio pelo desgraçado, sentia seu sangue ferver toda vez que encarava o rosto da Morena que estava machucado pelas agressões ou então quando olhava as marcas roxas nos braços de Beyoncé, como alguém podia ser covarde ao ponto de bater em uma mulher. Usher já havia se decepcionado muito com Bella, mas em nenhum momento se quer pensou em levantar a mão para ela, isso para ele era inadmissível.

-Você ta calado hoje Usher.

Beyoncé disse encarando o Moreno.

-Me desculpe. Eu só estava pensando.

Disse Usher ainda com os pensamentos perdidos.

-Me desculpe a ousadia, mas eu posso saber em que você esta pensando?

Usher encarou Beyoncé nos olhos antes de responder a pergunta da mulher.

-Eu queria entender como um homem tem coragem de fazer isso com uma mulher.

Disse Usher apontando para os hematomas no corpo de Beyoncé.

-Usher eu...

Beyoncé não conseguiu concluir sua frase, pois Usher a interrompeu.

-Eu sei que você não quer falar sobre isso agora Beyoncé e você não precisa dizer nada, pelo menos enquanto você não quiser, eu só estava respondendo sua pergunta.

Usher disse calmo e Beyoncé sorriu agradecida.

-Você quer comer alguma coisa?

Usher perguntou mudando de assunto enquanto se levantava do sofá.

-Você vai cozinhar?

Beyoncé perguntou surpresa e Usher sorriu.

-Eu não acho que nada que eu venha a cozinhar seja saudável o suficiente para comermos, por tanto, não. Eu não vou cozinhar.

Disse Usher sorrindo enquanto pegava o celular.

-Serve pizza?

Perguntou o Moreno ainda sorrindo, Beyoncé retribuiu o sorriso e balançou a cabeça afirmando.

...

Os dois comiam sentados na sala enquanto conversavam sobre coisas banais.

-Sabe Bey eu to um pouco curioso sobre uma coisa.

Beyoncé por um minuto pensou que o Moreno fosse tocar novamente no assunto sobre as agressões de Shawn, mas ele logo tratou de explicar melhor.

-Não é sobre o que você esta pensado é sobre o seu irmão, na verdade é sobre o que ele disse sobre o que ele viu.

A Morena sorriu e respirou um pouco aliviada.

-Como eu já te disse Huey nunca gostou do meu marido, então é de se imaginar que ficar sabendo que eu o traia não iria deixá-lo irritado.

Disse Beyoncé dando um gole em seu vinho.

-Mas o que exatamente ele disse.

Beyoncé se lembrou das palavras de Huey e de suas próprias palavras naquele dia, mas ela não estava disposta a contar a Usher que estava apaixonada por ele.

-Nada demais, apenas me disse para ter cuidado.

Usher sorriu.

-Estou começando a gostar do seu irmão.

Disse Usher em tom de brincadeira.

-Sabe que pensando bem eu acho que vocês dois se dariam bem.

-Quem sabe.

Sorriu Usher enquanto terminava de comer o ultimo pedaço de pizza. Beyoncé se levantou e pegou os pratos, Usher a observou ir até a cozinha.

-O que você vai fazer?

Perguntou o Moreno enquanto se levantava e a seguia.

-Lavar nossos pratos.

Respondeu Beyoncé como se fosse uma resposta obvia.

-Beyonce você é minha convidada não vai lavar nada.

Disse Usher retirando os pratos de sua mão.

-Usher são apenas dois pratos e alguns talheres.

Disse Beyoncé tentando pegar os pratos de volta das mãos de Usher.

-Exatamente e eu vou lavá-los.

-Mas Usher...

-Sem mas, Knowles.

A Morena sorriu involuntariamente ao ouvir seu sobrenome de solteira, o sobrenome de sua família. Há algum tempo Beyoncé havia mencionado algo sobre seu sobrenome com Usher, mas ela não imaginava que o Moreno fosse se lembrar.

-É bom ouvir isso e saber que em breve eu vou poder usar novamente o sobrenome da minha família.

Disse Beyoncé um pouco emocionada. Usher já não sabia mais o que pensar a um dia atrás estava determinado a acabar tudo com Beyoncé e agora estava ela aqui, pronta para se divorciar de seu marido e livre para viver outro romance com quem quisesse e por que não com ele? Mas ele ainda se sentia de certa forma preso a Tameka um sentimento que ele não conseguia explicar, mas um sentimento novo crescia dentro dele algo diferente de tudo que ele já havia sentido e esse sentimento estava tomando conta de todo seu corpo e era impossível resistir a ele...

Usher se aproximou devagar de Beyoncé e acariciou delicadamente o rosto da morena levando sua mão até a nuca da mulher que o encarava com um olhar um pouco confuso. Usher ignorou uma voz dentro de si que o mandava se afastar de Beyoncé e se aproximou da morena até que seus lábios se tocassem suavemente sem pressa alguma.

A confusão de sentimentos dentro de Usher era absurda, mas nesse momento nada mais importava para ele apenas a mulher que estava em seus braços.

O beijo antes calmo e casto tomava outras direções agora, as mãos de Usher prendiam firmemente Beyoncé a seu corpo enquanto suas línguas se enroscavam de forma tentadora. Usher cessou o beijo e encarou as orbes da morena.

-Talvez não seja esse tipo de atenção que você esta precisando hoje.

Disse Usher afastando Beyoncé delicadamente.

-Você tem razão.

Beyoncé disse com um sorriso fraco nos lábios.

Ela estava muito sensível e Usher muito confuso essa não era uma boa combinação para terminar em sexo.

-O vinho ainda não acabou, vamos.

Disse Beyoncé seguindo para a sala, Usher respirou profundamente e passou a mão nos cabelos nervosamente, talvez não fosse a hora de se afastar de Beyoncé afinal a morena agora estava precisando de apoio.

Beyoncé estava sentada no carpete bebendo vinho.

-Bey eu nunca te contei minha história com a Tameka, não é mesmo?

Disse o Moreno se aproximando de Beyoncé e se sentando ao seu lado. Usher de fato nunca havia entrado em detalhes com Beyoncé sobre o que viveu com Tameka.

-Não Usher e você sabe que não precisa dizer nada se não quiser.

-Mas eu quero.

Beyoncé ficou contente por ter ganhado a confiança do Moreno.

-Meus pais tem uma das maiores fazendas do Texas sempre tivemos muito dinheiro e meu pai sempre teve uma amizade muito grande com um de nossos empregados, Kyle, e também com sua esposa Valencia, eles e a filha, Tameka, sempre foram tratados como se fossem da família.

Usher às vezes tinha o olhar perdido, mas Beyoncé não ousava interrompe-lo.

-Eu cresci com Tameka como se fosse uma irmã, nós éramos muito unidos até que ficamos mais velhos e eu já não a via mais como uma irmã, eu não entendia porque eu tinha tanta raiva de ver o James com ela, até que eu entendi que eu estava apaixonado.

Usher olhava para o chão como se as lembranças machucassem.

-Ela foi meu primeiro tudo, meu primeiro beijo, minha primeira transa, meu primeiro amor. Não foi fácil conseguir a permissão dos pais dela para namorarmos, eles tinham medo que meus pais pensassem que Tameka queria se aproveitar do meu dinheiro ou que eu quisesse apenas me divertir com a filha dos empregados, depois de uma longa conversa com eles nós conseguimos convencê-los que nós realmente gostávamos um do outro e depois de um pouco mais cinco anos, assim que eu terminei a faculdade nós resolvemos noivar, mas na festa de noivado...

Usher fechou os olhos e Beyoncé percebeu que a parte mais difícil da historia estava por vir.

-Havia um telão na nossa festa para exibir algumas fotos nossas, mas logo depois da exibição das fotos...começou um vídeo.

Usher respirou pesadamente antes de olhar nos olhos de Beyoncé e terminar de contar toda a história.

-Nesse vídeo a Beyoncé aparecia transando com Ryan, um cara que eu odeio desde a adolescência, todos viram, minha família a família dela e todos os nossos amigos, depois disso obviamente acabou tudo entre a gente. Os pais dela ficaram muito envergonhados, pediram mil desculpas e também pediram demissão, eles nunca perdoaram Tameka pelo que ela fez, os envergonhando na frente de todos e agora o relacionamento deles com a Tameka é horrível.

Beyoncé não sabia o que dizer a história de Usher era realmente muito triste, a Morena agora sentia extrema raiva de Tameka por ter causado tanto sofrimento em Usher.

-Como você consegui ficar perto dela?

-No inicio não foi fácil, mas com o tempo eu aprendi a ignorar a presença dela e agora digamos que eu não seja mais uma pessoa tão agradável com ela. Na verdade tudo que eu posso fazer para irritá-la eu faço.

Usher disse sério sem encarar Beyoncé.

-Isso te ajuda a esquecer o que ela te fez?

-Na verdade não.

Disse o Moreno olhando para chão.

-Então porque você não se afasta dela Usher?

-Eu não me afasto dela por que eu quero a fazer sentir toda a dor e raiva que eu senti quando vi aquele vídeo.

Os olhos de Usher agora estavam fixos nos de Beyoncé e transmitiam puro ódio.

-Obrigada por confiar sua história a mim Usher.

Beyoncé disse acariciando a mão do Moreno.

-Foi bom poder me abrir com você.

O Moreno respondeu com o semblante mais tranqüilo.

-Usher se você não se importa eu queria dormir agora.

Beyoncé pode perceber nessa conversa que o moreno realmente ainda nutria algo por Tameka e isso estava estampado na forma como ele falava dela.

-Claro que não me importo, você já sabe onde fica o quarto então fique a vontade eu me arranjo aqui no sofá.

-De forma nenhuma eu vou te tirar da sua cama, você dorme na cama e eu durmo no sofá.

A Morena disse categórica, mas Usher parecia não se importar com as palavras dela pois continuou imóvel.

-Não seria nenhum pouco delicado da minha parte colocar você pra dormir no sofá, então não me faça te trancar naquele quarto.

Ele disse sorrindo para Beyoncé que também sorriu.

-Ta ok Sr. Raymond eu aceito dormir na sua cama, mas eu acho que ela é espaçosa o suficiente pra nós dois.

Usher ergueu uma sobrancelha enquanto via a mulher se direcionar para seu quarto, sua mente a todo momento o lembrando do quão perigoso poderia ser isso, não era uma boa hora para se deixar envolver por alguém, muito menos quando esse alguém também já tem seus sérios problemas. Usher ficou de pé e depois de apagar as luzes da casa seguiu para seu quarto, encontrou Beyoncé já deitada em um dos lados da cama vestindo apenas uma calcinha e uma camisa larga que Usher reconheceu ser dele, respirou fundo para buscar controle e não sucumbir ao desejo de tê-la novamente.

-Você ficou muito bem com essa camisa.

Disse Usher enquanto tirava a sua própria camisa.

-Me desculpa é que eu sai tão apressada de casa que não me lembrei de pegar uma camisola ou algo apropriado para dormir.

Ela disse se sentando na cama de frente para o Moreno.

-Não precisa se desculpar Bey eu apenas te fiz um elogio.

Usher disse sorrindo para ela.

-A questão é que eu praticamente invadi sua casa e agora estou me aproveitando das suas roupas.

Usher sorriu mais abertamente agora

-Você não invadiu minha casa eu te convidei para passar a noite aqui e não ha nenhum problema em você usar minha camisa.

Usher agora estava apenas com sua cueca boxer e depois de apagar a luz seguiu para a cama enquanto repetia um mantra mentalmente “Vocês só vão dormir na mesma cama e nada mais.”

-Obrigada por tudo Usher.

A Morena disse quando já estavam deitados na cama.

-Sempre que precisar de ajuda eu vou estar aqui Bey.

O moreno disse enquanto alcançava a mão de Beyoncé e depositava um beijo nela, depois disso o silencio tomou conta do quarto e os dois dormiram.

...

A fraca luz do amanhecer invadiu o quarto e Beyoncé acordou um pouco assustada ao se deparar com um ambiente completamente diferente do que ela costumava acordar, mas rapidamente ela se lembrou de tudo que havia acontecido no dia anterior e lembrou-se também de onde estava. Beyoncé olhou para o lado e não havia mais ninguém na cama a Morena ouviu a voz de Usher falando baixo na sala, inicialmente Beyoncé se assustou com a possibilidade de haver mais alguém na casa, mas depois percebeu que a única voz que ela conseguia ouvir era a de Usher então deduziu que o Moreno estivesse falando ao telefone.

Ela se levantou e caminhou para a porta, mas ao chegar ao pequeno corredor ouviu algo que a fez travar.

“Eu te amo meu bem e também estou morrendo de saudades, beijo tchau.”

Beyoncé não sabia o que pensar, mas sabia que não tinha direito nenhum de se sentir daquela maneira afinal ela e Usher não tinham nada, Beyoncé engoliu o nó que havia se formado em sua garganta e se forçou a caminhar até a sala.

-Bom dia.

Beyoncé disse ao chegar à sala.

-Bom dia, já de pé tão cedo?

-É que eu não tenho o costume de acordar...

Antes que Beyoncé terminasse sua frase ela e Usher ouviram o barulho da porta sendo aberta por fora e antes que eles pudessem pensar em fazer alguma coisa Tameka abriu a porta.

-Usher?! Eu não imaginei que você fosse estar acordado a essa...

Tameka entrou na sala e viu Beyoncé parada vestindo a camisa de Usher e visivelmente irritada gritou:

-O que você esta fazendo aqui?!

 


Notas Finais


AMORES NÃO SE ESQUEÇAM DE DEIXAR COMENTÁRIO E QUEM ACHAR QUE A FIC MERECE PODE RECOMENDAR QUE ME FARIA MUITO FELIZ.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...