História U HURT ME - Kaisoo - Capítulo 33


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Exo
Visualizações 118
Palavras 593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem..☺️

Capítulo 33 - 33


Fanfic / Fanfiction U HURT ME - Kaisoo - Capítulo 33 - 33

Desci as escadas rapidamente, recebendo  um bronca de minha omma.

- pra onde vai tão apreçado..- abri a porta.

- resolver um problema..- disse e sai antes que ele fala-se algo, ou me impedisse.

As ruas já estavam esfriando, conforme a noite ia caindo. De longe vi a casa de jongdae, então aprecei meus paços.

- cadê o jongdae..- cheguei já abrindo a porta.

- lá em cima..algum problema querido.- Luhan perguntou.

- não...obrigado.- subi as escadas rapidamente, logo adentrando seu quarto.

- o que faz aqui...- sentou na cama, logo me encarando.

- porque você mentiu pra mim...- vi sua expressão mudar.- você realmente pensou  que eu não iria lembrar. Você achou o que,que eu iria me esquecer e você sairia como bonzinho...

- xiumin..- se levantou.

- não me chama assim...você não tem mais esse direito.- o encarei.- assim como não tem o direto..de ter o meu perdão ou qualquer outra coisa..sinceramente eu esperava mais de você...

- deixa eu...

- eu me odeio por ter de amado....por ter gostado de alguém como você..por ter sido um idiota em acreditar que você era alguém legal..- fui até a porta do quarto, na intenção de sair...mas..não foi bem isso o que aconteceu..

- você não vai embora..- segurou meu pulso, fechando a porta e a trancando.- você não vai...até que eu termine de falar.

- me solta..- o mesmo negou, me prensando contra si..- jongdae.

- eu posso ter errado...mas eu realmente pensei que poderia resolver as coisas.- minha respiração acelerou.- eu me senti mau..depois do que fiz com você..eu fiquei acabado por sua causa.- abaixou a cabeça..- você pode me xingar, me  bater..fazer o que você quiser...mas você não pode me impedir de te amar.

- jongdae..

- eu não mereço você, não quero te magoar ou te fazer chorar. Naquele dia...percebi o quão ruim eu sou para você..- vi pequenas lágrimas caírem pelo seu rosto.- me odeio por te fazer chorar e te fazer algo ruim. Odeio ver que te machuco toda vez que falo ou toco em você..me..

- chega..- disse baixo.

- mas...- o abracei.- xiumin...

- promete que não irá me magoar...- deixei minhas lágrimas caírem..

- eu prometo.- me abraçou forte.- prometo te fazer a pessoa mais feliz do mundo...mesmo que eu não pertença mais a ele.

- eu te odeio..- deu uma pequena risada entre as lágrimas..

- eu te amo..- segurou meu rosto, fazendo-me olhar pra si..- amo apenas você..

- eu também te amo..- dei um pequeno sorriso. - idiota.. porque você faz isso comigo.

- porque eu sou um idiota..- se aproximou mais de mim, deixando nossos rostos bem próximo.

- me beija...- o mesmo labeu os lábios, como se tivesse visto um doce.

Fechei meus olhos lentamente, sentindo sua respiração ficar cada vez mais próxima de meu rosto. Jongdae deslizou os lábios sobre os meus, antes de me beijar. Tornado aqueles simples tocar de lábios, em um beijo profundo, cheio de sentimentos e emoções. Chen  pede passagem com a língua, então em abro um pouco minha boca, sentindo sua língua esplorar a minha. O ar começa a faze falta, então jongdae se separa de mim, dando um leve mordida em meu lábios inferior.

So quando eu abri os olhos, que eu percebi que estávamos em sua cama, em uma procissão um pouco excitante, já que eu estava em seu colo, e o mesmo estava com as mãos em minha cintura.

- você é perfeito..- acariciou meu rosto.- e agora...apenas meu.- colocou um anel em meu dedo.- meu namorado.

- apenas seu...

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...