História Ultraviolence - jikook


Escrita por: ~


Sinopse:
Eu sou Park Jimin, e perdi meus pais quando era criança. Fui adotado por uma casal, mas eles me agrediam e abusavam, então resolvi fugir...Desde que isso aconteceu eu tenho passado por várias dificuldades, e nesse momento estou entrando na faculdade, mas não tenho como me sustentar direito, e por isso vou viver de algo que até agora estava tentando evitar.....
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Baekhyun, Jackson, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Lu Han, Personagens Originais, Rap Monster, Sehun, Suga, V, Xiumin
Tags Baekhyun, Jackson, Jikook, Lu Han, Namjin, Sehun, Taehope, Taekook, Vhope, Vkook, Xiumin, Yoongmin
Exibições 1.192
Comentários 39
Palavras 7.836
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Ultraviolence - jikook
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
Eu já conheço ele
2
204
850
 
2.
Eu fiquei preocupado
3
172
1.287
 
3.
Então vamos lá
5
186
931
 
4.
Garoto de programa
7
186
1.782
 
5.
Tudo bem... Estou aqui
6
146
862
 
6.
Olha pra mim
3
127
688
 
7.
Desculpa mas que casa ?
6
101
1.029
 
8.
Talvez seja um adeus
7
70
407

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

O autor dessa História ainda não destacou nenhum comentário.