História Um Acidente Muda Tudo - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?)
Tags Daniel Mologni, Lukas Marques
Exibições 15
Palavras 676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


mais um capitulo lindo pra vocês beijos

Capítulo 4 - Vamos pra casa


Fanfic / Fanfiction Um Acidente Muda Tudo - Capítulo 4 - Vamos pra casa

P.O.V Stephanie

Acordei e percebi que aquilo não era um pesadelo, e isso me machucava muito, sentei na cama e olhei o criado-mudo e tinha uma foto minha com o Daniel a gente estava se abraçando me lembrei do dia aquilo era especial pra mim comecei a chorar e eu só sabia falar isso enquanto chorava

-Porque você

Eu queria que aquilo não passasse de um pesadelo mais percebi que era a vida real. Depois de alguns minutos fui tomar banho eu deixei que a água quente passasse por meu corpo fiquei um tempo parada refletindo sobre tudo que estava acontecendo. Me troquei coloquei uma roupa minha que tinha lá, desci as escadas com o maior cuidado, mais é pior pois os meninos estavam tomando café e me perceberam

-Stephanie cadê o Daniel ?- o Rafa perguntou, naquele momento meu corpo gelou o que eu iria falar já sei

-Está dormindo e pediu para que não o acordasse, por que por que ele passou a noite inteira editando- dei a desculpa mais esfarrapada da minha vida

-A tá – o Rafa falou e aquilo me aliviou

Peguei um uber e sai direto para o hospital , cheguei lá e peguei o meu cartão de visitante , fui para o quarto dele , infelizmente ele estava igual a enfermeira estava vendo se estava tudo bem

-Oi amor – eu já tinha lido que quanto a pessoa está em coma ela pode ouvir, me sentei na cadeira

-Ontem eu me lembrei do dia em que a gente se conheceu, me lembrei de quanto a gente viajou para Nova York, era tudo perfeito até esse acidente – comecei a pensar eu segurava as lagrimas mais elas insistiam em cair

-Só não me deixa por favor

Sai do quarto e fui para cafeteria do hospital pedi um café bem forte me sentei e tomei calmamente

P.O.V Renata

Acordei com a Ste me chamando para visar que ela iria embora, me sentei na poltrona e dormi.

         Acordei com a maior dor nas costa maldita poltrona, o Lukas ainda estava dormindo na verdade até em um hospital ele consegui roncar feito um porco o porquinho que eu amo e que quero pro resto da minha vida.

         O médico entrou e examinou como estava os batimentos dele

-Bom pelo que vejo aqui está tudo bem, ele não passou mal  a noite então temos ótimas noticias

-Sério – a empolgação na minha voz era vista de longe fora o enorme sorriso que tinha se formato no meu rosto

-Ele poderá ter alta hoje

-Que maravilha

O médico foi embora, depois de alguns minutos o Lukas acordou

-Oi amor – eu disse feliz

-Oi

-Sabe quem vai embora hoje

-Eu ?- ele disse com espanto

-Sim meu amor – digo e dou um selinho nele

-Que bom – ele diz e me puxa para um beijo que me deixou com falta de ar, era um beijo com saudade e com muito amor e com todo o medo que não tínhamos mais

-Eu vou lá na minha casa pegar uma roupa sua e já volto tá ?- eu falo e dou um selinho nele

-Os meninos já sabem o que aconteceu ? – ele me pergunta

-Não hoje eu e a Ste iremos falar

-Tá bom, vai lá buscar minha roupa que eu quero sair daqui e comer alguma coisa boa

-Tá meu amor – falo tanto risada

Vou para minha casa de taxi, chego lá pego a roupa do Lukas e aproveito e durmo um pouco coloquei um alarme pra não perder a hora.

         Acordei 5 minutos depois, pego a roupa e tênis e pego um taxi. Chego lá e ele já estava de pé impaciente por que paciência é uma coisa que ele não tem

-Você demorou demais

-Calma eu fui em casa e acabei dormindo um pouco

-Trouxe a roupa ?

-Sim amor vai lá, toma um banho e se troca por que a gente vai embora, pra casa

-Pra casa – nos beijamos um beijo com amor

Ele foi e se trocou, fomos para a minha casa amanhã iriamos dar a noticia.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...