História Um amor adolescente - Capítulo 5


Escrita por: ~ e ~bruninhaams1

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 14
Palavras 550
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Oii, desculpe pela demora, estava meio ocupada nesses ultimos dias.
Boa leitura

Capítulo 5 - Festa


-Por que você fez isso?  Bêbado pegando uma menina na minha frente?
- Realmente eu estava bêbado mas na hora que eu beijei a menina , eu estava consciente,  fiz aquilo porque eu quis.
- Entao...- começo a chorar
- Som,  eu não aguento mais você,  esta tudo acabado....
- Não era mais fácil você simplesmente falar que não queria mais? Precisava me machucar tanto?
-Eu tentava mas sempre que eu começava a falar você discutia comigo e eu acabava ficando mais infeliz do que eu já estava
- Tudo bem Leo, se você não quer mais nada, também não precisa falar mais comigo
- Mas nós ainda podemos ser ami...
-Não me venha com essa história de amizade - digo o interrompendo e saindo correndo para a casa da Samyra que era na mesma rua 
   Chegando lá eu cheguei firma, mas quando cheguei no quarto dela eu comecei a chorar. ..
-Por que ele fez isso comigo, ele é um covarde mesmo - digo isso depois de explicar tudo o que aconteceu 
- Ah para neh, vai ficar aí chorando por causa de cavalo sem ferradura! ! E só porque eu te amo eu vou jogar na sua cara, você é muito trouxa!

Depois disso eu parei de chorar e nos ficamos assistido filmes e séries,  liguei para a minha mãe avisando que eu dormiria lá e então ficamos até as 4 da manhã acordadas

*QUEBRA TEMPO DE UMA SEMANA *

Hoje temos uma festa para ir, já estou muito melhor, toda a turma vai nessa festa, inclusive vocês sabem quem, a Samyra foi lá em casa e nos colocamos vestidos lindos 

Quando chegamos na festa nos entramos no salão e dançamos muito, vi o Leo mas não falei com ele, ele estava sentado na mesma mesa do meu irmão,  fui lá na mesa deles ( confesso que queria fazer um ciuminho) deixei meu celular com o Alan e fui conversar com o Jonathan que estava ali perto, vi o Leo meio bravo rs

Depois de muito dançar fui na mesa pegar o meu celular para ligar para a minha mãe que iria dormir na Samyra,fui para o lado de fora, vi  a Ana Júlia pegando um garoto,era o quarto hoje, dei uma risada e liguei para minha mãe,  ela n atendeu então eu entrei na festa e voltei a dançar 

Meia hora depois minha mãe ligou de volta e eu fui para a frente do salão novamente para atende-la... 
Minha mãe falou que tudo bem eu dormir na Samyra e quando eu estava voltando para o salão da festa eu me deparo com a Ana Júlia pegando um cara, não era qualquer cara como os outros,  era o Leo,  sai correndo e me escondi num canto para chorar, depois de uns cinco minutos chorando ( eu sei que eu tinha falado que eu já tinha esquecido ele, era mentira ) sinto alguém me cutucando, levei um susto, era o Jonathan,  não sei se falei mas ele é muito meu amigo, ele me consolou, me ajudou demais, adoro muito ele...
Depois de um tempo eu parei de chorar  e nós conversamos muito, ate que em um momento nos aproximamos e nos beijamos,  foi maravilhoso, muito melhor do que o do Leo,  voltamos para a festa é dançamos muito...


Continua



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...