História O Final é Sempre o Melhor! - Capítulo 55


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bianca Tatto Marques (BIBI)
Personagens Personagens Originais
Tags Aventura, Romance, Tragedia
Visualizações 249
Palavras 1.358
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Festa, Hentai, Lemon, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 55 - Humilhação....


P.O.V PEDRO

Digamos que eu não iria contar nada pra Bibi.Prefiro fazer uma surpresa no dia do seu aniversario,ja que é daqui a uma semana.

Total,Cobo,Rezende,Italo e Eu seguimos pro quarto da Flokiis aonde se encontravam as meninas.

- Amor! - Rezende bate na porta e logo em seguida ouvimos gritos saindo do quarto e começamos a rir,como por exemplo:

"SHIPPO FLOZENDE" 

"FINALMENTE SE ASSUMIRAM!" 

Logo Flokiis abre a porta e Rezende da um selinho nela.

Entramos no quarto e vemos as meninas sentadas em torno da Bibi.

Ela esta perfeita!Moletom Rosa dando pra ver uma pequena elevação na barriguinha,Calça de moletom da mesma cor e meias brancas.

Seu cabelo esta solto fazendo com quê ele vá ate o centro da sua coluna.

- Hello girls do meu heart!OI MOMORE ! - Italo se joga praticamente em cima da Lara.

- Ei gordo!Levanta! - Lara diz rindo e dando um beijo no mesmo.

- Oi Bolinho! - Digo me aproximando da Bibi e a mesma fecha a cara.

To ate vendo o que ela vai dizer..."Bolinho é a Porra do seu pinto,chama o seu chefe de Bolinho ja que você gosta tanto assim dele!"

- Bolinho é a Porra do teu pinto,Porque tu não chama o seu chefe de bolinho ja que gosta tanto assim dele!? - Ela diz cruzando os braços e fazendo Bico.

Eu não disse?

- Sério isso Bibi!?O quê a gente acabou de conversar sobre você e o Pedro? - Coelha diz sentada no colo do Total.

- O que vocês estavam falando que envolve eu! - Digo sentando na cama e puxando a Bibi pro meu colo,so que a mesma se solta e volta a cruzar os braços.

- Nada que te interresse!Quem sabe o seu chefe não tenha escutado tudo,so porque se tratava de você? - Bianca diz irritada.

Ja disse como eu odeio e amo quando ela fica assim?Odeio porque ela sempre acha que eu não dou atenção pra ela e amo porque a mesma fica vermelinha e suas bochechas enchem.

- Galeris a gente ja vai ta bom!Preciso ter uma conversinha com a senhora "ciumenta"! - Digo levantando da cama e puxando Bibi em seguida.

- Mais ja? - Total diz acariciando os cabelos da Coelha.

- Sim...amanha a gente se vê...Falou galera! - Digo puxando Bibi pelo braço ate o quarto e vejo ela resmungar alguns palavrões.

Abro a porta do nosso quarto e espero o bolinho (Bibi:Caraleo eu ja mandei tu parar de me chamar de bolinho porra! Pedro:Deixar eu contar..shh! -) passar pela porta.

Fecho a porta atras de mim e encaro a Bibi que ja se encontrava na cama virada de costas pra mim.

Caminho ate a cama e me sento ao seu lado.Olhos fechados e...

Algumas lágrimas escorrem pelo seu rosto...Porque ela esta chorando?

- Olha pra mim! - Digo pegando em seu queixo e dando um beijo em sua bochecha.

- O quê é? - Ela diz abrindo os olhos.

- Porquê ta tão brava comigo? - Ta uma pergunta arriscada e eu não estou pronto pra levar um soco no olho.

- VOCÊ AINDA PERGUNTA PEDRO! - Ela grita e abraça sua barriga.

- Eu estava trabalhando pela gente!Pelo neném!Não foi mesmo meu bebê? - Coloco a mão sobre sua barriga e sinto um leve chute sobre a minha mãe.

Bibi faz uma expressão de dor devido ao pequeno chute dado pelo bebê.

-Como assim Trabalhava? - Ela pergunta um pouco manhosa,coloca sua mão sobre a minha.

- Eu não vou mais trabalhar...por enquanto. - Eu digo e vejo ela abrir um sorriso.

Bibi se senta com um pouco de dificuldade e me abraça.

- Eu so quero que você esteja perto de mim e do Neném....Não preciso de mais nada so de vocês dois. - Bibi me aperta como se eu fosse sair dali.

Tais palavras pronunciadas mexeram comigo a ponto de uma lágrima cair dos meus olhos.

Eu não entendo essa coisa de maternidade direito...mais sei que é algo maravilhoso estou presenciando cada momento!

Saber que em alguns meses vai ter um bebê em seus braços fruto de um relacionamento eterno.

- Eu nunca vou sair daqui - Dou um beijo em suas bochechas e logo em seguida ataco seus lábios.

Nunca me cansaria de beijar aquela boca,Nunca me cansaria de ver o seu sorriso,Nunca cansaria de ver o seu amor pelas pessoas,Nunca cansaria de ouvir sua voz.

Bianca é tipo uma droga pra mim.Quanto mais eu experimento,mas eu quero.É irônico dizer isso certo?Claro!

Nossos labios de encaixam perfeitamente,minha lingua volta a explorar cada canto de sua boca.

Sugo o seu labio inferior mordendo logo em seguida.

Mais infelizmente a falta de se faz presente e nos separamos colando as testas.

- Eu te amo! - Digo as palavras com tanta sinceridade.

- Eu te amo! - Ela diz e volta a sorrir.

Como eu amo esse sorriso....

P.O.V PEDRO OFF

P.O.V BIBI ON

Corredor de escola é sempre cheio durante as aulas,mais o pior de tudo é que todos olhavam pra mim e susurravam baixo.

Coelha e Flokiis diziam que eu não devia me preocupar e que deveria ser apenas ilusão da minha cabeça.

Não contei pra ninguem que estava grávida...somente para os meus amigos mais proximos e meus familiares.

Contando com a diretora tambem que sabia e ficou super feliz...entretanto um pouco reciosa.

Conforme o tempo meu guarda roupa passou a ser somente de moletons,calças jeans folgadas,Toucas e meias.Poderia estar 39 Graus,Eu estaria vestindo roupa de inverno.

Os meninos estão na quadra jogando basquete.

As aulas demorariam pra iniciar...conclusão "Tédio".

Flokiis e Miss conversavam sobre as aulas de Fisica e que teria logo uma prova.

Lara estava sentada ao meu lado comendo.

Coelha cantava histericamente uma musica qualquer deixando os alunos assustados ou ate mesmo Irritado.

E eu...Comendo panquecas com maçã.

Estavamos sentados em uma mesa do refeitorio esperando dar o horario da proxima aula.

Alunos Apontavam pra mim e riam ou faziam uma cara assustada.

Literalmente o que acontece com esse povo?Tenho cara de Televisão pra fazer o povo rir ou se assustar com alguma noticia.

So que o mais engraçado é que todos que subiam normais,Desciam rindo ou gargalhando.

Coelha percebe a mesma coisa.

- Oxi esse povo não tem o que fazer não? - Coelha diz olhando pra um grupinho de alunos que me olhavam e riam logo em seguida.

- Vamos ver logo o que ta acontecendo! - Digo me levantado da mesa e segurando no braço da Lara.

- Ué onde vocês vão? - Flokiis e Miss perguntam vendo a gente sair de perto da mesa.

- A GENTE JA VOLTA! - Lara grita por causa da distância.

Subimos ate o corredor dos armários...Alguns alunos revisando algumas matérias.

Fomos ate a Biblioteca....Nada,somente alunos fazendo trabalhos ou lendo livros.

Sala de aula..CARALHO QUE PORRA É ESSA MANO????

- Que caralha é essa? - Coelha grita vendo cartazes na lousa acompanhados de imagens...Eu ja vi essas fotos!

Não....por favor não....

- Olha a Gravida puta! - Uma menina aponta pra mim e seus amigos riem.

Imediatamente lembranças invadem minha memoria....Memorias dolorosas.

- QUEM FOI O FILHO DA PUTA QUE FEZ ISSO? - Lara grita chamando a atenção de todos.

Fotos minhas de quando eu era criança...fotos da minha antiga escola....fotos de mim fazendo poses ridiculas...fotos...de mim com a Leandra.

Cartazes escritos " Gravida ridicula"

"Deveria ter dado o Cù!"

"Vaza da escola sua ridicula!"

"Vadia!O Pedro deve ter sido dopado pra transar com você!"

Lágrimas caem dos meus olhos ao ler cada daquelas palavras duras e preconceituosas.

Saio correndo da sala,Inumeros alunos estão nos corredores gritando besteiras futeis. 

 - BIBI! - Lara e Coelha gritam tentando correr atras de mim.

Vejo os meninos sairem da quadra acompanhados do teinador que me olha com espanto.O barulho estava infernal,alunos histericos gritando besteiras e palavras ofensivas.

Meus olhos ardem,Lembranças Sofridas surgem....Pessoas me xingando sem ao menos saberem da minha vida.

Pedro quando me vê correndo,larga a bola de basquete e me segue.

- ACABOU!!CALEM A BOCA E VÃO PRA SUAS SALAS AGORA!! - O treinador grita e os alunos param. 

Chego nos quartos e entro no meu com o Pedro.

Me sento no chão e deixo as lágrimas rolarem.

Porque as pessoas me odeiam?O que fiz pra ganhar tudo isso?Porra nenhuma!

Braços envolvem minha cintura e pelo perfume reconheço quem é.

Soluço alto e vejo Pedro afagar meus cabelos.

- Princesa o que aconteceu? - Ele diz segurando o meu rosto entre os dedos.

- Eu me odeio! - Falo essa palavras e mais lagrimas caiem do meu rosto.

O mundo é algo muito cruel e que não sabe ver a beleza das coisas.

Julgar sem ao menos conhecer...Sei bem o que é isso










Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpem pelos erros!O proximo capitulo vai acontecer muita coisa...se preparem!É so isso que eu digo!Beijão 《♡》《♡》《♡》
《☆》《☆》
《¤》


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...