História Um Amor de Amigo - (Imagine Seokjin) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Romance
Exibições 99
Palavras 1.841
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Visual Novel
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Bom nesse capítulo vai ser sobre o Jin...
Ele vai começar a descobrir seus sentimentos pela Yvi...
Boa Leitura...😉

Capítulo 7 - SETE


 ...Seokjin On... 

Kookie me pega desprevenido, será que ele sabe o que aconteceu? 

Ele se aproxima de mim de braços cruzados me encarando e eu fico sem ter o que responder. 

- O que foi? O gato comeu sua língua? – ele me encara com um olhar divertido, realmente ele estava achando graça por me colocar contra a parede. – Sabe o que eu acho? 

- O que? – eu murmuro o encarando. 

- Que você é patético. – ele fala rindo e eu fecho meus punhos. – Porque o estresse Jin? – ele continua a me provocar. – Afinal, eu não estou falando nenhuma mentira e você sabe disso. 

- Você está brincando com fogo Jeon. – eu falo irritado e me segurando para não bater nele, ele estava rindo e de repente ficou sério. 

- Como você pode ser tão idiota e tratar a única garota que sempre esteve ao seu lado, e que se preciso for, briga com todos para te defender mesmo você fazendo tudo errado? – ele me olha com revolta e indignação. 

- Eu sei disso. – eu respondo cabisbaixo me sentindo um lixo.

- E mesmo assim a trata desse jeito? – eu não tinha resposta. – Realmente você é um idiota. – ele me ofende e eu me irritou com ele. 

- Olha Jungkook... 

- Olha nada, agora você vai me escutar. Você pode até se sentir amedrontado por eu estar na sua frente e sentindo medo de perder ela, mas quer saber a real? – eu o encarei e ele continua. – Você não vai perder ela por minha causa e sim por sua culpa se você não parar de ser tão idiota com ela. 

- O que você sabe sobre isso? – eu falei alterado me sentindo frustrado. 

- O suficiente para entender que você só está dando mancada com ela. – ele fala mais alterado ainda. 

- Eu sei que agi muito mal com ela, eu me arrependo profundamente disso, mas eu não posso fazer nada, tenho uma namorada. 

- Sério? Eu nem me lembrava desse detalhe. – ele fala irônico e eu o fuzilo com os olhos. 

- A própria Sook já está estranhando tudo isso. – eu falo andando de um lado para o outro. 

- Porque será neh? – ele me encara com uma sobrancelha arqueada. – Será que é porque você da muito na cara Sr. Ciumento? – ele diz debochando da minha cara.

- Eu não sou ciumento? – eu murmuro. 

- Há não? – ele me provoca de novo. – Então eu posso continuar abraçando a Yvi e até mesmo beija-la? – eu não me segurei e o empurrei na parede o prensando ali. – Aii... – ele resmunga de dor. 

- Não se atreva fazer isso porque eu juro que você vai se arrepender. – eu disse o apertando contra a parede. 

- Então admita. – ele fala sério. 

- Admitir o que? – eu perguntei confuso. 

- Admita que você ama ela. – eu folguei meu aperto nele e o olhei com os olhos arregalados. – Anda, me diz que você está apaixonado por ela e eu saio de cena. – ele fala sério.

- Vocês dois estão bem aí dentro ou já se mataram? – pergunta Suga e Namjoon batendo na porta. 

- Está tudo bem. – eu falei para acalma-los. 

- E então? Você não vai me responder? – ele continua me encarando enquanto eu me afasto dele aos poucos. 

- Se eu sinto algo ou não por ela, quem vai ser o primeiro a saber, será ela mesma. 

- Então eu te aconselho a fazer isso logo. 

- Porque? – ele cruzou os braços e me encarou. 

- Porque eu já te disse, se você não se declarar pra ela, eu não vou tirar o meu time de campo. 

- Você está me ameaçando? – perguntei o encarando surpreso. 

- Sim. 

- Você está ficando maluco? 

- Pense como quiser, quem sabe assim você acorda para a vida e faz algo útil ao invés de perder tanto tempo mentindo pra si mesmo. – ele deu as costas para mim e abriu a porta dando de cara com os meninos. 

- Você está bem? – pergunta Hope virando o Jungkook para ver se ele estava inteiro ainda. 

- Estou, me deixa. – ele sai irritado dali e vai para o seu quarto. 

- Cara, o que está acontecendo com vocês dois? – pergunta Jimin totalmente confuso e preocupado.

- Nada, já resolvemos aqui. – eu falo tentando faze-los parar de me incomodar.

- Será que eu posso falar com você Jin? – pergunta Namjoon. 

 - Sim, entra. – eu disse suspirando e me sentando em minha cama. 

- É por causa daquela garota do café outro dia que vocês estão brigando não é? – ele pergunta fechando a porta e se se sentando ao meu lado. 

- Sim. – eu assenti. 

- Vocês são amigos ou o que? – ele pergunta tentando entender a situação, mas eu estou cansado mentalmente, mesmo assim eu devo uma explicação a ele já que é o líder do grupo e meu amigo. 

- Namjoon a Yvi é aquela amiga que eu te contei que era minha vizinha em Busan. 

- Há eu me lembro que você contou sobre ela mesmo. Mas o que ela está fazendo aqui? Ela veio atrás de você? 

- Na verdade, eu acho que não, eu acho que ela não sabia que iria me encontrar aqui. 

- Entendi...é o destino juntando vocês novamente. – eu sorrio com o comentário dele. 

- Também acho, mas eu decepcionei ela, neste momento ela deve me odiar muito. – eu falo ficando cabisbaixo. 

- Porque o que você fez? – ele me olha preocupado. 

- Como o Jungkook fez o favor de me mostrar, eu agi como um idiota com ela. Eu estava com muita raiva de ver os dois juntos. – eu estava frustrado e baguncei meu cabelo que já não estava aquelas coisas, agora parece saí de um manicômio. 

- Os dois? Que dois? – ele pergunta confuso. 

- O Jungkook e a Yvi juntos no restaurante. – eu senti um amargo ao pronunciar isso. 

- Então era com ela que ele jantou ontem? – ele fala pensativo, até ele já sabia. 

- Sim, e para ajudar a Sook escolheu o mesmo restaurante para a gente jantar. - Nossa... 

- Eu vi ela toda arrumada, simples, mas estava linda como sempre. Sook perguntou quem ela era e o Jungkook teve o prazer de dizer de boca cheia que ela era a namorada dele. Meu sangue ferveu na hora. 

- Os dois estão mesmo namorando? – ele pergunta confuso. 

- Eu não sei. Mas só de pensar eu... 

- Você ama ela. – ele afirma me encarando com um sorrisinho divertido. 

- O que? – eu o encarei achando que tinha perdido alguma parte da conversa e engoli seco. 

- Não precisa mentir para mim, eu te conheço Jin, você nunca agiu dessa forma com relação a Sook, você gosta dela mas não a ama, com essa garota é diferente, você tem esse instinto de proteção, com certeza ela foi o seu primeiro amor e você nem se tocou disso. – eu o encarei surpreso, como eu não notaria algo assim? - E se você demorar demais para sacar isso, você não aguentará vê-la nos braços de outro, eu tenho certeza disso. 

- Nada a ver Namjoon, eu quero vê-lá feliz. 

- Sim, eu sei disso, mas então porque você está tão incomodado que seja o Kookie? 

- Não sei. – eu disse cabisbaixo brincando com os meus dedos. 

- Tem certeza? Você se incomoda porque sabe que ele é um bom rapaz e pode faze-la feliz e isso te incomoda, você tem medo que ela ame o Kookie e se afaste de você. 

- Eu nunca permitiria isso. – eu o encarei sério. 

- Então o que você está fazendo sentado ainda aqui falando comigo? – eu o encarei confuso, realmente eu tinha medo, mas eu tinha mais medo ainda de faze-la sofrer. - Vai agora falar para ela o que você sente.

- Aí é que está, eu ainda não tenho certeza do que sinto por ela. – covarde. 

- Como não sabe Jin? Você sabe, mas não tem coragem ou tem alguma coisa a mais que você não está me contando. – ele me olha tentando me analisar. 

- Eu não posso simplesmente terminar com a Sook sem mais nem menos, ela vai querer saber o porque e eu não vou conseguir dizer nada sendo que eu mesmo não me entendo. - eu falo nervoso, era muita pressão.

- Respira Jin, tudo bem se acalma... 

- Poxa, tá sendo muito difícil pra mim, eu fiquei longe dela a seis anos, mais difícil ficou depois do beijo que eu dei nela. 

- Então vocês já ficaram? – ele me encara dando um sorrisinho malicioso. 

- Uma vez, uma semana antes de eu vir para cá. – eu sorri me lembrando. 

- E você não percebeu se ela gostou ou sei lá... 

- Na hora eu me assustei com a minha próprio atitude e já pedi desculpa porque eu sabia que eu estaria iludindo ela e em poucos dias eu estaria indo embora. Ela me encarou espantada e começou a chorar. Ela não queria mais falar comigo, me evitou por quatro dias e eu já não aguentava mais ficar longe dela. Foi aí que eu fui pedir desculpa novamente e ela disse que não sentia raiva de mim, mas no dia em que eu fui embora ela...ela não quis se despedir de mim. 

- Eu entendo, ela deve ter ficado muito mau com a notícia, ainda mais porque você era o único amigo que ela tinha. 

- Sim. - eu fico chateado com isso.

- Mas ainda dá tempo de corrigir isso. – ele diz confiante. 

- Como assim? – perguntei confuso. 

- Se acalme primeiro, pensa bem em tudo que vocês já viveram quando eram crianças, nas coisas boas e especiais que já compartilharam. 

- Foram tantas. – eu me sinto bem só de recordar alguns momentos. 

- Então não tem porque apagar tudo isso com um motivo tão egoísta não é mesmo Seokjin? 

 Então essa é a minha resposta? Eu estou sendo egoísta por só estar pensando em mim mesmo e não percebi como eu estou magoando ela por isso. Eu não posso continuar com isso, não quero perder a minha melhor amiga. 

 Não quero perder a pessoa pela qual eu sonhei em lutar por tudo isso que estou vivendo só para que ela sinta orgulho de mim. E ao contrário, ela só está se decepcionando comigo. É hora de fazer algo para melhorar a situação. 

- Você está certo Namjoon, eu vou resolver isso agora mesmo. – eu me levantei e saí do quarto. 

- O que você vai fazer? Aigo... 

...Seokjin Off...Yvi On... 

Eu estava conversando com a Manu quando uma rapaz chega me procurando. 

Eu nunca tinha visto ele em minha vida. 

- Oi, boa tarde. – ele diz olhando para mim e para Manu. 

- Boa tarde. – respondemos. 

- É aqui que trabalha Yvi Kwon? 

- Sim, sou eu. – eu disse ainda desconfiada. 

- Eu tenho uma entrega para você, poderia assinar aqui? – ele diz me entregando uma prancheta e saiu. Eu peguei a prancheta da mão dele para assinar enquanto ele foi até o carro buscar alguma coisa. Quando ele voltou meus olhos brilharam... 

...Continua... 


Notas Finais


Hummm o que será que Yvi ganhou????
Comentem...
Bjokass 😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...