História Um Amor de Creepypasta - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Lendas Urbanas
Personagens Personagens Originais
Tags Creepypasta
Exibições 18
Palavras 703
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Musical (Songfic), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir culturas, crenças, tradições ou costumes.

Notas da Autora


Gente,desculpa demorar muito pra postar,nas notas finais eu explico.
Agora fiquem com o capítulo.

Capítulo 3 - Isso soa estranho...


Escondi meu rosto com meu capuz,para não deixa-la velo,pois se visse meu rosto,nunca mais iria dormir de novo. Passou um tempo e nem percebi que ainda estava tapando sua boca,minha mente estava um verdadeiro caos, não sabia se a matava para acabar com aquele sentimento de paixão,mas ao mesmo, uma parte de mim dizia não a esse tipo de coisa. Dentre esses pensamentos, percebi que a garota estava em verdadeiro desespero, seus batimentos estavam a mil, e, nem estava conseguindo respirar direito.

“Oque eu faço?”. Isso rodava em minha mente. No meio de tanto desespero, ela apagou em meus braços, que me fez ficar corado por certa razão: a blusa que ela usava era uma regata,e como ela tinha apagado nos meus braços,do ângulo que estava,pude ver parte de seus seios,nos quais eram fartos.

Ignorei isso e a deitei-a em sua cama,e fiquei ao lado da cama,observando-a. Agora,ela tinha voltado ao normal,sua respiração estava calma. Fiquei ao lado dela por mais alguns minutos,até que decidi em ir embora. Estava quase saindo do quarto,quando ela acordou novamente.

“Como ela pode acordar tão rápido,eu só fiquei poucos minutos aqui!” Comecei a entrar em desespero.

Ela me olhou assustada. Levei um de meus dedos `a minha boca em sinal de silencio. Mesmo estando com medo,ela acenou com a cabeça em sinal de que iria ficar quieta.

Meu rosto ainda estava escondido em meu capuz,gracas a Deus,não queria deixa-la traumatizada,mas,se bem que ela teve ter visto parte de meu rosto no momento que fui correndo tapar sua boca.

-Q-Quem e você?-Disse a garota interrompendo meus pensamentos.

Fiquei quieto,não sabia oque responder,não sabia oque ela poderia fazer quando descobrisse quem eu sou.

-P-Por favor...Quem e você?-Disse ela com um tom de medo em sua voz. Achei estranho ela estar perguntando isso,porque,se fosse outra pessoa,já estaria em desespero total e ate começaria a gritar.

-Você não vai querer saber quem eu sou..-Disse. Não queria contar para ela que eu sou o assassino mais temido e procurado desse mundo,Jeff The Killer,ou simplesmente Jeff o Assassino no qual as pessoas me chamam desse jeito.

-Apenas,não queira saber,você vai se assustar-Disse.

-P-Por que?-A garota disse com medo.

-Apenas não queira ouvir meu nome.

-Diga seu nome,p-por favor.

Depois de tanto ela exigir,percebi que,mesmo se eu gritasse com ela,continuaria perguntando a mesma coisa infinitamente,mas também,eu não quero que minha paciência acabe e que eu me descontrole.

Então,decidi que não diria meu nome,mas,mostraria meu rosto a ela,assim,saberia quem sou.Suspirei,e puxei para trás meu capuz. Ela me olhou,bem em meus olhos,ela não parecia estar assustada como antes,ela parecia...feliz..?

Minha cabeça voltou a ter dúvidas,por quê ela não está mais assustada? Isso soa estranho,muito estranho…

Enquanto pensava,ela chegou perto de mim. Ela ficou me olhando com uma expressão de felicidade e surpresa,enquanto eu a olhava em dúvida. De repente ela esboçou um sorriso meigo,e disse:

-Jeff...sabia que algum dia você iria me visitar...eu esperei tanto.-Ela dizia isso enquanto olhava em meus olhos.

Por quê ela está dizendo essas coisas? Por causa do meu silêncio,ela disse:

-Jeff o que foi,aconteceu alguma coisa? Já sei,você deve estar se perguntando o por quê de eu ter dito isso,não é? Bom,vou te dizer a verdade,-De repente ela cora-Eu...gosto de você.-Ela deu uma pausa.-Você deve estar me achando louca,né? Gostar de um serial killer é uma coisa estranha,eu sei…-Disse ainda corada olhando para baixo.

-Não...isso não está certo.-Eu disse num tom de incompreensão.-Você não pode gostar de mim...eu sou um assassino,você tinha que temer-me…

-Oque que tem? Mesmo você sendo um assassino,eu sempre vou gostar de você,não importa se você me matar,eu sempre vou te idolatrar.-Disse ela.

-Não,isso não está certo.-Disse me levantando e indo em direção à porta

-Não vá!

-Eu nem te conheço garota,nem ao menos sei seu nome.-Agora eu já estava na porta do quarto.

-Mas...meu nome é Christa Wild,e-espere…-Nesse momento eu já tinha saído de seu quarto. Saí de sua casa e fui direto à minha.Cheguei em casa e a única coisa em que pensava era de esquecer tudo aquilo. Como uma garota pode gostar de um assassino? Várias perguntas rodavam em minha mente. Decidi que era melhor eu dormir para descansar minha cabeça.

Deitei-me em minha cama.

-Christa Wild...tomara que nos encontremos novamente.

Passados alguns minutos,adormeci.


Notas Finais


Desculpa eu deixar vocês sem um capítulo novo por mais ou menos um mês,é porque eu tinha muitas provas,trabalho para entregar,e a minha preguiça não colaborava comigo nas horas que eu tava sem nada pra fazer.Tentei fazer o capítulo mais grande,mas nessa época eu to sem criatividade,mas pelo menos eu postei.
Gomenasai ;--;
Gente sério,nessas semanas eu fui assistir o filme da Kéfera "É Fada!",e meio que tipo,nem assistir a Kéfera eu assisto,mas depois que eu vi o trailer do filme,eu decidi ir assistir,e como uma amiga minha tava me chamando pra ir,eu fui,e me encontrei com um monte de amigas minhas lá.Mano eu to viciada na música que toca nos créditos do filme.......
ESSA FADONA,ESSA FADA,ESSA FADONA,ESSA FADA,ESSA FADONA,ESSA FADA,ESSA FADONA,ESSA FA...ESSA FA...ESSA FADINHA.tá bom eu vo parar.
UM BEIJO DO TAMANHO DO TEMPO QUE EU NÃO POSTEI ESSA BAGAÇA <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...