História Um amor de lobisomem - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Alan Deaton, Derek Hale, Isaac Lahey, Jordan Parrish, Kira Yukimura, Liam Dunbar, Lydia Martin, Malia Tate, Melissa McCall, Personagens Originais, Peter Hale, Rafael McCall, Scott McCall, Sheriff John Stilinski, Stiles Stilinski, Theo Raeken
Tags Sterek Scissac Sciam
Exibições 171
Palavras 2.344
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá meus amigos!
Esse é um dos momentos mais estranhos que vivi nessas últimas semanas.
Um misto de alegria pelos mais de 6 mil visualizações, os favoritos e comentários, amigos que fiz e outro que reencontrei aqui. Novas fics que descobri e a tristeza de chegar ao fim.
Obrigado de todo o coração por me acompanharem nesse sonho que foi escrever uma fic teen wolf.
Foram tantos comentários no ultimo capitulo e isso me deixou muito feliz.
Espero que curtam esse capítulo como curtiram os outros e por favor, leiam as notas finais.
Boa leitura...

Capítulo 30 - A viagem - Season Finale


Fanfic / Fanfiction Um amor de lobisomem - Capítulo 30 - A viagem - Season Finale

Quase 6 anos depois...

- Isaac eu não entendo o porquê de fazermos a festa de aniversário tão longe.

- Brett, meu amor, eu já te expliquei a Melissa merece participar e agora ela mora no Brasil. – explicou pacientemente Isaac.

- E porque ela não vem até aqui? – Brett insistiu no assunto.

- Porque eu quero aproveitar e ter uma nova lua de mel com meu lobo gostoso que eu tanto amo. – Isaac disse agarrando Brett e o beijando.

Brett gostou daquilo e não tocou mais no assunto.

- Brett, já faz quase seis anos que não vemos Melissa ou Deaton, não teve ataques de outros lobos e esse é o momento certo para ir lá. – Isaac finalizou.

- Papai? – chamou Andrea.

- Oi meu docinho, o que foi? – Issac disse derretido pela filha.

- Eu posso ir brincar com o Rafa, na casa do tio Stiles e do tio Derek?

Issac sempre ficava com cara feia quando a menina pedia para brincar com Rafael Stilinski Hale.

- Aquele lobinho é muito atrevido, não gosto quando ficam juntos. – sentenciou Isaac.

- Ah amor, pare de ser chato com o garoto. – pediu Brett. – Ele gosta de brincar com a Andrea.

- É papai, pare de ser um lobo mal. – disse a menina cruzando os braços. – Eu não sou a chapeuzinho vermelho e vou fazer seis anos.

- Você até parece filha do Stiles para ter uma língua tão afiada menina. – ralhou o cacheado.

Brett riu baixo.

- Por que você não é um papai bonzinho igual ao papai Brett. – disse a menina com os olhinhos brilhando para Isaac.

 - O que? – disse Brett. – O que você disse Andrea?

O beta já estava com os olhos cheios de lágrimas, era a primeira vez que Andrea o chamava de pai e não de tio Brett.

- Venha aqui minha pequena loba. – Chamou Brett. – Eu te amo muito minha princesa.

- Porque você esta chorando? – Eu fiz alguma coisa errada? – a menina perguntou passando a mãozinha no rosto de Brett.

- Não minha linda. – Brett esta feliz porque você o chamou de papai. – explicou Isaac abraçando os dois.

- Eu te amo papai Brett e eu te amo muito, muito papai Isaac. – a menina disse beijando os dois. – Agora eu posso ir brincar com o Rafa, hein??

Os lobos riram e deixaram a menina ir.

Na casa dos Stilinski Hale, um garoto andava de um lado para o outro.

- Rafael Stilinski Hale, você quer fazer um buraco no chão? – perguntou Stiles.

- Ela esta demorando. – o menino disse.

- Papai, nós vamos mesmo viajar para o Brasil com o tio Brett e o tio Isaac? – o menino perguntou olhando para Stiles.

- Sim. – disse Stiles com um olhar distante. – A tia Lydia, tio Jordan e a filha deles Camila também vão e a tia Kira e Malia e o vovô John.

- Ual!! – Todo mundo vai? – o menino disse animado.

- Sim. – Todos estamos com saudades da tia Melissa desde que meu melhor amigo partiu, ela foi embora de Beacon e agora será uma grande oportunidade de revê-la. – explicava Stiles. – Sabia que ela fez seu parto lobinho?

- Nossa pai!

- Ela e o Deaton. – disse Derek chegando à sala.

- Quem é esse papai? – o menino perguntou correndo para os braços do atual alpha de Beacon Hills.

- Ele é um grande amigo da família que mora com a tia Melissa no Brasil.

Os três ouviram uma batida na porta e Rafa saiu do colo do pai correndo para abrir a porta.

- Oi Andrea. – disse o lobinho ao abrir a porta.

- Oi Rafinha. – cumprimentou a menina já entrando. – Oi tio Stiles! Oi tio Derek.

- Olá princesa. – Disseram os dois adultos.

As crianças subiram para brincar no quarto do Rafa e os pais ficaram olhando eles sumirem na escada.

_ você já percebeu que nosso lobinho fica todo ouriçado quando a filha do Isaac chega perto? – Stiles comentou.

- Esse é um Hale mesmo. – disse Derek. – Ai! – O moreno levou uma cotovelada de Stiles pelo comentário.

- Você pode até ser um aplha meu querido, mas eu sou um lobo triskle e posso cortar algo fora e você será um meio alpha. – avisou o beta.

- Você não faria isso. – Derek disse olhando sério para Stiles.

- Claro que não Der. – Você acha que estou com você apenas pelos seus olhos verdes? – Eu gosto muito dessa parte aqui. – Stiles deu um aperto no membro de Derek que deu um gemido baixo com aquele toque repentino.

Na manhã em que viajariam para o Brasil, os amigos se encontraram na casa de Isaac e Brett.

A filha de Lydia e Jordam como se esperava era linda com os cabelos avermelhados como da mãe e os olhos verdes do pai. Camila irradiava uma aura de poder e sabedoria antiga, mesmo tendo apenas cinco anos.

Todos estavam colocando as malas nos carros quando Lydia, Isaac e Stiles foram de fininho para a cozinha.

- Quase seis anos agora. – começou Stiles. – Não sei se estou pronto para rever Melissa.

- Lydia tudo aconteceu como você disse daquela visão. – Isaac comentou.

- Eu sei meninos e olha agora como estamos? – a ruiva começou. – Estamos casados, com filhos e Isaac você encontrou sua alma gêmea ou no caso lobo.

Isaac sorriu. Brett era sem duvida o seu amor maduro, calmo e estável, mas ele havia amado muito Scott e Liam. O cacheado entendia que esse amor agora era outro, mais profundo e mais real com o Brett.

- Parece que foi ontem que conversamos sobre isso. – comentou Isaac.

Flashback on

- Desculpa interromper o momento Scisiam. – disse Stiles acompanhado de Lydia.

- Momento o que? – perguntou Isaac.

- Momento Scott+Isaac+Liam. – Lydia disse como se fosse óbvio. – Mas não é isso o mais importante. – Precisamos falar com vocês três a sós. – Lydia e Stiles falaram sérios.

Os três seguem a banshee e o verborrágico até o casarão e entram em um quarto.

- Rapazes a Lydia teve uma visão ou premonição como queiram chamar. – explicou Stiles.

Todos olharam para a ruiva esperando o que ela tinha a contar.

- Eu vi em uma visão que a Kate e o Peter irão atacar vocês quando os bebês nascerem. – a garota começou. – E os ataques nunca acabarão sempre virão outros.

- O que podemos fazer Lydia. – Liam perguntou choroso.

- Vocês terão que morrer. – a ruiva disse de forma neutra.

- O que? – perguntaram os três lobos.

- você não Isaac e nem sua filha. – a banshee explicou. – Mas Scott é uma alpha genuíno e Liam um beta especial desse alpha e o que acha que o filho deles será?

- Acho que temos uma solução aqui e se tudo der certo, talvez possamos salvar ambos os lobinhos. – a ruiva completou.

Depois que Lydia contou a visão, os três lobos se abraçaram tristes e Liam chorava nos braços de Scott.

- Eu sei Liam, esta doendo saber disso. – Scott dizia com algumas lágrimas descendo.

Isaac permanecia em silêncio, não tinha palavras para o que ouvia.

- Scott, eu não poderei ver meu filho crescer. – Liam soluçava agora.

- Lydia, não existe alguma possibilidade? – Scott perguntou com um pouco de esperança.

- Eu sinto muito, eu realmente sinto muito Scott. – a banshee se lamentava triste e Stiles colocou sua mão no ombro da garota.

- O mais importante agora é que seus bebês não poderão nascer aqui no hospital de Beacon. – Stiles começou. – Quando ele vier atacar será pior aqui.

- O que você sugere Stiles? – Liam perguntou ainda abalado.

- Tem um lugar nas extremidades de Beacon, podemos levar Melissa e Deaton para ajudar no parto, lá será mais seguro.

- Vocês não podem contar para os outros sobre isso? – disse Lydia. – Já será difícil demais.

Os três assentiram e os cinco voltaram para a festa que não fazia mais tanto sentido agora.

Flashback off

- O que vocês três estão esperando aqui. – a voz de Brett encheu o cômodo.

Os três amigos se olharam com os olhos levemente marejados.

- Apenas relembrando meu amor. – Isaac disse beijando a testa do marido.

Brett assentiu e levou outra mala de Andrea para o carro.

Isaac, Lydia e Stiles subiram as escadas da antiga casa dos McCall e foram para o antigo quarto de Scott que estava do mesmo jeito, pois Isaac não queria mudar aquela única parte da casa.

Os três olharam a cama, as coisas de Scott e uma moldura com os três ao lado do moreno e de Liam.

Stiles sentiu um nó formar em sua garganta ao lembrar-se de quantas vezes ficou ali jogando vídeo game com Scott ou dormindo na casa do melhor amigo, de seu irmão de coração e alma.

- Eu sinto falta dele todos os dias. – o verborrágico disse. – Ir para o Brasil é um misto de emoções agora. – Eu vejo o rosto dele em cada canto desse quarto.

Lydia apertou o botão do rádio acima da antiga cama de Scott e uma música tocava - See You Again (feat. Charlie Puth)

“Tem sido um longo dia sem você, meu amigo

E lhe direi tudo quando te ver de novo
Fizemos um longo caminho desde onde começamos
Oh, lhe direi tudo quando te ver de novo
Quando te ver de novo

Caramba, quem diria
Todos os aviões que voamos
As coisas boas que passamos
Que eu estaria bem aqui falando com você
Sobre outro caminho
Sei que adorávamos pegar a estrada e rir
Mas algo me dizia que aquilo não iria durar
Tive que mudar
Olhar as coisas de modo diferente, ver a coisa como um todo
Aqueles foram os dias
Trabalho duro eternamente compensado
Agora te vejo em lugar melhor

Oh
Como não podemos falar sobre família
Quando a família é tudo o que nós temos?
Tudo o que passei
Você estava lá parado, ali do meu lado
Agora, você vai ficar comigo para o último passeio

Tem sido um longo dia sem você meu amigo
E lhe direi tudo quando te ver de novo
Fizemos um longo caminho desde onde começamos
Oh, lhe direi tudo quando te ver de novo
Quando te ver de novo

Primeiro, vocês dois saíram de seus caminhos
E a vibração estava forte
E o que era pequeno se transformou em uma amizade
Uma amizade se transformou num laço
E esse laço nunca será desatado
O amor nunca será perdido
E quando a irmandade vem primeiro
Então a linha nunca será cruzada
Nos estabelecemos por conta própria
Quando essa linha teve que ser criada
E essa linha foi o que alcançamos
Então lembre-se de mim quando eu me for

Como não podemos falar sobre família
Quando a família é tudo o que nós temos?
Tudo o que passei
Você estava lá parado, ali do meu lado
Agora, você vai ficar comigo para o último passeio

Então deixe a luz guiar seu caminho
Guarde todas as lembranças enquanto você for
E cada estrada que você pegar
Sempre o levará para casa
Casa

Tem sido um longo dia sem você meu amigo
E lhe direi tudo quando te ver de novo
Fizemos um longo caminho desde onde começamos
Oh, lhe direi tudo quando te ver de novo
Quando te vir de novo

Quando te ver de novo
Te ver de novo
Quando te ver de novo

Isaac e Stiles se abraçaram chorando e saudosos enquanto Lydia desligava o radio.

- É isso meninos, digam adeus e vamos partir. – a ruiva falou abraçando os amigos.

A viagem foi razoavelmente rápida e confortável. As crianças estavam empolgadas por viajarem de avião para um país tão longe do seu.

Rafael viajava ao lado de Andrea sempre sendo cuidadoso com a menina o que irritava Isaac.

- Stiles, quando você vai me contar o que realmente aconteceu lá? – Derek perguntou surpreendendo o rapaz.

- Derek por que essa pergunta agora depois de tantos anos? – Stiles rebateu.

- Porque você nunca me contou os detalhes da luta ou como você destruiu os berserkes e Peter. – o alpha explicou.

Der. – chamou Stiles. – Por favor, eu não gosto de falar sobre isso, mas prometo que quando estivermos com Melissa e Deaton eu contarei tudo. – o rapaz terminou dando um rápido selinho no marido e voltando a se acomodar no assento.

Quando o grupo chegou ao Brasil, especificamente na cidade de São Paulo, pegaram um táxi em direção ao interior do estado. Três táxis partiram do aeroporto em direção a pequena cidade do interior.

- Você tem certeza que o endereço esta correto Stiles – Derek perguntou quando os carros pararam na praça principal da pequena cidade.

- Acho que sim. – disse o verborrágico. – Eu nunca estive no Brasil antes e quem fala português aqui é você.

O grupo saiu de seus respectivos taxis para esticar um pouco as pernas. As três crianças correram em direção ao parquinho da praça.

- Hey, esperem crianças! – gritou Brett.

- Derek, tem um garotinho ali na praça, pergunte a ele sobre o endereço. – pediu Jordan.

O alpha foi andando em direção ao garotinho brincando no tanque de areia de costas para ele.

O moreno viu as crianças chegarem antes dele e conversarem com o menino. Quer dizer, viu Rafael conversar já que Derek o havia ensinado a falar pelo menos seis idiomas.

- Oi. – disse o mais jovem Hale. – Meu nome é Rafael, essa é minha amiga Andrea e essa é a Camila.

- Oi. – respondeu o menino se virando. – Meu nome é Breno. – Breno Dunbar McCall.


Notas Finais


É isso pessoal. Fim de temporada.
TEMPORADA???
Isso mesmo, significa que terá continuação hahahaha. Pensei muito e ouvi os pedidos de vocês.
Então na próxima temporada saberemos como Breno Dunbar McCall esta no Brasil.
Beijos e mordidas desse alpha que ama vocês.

** Pergunta báscia **
Vocês preferem que eu escreva a 2ª Temporada aqui mesmo ou que inicie em uma outra fic?

Até o próximo...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...