História Um Amor De Tinta - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bendy and the Ink Machine
Personagens Personagens Originais
Tags Bendy And The Ink Machine, Borendy, Lemon, Yaoi
Visualizações 57
Palavras 667
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Hentai, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Adultério, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura.

Capítulo 4 - Lemon


Fanfic / Fanfiction Um Amor De Tinta - Capítulo 4 - Lemon

Boris me encara e dá um sorriso malicioso para mim.

Boris: mas ja que voce está querendo apressar as coisas - ele se aproxima do meu "pescoço" - farei de seu jeito

Ele começa a lamber e dar mordidas leves em meu "pescoço", eu dou um gemido fraco

Boris: gosto é? Eu sabia " chaninho"

Chaninho? Como assim?

Boris me encara novamente e começa a lamber minha bochecha, eu começo a dar risadas por me fazer cosquinhas

Bendy: HAHAHAHAHAHA PARA BORIS PARA HAHAHAHAHAHA TA ME FAZENDO COSQUINHAS AMOR!!!!!

Boris: gosto é fofucho? Te amo

- tambem te amo fofo

Boris: mas ja chega de cosquinhas, vamos ao que realmente me enteressa

- o que? - digo parando de dar risada

Boris: prazer

Por que nao me sinto confortavel com isso? Acho que estou nervoso, mas por que? Eu estou namorando com o meu lobinho fofinho e nesse momento teremos uma noite de praze.....oh, eu acho que sei o por que de meu nervosismo, estou com medo disso doer, vivo ouvindo relatos de pessoas que ja tiveram essa experiencia e disseram que doeu muito e eu sou virgem!

Boris: o que houve? Perdeu a vontade?

- B-Boris, adimito que estou um pouco ne-nervoso

Boris: por que está nervoso?

- eu tenho medo disso doer, tem gente que diz que isso doí muito - eu começo a chorar um pouco

Boris: fique calmo Bendy, eu prometo que irei fazer isso nem doer, as sensaçoes que irei lhe fazer sentir muito mas muito prazer mesmo

- promete? - murmuro

Boris: claro meu chaninho

- tenho que adimitir uma coisa para voce, eu ainda.....

Boris: voce ainda..?

- eu ainda sou virgem Boris

Boris: acho que já é hora de perder essa virgindade, eu tambem sou virgem ainda, mas vou perder minha virgindade com voce.

- voce ainda está vestido

Boris me lança um olhar malisioso

Boris: voce por acaso quer que eu tire minhas roupas? Está querendo me ver nú por acaso?

- e-eu.....

Boris: voce é tímido, mas tambem é bem pevertido para o meu gosto, é isso que gosto nas pessoas, voce é apenas um demonio pequeno, pevertido e gostosinho.

Ele começa a tirar o macacao, depois que ele tira o macacao, ele o joga no chao e se deita em cima de mim.

Boris: do que eu estava falando?

- voce estava dizendo o que eu sou....

Boris: ah lembrei, mas eu vou parar de falar e ficar focado em voce - por que ele está olhando para baixo? Ah! Ele está olhando o meu membro já ereto.

Boris: foi mais rápido do que pensei

Ele começa a me masturbar provocadamente.

- B-BorisHaaaaamm- começo a gemer descontroladamente

Eu nao parava de gemer em nem um momento, meu prazer estava acima de meus limites.

Boris: acho que agora é a minha vez de me "divertir"

Ele abre as minhas pernas e agarra as minhas coxas.

Boris: posso começar a lhe penetrar?

- começa por favor Boris

Ele me penetra lentamente.

Boris: estou lhe machucando?

- nao

Boris: entao posso me mexer?

- pode

Ele começa o vai e vem, eu começo a gemer novamente descontrolado, eu poderia sentir a cama se movimentando conosco.

- Boris, mais

Boris: s-seu desejo é uma ordem - ele começa a se mexer mais rapido, que me excitou mais ainda e me fez gemer mais ainda.

Boris: ja se cansou?

- ainda nao, mais rapido Boris

Boris me obedece e faz mais rapido, isso me faz gemer bem alto e muito mais descontroladamente.

Eu senti um líquido quente escorrendo dentro de mim (ele deve estar gozando)que me fez ir á loucura e gemer mais ainda, logo começo a gozar nele, ele para e me beija ferozmente.

- por que parou?

Boris: ja perdi o fôlego

Boris se abaixa e lambe o meu membro ainda ereto, eu dou um gemido de prazer.

Boris: acho que irá gostar

- de que?

Boris: do que irei fazer - ele diz e coloca meu membro em sua boca e começa a chupa-lo e lambe-lo, eu nao parava de gemer de tanto prazer.

Eu nao aguento e gozo dentro da boca dele, ele parou e lambeu o meu membro para "me limpar", ele subiu de volta pra cima beijando as minhas pernas, ele chegou no fim das minhas pernas e beijou a minha boca.

Continua......


Notas Finais


Bem, adeus.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...