História Um amor diferente - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Carrossel
Personagens Alícia Gusman, Carmen Carrilho, Cirilo Rivera, Daniel Zapata, Davi Rabinovich, Jorge Cavalieri, Marcelina Guerra, Margarida Garcia, Maria Joaquina Medsen, Mário Ayala, Paulo Guerra, Valéria Ferreira
Tags Carrossel, Lufer, Paulicia
Visualizações 232
Palavras 425
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Titulo bosta 💁

Gente, tá chegando os 15 anos da Concon e eu estou muito ansiosa! Primeiro que vai ter tiro e reencontros que eu sempre quis, aaaaaa

Boa leitura. 💙

Capítulo 6 - Paulo alterou


Fanfic / Fanfiction Um amor diferente - Capítulo 6 - Paulo alterou

- Tá com essa carinha de safado porquê? - Alicia perguntou, cruzando sua perna e jogando seu cabelo de lado, sexualmente, lentamente.

- É a única que eu tenho. - Paulo sentou do lado da morena, apoiando sua mão em sua coxa.

- Tira a mão da minha coxa, tarado. - Alicia bateu de leve na mão dele.

- Ah, desculpa. Sabe como é, né? Hormônios!

- Cala a boca. - a morena começou a rir.

- Vem calar, fofa.

- Ui, viadinho. - ela beijou a bochecha do moreno.

Alicia saiu do quarto, descendo as escadas. Logo ela fez uma expressão surpresa.

- Mário? Marcelina? Meu Deus! Que isso? - Alicia perguntava, num berro. Paulo desceu as escadas, confuso.

- Posso saber o que está acontecendo aqui? - Paulo perguntou, ao ver Mário e Marcelina aos amassos no sofá.

-Calma, Paulo, não se altere! - Alicia apoiou sua mão no ombro do menino, que estava vermelho de raiva.

- Paulo, eu e o Mário estamos.. ficando. Algum problema? Relaxa, é só uns pega! - Marcelina exclamou.

- Você misturou plural com singular, Marcelina! Fala direito! Nem sabe falar direito e quer beijar!

- Calma Paulo! - Alicia sussurrou no ouvido do menino.

- Alicia, leva o Paulo lá pra cima. - Marcelina disse e Alicia puxou Paulo pela mão até o quarto.

- Que raiva! Que saco! Puta que pariu! Eu vou matar essa guria! - Paulo exclamava. Alicia trancou a porta.

- Paulo, relaxa. Respira! - Alicia se jogou na cama enquanto o alterado andava pelo quarto.

- Não tem como, Alicia. Não tenho como relaxar! Melhor você ir embora. - Paulo suspirou.

- Deixa eles se resolverem lá na sala, depois eu meto o pé. - Alicia disse e Paulo sentou na cama, na ponta, de costas pra menina. Ela apoiou as duas mãos nos ombros dele, apoiando sua cabeça nas costas do mesmo.

- Carente? - Paulo perguntou, rindo.

- Muito carente. E eu sou um nenê, nenê precisa de carinho.

- Mário e Marcelina se pegando, eu e uma nenê aqui no quarto... O que fazer com essa nenê?

- Nenê gosta de mordidas, beijo, mão boba. - Alicia sussurrou no ouvido de Paulo, que apenas sorriu malicioso.

- Eu preciso dormir! Eu tô com sono. - Paulo disse, se deitando na cama.

Alicia suspirou. Parece que vai ser difícil deixar Paulo excitado.

"Parece que alguém não vai ganhar açaí" - ela pensou.

- Tchau então. - Alicia mandou um beijinho no ar e saiu do quarto. - Cadê o Mário, Marce?

- Ele foi embora. E você e o Paulo?

- Nada rolou, relaxa! - Alicia disse, rindo. - Até amanhã.

- Até. - Marcelina se despediu.


Notas Finais


Demorei mas cheguei né? Hahahahaha

Deu preguiça mas hoje eu dei um chega pra lá nela. Gostaram? Deixe nos.comentários. Incentiva bastante! :)

Até.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...