História Um amor do passado - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Malhação
Exibições 32
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 17 - Brigas , brigas e brigas !


Jabá pegou sua moto e saiu em disparada atras de Lucas , ele sabia onde o rapaz morava e decidiu ir até lá , queria ouvir do próprio amigo o que ele realmente queria com Luíza . Estacionou o veículo em frente ao predio e tocou a campainha tres vezes até o rapaz atender .

- Jabá ? O que tá fazendo aqui - perguntou surpreso .
- Você tá ocupado ? Preciso falar com você - falou .
- Na verdade eu tô resolvendo um negócio com Juliana , e...
- Ótimo , o assunto é do interesse dela também .

O rapaz adentrou furioso no ape de Lucas , a ruiva estava sentada assistindo um desenho e quando o viu levou um susto . 

- Que isso garoto , tá maluco . O que você tá fazendo aqui ? - perguntou irritada .
- Peraí cara , voce não pode entrar assim na minha casa - Lucas falou .
- E você pode entrar na casa da minha namorada e beijar ela - falou sério .

Lucas congelou na hora , já Juliana olhou incrédula para o noivo .

- Como assim ? Que história é essa Lucas , você beijou aquela garota - a ruiva perguntou aos gritos .
- Ju eu posso explicar ...
- Não tem nada pra explicar , qual é a sua hein Lucas ? O que você quer com a Luíza ? Que eu saiba você disse que era só amizade , sempre desprezou a garota , aí do nada aparece lá e beija ela - falou nervoso .
- Eu nunca desprezei a Luíza , ela é minha amiga - falou Lucas exaltado .
- Eu vou embora daqui , tô com ódio de você Lucas , ódio - falou Juliana que saiu batendo a porta .
- Ju espera ... tá vendo o que você fez ? - Lucas falou para o rapaz a sua frente .
- Quem fez foi você , você que beijou a minha namorada , eu devia quebrar a tua cara moleque.
- Ah é então quebra , quero ver se tu é homem mesmo , porque eu me lembro muito bem quando você dava em cima da Juliana , quando ela já namorava comigo - falou Lucas se aproximando .
- Aquilo ali era só pra te provocar , eu nunca ia querer nada com essa patricinha mimada , ela é toda sua - falou .
- Ah tá. Você acha que a Luíza gosta de você mesmo cara ? - Lucas perguntou provocando .
- Gosta , gosta sim .
- Ela me ama , ela disse isso em alto e bom som , a Luíza me ama e sempre vai me amar - falou .
- Você é um babaca mesmo , a Luíza e minha namorada , seu prêmio de consolação  é aquela ruiva mimada , a Luíza nunca vai ser sua , nunca - falou o motoboy .
- Isso quem vai dizer é ela . 
- Se liga , se você for atras dela de novo , eu quebro a sua cara .

Jabá saiu batendo do ape de Lucas deixando o garoto cheio de ódio , cara abusado , quem ele pensava que era pra fala assim com ele ? Agora o rapaz tinha um problema maior ainda , Juliana , a ruiva saiu fumaçando de raiva , certamente não queria ver a cara do garoto , mas eles precisavam conversar e resolver essa situação . O garoto pegou suas coisas e partiu para casa dela , quem abriu a porta foi Barbara e pela cara da garota as coisas não estavam muito boas , a loira autorizou Lucas que subiu até o quarto da noiva , Juliana estava quebrando tudo , e chorando , de ódio .

- Juliana - gritou .
- Sai daqui Lucas , sai agora - gritou .
- Não , para com isso , a gente precisa conversar - falou .
- Ah e você vai me dizer o que ? Que gostou de beijar aquela sem sal , que tá apaixonado por ela - falou sarcástica .
- Ju me escuta - pediu o rapaz .
- Não , vai embora daqui .
- Não , eu só saio quando você me ouvir - disse .

Juliana se acalmou um pouco e desabou a chorar , talvez um choro manhoso , de quem não tá acostumada a perder alguma coisa , e ela estava sentindo que estava perdendo Lucas .

- Ju , eu não queria te magoar - falou se aproximando lentamente .
- Como você acha que eu tô ? Você me traiu Lucas , com aquela garota - falou .
- Desculpa , foi mais forte que eu , me desculpa .
- Você gosta dela ? - perguntou com os olhos inchados .

Lucas ficou em silêncio , ele gostava de Luíza ? Por isso a tinha beijado ?  Talvez sim , ele mesmo não tinha uma resposta concreta  , só sabia que alguma coisa havia mudado , não era em Juliana que ele pensava sempre que ia dormir . 

- Gosta , claro que gosta , quando foi que tudo mudou Lucas , me diz - perguntou chorosa .
- Ju , eu não sei , eu não sei o que eu tô sentindo , tá tudo muito confuso - falou .
- Ela não vai terminar com o Jabá pra ficar com você . 
- Eu sei , ela gosta dele e ele é louco por ela , mas ...
- Mas o que Lucas ? Essa garota é uma criança , não é mulher pra você - falou a ruiva .
- A Luíza não é nenhuma criança , o fato dela só ter 19 anos não a faz infantil , se você conversasse um pouco iria ver que ela é uma grande mulher - falou .
- Você tá querendo dizer que sou criança - falou exaltada .
- Não , você é mimada , faz birra , mas foi desse jeito que eu te quis , sem mudar nada .
- Agora você quer ela né ? Você nunca vai ser feliz com essa garota Lucas , ela não gosta de você como eu gosto - falou .
- Ju , olha , eu não quero magoar você , você é uma garota maravilhosa , linda , especial , esse tempo todo me apoiou em tudo , sempre me amando , mas eu acho melhor a gente terminar , pelo menos por enquanto , eu to confuso e você não merece uma pessoa pela metade . 
- Ok , aí depois que ela te jogar fora você volta pra idiota aqui né , tudo bem Lucas , tá terminado .
- Ju , por favor ...
- Vai embora Lucas .
- Juliana ...
- Agora , vai embora - gritou .

Lucas saiu de lá deixando uma Juliana desolada , a ruiva não sabia que doía tanto perder algo que fosse tão importante , mas ela jurou vinganca , aquilo não iria ficar assim , não mesmo .

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...