História Um amor em meio às trevas (Saphael) - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Shadowhunters
Tags Clace, Malec, Saphael, Shadowhunters, Sizzy, True Love
Visualizações 640
Palavras 308
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Lemon, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo micro, mais tarde posto o restante! ;)
Espero que gostem!

Capítulo 36 - Provocação


Após a conversa com seus amigos Simon se apressou em voltar ao hotel pois já estava com saudades do seu amor, foram apenas algumas horas mas qualquer minuto longe dele parecia uma eternidade.

O hotel não ficava longe da praça em que encontraram, então sabia que em alguns minutos já estaria de volta e isso o animava bastante.

O que será que ele estava fazendo?

Na verdade o que mais o interessava era ter aqueles braços o envolvendo o mais rápido possível, e esta foi a motivação que o fez chegar antes que se perguntasse onde estava.

- É, às vezes esse transe reflexivo me distrai bastante – disse pra si mesmo quando estava já na porta de sua atual residência.

Assim que chegou foi logo procurar seu vampirão, precisava vê-lo mais do que qualquer coisa. Mas ele não estava no salão principal, nem em seu quarto e Simon continuou procurando até encontrá-lo na sala de reuniões junto aos membros do conselho e alguns outros vampiros.

- Boa noite! – ele cumprimentou ao chegar a porta da sala, alguns responderam e outros apenas o cumprimentaram com um leve aceno, mas foi em Raphael que sua atenção foi parar alguns segundos depois de ter chegado lá.

Ele pareceu perceber, e retribuir a atenção, pois pediu licença aos presentes e foi até Simon, puxando-o pelo braço e fechando a porta.

Certamente todos ouviram quando Raphael o pressionou sobre a parede e mordeu sua nuca, provocando-lhe um leve gemido, mas nenhum dos dois parecia se importar com isso naquele momento.

Simon o puxou pelos cabelos e colou seus lábios aos dele, apertando-o contra si e sorrindo enquanto traçava um caminho de leves mordidas até sua orelha.

- Te espero no quarto! – ele provocou e deu uma piscadela para seu “líder”, que ficou atônito quando o vampirinho se afastou depois de toda aquela provocação.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...