História Um amor eterno ((Jikook)) - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Jikook, Namjin, Suícidio, Vhope
Visualizações 11
Palavras 1.174
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 9 - A Carta de Jimin


Jimin on

288 dias antes...

Eu estava em casa atirado na cama como sempre. Mas dessa vez era diferente. Eu não estava atirado na cama por tédio, ou até por simplesmente, não saber o motivo de estar aí. Eu estava pensando em Jungkook, de um jeito diferente. Se querem saber... É, pensamentos impuros. Eu preciso de um tratamento pra parar com isso.

Pensei nele de todas as formas possíveis, e me dei conta de que, em doze dias, esse garoto conseguiu fazer o que ninguém fez em 18 anos. Ele conseguiu mudar-me. Digo, mudar meu jeito de ver as coisas, sabe. Ele mudou tanta coisa em mim. Cada sorriso que ele esboça, cada movimento que faz, cada palavra que pronuncia, me traz uma calma, uma sensação ótima. E eu queria sentir essa sensação pra sempre. Talvez eu esteja me apressando? É... Talvez. Mas isso é incontrolável. E eu queria poder desabafar isso com alguém, mas por algum motivo não consigo. Como sempre guardei os sentimentos apenas para mim mesmo, continuarei assim.

Eram exatas 1:30 de uma madrugada de segunda feira e eu estava pensando em como tirar esse peso de sentir algo por alguém, mas não poder expressar por medo. Não só por medo de talvez ser iludido ou rejeitado, mas por medo do que a sociedade poderia pensar, falar, apontar pra minha cara injustamente.

Decidi então, desabafar em uma folha de caderno, que eu transformaria em uma simples carta para o Jungkook. Como não tenho coragem de falar sobre isso com ele pessoalmente, escreverei. Podemos começar com um simples "Para Jungkook". E depois vamos ver pra onde meu coração me leva. Nunca imaginei que uma folha de caderno poderia ser tão útil.

_______________________________

Para Jungkook...

Eu sabia da tua existência a muito tempo, mesmo sem conhecer-te.

Eu sentia tua presença, antes mesmo de você entrar na minha vida.

Eu podia sentir seu cheiro, mesmo estando longe de ti...

Sei que podes pensar que eu já disse isso, talvez para meu ex-namorado. Não, eu não disse. Sempre sofri em silêncio, ou guardei meus sentimentos para mim. Nunca disse nada a ele, tanto que, não era amor. Terminamos a muito tempo, e desde então, nunca me aproximei mais de ninguém, com medo que acontecesse novamente. Mas quando esbarrei em ti pela primeira vez, senti meu coração palpitar. Ignorei a situação, ignorei meu coração, ignorei-te. Não sei porque. Por que ignorar o garoto que aqueceu meu coração, que coloriu meu mundo? Talvez por medo. Sim, Por medo.

Antes de ti, meu universo não tinha cor, não fazia sentido. Eu era cinza, era triste. Eu me sentia apenas mais um cidadão qualquer, sem motivo para estar ali, somente existindo. Não tinha uma vocação certa. Escondia meus sentimentos de tudo e todos; mas quando você sentou no meu lado naquela manhã... Senti algo muito forte. Um desejo de ter teu corpo colado ao meu, vontade de viver ao teu lado pra sempre... Mas tenho medo de ser iludido, de novo.

Antes eu era apenas um corpo vazio, sem alma, sentimento ou coração... Agora me sinto leve, alegre. Você mudou muita coisa em mim.

É, Jungkook... Acho que eu te amo!

Ass: Acredito que você saiba quem é.

________________________________

Ficou meio clichê? Talvez sim. Caguei. Ok, meu plano era entregar essa merda pra ele. Mas cadê a coragem? Decidi enfiar num bolso da mochila mesmo. 

Eu meio que não consegui dormir, então meu despertador tocou e eu fui tomar um banho gelado. Lembrei daquele trabalho que eu acabei não indo até a casa de Jungkook pra fazer. Ele deve estar chateado comigo. Se ele fez sozinho, vou me achar um completo idiota. Mas não porque me importo com o trabalho, eu Caguei pro trabalho. Eu sou um idiota por ter prometido que ia até a casa dele e não fui. Que babaca.

Sai do banho, secando meus cabelos com a toalha, e confesso que me assustei quando olhei-me no espelho. Meu Deus, alguém passou tinta preta nos meus olhos enquanto eu escrevia, só pode. Eu tô parecendo um fantasma. Nada que um pouco de base não resolva. 

Olhei o horário e eu já estava atrasado, então nem passei a base, somente peguei uma maçã e sai correndo pra pegar o ônibus. Esqueci até de dar "bom dia" pra minha mãe, mas isso não faz diferença.

Cheguei na escola e logo fui ao encontro de Jungkook, que sempre estava na árvore me esperando, mas hoje ele não estava. Ele estava conversando com Sook e uns babacas lá da escola. Os populares.

Fiquei roxo de raiva, o que será que estariam conversando? Simplesmente passei reto por eles e me dirigir até a sala. "Não acredito que fiquei a madrugada inteira escrevendo uma merda de carta pra esse tolo", pensei. "Eu sabia que isso ia acontecer uma hora ou outra, eu sabia! Agora vai começar a andar com aqueles trouxas e vai me esquecer. Se é que faço diferença na vida dele". Peguei aquela maldita carta, amassei e coloquei em um zíper qualquer da minha mochila. Por alguma razão não tive coragem de joga-lá fora.

A aula passou rápido graças a Deus e eu nem olhei na cara de Jungkook. Antes de eu sair da sala, Jungkook me puxou pelo braço.

JK: Jimin! O que houve? Você nem olhou na minha cara hoje e... Nossa! - ele se assustou ao ver minhas olheiras - Parece que nem dormiu também! Está tudo bem?

JM: Sim, está. O que você quer?

JK: Queria o teu caderno de inglês emprestado...

Abri o memso reco que havia guardado a carta, mas tirei de lá apenas meu caderno.

JM: Engole esse caderno!

Jungkook resmungou alguma coisa e olhou pro chão, mas eu simplesmente sai andando pra minha casa. Ele chamou por mim mas eu o ignorei.

Jungkook on

Lembrei que essa manhã eu não estava esperando Jimin na árvore, como sempre faço. Os meninos populares haviam me puxado para perto deles para fazer-me uma proposta: Eu realizava alguma aposta envolvendo o Jimin, que seria popular com eles. Confesso que a proposta é tentadora, nunca fui popular mas deve ser legal. Só que o problema era a aposta. Eu não podia fazer algo que machucasse meu "crush". Porque coloquei aspas? Porque ele, pra mim, esta em um nível muito mais avançado do que crush. Eu... gosto muito dele, entende? Não posso machuca-lo. Então eu recusei a proposta, claro.

Talvez o início da aula tenha sido o motivo pelo qual Jimin não olhou na minha cara hoje. Preciso explicar tudo pra ele. Mas não toquei mais nesse assunto e pedi o caderno de inglês emprestado pra ele. Ele tirou o caderno e, junto com esse caderno, caiu uma folha. Estava amassada, peguei o papel e quando chamei Jimin para devolve-la, ele já havia sumido. Então não tinha nada mais a se fazer, do que ler o que estava escrito. 

Me assustei quando começou com um "Para Jungkook". E fui lendo. A medida que eu lia aquelas lindas palavras, meus olhos se enchiam de lágrimas por saber que meu sentimento estava sendo correspondido. Nunca li algo tão bonito na vida. Segurei o choro e guardei a folha de papel na mochila. Fui para casa com o coração cheio de alegria.

Continua...






Notas Finais


Obrigadaa por lerem lindos!
Não esqueçam do ♡.
Até o próximo!

Beijos!♡☆☆♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...