História Um Amor Inesperado - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Romance, Sofrimento
Visualizações 12
Palavras 1.042
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 22 - Corrida Para Estudar Parte Final


— Ethan o que você acha de ir hoje á para minha casa estudar?- perguntei querendo que ele fosse.

— Claro- disse ele e depois trocamos um beijo suave.

— Seu pai não vai se importar?- perguntou ele

— Ele está viajando- disse isso e um professor entrou

   Depois as aulas voltaram normalmente, admito que na aula de educação físicas eu e Ethan demos alguns beijos debaixo da arquibancada. No fim do dia Ethan foi fazer um compromisso e eu fui para casa. Quando cheguei em casa arrumei o que precisava, fui tomar banho e depois me arrumei(coloquei um shorts preto, uma regata azul, um casaquinho de lã branco, e um All star branco).

— Melhor eu cozinhar algo- disse isso e depois desci para fazer comida.

   Quando eu estava fazendo bolinhas na massa de pão de queijo a campainha tocou, eu limpei minha mão e sai correndo para ver quem era.

— Oi amor- disse isso e em seguida coloquei meus braços em seu pescoço e nos beijamos suavemente

— Você tá com farinha no cabelo- disse ele passando a mão em meu cabelo.

— Estava cozinhando- disse isso e depois entramos

— Bem eu vou voltar para a cozinha- disse isso, mas Ethan me segurou pelo braço

— Quer ajuda?- perguntou ele meigo

— Claro- disse isso

— Eu sabia que você não resiste meu charme- disse ele e eu dei um soquinho eu seu ombro. Fomos para a cozinha terminar o pão de queijo, foi uma grande bagunça, no fim colocamos a forma no formo.

— Bem vamos estudar na sala enquanto o pão de queijo está assando- disse isso e depois fomos para a sala estudar

   Começamos a estudar, Ethan estava me ajudando muito, devo admitir ele era inteligente, quando estávamos estudando ele passou a mão em minha cintura e me puxou para me beijar.

— Temos que estudar- disse isso e depois ele me beijou

— Eu sei, que tal fazermos um pausa de 5 minutos- disse ele

— boa ideia nesses 5 minutos irei ver o pão de queijo- disse isso e depois fui na cozinha e deixei o pão de queijo esfriar um pouco, quando eu voltei para sala não vê Ethan.

   Eu andei mais um pouco até senti Ethan beijar meu pescoço, eu me virei e ele começou a me beijar intensamente com muito ardor. Ele começou a me empurrar até que cairmos no tapete da sala, quando vi Ethan ele estava debruçado sobre mim, ele colocou meus cabelo para trás.

— Eu te amo- disse ele e depois ele me beijou

   Suas mãos estavam em minha nuca, ele mordeu meu lábio devagar, nesse momento eu não estava mais preocupada com a prova, eu só pude passa minha mão em seus cabelos. Sua mão agora estava na minha cintura... ele puxou, ele passou a mão na minha perna e colocou em volta de seu tronco, sua mão começou a subiu até minha coxa onde fez carinhos enquanto me beijava.

   Estava tão bom meu corpo ficou arrepiado, a mão dele começou a subir até que parou no meu bumbum...ele apertou de leve... e eu segurei seu cabelo puxando suavemente, as coisas estavam ficando quentes. A mão dele veio subindo por debaixo da minha blusa, mas eu  segurei e ele desceu e começou a beijar meu pescoço. Seu beijo começou a descer em direção aos meus peitos então eu levantei.

— Eu preciso de ar- disse isso me sentando de costas para ele... Estava totalmente constrangida. Fiquei um tempo assim até meu coração desacelerar. Depois ele se levantou e voltou aos estudos e eu também.

   Nós aproveitamos o pão de queijo e conseguimos estudar bastante, nos despedimos com um beijo e ele foi embora. Eu subi as escadas tomei um banho e coloquei um pijama comprido, esses estudos foram quentes, deu para perceber o quanto Ethan estava “animado”. Depois de pensar nesse momento com Ethan fui dormi.

   No dia seguinte acordei cedo, me arrumei para a escola e fui cedo para a escola, eu estacionei o carro e me sentei em um banco para estudar mais um pouco. De repente Grace e Alex chegaram e começamos a estudar junto até que Ethan chegou e entrou também. O sinal tocou e fomos fazer a prova.

   Estava claro quem estava nervoso para a prova, nos corredores vimos pessoas desesperadas para as provas, admito que deu um pouco de pena, mas quando chegamos na sala a professora entregou a prova.    Durante a prova tinha umas pessoas pedindo para mim, Grace, Alex e Ethan para passar as respostas, mas não passamos, a prova terminou e a professora disse que amanhã já estaria o resultado.

   Em seguida as aulas voltaram ao normal, no intervalo eu e Ethan fomos ver o quadro de anúncios até escutamos um grito atrás da gente, era Grace.

— OMG! Os testes de líder de torcida vão começar daqui á alguns dias. Você tem que participar dos teste, Liss você com certeza ira entrar- disse Grace bem animada.

— Você está bem- disse isso ao mesmo tempo colocando minha mão na testa de Grace.

— Você fazia ginástica artística antes de sua mãe morrer e parou faz uns 8 mêses. Você sempre ganhava medalha de ouro nas competições- disse Grace até que Ethan me fez olhar em sua direção me puxando pelos ombros

— Liss porque você não me contou isso?- perguntou Ethan meio triste e bravo

— Porque é algo que deixei no passado- disse isso e depois dei um selinho nele.

— É algo que deixei de lado- disse isso

— Como assim, você era boa e amava. Vai dizer que você já não teve vontade de voltar- disse Grace me olhando nos olhos com cara de séria

— Porque você largou?- perguntou Ethan

— Eu só larguei e pronto. Parem com essas perguntas-disse isso e depois fui em direção ao refeitório, peguei um sanduíche, uma maça e um copo de suco e fui comer em um canto longe de todo mundo.

   Admito já tive vontade de voltar várias vezes, mas o problema é que não estou pronta, todas as minhas competições minha mãe estava lá me apoiando quando ganhava e perdia,eu parei depois que meu pai não conseguia ir também, não sei se tenho coragem de competir sabendo que minha mãe não vai estar lá para me apoiar. Depois de comer enquanto refletia voltei para a sala porque o sinal bateu.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...