História Um Amor Inesperado - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Romance, Sofrimento
Exibições 10
Palavras 1.147
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 25 - Teste de Líder de Torcida


 Eu acordei bem animada em ver meus amigos e meu namorado, mas estava mais animada para ir a academia, eu fui me arrumei, arrumei minha mochila, peguei meu celular, tomai café e fui de carro para a academia. Lá tinha vários alunos treinando até que eu vejo que tinha um solo livre e eu decidi fazer. Peguei meu celular coloquei uma música (Shawn Mendes - Treat You Better) e conectei no rádio. A música estava tocando e eu tirei minha roupa ficando apenas com um top preto e um shorts azul, eu comecei a fazer movimentos misturados com dança de rip- rop e outras danças.

   Estava perdida na música e nos movimentos que comecei a fazer algo inesperado movimentos novos até que a música acabou e eu finalizei, quando voltei para realidade vi o Treinador e Alice me olhando.

— Eu fiz algo de errado?- perguntei olhando a cara de chocados deles

— Você criou movimentos complicados, delicados e com muita garra para competir- disse o treinado ainda chocado.

— Você foi incrível- disse Alice me abraçando

— Obrigada- disse retribuindo o abraço

— Você tem que competir com a gente, pelo o que eu vejo você evoluiu muito no seu afastamento. Está melhor do que antes- disse o treinado bem feliz.

— Obrigada, mas não quero competir muito cedo, eu quero voltar firme e apreender com o senhor e testas os limites de meu corpo agora- disse isso e ele só respondeu com um sim com a cabeça e eu e Alice voltamos ao treino.

   Quando eu estava me preparando para ir embora alguém colocou a mão em meu ombro.

— Você foi bem Liss- disse alguém e quando me virei não acreditei quem era.

— Logan- disse bem surpresa em vê-lo e sem querer derrubei minhas coisas

— Você não me disse que treinava ginástica artística- disse ele me ajudando a pegar minhas coisas.

— Eu fiz desde pequena, mas parei fazia 8 mêses até que voltei ontem. O que você está fazendo aqui?- perguntei meio curiosa ele não tinha cara que fazia ginástica artística

— Eu vim dar uma carona para minha irmã- disse ele e em seguida veio uma garotinha de cabelos loiros, de olhos azuis quase cinza  e de uns 7 anos se aproximando de Logan.

— Te achei finalmente- disse ela até que me viu

— Você é aquela garota que ganhou a medalha de ouro no Campeonato Nacional para a gente- disse ela bem feliz e depois me abraçou e eu retribui

— Um dia eu quero ser boa como você- disse ele com um sorriso no rosto

— Tenha certeza que com dedicação você vai ser melhor- disse isso e depois eu abracei ela

— Bem vamos Kirsty- disse Logan e a Kirsty saiu primeiro deixando apenas eu e Logan

— Te vejo na escola- disse ele e depois se foi. Eu peguei minha coisa até que percebi uma coisa, eu esqueci de pegar uma troca de roupa e eu teria que ir para a escola com a roupa da academia(uma calça e agasalho azul com o símbolo da academia com um shorts curto e um top por baixo).

   Fui para a escola e quando cheguei ainda estava cedo e eu decidi me sentar no muro e desenhar um pouco, eu era boa, mas tinha largado junto com a ginastica e não tinha nada que me impedisse de voltar. Quando eu estava desenhando dava para perceber várias pessoas me olhando com o uniforme, eu era a única garota que estava com uniforme de ginástica artística, eu estava meio incomodado sendo o centro dos olhares da escola.

   Eu voltei a desenhar e quando terminei o desenho eu olhei para ele:

            

   Eu posso dizer que esse desenho me representava me sentindo livre, finalmente consegui voltar a fazer o que eu tinha parado depois da morte de minha mãe, finalmente me soltei do passado e estou vivendo o agora. Quando estava assinando meu desenho senti uma mão em meu ombro, era Grace.

— Estou feliz que você se libertou do passado- disse ela olhando para o desenho entendendo o significado, Grace me conhecia tanto que na época que desenhava ela sabia exatamente o que eu quis representar em cada desenho.

— eu estou me sentindo muito melhor mesmo –disse isso e depois ela me abraçou por trás

— Estou mais feliz que você voltou a ser o que era antes- disse Grace me soltando e se sentando ao meu lado até que ela percebe que estou com o uniforme da academia

— Você voltou mesmo?- perguntou ela quase explodindo de alegria

— Sim- disse isso e ela pulou e comemorou

— Então você vai fazer o teste para líder de torcida?- perguntou ela bem ansiosa esperando minha resposta

— Eu posso tentar- disse isso e ela pulou para me abraçar

— Estava com saudades da aquela menina pequena que sempre vivia feliz e via a bondade em qualquer lugar- disse ela ainda me abraçando

— Acho que essa menina voltou- disse isso e o sinal bateu

— Bem quero ver a reação de seu namorado ao ver você assim- disse ela até que Ethan chega

— O que tem eu?- perguntou ele e depois ele parou para olhar meu uniforme.

— Você está voltando a ser a menina alegre que Grace me falou- disse ele bem feliz

— Como assim Grace te falou?- perguntei me virando para Grace

— Quando você estava no hospital Ethan perguntou o que estava acontecendo com você, quando eu contei seu passado para ele.

— Bem Ethan digamos que eu estou voltando a ser eu mesma- disse isso e depois ele me abraçou

— Eu te amo do mesmo jeito- disse ele e depois nos beijamos e fomos para a sala.

   Na sala o clima estava tenso para mim todo mundo estava olhando para mim e comentando “A garota certinha faz ginástica artística”, “Ela não é a nerd que pensamos ser”...

   Depois de 2 aulas chegou a aula de Educação Física que seria a aula onde começaria os testes de líder de torcida e de jogadores do time de futebol americano. Primeiro seria os testes de lideres de torcida onde a minha classe inteira e alguns meninos que já estavam no time. Eu cheguei nervosa no campo.

— Relaxa Liss vai dar tudo certo- disse Ethan dando um beijo em minha bochecha e se sentando

— Meninas será o seguinte para escolher quem fará parte do time de líder de torcida terá as meninas do time como juradas e a classe para ser a plateia, cada uma terá que fazer uma apresentação e dar o seu melhor. Boa Sorte- disse a diretora que logo se sentou na arquibancada.

   Começaram a chamar os nomes até que chamou o nome de Isobel, ela dançou muito horrível, ela parecia uma pata com dois pés esquerdo, quando ela terminou todos riram e ela saiu furiosa. Depois dela me chamaram, não sabia o que dançar então elas colocaram a música e eu comecei a fazer movimentos do solo da academia e comecei a me perder na música.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...