História Um Amor Inesperado - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Romance, Sofrimento
Visualizações 13
Palavras 1.180
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 30 - O Jantar Parte Final


Antes de eu fazer qualquer coisa a campainha toca, era Ethan.

— Boa noite Senhor Beilker, eu sou Ethan LinsenBroder e eu estou aqui para me apresentar formalmente- disse Ethan sendo bem educado, parece que ele aprendeu a ser formal com o pai. Meu pai se levantou e foi em direção a ele.

— Boa noite- disse meu pai falando secamente e depois eles se sentaram.

   Começamos a jantar, no início meu pai se mostrou sério e falando secamente, mas depois o clima foi melhorando e tudo ficou bem. Agora que o clima está bom e terminamos de jantar é a hora de fazer a grande pergunta.

— Pai eu preciso te fazer uma pergunta- disse isso bem séria.

— Eu gostaria de saber se você apoia o nosso namoro- disse isso dando a mão para o Ethan. Depois meu pai se levantou bem sério.

— Eu apoio sim- disse ele e depois eu sorri como nunca.

— Mas eu espero que vocês tenham juízo- disse meu pai olhando diretamente para Ethan. Depois Ethan foi para sua casa, meu pai foi dormi e eu arrumei as coisas e fui para a cama.

   No dia seguinte acordei muito alegre, finalmente minha vida estava estrando nos trilhos, minha irmã está bem, meu pai apoia meu namoro, meu namorado é incrível e eu simplesmente posso ser eu mesmo depois de tanto tempo. Eu fiz minha higiene diária, me arrumei(coloquei um vestido azul com dourado que parecia o céu de noite), tomei café e fui para a escola.

   Hoje eu sinto que ninguém pode estragar meu dia, quando cheguei na escola eu estava indo em direção ao meu armário quando vejo um bilhete na porta do meu armário escrito:

“É melhor você ir agora para o vestiário masculino. ASS.: Anônimo”

   Eu não sabia o que era, nem tinha nome de quem mandou, mas como eu sou curiosa eu vou para o vestiário masculino, quando eu entro uma cena quebra meu coração, Ethan estava beijando uma garota que estava só com a calça com o sutiã aparecendo, eu nem sabia o que pensar.

— Liss- disse Ethan quando percebe minha presença, antes dela falar algo eu saio correndo de lá.

   Eu comecei a chorar no caminhos, eu estava correndo em direção a saída até que sem querer esbarro com alguém, era Logan.

— Liss- disse ele, mas antes que ele perguntasse algo eu sai correndo ainda chorando sem rumo.

   Naquele momento eu não sabia aonde ir ou com quem desabafar eu só pude corre, quando eu sai da escola eu pude ver as pessoas me olhando, sem saber o que fazer eu sai correndo em direção ao parque aqui perto, eu não estava em condições para dirigir. Depois de correr muito eu cheguei ao parque e cai em lágrimas debaixo de uma árvore.

   O parque estava vazio só havia eu lá chorando. Eu não entendo como Ethan pode me trair depois de tudo que passamos juntos, do jantar, do acidente de skate, etc. Eu achava que ele me amava, eu amava ele demais, agora eu não sei o que fazer, estou deslocada, Enquando eu estava pensando e chorando meu celular vibra. Tinha me esquecido que estava com minha bolsa.

   Quando olho quem era meu coração se quebrou, Ethan estava me ligando eu desliguei, no momento só queria ficar sozinha e chorar. Eu não parava de chorar e de lembrar a cena no vestiário, quando me recuperei voltei a escola e fui falar com algum funcionário, todos estava na sala de aula, eu estava passando no corredor até que alguém segura meu braço.

— Não era para a senhorita estar na sala- disse um inspetor.

— Sim senhor, mas eu não estou me sentindo bem e gostaria de uma autorização de saída- disse isso e depois eu e inspetor fomos resolver isso, quando resolvemos eu fui para casa descansar.

   Eu cheguei em casa muito abatida e fechei a porta, fui para me quarto e eu me joguei na cama com bolsa e tudo, eu comecei a chorar de novo quando de repente recebo uma mensagem:

Grace: Cadê você amiga?

Eu: Eu não estava me sentindo bem, depois te explico- respondo a ela e depois desligo o celular.

   Eu passei a tarde no meu quarto chorando, sem fome e sem querer fazer nada, naquele momento meu mundo estava desabado eu não sabia o que fazer, parece que meu namoro teve um fim dolorosa demais para mim. Eu chorei tanto que acabei dormindo, quando acordei me levantei e comi uma fruta apenas, meu pai não havia chegado e as aulas da escola haviam acabado. Eu me sentei no sofá muito triste com o ocorrido.

   De repente alguém bate a porta, era Grace. Quando ela viu que eu havia chorado ela me deu um abraço.

— O que aconteceu amiga- disse ela meio triste entrando e depois  fechei a porta.

— Ethan me traiu- disse isso e depois começou a sair lágrimas de meus olhos.

— Como assim?- perguntou ela chocada e depois contei o que vi no vestiário chorando.

— Nossa como ele pode- disse ela irritada.

— Eu não sei- disse isso me sentando no sofá e Grace se senta ao meu lado.

— O que você vai fazer?- perguntou Grace colocando a mão em meu ombro.

— No momento eu quero ficar sozinha e principalmente não quero olhar para a cara do Ethan e nem daquela piranha- disse isso meio triste.

   Grace me abraça bem forte até que alguém bate a porta.

— Liss abre a porta- disse alguém, mas logo reconheci a voz era o Ethan.

— É o Ethan- disse bem baixinho para Grace. Depois eu vou até a porta e abro a porta.

— Liss, precisamos conversar- disse ele indo colocar a mão em meu rosto, mas desviei.

— Eu não quero ouvi nada de você- disse isso agora com raiva.

— Me escuta- disse Ethan meio triste.

— Eu não quero falar com você, você não entende, você me machucou.- disse isso com raiva e um pouco triste.

— Liss foi ela quem me beijou- disse ele um pouco com raiva.

— Sem e ele tirou a camiseta sozinha né- disse isso com muita raiva.

— Me deica explicar, não é o que parece- disse Ethan levantando a voz.

— NÃO É O QUE PARECE, PARECEU QUE VOCÊ ESTAVA BEIJANDO AQUELA GAROTA OU ESTOU ENGANADA- gritei isso e depois ele ficou sem palavras.

— Faz um favor se você ainda tem dignidade. Some da minha vida eu não quero sofrer por mais ninguém- disse isso com raiva e depois fecho a porta na cara dele.

— LISS ESPERE- grita Ethan do outro lado da porta, depois meus olhos se enchem de lágrimas e eu saio correndo para meu quarto e Grace vai atrá.

— Liss você está bem?- pergunta Grace

— Sinceramente não, como eu fui amar ele que me trai e esta acabando com minha vida- disse isso e depois me jogo na minha cama e choro ainda mais.

— Bem, eu vou para casa, meu pais dissrram que iram sair e que eu tenho que ficar em casa- disse ela com uma cara triste por me deixar assim.

— Bem, eu fecho a porta para você- disse isso e depois eu nos descemos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...