História Um Amor Inesperado - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Drama, Romance, Sofrimento
Visualizações 18
Palavras 1.054
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 5 - O Amor doi


— Alô Grace?- disse isso com esperança que ela pudesse me ajudar se não teria que pedir para o Ethan, se bem que ele é legal quando quer

— Oi Liss, está tudo bem- disse ela preocupada.

— Eu acho que torci o meu pé e não consigo dirigir você pode me dar uma carona para o médico?- estava rezando para que ela aceitasse

— Hoje eu não posso tenho que ajudar meus avós, mas se não tiver mais ninguém para te levar eu posso tentar ir ai- disse ela meio chateada por não poder me ajudar.

— Não, fica ai ajudas seus avós eu acho que o Ethan pode me levar- disse isso meio contrariada, pois queria ir com a Grace ou com minha prima que viajou Eloise.

— Espera, eu ouvi direito, você disse: “eu acho que o Ethan pode me levar”- disse ela pasma eu acho

— Sim, porque- disse confusa.

— Então quer dizer que ele te deu o número dele para você-disse ela muito animada

— Sim ele estava na hora que eu cai de skate- disse isso ainda se entender nada

— Meu deus eu vou cair dura no chão, você foi a primeira menina que falou com ele e agora a primeira menina que tem o número dele. Faz dias que as garotas da escola querem o número dele, podemos lucrar com isso-disse ela quase gritando de alegria.

— Ei! Primeiro lugar ele deu porque estava preocupado comigo, segundo vou esquecer a parte de “lucrar com isso” e terceiro somos só amigos- disse isso meio furiosa com que a Grace estava insinuando.

— Tá pense o que quiser, já que o Ethan vai te levar vê se vocês se comportam viu- ela disse com um ar de malicia.

— E vê se você aquieta o fogo ai viu, até logo. Beijos- disse isso meio que rindo

— Até e melhoraras viu- disse ele e em seguida desliguei

   Eu estava olhando o número dele, eu o achei bem diferente esses dias comigo, ela estava se achando menos, de um jeito fofo. Será que Grace está certa ou é coisa da minha cabeça, bom tenho que ir ao médico. Disquei o número que ele me deu e aguardei, alguém atendeu.

— Residência dos LinsenBroder, com que eu falo- parecia uma mulher falando

— Bom dia eu gostaria de falar com o Ethan- disse meio confusa por uma mulher atender parece que ela é uma secretária

— Com que eu falo?- disse ela bem séria

— Eu sou Analiss, uma amiga da escola- disse isso esperando que ele me levasse, meu pé estava doendo muito.

   Depois de alguns minutos alguém atendeu.

— Ethan?- perguntei com a esperança que fosse ele, não aguentava esperar para ir para o hospital.

— Sim, com quem eu falo?- disse parecendo que estava jogando vídeo game, dava para escutar o barulho.

— É a Analiss, você disse para eu ligar para esse número se precisasse de você.

— Sei, estou ocupado você pode marcar horário com minha agente- ele disse meio que automático, como se sempre falasse se alguém ligasse para ele.

— VOCÊ ME MANDOU LIGAR PARA VOCÊ SE EU PRECISASE E É ASSIM QUE VOCÊ FALA COMIGO- gritei isso para ele com muita raiava

— Analiss é você- disse ele com uma voz de espantado

— Claro que sou eu e saiba que eu não sou um agente qualquer e nem uma pessoa que se tarte com desrespeito- disse para ele muito furiosa e revoltada.

— Se eu soubesse que era você eu...- disse ele meio que sem saber o que iria falar

— Você poderia ser pelo menos educado, eu precisava de você para me levar ao médico, mas pelo o que eu vejo você prefere ficar jogando vídeo game sem ligar para os sentimentos das pessoas que ligam para você querendo falar com você e o que você faz, as trata mal- disse jogando tudo que eu estava sentindo na cara dele

— Liss eu sinto muito eu..- antes que ele terminasse eu o interrompi

— E o que você faz é só pedir desculpa, eu esperava mais de você Ethan. Arrependi-me de ter ligado- disse isso meio magoada e desliguei na cara dele

   Logo em seguida me senti muito mal e comecei a chorar, eu achava ele bem legal para um play boy, quando você acha que a pessoa é boa ela se mostra uma pessoa horrível. Eu não entendendo porque isso que ele me fez me fere tanto, eu não consigo entender porque estou chorando por isso, será que seu estou começando a ama-lo.

   Eu me deitei e tentei me acalmar, eu não conseguia fazer mais nada só chorar, sorte que meu pai e minha irmã tinham saído eles iriam ficar no meu pé querendo saber o que aconteceu. Depois de um longo período eu me acalme e parei de chorar, de repente ouvi uma buzina na frente de minha.

   Eu me ajeitei e desci para ver quem era, demorei um pouco por causa de meu pé, me surpreendi com quem estava lá na porta, era o Ethan com sua lamborghini na frente de minha casa.

— Ethan o que você veio fazer aqui, daqui a pouco você tem aula-disse isso meio sem entender o porquê ele veio aqui.

— Eu vim aqui porque você disse pelo telefone que precisava que alguém te levasse no médico e eu também vim me desculpar- ele disse com uma cara que estava mesmo arrependido.

— Eu não sei Ethan- disse isso porque eu chorei por um bom tempo pelo o que ele tinha feito

— Eu sei que você deve estar brava comigo pelo o jeito que eu falei com você, eu quero me redimir com você-disse ele com um olhar que parecia que ele se sentia muito mal com o que fez.

— Eu não sei o que dizer- disse meio que não sabendo se aceitava suas desculpas ou não

— Bom é melhor você entrar no carro se você ainda quer ir ao médico- disse ele com um olhar de esperança esperando eu aceitar

— Eu acho melhor eu ir outro dia- disse isso quase fechando a porta quando Ethan segura a porta

— É melhor você ir hoje, amanhã pode estar pior- disse isso com uma  voz meiga e de preocupado.

— Tudo bem, vou pegar minha bolsa-disse isso com um sorriso de leve e entrando para pegar minha bolsa, se meu pai souber que eu fui ao médico no carro de um garoto ele me mata.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...