História Um amor inesperado (JIMIN) - Capítulo 35


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Romance
Exibições 183
Palavras 497
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um cap aki gente

Capítulo 35 - Casados


NO DIA DO CASAMENTO

Eu estava bem nervosa, eu estava dentro do carro indo para a igreja. Alguns minutos depois eu cheguei na igreja e a porta estava aberta e meu pai estava me esperando na porta da igreja, meus pais vieram do Brasil pra cá.

Pai: Pronta filha?

S/N: Se o senhor quer saber, eu não to não,  mas vambora.

Meu pai pegou em minha mão e a música começou a tocar, eu via o Jimin sorrir pra mim lá do autar, ele estava lindo, fui caminhando e parecia que o autar nunca chegava, mas que porra, enfim chegamos, dei um beijo no rosto do meu pai dei o buquê para minha mãe e peguei na mão do Jimin, o mesmo chegou perto do meu ouvido e sussurrou.

Jimin: Você ta linda.

Eu apena sorri pra ele e nós nos ajoelhamos em frente ao padre, no qual ele falava lá as palavras, eu não estava prestando atenção em nada, apenas pensava em Jimin, até que depois de ins minutos depois de dizermos nossos votos, o padre falou.

Padre: Park Jimin, você aceita S/N como sua legítima esposa para ama-la e repeita-la na alegria e tristeza,  na saúde e na doença até que a morte os separe.

Jimin: Aceito.

O padre repetiu as mesmas palavras para mim e eu respondi olhando para o Jimin.

S/N: Aceito.

Colocamos as alianças. 

Padre: Você já pode beijar a noiva.

Jimin pegou minha nuca e me beijou eu retribui, obvio.

5 HORAS DEPOIS

Nessas 5 horas a gente tava curtindo a festa no salão, depois que a festa acabou, eu tirei meu vestido de noiva e botei um vestidinho simples pra viajar, minhas malas já estavam prontas só falatava pegar na minha casa, o Jimin fez o mesmo, iamos passar a lua de mel em Caribe, depois eu e Jimin fomos para a casa pegar nossas malas, depois fomos para o aeroporto, eu estava bem ansiosa, e pelo visto ele também, nós entramos no avião,  ficamos na primeira classe, muito bom, ainda bem que nós dois não tinhamos medo de avião, senti ele se aproximando do meu ouvido.

Jimin: To levando o par de algemas que você me deu.

Dei um beijo nele e sentamos em nossos acentos.

16 HORAS DEPOIS

Nós chegamos no Caribe e fomos para a casa que o Jimin alugou para nós passarmos a nossa lua de mal, era uma casa de praia afastada de tudo, muito bonita por sinal, tinha piscina, não entendo porque tinha piscina se o mar estava bem em frente, nós entramos e botamos nossas coisas na sala, sinto Jimin me pegar no colo e me levar pro quarto, o quarto era lindo, e uma cama bem BEM grande mesmo, ele me jogou nela e começou a me beijar, paramos o beijo por falta de ar.

S/N: Já ta tão desesperado assim?

Jimin: Sim, nossa primeira tranza casados, hoje vai ser bem especial.

S/N: Então me foda até eu não conseguir mais andar.


Notas Finais


Espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...