História Um amor inusitado - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais, Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Frisk, Mettaton, Napstablook, Papyrus, Personagens Originais, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Alphis X Undyne, Chriel, Fras, Ink X Error, Morte, Muffet X Grilbb, Toriel X Argore, Univerços Alternativos
Exibições 15
Palavras 972
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Ficção, Luta, Magia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Eu não vou postar capitulos por um tempo (FIQUE DE CASTIGO ;~;), fiquem com o capitulo

Capítulo 5 - A explicação e festa do pijama


SOFIA POV'S

Eu me sentei na grama, eles também, e falei:
-bem, por onde eu começo?....bem vou começar do começo.quando eu tinha 1 ano e meio fugi da casa do meus pais, não me perguntem por que, e vivi na floresta até meus 5 anos de idade,quando um casal de cientistas me encontrou e me levaram a um láboratorio e me estu-
-QUE ESSES HUMANOS FIZERAM COM VOCÊ, EM
-se acalmama e deixa eu continuar,bem, continuando, e me estudaram meu comportamento, e foi lá que conheci o João, e desde o momento que o conheci ele me deixaram sair, conhecer a cultura humana, e agora estou aqui.
-tem certeza que eles não fizeram nenhum mal a você?
-sim, absoluta.
comecei a me lembrar da vez que não me deixaram ver o João por 3 anos e me davam tarefas dizendo que depois delas eu poderia ver o João.

FLASHBACK ON

Eu estava ouvindo musica no MP3 que o João me deu, sentada no chão, e pensando porque eu não podia ver ele, comecei a ouvir uma discussão do outro lado do vidro opaco do meu lado, me virei de leve para olhar para o vidro, alguem apertou um botão para deixar vidro como um vidro normal e eu vi o João discutindo com a mãe, o motivo estava obvio para mim, eles não deixaram nos vermos, o sangue rugia nos meus ouvidos, eu comecei a sentir um sentimento que eu nunca havia sentido antes, raiva, a mais pura raiva prenchia o meu corpo, comecei a rosnar e me aprossimar do vidro, estique minhas asas, meu rabo estava pronto para o bote, eles param de discutir, a Fabiana olhou para um monitor e depois olhou para mim, vendo minha raiva nos meus olhos, eu estava a ponto de voar no pescoço dela quando o João se interpos  entre nos, eu rosnei em tom de aviso para ele sair da frente, mas ele olhou no fundo dos meus olhos e a raiva desapareceu, meu rosnado se tornou um ronronar de saudade, me levantei e coloquei minha mão/pata no vidro e apoiei minha cabeça no vidro.querendo sentir o toque do João.

FLASHBACK OFF

eles me olharam de um jeito estranho e perguntei:
-que é?
-nada não.
-tá bom, então, por que vocês vieram aqui?
-há é, iamos lhe convidar para a festa de pijama do Mettaton
-é começo do ano escolar!!
-é, ele sempre faz uma festa de pijama quando alguem novo chega.
-tá, posso levar alguem?
-sim, claro
-então nos vemos lá.
-tá
me levantei e fui para o meu quarto, quando cheguei, Reya estava desenhando, eu falei:
-festa de pijama, hoje, vamos juntas?
-claro.
-eu acho que vou convidar o João.
-convida,miga
-tá bom.
me levantei da cama e fui ao quarto do João e bati,quem abriu foi o Vitor, falei:
-o João tá?
lá do fundo do quarto ele falou:
-to, indo
Vitor deu passagem e o João apareceu SÓ DE SHORT,corei muito e falei:
-festa, pijima,hoje,você,ir.
-claro, por que não?onde é?
-casa,Mettaton.
-tá nos vemos lá.
ele fechou a porta e eu ainda estava paralisada no lugar,corri pro quarto e comecei a arrumar as coisas,Reya perguntou:
-eai,ele vai?
-sim.
-então é só esperar a noite e vamos
-sim.
arrumei minhas coisas para ir, tomei banho e ficamos esperando o tempo passar,conversando,ouvindo musica e desenhando até chegar a noite e fomos a casa do Mettaton, e isso não é uma casa é uma mansão, o João estava esperando do lado de fora,ele nos viu e acenou, nos aproximanos e ele disse:
-então,vamos
-claro
entramos na "casa" do Mettaton,todos estavam lá e sem os disfarces,o Mettaton me viu e disse:
-darling, que bom que você.................
foi ai que ele viu o João e os outros também, todo mundo se apreçou em colocar os disfarces e jogaram uma lança, ossos,fogo e eletricidade (?) e eu desviei tudo e falei:
-TUDO BEM,ele já sabe de tudo.
eles tiraram os dirfarces quando se acalmaram e eu apresentei:
-João, povo.povo ,João
-oi
-então,VAMOS COMEÇAR A NOITE.
eu me troquei e puz meu pijama, comemos,conversamos e Mettaton propos jogarmos verdade ou desafio,ele trouce bebidas para bebermos,Mettaton girou a garrafa e parou no Sans perguntar para mim
-verdade ou desafio?
-verdade
-é verdade que você gosta do João como namorado
-é verdade.
todos riram e eu fique igual ao meu cabelo,eu girei a garrafa e caiu no Sans para Alphis:
-verdade ou desafio?
-verdade.
-é verdade que você gosta da undye?
-sim
ela girou a garrafa e caiu em Chara para Mettaton:
-verdade ou desafio
-verdade
-é verdade que você gosta do Napstablook?
-sim
ele girou e caiu em mim para o Sans:
-verdade ou desafio?
-desafio
-eu desafio você a deixar a Frisk acariciar a sua alma
ele ficou muito azul e fez o desafio e ele girou e caiu na Alphis para o João:
-verdade ou desafio?
-verdade
-é verdade que.......a Sofia já salvou você?
-verdade
ele girou e caiu de novo em Sans para mim,fudeu:
-verdade ou desafio
-desafio
-o mesmo desafio que você deu para mim
-quem?
-João
fiquei vermelha e fiz o desafio e bebi todo o meu copo de uma vez,gosto estranho, girei e caiu em mim para o João:
-verdade ou desafio?
-verdade
-é verdade que você ficou com uma garota quando não nos vimos?
-hooooooooooooooooooooooooooooooooooo
-não
ele girou a garrafa................tem tres garrafas girando?caiu Alphis para mim e a sala tá girando:
-verdade ou desafio?
-ver-NÃO desafiooooooooooooooooooooo
-tá,te desafio a beijar o João.
eu me virei para ele e fui me aproximando devagar como na vez que nos conhecemos ele começou a falar e ficar muito vermelho
-v-v-v-v-você s-s-s-só pode e-e-e-e-estar brinc-c-c-cando,é serio par-
eu o cortei colocando os meus braços em volta do seu pescoço e selando nossas bocas,ele só ficou pasmo,quando me separei dele sorri e capotei em seus braços.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...