História Um amor lokinho - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce, Arlequina (Harley Quinn)
Personagens Agatha, Alexy, Ambre, Armin, Boris, Castiel, Debrah, Dimitry, Harleen Frances Quinzel / Harley Quinn (Arlequina), Iris, Kentin, Lynn, Lysandre, Melody, Nathaniel, Rosalya, Violette
Visualizações 4
Palavras 205
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Suicídio, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


O desenho não fui eu q fiz

Capítulo 5 - Sentimentos


Fanfic / Fanfiction Um amor lokinho - Capítulo 5 - Sentimentos

3 MESES DEPOIS 

três  meses depois quase nada mudou a ambre foi expulsa por tentar me matar e eu larguei o irmão dela e fiquei solteira apenas olhando o próximo bofe que eu vou dar o bote e descobri que tinham tanto pessoas bonitas quanto o castiel que só vi aquela vez até que fui mudada de sala quando entrei na nova sala eu me deparei com o castiel sentado sozinho no fundão sem ninguém perto como eu achava ele atraente sentei perto dele e falei:

-oi como vai?

-Não te enteressa

-se não me interessase eu  não estaria te perguntando

-acha que quero estar aqui nessa sala recheada de debiloides?

-hum nem todos eu consegui fazer a ambre ser expulsa somente me divertindo e agora estou perto de um gatinho que está sendo gross comigo

Vi suas bochechas mudarem de cor 

-eu? gatinho? 

-quer que eu desenhe? To afim de vc se toca

-😶

-ei posso ser sua amiga pelo menos?

-tá tá bom

Então ficamos conversando o dia todo tentei entender ele mais ele é incompreensível ele muda de humor rápido e e bem isolado então ele foi me acompanhar até em casa:

-mas eu não tenho casa

-e onde vc dormia

-na biblioteca 

-quer ficar lá em casa hoje?

-Só se eu poder dormi com vc



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...