História Um amor mais do que possível(Malepok,Mitw,Cellps,L3ddy) - Capítulo 37


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Bianca Tatto Marques (BIBI), Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lucas Henrique e Rosane Martins (Casal de Nerd), Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Maria Luiza Ramos (MoonKase), Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, BIBI Tatto, Cauê Bueno, Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "LubaTV", Lucas Henrique, Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", MoonKase, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange, Rosane Martins
Exibições 74
Palavras 1.457
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


VOLTEEIIIII SERHUMANINHOS LINDOS <<33

SIM! EU NÃO MORRI! TALVEZ MORRA AGR, VOCÊS QUEREM ME MATAR NÉ?

Lá embaixo eu explico o motivo da minha ausência

Capítulo 37 - Tem como não ser?


    ~minutos atrás~

Pov.Marco

- Anna? Anna, pelo amor de deus acorda! - Cauê dizia sacudindo ela pelo braço na esperança dela despertar

- Mas... O que aconteceu aqui? - Moon

- Sei lá, quando fui ver ela já tinha sumido e a achei debaixo d'agua já desmaiada - Spok

- Mas ela sabia nadar? - Mike

- Eu acho que não, mas ela tava na borda - Cauê

- Alguém fez isso - Cellbit

- Acho que meio óbvio não? - Felps

- Pelo menos eu falei algo! - Cellbit

- Para de treta aí mano, o caso aqui e sério! - Jazz

- Alguém tentou matar a Anna - Batista

- Acho que isso também é meio óbvio - Felps

- Entra Felps! Se não vai ajudar, também não atrapalha - Jv

- Droga, droga, droga - Lydia falava procurando algo

- Que foi? - Malena

- Já volto! - ela entra deixando todos nós plantados confusos

- Alguém entendeu? - Imbi

- Não! - todos nós respondemos em um coro organizado

- O-o-o q-que a-aconteceu? - Anna dizia despertando e sendo completada por um enorme estrondo

- Depois explicamos, mas, QUE PORRA FOI ESSA?! - Cellbit

- Caralho, parece que alguém caiu - Luba

- Não parece, alguém caiu mesmo! - T3ddy

- QUEM? - pergunto com uma afeição de preocupado

- MALENA! - Spok saiu correndo em rumo da mesma desmaiada no chão

- Festival da merda hoje? - Felps

- Tô quase afogando o Felps - Moon

- Eu ajudo - Imbi

- Caralho! DÁ PRA DE TRETAR AÍ, O BAGUIO E SÉRIO PORRA! - Jazz

- Revoltado - Cellbit

- Vou afogar os dois - Moon

- Carai... Tô quieto, falo mais nada - Felps

- Que bom! - Andy

- Wtf? - Anna

- Tá bem? - Cauê

- Leva ela pro quarto, e melhor descansar um pouco Anna, depois Cauê, você volta? - digo

- Volto, vem, vamos Anna - Cauê diz pegando ela estilo "noiva"

- Ela bateu a cabeça ou algo assim? - Imbi

- Pelo que parece não foi nada muito grave - Spok fala quando algumas lágrimas escorrem em seu rosto - Eu tô com medo... E se ela não acordar?

- Calma mano, ela vai acordar sim! - Mike

- Cadê a Lydia? - pergunto observando todos os lados

- Por que? - Cellbit

- Já foi a Anna e a Malena, tu acha que eu vou deixar ela sozinha? - digo

- Bom, só lembro dela ter entrado - Imbi

- Tá, valeu, vou procurar lá.

Saio procurando por cada canto do andar de baixo, sem sucesso... Resolvo subir e passando pelo corredor que estávamos mais cedo, encontrando lá um garoto distribuindo chupoes no pescoço de uma pequena garota que possuía cabelos loiros

- Sério? No meio do corredor? Existe quarto pra quê? - digo sussurrando para mim mesmo me aproximando do "casal"

- Hey! Pera... Rezende? O que você tá fazendo com a minha namorada?

- Oh merda - dizia em um susurro baixo, quase impossível de se ouvir - Que foi em? Algum problema?

- Não! Nenhum! - digo com um tom sarcástico que podia ser percebido facilmente

- Fica aí, tenho outras coisas para resolver - ele fala empurrando Lydia fazendo a mesma cair sentada e logo abraçar suas pernas e começar a chorar baixo, fazendo toda a raiva existente no mundo se concentrar em mim

- Fica calmo, fica calmo - fico repetindo para mim mesmo esfregando meus olhos com a palma direta

- O namoradinho tá bravinho? E você, dá pra calar a boca vadia - Rezende

- Olha como você fala - digo cerrando os pulsos os encarando com a fúria estampada em meu olhar

- Porque? Vai fazer o que? - mal terminará a frase já receberá um soco meu direcionado bem em seu olho esquerdo fazendo o mesmo dar alguns passos pra trás por causa do impacto

- FILHO DA PUTA! - exclamava com a mão no lugar atingido vindo em minha direção tentando repetir meu ato mas acabei segurando seu pulso e torcendo seu braço pra trás

- Lugar de lixo e no chão - o jogo no piso logo após partindo pra cima do mesmo

Pov.Mike

- Puta que pariu Marco, cadê você? - digo para mim mesmo caminhando pelo internato inteiro até o encontrar Lydia sentada em um canto e Marco e Rezende brigando

- TÁ PORRA, TÁ PORRA, TÁ PORRA - saio correndo em direção deles no objetivo de fazer ele não matar o outro

- Leva a Lydia pro quarto! - Marco

- E você? - a pego no colo e o encaro

- Só leva! - diz e parte pra cima de Rezende que o provocava, se esse menino sair vivo e milagre

- O que aconteceu? - dizia caminhando calmamente pelos corredores, como se meu amigo não estivesse quase matando o Rezende

- E-e-el-ele - dizia entre soluços afundando sua cabeça em meu peitoral

- Vai ficar tudo bem, tenta descansar - deixo deitada em sua cama ainda chorando - Fica calma

- M-m-mik-ke - Lydia

- Oi?

- N-não d-deixa o-o M-marco f-fazer b-burrada, p-por f-favor

- Mesmo que ele mereça, nunca deixaria ele fazer, deixo eu ir ajudar ele lá, fica bem - saio correndo em direção deles encontrando Spok e Cauê no caminho e explicando toda a história e concordaram ajudar, até saber que foi ele que havia feito aquilo com a Anna e com a Malena(N/A: 3° guerra mundial declarada) com ajuda de alguns meninos que chegaram depois, conseguimos separar eles, sem ninguém ter morrido, ou desmaiado

- Antes... - Rezende fala chegando perto do Marco e dando um soco na sua barriga fazendo cair gemendo de dor - Tu vai aprender a nunca mais mecher comigo - dá um chute no seu abdômen e saí andando rindo

- FILHO DA PUTA, VOLTA AQUI DESGRAÇADO - T3ddy dizia se debatendo nós braços de Luba

- Calma Urso - Luba

- N-não... a-adianta... i-ir... a-atrás... d-del.......... - Marco

- MARCO, ACORDA PELO AMOR DE DEUS, MARCO ACORDA - Spok

- Caralho... - Cellbit

- Leva ele pro quarto - Cauê

- Melhor não... a Lydia tá lá, ela já sofreu demais hoje, não merece ver o namorado desse jeito - digo

- Leva pro meu - Jazz

- Ajuda aqui Mike - Spok

#Quebra do Tempo~

- Acho que tá melhor - Andy

- Mas porque ele não acordou ainda? - Felps

- Não sei... Também não sou médica, só fiz o meu melhor - Andy

- Tá ótimo amor, vamos levar ele pro quarto - Jazz

- Tem certeza? - Cauê

- Eu acho que é melhor - digo - Vocês podem ir, já está tarde, avisa o estado das meninas, qualquer coisa eu ajudo, vou deixar ele no quarto e depois vou pro meu, boa noite!

- Boa noite! - todos disseram em coro e eu saí

- Hey! Lydia! Abre a porta! - dava umas leves batidas na porta com uma certa dificuldade

- O-oi M-ik.... O que aconteceu?

- O resultado do dia, do nada ele desmaiou, já cuidamo um pouco de alguns ferimentos, mas ainda não acordou.

- O-o-obrigado, p-pode c-colocar e-ele n-na c-cama p-por f-favor

- Claro, qualquer coisa só me chamar - a obedeço e vou em direção do meu desabando na cama e adormecendo

Pov.Lydia

Já fazia algumas horas que ele estava assim, já estava preocupada, desabando em lágrimas

- Não me deixa... Por favor...

- Ly...Lydia...? - era possível se ouvir entre alguns altos soluços meus uma voz me chamando - Não chora Vida - ele passa seu polegar pela minha bochecha secando minhas lágrimas com uma certa dificuldade

- Marco... pelo amor de deus... não faz mais isso... eu tava quase morrendo de preocupação... - digo o abraçando

- Cal...calma, tá tudo bem... - acariciava meus cabelos enquanto molhava toda a sua blusa

- Não, não tá!

- Tá sim!

- Tá não, olha o seu estado.

- Tá sim sua teimosa - ele pega em meu queixo fazendo nossos olhares se encontrarem - Ele fez isso em você? - diz se referindo a uma marca vermelha no lado direito do meu rosto, afirmo com a cabeça - Vou matar esse filho da puta desgraçado

- Fica calmo... - digo logo sendo interrompido por ele

- Não tem como! Olha o que ele fez! Um puta cov... - interrompi selando nossos lábios em um beijo rápido mais intenso

- Só assim pra te fazer calar a boca? - digo rindo

- Sim! - em um movimento rápido ele me pega e coloca sobre seu colo - Vamo passar uns dias fora do internato, para descansar um pouco, assim também já te apresento pro meus pais Ok?

- Ok. - falo com um certo receio

- Vai ficar tudo bem. 

- Você é tão preocupado - falo

- Tem como não ser? - Marco

- Tem - lhe dou outro selinho

- Poderia morrer mil vezes mas nunca deixaria ninguém encostar um dedo em você!

- Te amo - afundo minha cabeça na curva do seu pescoço podendo sentir seu perfume

- Te amo mais do que ontem e tenho certeza que amanhã irei te amar mais do que hoje...


Notas Finais


Porquê eu fiquei tanto tempo sem postar?

Gente linda do meu coração, eu tive a semana mais corrida do mês inteiro, como as notas tão fechando os professores tão passando um monte de prova, trabalho pra entregar, aí junta tudo isso em uma semana só dá merda!

Pra completar...

Tava com a cabeça fodida, assim causando uma puta tontura desde de segunda e foi melhorar ontem

Eu sei é chato ficar postando capítulo de século em século e ficar dando desculpas, mas eu sinto que tenho uma obrigações com vocês e se não a cumpro tem um motivo...

Mas nas férias vou tentar dar a total atenção pra fanfic é claro pra vocês...

MAS VAMOS TACAR TODAS AS KATANAS EXISTENTES NO MUNDO NO REZENDE? (é na Amanda junto)

BJUS DE LUZ E FALOOU ZUEIROS E ZUEIRAS DESSE BRASIL


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...