História Um amor mais que real - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Malepok, Maryssa
Exibições 235
Palavras 762
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Você promete?


Fanfic / Fanfiction Um amor mais que real - Capítulo 4 - Você promete?

P.O.V Malena

  Depois de um tempo conversando vimos o Caue se aproximar. Aparentemente não estava machucado.

- Caca! Tá tudo bem? - Lary

- Sim eu fui correndo para diretoria e os dois tomaram suspensão...- Ele respondeu.

- Que bom que tá tudo bem..- Falei sorrindo.

- Gente vocês vão no Baile de Máscaras ? - Lary.

- Não sei.. Não tô muito afim de passar a noite numa festa chata..- Caue.

- Ah! Vamos por favor, vai ser divertido! - Lary.

- Vou pensar... - Caue.

- E você senhorita Malena? - Marco.

- Sei lá... - Falei.

- Nossa os dois não vão? Que graça vai ter? - Lary.

- Caue a Anna disse que queria ir contigo... Aproveita.. - Marco.

- Tá aí outro motivo para mim não ir.. Você e a Lary vão juntos e o Caue vai com essa tal de Anna... Por que eu tenho que ir? - Perguntei.

- Tem o Tarik.. Ele é super gente boa... É vocês super combinam... - Caue.

- Caca ele é gay... - Lary - Alguém vai te chamar para ir... Você fala com quase todo mundo...

 Ficamos conversando até dar o sinal para irmos para aula. Foi mais um dia normal de aula. Logo voltei para casa.

 Estava brincando com o meu cachorro na sala. Felizmente estava sozinha,  a Moira tinha ido para o Shopping, o Murilo foi andar de Skate com uns amigos e os meus pais estavam trabalhando.
  Resolvi levar o Pomodoro  (meu cachorro) para passear. Tinha ido na praça  até começar a conversar com a Lary pelo celular, sem eu perceber o Pomodoro se soltou da coleira e saiu correndo por aí. Saí gritando seu nome para ver se ele vinha mais nada.

- POMODORO..- Eu ainda gritava.

- Ele tá aqui... - Alguém falou. Fui em direção a pessoa que estava de costas para mim.

- Obrigada..- Falei me aproximando.

- Toma mais cuidado...- A pessoa virou para mim.

- Ah... Andrei... Obrigada por achar meu cachorro...- Falei seria.

- Que nada.. Vai lá garotão...- Ele me entregou o Pomodoro. - Vamos Chris? - Ele falou para seu cachorro.

- Obrigada... - Agradeci novamente. - Não faz mais isso.. Quase me matou de susto... - Coloquei a coleira no cãozinho novamente. - Vou indo nessa.. Tchau..

- Tchau... - Ele respondeu. Fomos nos distanciando. - Malena.. - Andrei me chamou novamente.

- Oi? - Respondi seca.

- Desculpa por hoje..- Ele falou olhando para baixo. 

- Tudo bem.. - Falei. 

- Hmm.... Topa ir tomar um sorvete comigo? Eu pago...- Ele sugeriu um pouco corado.

- Por mim tudo bem... Desde que eu pague meu sorvete... - Falei sorrindo.

- Tá vai.. - Fomos caminhando até um carrinho de sorvete.  Eu pedi um de creme  e ele de chocolate. O mesmo pagou os dois contra a minha vontade. - E então... Costuma perder muito o seu cachorro?

- Não.. E por falar em cachorro.. Qual é o nome do seu? -Perguntei enquanto nos sentávamos.

- Christopher... Mais pode chamar ele de Chris. - Ele respondeu.

 Ficamos conversando por um bom tempo. Ele era um cara legal, só não sei por que falam que ele é irritante.

- E aí você gosta de jogar alguma coisa? - Ele perguntou.

- Sim... Jogo vários jogos. E você?

- Também.. Quem sabe um dia a gente não marca de jogar juntos?

- Claro... Se quiser ir agora quem sabe..- Sugeri corando um pouco.

- Por mim tudo bem...- Nos levantamos.

- Vamos lá em casa... - Falei corando mais ainda.

- Claro!

- Malena versos Andrei...

- Me chama de Spok.

- Okay.. Malena versos Spok.

 Fomos para minha casa, deixamos os cachorros brincando no quintal do fundo e fomos para o meu quarto. Escolhemos um jogo e começamos a jogar.

- Até que para uma moça você joga bem...

- Você não viu nada... Já ganhei vários campeonatos online..

- Já ganhei alguns também..

 Ele começou a se aproximar de mim. Corei um pouco, por que afinal não é todo dia que eu trago um menino pro meu quarto.

- Podemos ser amigos? - Ele perguntou.

- Se você prometer não bater no meu irmão... - Falei rindo um pouco.

- Tá eu prometo..

- Então amigos?

- Sim! - Ele respondeu sorrindo. - Que pena que você é de outro grupo. Seria legal ter você andando com a gente.

 Foi aí que eu lembrei: meus amigos odeiam o Spok, e agora eu sou amiga dele... Bom não posso deixar eles sabendo disso.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...