História Um amor mais que real - Capítulo 42


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Malepok, Maryssa
Exibições 106
Palavras 743
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 42 - Tia Luci


Fanfic / Fanfiction Um amor mais que real - Capítulo 42 - Tia Luci

{Uma semana depois}

P.O.V Malena

Nunca tive pensamentos pervertidos, mas depois do que aconteceu no meu quarto semana passada isso mudou.  O ruim que eu tive que usar base a semana inteira.
 Eu estava me arrumando para buscar minha tia no aeroporto. Meus pais iriam viajar, e não tinham como levar a gente e muito menos nos deixar sozinhos.
  Coloquei um vestido simples, na verdade só coloquei por que fui praticamente obrigada pela Moira. Estava passando a base nos meus seios e no meu pescoço Onde havia ficado as marcas, já estão quase invisíveis. Quase.

- Malena? - Moira falou entrando no meu quarto. Rapidamente escondi a base e espalhei bem a que a
Havia passado.

- Oi.. - Falei me olhando no espelho.

- A mãe mandou avisar que você tem 5 minutos pra ficar pronta...

- Tá... Já estou quase pronta...

- Tá.. Vai logo.

 Ela saiu do quarto e fechou a porta. Sussurrei um "quase" e voltei a me arrumar. Logo estava pronta.
 Fui para o andar de baixo.

{=}

- Malena, Moira, Murilo... Como cresceram..- Minha tia falou nos abraçando. 

- Oi.. - Falei meia tímida.

- E quais são as novidades? - Ela perguntou.

 Contei quase tudo a ela. Só não contei que eu namoro, por que minha mãe pediu. Logo voltamos para casa e almoçamos.

- Bom.. Estamos indo, daqui quinze dias estamos de volta...- Minha mãe falou. - Se comportem com a tia Luci.- Minha mãe deu um beijo na testa de cada um de nós.  Assim como meu pai.

- Tchau..  Até daqui 15 dias...- Meu pai falou saindo.

  Ficamos observando aquele carro sair. Minha tia até que era legal, porém com certeza iria reclamar com os meus avós se soubesse que estava estou namorando. E se isso acontecer, vou ser obrigada a me mudar de novo.
 O dia passou rápido, quando me dei conta já estava me preparando para ir a aula no dia seguinte.

{No dia seguinte}

  Assim que acordei fiz tudo que costumo fazer de manhã.  Estava no andar de baixo tomando café até a campainha tocar.

- Malena querida, poderia atender para mim? - Minha tia perguntou.

- Claro..- Falei me levantando. Fui atender a porta, assim que abri Spok  me puxou para um beijo. Eu o empurrei. - Tá doido?

- Que foi? Eu fiz alguma coisa? - Ele perguntou assustado.

- Não... Te explico na escola... Mas finge que somos amigos... - Falei,  ele me encarou confuso  e entrou. - Tia esse é o meu amigo Spok..

- Oi..- Spok falou corado.

- Ah, oi.. Prazer..

- Prazer é todo meu..- Ele falou simpático.

 Logo fomos pra escola. Minha tia fez questão de nos levar até lá.  Aproveitei e apresentei para ela a Lary.

- Bom.. Vou indo.. Boa aula crianças! - Ela foi.

- Tá qual é a dela? - Spok falou.

- Meus avós são extremamente rígidos. E se eles sonharem que eu tô namorando, a chance deles me tirarem dos meus pais...- Falei.

- Credo...- Lary.

- Meus avós já quase pegaram a guarda da Moira... - Falei. - E eu não quero ter que sair daqui...

- Nem eu quero que você saia..- Spok me abraçou. - E é se ela ver aquilo..- Ele perguntou.

- Relaxa.. Tenho tudo sobre controle.. - Falei dando um selinho nele. 
 
  Foi um dia de aula normal. No final da aula o Spok me levou para casa.

- Tchau amiguinha..- Ele falou me dando um selinho.

- Tchau amiguinho..- Falei retribuindo o selinho.

- Isso! Continuem...- Moira.

- Que susto...- Falei. - Ué, selinho de amigo tem problema? - Perguntei rindo.

- Não..- Spok falou.

- Já que não tem... Então por que  você não vai e da um selinho no Marco?

- Nem vem..- Spok - Selinho de melhor amigo.. Né minha melhor amiga.

- Verdade melhor amigo...- Falei dando outro selinho nele.

- Tomara que a Tia veja isso... - Moira.

- Ah.. Ela nem em casa tá... - Falei. - Ela foi no mercado...

- Tá.. Continuem.. - Moira falou entrando.

- Ela tá certa..- Spok.

- Eu sei..- Falei. - Mas o que será que o centena se ela ver eu fazendo isso?- Falei puxando ele pra outro beijo. Um beijo completamente apaixonado.

- Você é louca..- Ele falou ainda com os rostos próximos. - E eu sou louco por você..- Ele me deu outro selinho.

-  Te amo...- Falei.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...