História Um amor mais que real - Capítulo 43


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Malepok, Maryssa
Exibições 102
Palavras 1.863
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente ocorreu um pequeno problema no segundo capítulo de ontem. Bom ele ficou pela metade. Vou postar os restinho dele junto com o capítulo de hoje.

- Boa leitura - Teffys ❤

Capítulo 43 - Posso?


Vi minha tia se aproximando, me separei rapidamente do Spok.

- E então Spok... - Falei disfarçando. - A gente pode se falar depois?

- Tá... - Ele falou. - Tchau Mah!

- Tchau Spok...- Falei. Ele foi embora cruzando com a minha tia no caminho. Ele falou alguma coisa que eu não pude ouvir. Logo eu entrei com a minha tia.

- Você e ele são bem amigos né? - Minha tia perguntou.

- Sim.. Ele é meu melhor amigo...- Falei. - Se brincar até mais do que um melhor amigo..- Falei baixinho.

{Sexta feira}

- Tia?

- Oi Mah...- Minha tia.

- Eu posso ir numa festa? - Perguntei.

- Festa? - Minha tia perguntou assustada. - Quem vai nessa festa?

- O Spok...

- O Spok de novo? - Ela perguntou. 

- Sim...- Falei. - Posso ir?

- Não... Tá doida? - Ela falou.

- Por favor.. É só uma festa...- Falei

- Não... Nem inventa.. - Ela falou.

- Tá...- Falei chateada.

 Nesses últimos dias não posso fazer nada.  Não posso sair com os meus amigos, o Spok não pode vir aqui.. Que raiva.
  Fiquei a noite inteira trancada naquele quarto. Na verdade mais dormi que tudo.

{Segunda-feira }

- Sério eu não aguento mais.. - Falei.

- Calma Mor.. So tem mais uma semana...- Spok.

- Não posso fazer nada, não posso sair,  não posso ficar no celular conversando por que se rola pegar meu celular já viu..- Falei.

- Qual é o problema de pegar seu celular? - Caca falou fazendo uma cara maliciosa.

- Isso responde sua pergunta? - Perguntei mostrando minha foto de papel de parede. A foto era minha e do Spok se beijando.

- Que lindinhos.. - Lary.

- Ah e tem essa aqui..- Spok falou mostrando o contato dele no meu celular.

- Ah fiquem calmos...- Tulio. - O que são quinze dias pra quem passou 2 meses?

 Ficamos conversando até o final do intervalo. Voltamos para sala de aula. A professora passou um trabalho em dupla.

- ...Laryssa e Mikhael, Juliah e Mariana..- A professora disse sorteando as duplas. - Malena e Andrei...

- Isso é um convite para passarmos um tempo juntos? - Spok falou me olhando.

- Acho que sim..- Falei sorrindo.

- Que tal no sábado lá em casa? - Spok.

- Sim..- Falei.

- Vou contar os segundos..- Spok.

{=}

- Chegueiiii! - Gritei entrando em casa. - Tia?

- Aqui fora..- Tia.

- Oiii..

- Oii

- Tia eu tô com um trabalho pra fazer e é em dupla..- Falei.

- Tudo bem.. Quem é sua dupla? - Ela perguntou.

- O Spok..

- Tá... - Ela falou. - Quando ele vem aqui?

- Posso ir na casa dele? Por favor...

- Malena..

- Tia relaxa..  Eles são só amigos..- Moira.

- Deixa.. - Insisti.

- Tá... Mas das 10h as 14h...

- Tia..

- Tá.. Até as 18h e não tem mais conversa...

- Obrigada Tia..- Falei dando um beijo na bochecha da mesma.

{Quinta feira }

P.O.V Spok

- Tá vamos focar no trabalho...- Malena.

- Por que a gente não faz a maquete  da escola? - Sugeri.   Combinamos tudo direitinho. - Tá..No sábado de manhã compramos tudo..

- Okay.. - Ela falou.

- Minha mãe não vai estar em casa.. Significa que... Eu vou preparar o almoço...- Falei.

- Olha.. Meu amorzinho fazendo almoço pra mim...- Ela me deu um beijo na bochecha.

- Claro.. - Falei rindo. - Principalmente quando sábado é um dia muito importante para nós dois...

- Um mês juntinhos...- Ela falou animada. - Ebaaa! Desculpa me exaltei...

- Até demais..- Falei a abraçando. - Te amo minha loira..

- Te amo...- Ela selou nossos lábios.

- Eu sei que vocês se amam... Mas fazer os amiguinhos segurar vela é demais pra minha cabeça... - Caca falou nos fazendo separar levemente corados.

- Sábado comemoramos..- Ela falou.

- Usem camisinha..- Tulio falou nos deixando corados.

- Hmm... Ficaram vermelhinhos..- Lary falou brincando.

- Safados..- Caca.

- Vão se pegar em outro canto vão. . Até parece que são santos...- Falei ainda corado.

- Nossa.. Desculpa aí então..- Tulio.

- Eu vou ter que fazer tudo sozinha..- Lary. - Tô prevendo que o Mikhael não vai nem se coçar.

- Não vai mesmo.. Aquele lá.. Pede pra mudar de dupla...- Falei.

- Já pedi.. - Ela falou - Não dá...

- Eu te ajudo..- Tulio. - Já fiz o meu mesmo..

- Todo mundo com as namoradinhas.. E eu aqui abandonado..- Caca.

- Que fim que teve a  Anna? - Malena.

 - Faz muito tempo que a gente não se fala.. - Caca. - Desde o baile.

- Oxi por que? - Lary.

- Não sei..- Caca.

- Se quiser eu posso falar com ela depois.. Somos amigas mesmo..-  Malena.

- Eu vou junto com você Mah..- Lary.

- Tá... - Caca.

- Pokera topa ir lá em casa jogar vídeo game? - Tulio.

- Sim..- Falei - A gente se encontra na saída..

- Tá.. - Tulio. - Vem também Caca...

- Pensei que não ia me chamar...

- Tu é de casa..- Tulio.

- E eu vou fazer vários nadas.. - Malena.

- Somos duas...- Lary.

- Então vamos comigo pra minha casa.. Pelo menos não fico lá forever alone. - Malena.

- Tá..- Lary.

Voltamos para sala de aula. Como sempre me sentei na mesa de trás da Malena. Na aula de história ficamos de mãos dadas por de baixo da mesa.  Não sei da onde tiramos essas idéias.
 Logo o sinal tocou. Esperamos o professor entrar na sala. Soltei a mão dela rapidamente e peguei um caderno, fiz um rascunho do faria no sábado para ela. Faria uma bela de uma surpresa.

- Ei.. - Malena virou pra trás. Eu praticamente engoli a folha de papel. - Nossa.. Melhor maneira de disfarçar.

- Disfarçar o que? - Perguntei corando.

- Tá... O que você tá escondendo? Tá me traindo?- Ela perguntou.

- N-não.. Ah... Toma..- Falei entregando o papel a ela.

- Tava brincando...- Ela falou rindo. - Toma.. - Ela me entregou o papel. - Eu confio em você...

- Por isso que eu te amo..- Peguei sua mão e a beijei.

   Logo deu a hora da saída.  Levei a Mah para casa e fui para casa do Tulhão.

P.O.V Malena

- Malena se concentra... - Falei a mim mesma. - Não vai doer... - Abri uma pesquisa na Internet. Fiquei lendo. - Será que eu realmente estou preparada para isso? E se doer? Será que ele tá planejando fazer isso? E se acabar rolando um clima e ele não tiver camisinha? Será que eu devo levar? Droga.. Tantas perguntas. E o pior nem tem pra quem perguntar. Se eu perguntar para Moira ela vai rir, pra minha Tia ela me leva embora, pra minha mãe piorou.. Tem a Lary... Mas não... Como eu vou chegar nela e perguntar?

- Tá doida? - Lary perguntou na porta do meu quarto. - Tá falando com quem?

- Nada.. Deixa pra lá... - Falei fechando a aba de pesquisas do meu computador. - Faz quanto tampo que chegou?

- Desde que você falou em perguntar alguma coisa pra alguém.. - Ela falou. - Que foi?

- Eu tô preocupada com uma coisa...

- Com o que? - Ela perguntou curiosa.

- Não dá pra conversar sobre isso aqui.. - Falei. - Muito menos na escola..

- O que foi?

- Tô com medo..

- Mah...Que foi.. Dependendo eu posso te ajudar...

- Tá... - Falei me levantando e fechando a porta do quarto.

- Eita a coisa tem haver entre você e ele né?  - Lary.

- Sim... Você e o Tulio namoram a quanto tempo?

- Vai fazer um ano.. Por que?

- Eu tô com medo..

- Do que?

- É que.. Sábado eu e o Popok completamos um mês na verdade já estamos à 3 meses juntos..

- Tá com medo da primeira vez? - Ela perguntou - Mah.. Você nunca fez antes?

- Quase fizemos..  Mas sempre a gente acaba sendo interrompido ou eu acabo desistindo.. Só que agora vamos estar sozinhos nada pode segurar a gente..

- Mas do que você tem medo exatamente?

- Sei lá.. De doer, de acabar sangrando, se acabar alguém chegando na hora... São muitas coisas que eu tenho medo..

- Mah.. Eu não posso falar que não dói, vai doer um pouco, e varia da mulher se sangra ou  não. E se você não se sente preparada, espera até se sentir. Ele vai esperar.

- Não sei.. - Falei.  - Eu sei que ele quer..

- Você quer?

- Não sei.. Se não tivesse todo esse lance de dor e sangue...

- Mah.. Tem métodos pra não doer muito.. Tem lubrificante, você estar relaxada... Dizem que tem posições que ajudam também.. E se sangrar pode ter certeza que não vai ser muita coisa.

- Mas como eu vou levar lubrificante? Se ele não tiver e nem pensou nisso?

- Se ele não pensou tudo bem.. E se ele não tiver tudo bem também. É só pedir para ele ir com calma..

- Tá.. Obrigada..

- Que nada.. Mas lembre-se,  só faz se estiver preparada mesmo e não esquece de usar camisinha... Não quero minha melhor amiga grávida.. - Ela me abraçou. 

P.O.V Spok

Estava na casa do Tulio, estávamos jogando vídeo game. A única coisa que me vinha a cabeça era: o que eu vou fazer sábado? Já havia planejado tudo. Porém eu precisava de um plano B, caso o primeiro falhasse.
  Eu estava jogando quieto.

- Eita.. Por que todo esse silêncio? - Tulio.

- Tô pensando..- Falei.

- Bem vou perguntar em o que ou em quem..- Caca.  - Qual é o problema agora?

- Eu planejei tudo pra sábado... Só que uma coisa dar errado meu plano vai por água a baixo. - Falei.

- Precisa de um plano B? - Tulio.

- É...

- Qual é o plano A?  - Caca.

- Fazer o trabalho,  almoçar, conversar e.... Vocês entenderam.

- Ata... O plano B pode ser quase a mesma coisa. Só que muda, vocês ....... Por passar um tempo juntos, assistir um filme, jogar ou até mesmo trocar carinho...- Tulio.

- Quero fazer uma coisa diferente.. Sempre que estamos juntos fazemos a mesma coisa...

- Faz um jogo com ela.. É só olhar na Internet que você vai ver um...- Caca.

- Tipo aquele da comida... - Tulio. - Pega uma venda, cobre os olhos dela e vai dando algumas comidas. As que ela errar,  você cobra um beijo..

- Gostei.. - Falei. - Estava pensando em até mudar algumas coisas do meu quarto... Fazer uma coisa diferente.

- Sei lá... Compra flores, velas aromáticas... - Caca. - Meninas gostam dessas coisas.

- Seja fofo com ela que tudo vai dar certo.. - Tulio.

Amanhã é quinta feira. Vou aproveitar hoje para elaborar meu quarto.

- Vocês podem me ajudar com uma coisa?  - Perguntei.

- Claro.. E o que seria?- Tulio. 

- A mover uns móveis do meu quarto...

- Tá - Os dois disseram em coro.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...