História Um amor mais que real - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Andrei Soares "Spok" Alves, Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Malepok, Maryssa
Exibições 200
Palavras 944
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 44 - Preparativos


P.O.V Spok

 Hoje foi um dia normal na escola.  A Malena estava pensativa. E cheia de segredinhos com a Lary. Bom, não vou me meter. Mas que isso está estranho está.
 
 Os meninos foram lá para casa  me ajudar com a mudança.

- E então, estava pensando em fazer o que aqui? - Tulio.

- Sei lá... Dar um ar diferente.- Falei.

- Tá... - Caca - Alguém gente pode trazer a cama para cá, e empurrar o guarda roupas para essa parede aqui..

- Vai ficar legal..- Tulio. - Mãos a obra?

- Sim!

 Movemos toda a mobília. Foi difícil mover tudo porém vai valer a pena. Depois de 3 longas horas arrastando a mobília conseguimos arrumar tudo.

- Tá.. Quer ajuda com mais alguma coisa? - Caca.

- Tô pensando em espalhar umas fotos nossas pelo quarto...

- Quer ajuda pra editar as fotos? - Tulio.

- Sim.. Por favor..

Eu fiquei pelo celular, o Caue com meu computador e o Tulio com meu Tablet. Passamos um bom tempo editando. Logo imprimimos as fotos e as cortamos. Fomos até uma papelaria e compramos algumas cartolinas vermelhas e alguns papéis especiais para podermos montar um painel.

- Velho... Isso tá ficando muito legal.. - Caca.

- Como vocês acham que eu pedi a Laryssa em namoro? - Tulio - Vamos caprichar...  Tenho uma pessoa ideal para nos ajudar...

 - Se for a Lary esquece.. Ela e a Malena  estão cheios de segredinhos. - Caca.

- Nem me fala... - Falei. - Quero saber o que elas tanto falam.. Na sala de aula, no intervalo...

- Ciúmes? - Tulio.

- Talvez...- Falei

- Tamo junto! - Tulio.

- Oxi é só perguntar pra elas..- Caca.

- "Aí para de ser curioso" - Tulio.

- " Aí você não entende.." - Eu falei

- "É coisa de mulher você nunca vai entender" - Eu e o Tulio falamos em coro.

- Que raiva... - Falei.

- Da muita mesmo... - Tulio. - Eu fui tentar ler a conversa enquanto a Lary foi no banheiro não deu..

- Você tentou? - Perguntei.

- Sim... Sei que é alguma coisa  haver com você...- Tulio.

- Ta me zoando? Tô fudido..

- Ué.. Vai ver não é nada demais...- Caca.

 Continuamos fazendo painéis. Logo já havíamos feito tudo.

- Sério... Obrigado por me ajudarem... - Falei

- Amanhã a gente pendura tudo...- Tulio.

{No dia seguinte}

Já havia chegado da escola. Os meninos vieram comigo. Compramos balões e alguns outros coisas como velas e rosas vermelhas.

- Tem um lençol branco? - Tulio.

- Pega ali...- Falei.

- Você vai dormir aqui essa noite? - Tulio.

- Eu durmo na sala.. Pode arrumar tudo..

 Foram longas horas para montar o quarto. Compramos luzes para pendurar no meu quarto. Estava ficando tudo perfeito.
   Enchemos os balões e os espalhamos pelo quarto. Colocamos as velas pelo quarto também.  E espalhamos pétalas de rosas prelo chão. 
 O Tulio fez uma decoração na cama. Estava tudo perfeito. Saímos do quarto e fechamos a porta.

- Obrigado de novo.. - Falei. - Tá tudo muito lindo..

- Ela vai amar.. - Tulio.

- E você vai fazer o que pra ela comer? - Caca.

- Aparmediana... - Falei. - Se ela bebesse tomaríamos vinho... Mas a vida é injusta...

- Que chique.. Por que não tomam suco de uva? - Caca. - Vai dar o mesmo efeito.. Só que sem álcool.

- Boa idéia... - Falei - Agora só vou preparar a sobremesa...  E um bolinho cupcakes. Acho que ela vai gostar..

-  Olha.. - Caca. - Quero só ver...

Fiz uma mousse de chocolate. Comecei a fazer os cupcakes porém tivemos uma guerra de farinha. Coloquei os bolinhos para assar. Preparei o recheio e a cobertura. Seria "Veludo Vermelho" então tudo tinha que ser vermelho. E para variar tivemos outra guerra de comida. 
  Após detonar a cozinha da minha casa, tudo ficou pronto.  Havia feito 15 cupcakes, portanto após limparmos a bagunça comemos cupcakes, mandei o Tulio levar um pra Lary. Só espero que ele não coma no caminho.

{Dia seguinte}

     Acordei animada, hoje eu iria ficar com o Spok. Estamos comemorando nosso "1 mês" de namoro. Levantei, tomei meu banho.

- Droga que roupa eu devo usar? - Perguntei a mim mesma. - Já sei...- Peguei uma saia preta e uma blusa nua branca, após ter me vestido,  arrumei o meu cabelo  é coloquei meu tenis vermelho.
Me enchi de perfume. Havia passado creme e tudo mais. Tinha que estar perfeita. Passei uma maquiagem bem leve.  Esses dias a Lary me ajudou bastante.  Havia comprado roupas íntimas novas para usar hoje. Sim eu fiz isso..
  Peguei meu celular e o coloquei em uma bolsa. Fui até o banheiro e peguei uma camisinha.

- Nunca se sabe... - Falei a mim mesma.

Desci aquelas escadas correndo. Tomei café rapidamente.

- As 18h em casa ouviu mocinha? - Tia

- Sim.. Tchau.. - Falei saindo de casa.

 Fui andando até a casa do Spok. Cada vez que eu me aproximava da casa eu ficava mais nervosa.  Logo cheguei. Antes de bater na porta dei uma ajeitada na minha roupa. Logo ele veio abrir.

- Loira...- Ele falou me abraçando. - Tá linda....

- Obrigada..- Falei retribuindo o abraço.

- Vem.. Não podemos perder tempo..- Ele me puxou para dentro.

 Demoramos duas horas para fazer aquele bendito trabalho. E depois de fazer, limpamos a nossa bagunça.

- Agora sim podemos comemorar nosso aniversário de namoro..- Ele falou indo até a cozinha.

 Ele não me deixou fazer nada, ele fez tudo. Arrumou a mesa, montou os pratos. Deixou tudo perfeito.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...