História Um amor miraculouso - Capítulo 8


Escrita por: ~

Exibições 68
Palavras 1.740
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Magia, Musical (Songfic), Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Bom pessoal eu ainda quero ajuda para os shippers
Julia+Jake
E
Fox+Loup
Please
Boa leitura😉

Capítulo 8 - Confusão amorosa


*Marinette*

Era noite, por volta das 22:00, estava esperando para ver se Chat realmente cumpriria com oque combinamos, eu precisava ser sincera com ele, não poderia continuar assim, eu comecei a ama-lo, ele me fez esquecer o Adrien, eu vi um outro lado do Chat, não oque faz cantadas idiotas para mim na minha forma Ladybug, ou oque normalmente faz piadas nas horas mais inoportunas, eu comecei a ver o quão fofo, legal, romântico, lindo, e maravilhoso ele é, admito eu comei a amar esse gato tonto

  -Eu sabia, você gosta do Chat, Mari, eu sempre soube que você se apaixonaria por ele
  -Pois é Tikki, como o mundo da voltas, eu realmente comecei a amar o Chat, eu vi ele alem das piadas péssimas, e das cantadas idiotas, sabe ele me conquistou
  -Mari isso é tão fofo, finalmente meu shipper vai ser real
  -Pera ...oi? Você shippava nos dois?
  -Ai Marinette, eu e toda Paris quer que Ladynoir seja real
  -Eu vou ter que lidar com isso o resto da minha existência
  -Ei Mari, você vai mesmo revelar seus sentimentos e sua identidade para ele?
  -Vou Tikki, eu tenho certeza que posso confiar nele, eu vi o outro lado Chat, e percebi que ele não é tão imaturo quanto eu pensava
  -A decisão é sua, eu sempre quis que você se revelasse para ele, afinal vocês são parceiros, e devem confiar um no outro
  -Obrigada por me entender Tikki, eu....

Nessa hora ouvimos um barulho vindo da janela, era ele, ele cumpriu com o combinado, não muito pontual, mas ele veio

  -Ola Chat
  -Ola princess
  -Então gatinho, preciso mesmo falar com você
  -Princess, você está deixando esse gatinho curioso
  -Eu preciso dizer isso, faz um tempo que eu sinto isso e agora é meio difícil de esconder isso, Chat eu me apaixonei por você, eu comecei a ver um lado seu que nem imaginava que existia, você me ensinou a amar de novo, sabe eu estava decidida a largar o meu amor platônico de escola e nunca amais me apaixonar, eu comecei a esquece-lo, e você começou a me visitar toda noite, e com isso eu vi um novo Chat, além das piadas sem sentido, e as cantadas bestas, sabe você me fez ver oque realmente é amor, eu.....

Ele não me deixou terminar, se aproximou de mim e me beijou profundamente, ele foi me guiando até minha cama, quando me dei conta Chat estava por cima de mim, me beijando cada vez mais profundo, ele passava suas mãos pelo meu corpo todo, então depois de tanto aproveitarmos o nosso momento, nos separamos

   -Mari, eu comecei a te amar, te ver de um jeito que eu nunca vi, desisti da Ladybug por você, porque comecei a te amar, mas uma parte de mim ainda é apegado a Ladybug, e eu acho que seria mais fácil se vocês duas fossem a mesma pessoa, e....
  -Chat, você não sabe o quão essas palavras são as melhores que eu poderia ter ouvido
  -Mari, eu não estou entendendo, qu...
  -Tikki Transfor me

Não deixei que ele completasse a fala, me transformou em Ladybug na frente dele, ele estava chocado, não sabia oque fazer ou dizer, abria e fechava a boca varias vezes, até que ele me agarrou pela cintura me pegou no colo e me girou, ele estava rindo, estava tão feliz e lindo com aquele sorriso no rosto, então ele me colocou no chão

  -Tikki reverter
  -Você não poderia ser ninguém melhor.... Ladybug
  -Tive medo que você me achasse uma decepção, Tikki tinha razão desde o começo, eu fiz o certo ao confiar em você
  -Você confiou sua identidade a mim, agora é minha vez de confiar a MINHA identidade a você
  -Chat não precisa fazer isso só porque eu te mostrei quem sou
  -Não estou fazendo isso porque revelou sua identidade, estou fazendo isso porque confio em você, e porque eu quero que você saiba quem eu sou, só não se decepcuone ao descobrir a identidade do seu gatinho, e antes de tudo desculpa nunca ter notado
  -Chat oque você....

Ele não me deixou terminar, logo uma luz verde o cobriu, tive que fechar meus olhos por causa da claridade, eu não sei porque, mas não tive coragem de primeira de descobrir meus olhos, então ele suavemente retirou meus braços da frente do meu rosto, mas eu estava de olhos fechados, senti seu dedo em meu queixo o levantando devagar

  -Mari, abra os olhos por favor

Sua voz continha excitação, abri meus olhos lentamente, e não estava preparada para oque vi na minha frente, Chat era o Adrien, o cara por quem eu tinha um amor platônico, pelo qual eu desisti por achar que não tinha chances, mas ele, o tempo todo era ele, o gato que jogava cantadas horrorosas para mim, Ladybug, fazia piadas em momentos inoportunos, e jogava indiretas para mim, eles eram a mesma pessoa, eu nunca amei duas pessoas diferentes(Sun: tecnicamente sim querida, afinal o jeito de cada um ser é BEM diferente), eu sempre amei a mesma pessoa

  -decepcionada?

Me joguei em seus braços o abraçando forte

  -Não poderia estar mais feliz
  -Achava que avia desistido de mim?
  -"Desisti" porque achava que não tinha chances, mas vejo que chances eu sempre tive, mas eu não queria continuar amando alguem, cuja a pessoa eu nem conseguia dizer uma palavra sem gaguejar
  -Mari...eu te amo
  -Também te amo Adrien

Selamos nossos lábios em um beijo doce e apaixonado

  -Adrien...dorme comigo?
  -Claro Princess

Ele abriu um sorriso maroto, gato tonto, nos deitamos de conchinha, e eu logo peguei no sono. Acordei na manhã seguinte com duas vozes discutindo

  -...esfomeado, isso que você é
  -Adrien você é um péssimo dono, eu só quero meu Camembert
  -Adrien...?
  -Bom dia Mari, esse é o Plagg meu kuami
  -Prazer, Marinette você por acaso não teria Camembert?
  -Claro, é meu queijo preferido, vou pegar lá embaixo junto com os cookies da Tikki
  -Garoto se deixar essa garota escapar, eu juto que te mato

Deixei os dois no quarto ainda discutindo, os dois juntos eram uma piada, peguei o queijo do Plagg e os cookies da Tikki, e subi até meu quarto, os dois ainda estavam discutindo

  -Ei Tikki, aqui estão seus cookies
  -Mari, trouxe meu queijo?
  -Sim Plagg, aqui está

Plagg pegou o queijo inteiro e comeu tudo em questão de segundos, UAU quem dera Tikki fosse rápida em comer

  -Mari eu vou ir para casa, porque se Nathalli entrar no meu quarto e não me ver lá, estarei em grandes problemas, mas eu passo para te levar para a escola
  -Ok, ate Gatinho
  -Até Princess

Depois que ele saiu fiz minhas higienes, coloquei uma blusa soltinha vermelha, um short preto, e um tênis rosa, fiz um coque bagunçado, e desci para tomar café, peguei uma caixa e coloquei 7 croissants dentro, um para cada um dos meus amigos, também vou levar um de queijo especial para o Plagg, sai de casa e vi a limousine do Adrien parada em frente a padaria, entrei no carro comprimentei o Adrien com um beijo

  -Oi Adrien, trouxe croissants
  -Hum..

Ele pegou um croissant, mordeu um pedaço e revirou os olhos, ele estava tão engraçado fazendo aquela cara

  -Cadê o Plagg, trouxe um croissant de queijo para ele
  -Mari você é incrível, cadê a Tikki
  -Na minha bolsinha

Plagg entrou na minha bolsinha junto da Tikki

  -O Plagg não vai encomodar se ficar com a Tikki?
  -Não se preocupe Adrien, alem do mais os dois se gostam e são tão fofinhos juntos

Adrien e eu começamos a rir, fomos o caminho inteiro conversando sobre um meio de unir o Plagg e a Tikki, chegando na escola, Adrien fez questão de abrir a porta da limousine para mim, entramos na escola de mãos dadas com todos os olhares em nós, até que a Chloe chegou se esfregando no MEU Adrien

  -Adrichou porque você está de mãos dadas com a Maritonta?
  -Tonta? Eu sou a tonta? Se toca garota a tonta é você por não ver que ele não gosta de você, ninguém te atura Chloe
  -Escuta você sabe quem é meu pai garota?
  -Sei, mas você lembra daquela gravação que eu e a Alya fizemos de você?, é pois é, podemos mostrar para o seu papai Chloezinha

A Chloe saiu de perto de nod pisando duro, logo o sinal bateu, fomos direto para a sala, pedi para o Nino trocar de lugar comigo, a aula estava muito chata, até que ouvimos um estrondo enorme vindo do lado de fora da escola, e derrepente foi aberto um buraco enorme na parede, e uma garota vestida com um vestido vermelho e roxo cheio de corações surgiu, ela me olhou com raiva e apontou sua arma para mim, eu estava paralisada não conseguia me mecher, até que sinto Adrien me puxar para fora da sala, nos escondemos atrás das escadas e nos transformamos

  -Tikki transfor me
  -Plagg mostrar as garras

Chagamos no local da luta, Fox e Loup já estavam lutando contra a Akumatizada, pelo que percebemos ela era uma fã do Adrien, e nos viu juntos de mãos dadas, e acabou ficando com raiva de mim, assim sendo akumatizada, o raio dela fazia com que a pessoa não tivesse nenhum sentimentos, nem bons e nem ruins, a pessoa entrava em um estado de morte em vida, a akumarizada era forte ágil e lutava muito bem, Chat foi arremessado para uma parede

  -NÃO!!!!! CHAT!!!!

No meu momento de distração a akumatizada me jogou no chão, Loup avia sido atingida pelo raio, estava com os olhos negros e olhava para o além, como se ela não tivesse motivo nenhum para prestar atenção no que estava em sua frente, Fox tentava a todo custo fazer Loup voltar ao normal, mas não daria certo, eu achava que esse seria nosso fim, até que vejo a akumatizada ser arremessada no chão, me levando e vejo um tigre em cima dela, de longe vemos uma figura vestida com um vestido azul claro, e um arco e flecha nas costas, ela veio até nos e avançou na akumatizada, quando ela pegou o objeto akumatizado, o jogou para mim

  -Hora de aniquilar a maldade.....te peguei.....bye bye pettit papillon

Tudo voltou ao normal, Loup já avia saido de seu estado morte em vida, e estava muito confusa, olhamos para a garota que avia nos ajudado, ela subiu encima do tigre e saiu sem dizer quem era ou se aptesentar


Notas Finais


Bom pessoas
Eu vou estipular uma quantia de comentários e favoritos para eu poder postar o próximo cap
Sabe não é fácil fazer um cap sem saver se vcs estão gostando ou não
Então para eu postar o próximo cap eu estipulou que devera ter 1 comentário e 1 favorito
Muito obrigada
Me ajudem com os Shippers
E claro comentem e favoritem
Beijos da Sun😙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...