História Um Amor Para Recordar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook
Tags Jikook, Kookmin
Exibições 20
Palavras 834
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Mutilação, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Quando estiver em itálico é a lembrança do Jimin.
Espero que gostem 😘

Capítulo 1 - Isso é roubo!


Fanfic / Fanfiction Um Amor Para Recordar - Capítulo 1 - Isso é roubo!

Era meados de agosto quando recebi a notícia que iria voltar para a Coréia, mas especificamente, para uma vida de trabalho. Meus pais eram divorciados, cada um vivia em um país diferente e trabalhavam em postos diferentes, porém, na mesma empresa. Eu, por outro lado nunca fui um garoto de negócios, amava ser livre e a natureza. Sim, eu nutria de um amor por ela, assim como as pessoas tem por estrelas, animais marinhos, cães, gatos e etc. Em um certo ponto poderia ser dito que eu queria me tornar um biólogo, ou qualquer coisa parecida, mas na verdade, apenas queria ter meu próprio restaurante e viver bem. Sem família nem nada, nunca tive o sonho de me casar ou ter filhos. Prefiro sozinho do que mal acompanhado.

Isso pode acabar se tornando mais uma daquelas histórias clichês. Mas atenção, eu disse "pode", não disse que iria. A maioria das histórias começam com um "esbarrão", no sentindo literário e no figurado. Na verdade essa começa quando tentei pegar um taxi e um garoto veio a me roubar, nada que eu não pudesse deixar de lado, a diferença é que isso veio a acontecer por mais ou menos 3 semanas, e no final, eu o impedi e o perguntei:

-Qual o sentido de roubar o meu táxi sempre?- segurei a cola de sua camisa com força, enquanto mantinha minha mão esquerda fechada para conter minha raiva.

-Talvez seja para o senhor me notar?- meu rosto fez um completo ponto de interrogação(?), enquanto a pessoa a minha frente sorria de forma divertida.-Se me permiti...não sou uma criança,preciso ir.- e simplesmente entrou no meu táxi e saiu.

Certo, aquele garoto estava brincando comigo e eu não deixaria.

Esse garoto havia voltado outras vezes?Bem, disso já não sei, havia parado de pegar o táxi no mesmo local de sempre. Fiz uma pequena mudança que agora me era possível pegar algum táxi sem que me fosse "roubado". Só que havia algo...o garoto havia mudado seu posto, e agora,pegava o táxi no mesmo lugar que eu.

Certo, prometi a mim mesmo que não iria jogar o mesmo na frente do primeiro automóvel que eu visse.

Não demorou muito e o jovem garoto veio me perguntar o por que de o estar seguindo?E eu o respondi dizendo que na verdade, era ele que me seguia. Isso nos rendeu uma pequena discussão que foi ouvida por quem ali passava ou estava. Sim, eu tenho 22 anos e brigo com pessoas que tem fetiches por roubar o táxi de terceiros. Apesar de tudo, o garoto parecia saber dialogar bem com qualquer pessoa e ele me fez parecer uma criança birrenta.

1 ponto para o desconhecido.
0 para Park Jimin.

Passado algum tempo, para ser mais correto, 2 meses. Não que eu tenha contado, longe disso, mas é algo que percebi...o chato e ignorante garoto não apareceu mais, ele simplesmente nunca mais roubou meu táxi, porém sentia saudades de brigar com o mesmo e ver seu sorriso sarcástico. E se passaram mais uma semana e nada do indivíduo. Então, em uma bela manhã de outubro, meu ombro sentiu o toque leve de alguém, e adivinha quem era:se você disse o garoto desconhecido...está e...e...(me desculpem,isso não é Passa Ou Repassa) exata!Sim, a pessoa do toque suave era ele mesmo.

-Sentiu minha falta?- aquela voz quente em contato com minha pele gelada me proporcionou um arrepio visível.

-E-eu?De você?- ri divertido, enquanto me xingava por pensamentos. Como um homem de 22 anos tem a coragem de gaguejar com um rapaz de mentalidade idêntica a um bebé?

-Park Jimin,você não é bom com mentiras.- sorriu enquanto chamava um táxi com aquele sorriso debochado em seu rosto.

Mas como ele sabe meu nome?Certo, acho que estou lidando com um stalker.

-Ei!- chamei o jovem garoto que apenas sorriu antes de entrar no táxi e me deixar sem resposta. Observei o táxi sumir na estrada,  enquanto tentava processar melhor o modo como o pentelho havia me chamado.

Park Jimin?Sim, esse é o meu nome. Mas como aquele garoto sabia?

(...)

Minutos mais tarde, após pegar um táxi, cheguei em casa e me lancei no sofá deixando tudo que estava em minhas mãos repousar no chão. Ainda deitado aproveitei para afrouxar a gravata e abrir minha camisa.Respirei fundo e esperei que o ar gélido tocasse minha pele com cuidado me refrescando.

Ah,por que teria que pensar nele agora?Por que ele?Tendo tantas pessoas no mundo, tenho que pensar justamente no "ladrazinho de táxis"?Aishi!

Meus dias são cansativos depois do trabalho.Chego em casa,deito,troco de roupa,tomo banho,como e durmo. Sempre foi assim, nunca havia algo de novo, mas acho que só mudou assim que o desconhecido entrou em minha vida.Parando para analisar agora...admito que ele é lindo.

(...)

Espere.Já continuo,mas antes tenho que pensar melhor no que irei escrever,não posso apenas jogar as palavras e esperar que vós as entenda.Deixe-me tomar um gole d'água,enquanto isso vocês pensem melhor no que estar pôr vir ou apenas lêem novamente o que já está escrito.

Continua...


Notas Finais


E ai?O que acharam?Como está?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...