História Um Amor Para Recordar - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Castanhari, Igor Cavalari (Igão Underground), Júlio Cocielo, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Rafael Moreira
Personagens Daniel Mologni, Júlio Cocielo, Lukas Marques, Personagens Originais, Rafael Moreira
Exibições 36
Palavras 488
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá docinhos. Primeira fanfic postada aqui, claro que viram outras. Espero que gostem.
Xoxo

Capítulo 1 - A Mudança


           P.O.V Bia 

 Meu pai seca algumas das minhas lágrimas mas mesmo assim permaneço chorando. Não queria ter que deixá-lo, gostaria de ficar com ele e as meninas. Mas ir é melhor, segundo minha mãe. Puxo um pouco mais para baixo as mangas da blusa de frio, meu pai me solta do abraço e deposita um pequeno beijo em minha testa com um sorriso entristecido, minha mãe chama, aceno e viro em direção ao portão se embarque. Quase passando pela porta ouço três vozes que eu reconheceria em qualquer lugar do universo. Giro meus calcanhares e vou correndo em direção a Letícia, Júlia e Ariel. 

 — Achou mesmo que deixaríamos você ir embora sem a tradicional despedida? - Letícia fala com uma voz embargada me abraçando.- 

 Ontem fomos a uma pizzaria e depois a um parque de diversão. Melhor despedida. Júlia e Ariel me abraçaram também. Ju se manteu forte mas Ariel derramou o rio Nilo pelos olhos, bom, eu também. 

 — Calma meninas. Será por pouco tempo, quando piscarem os olhos ela vai estar de volta. - brinca minha mãe. A chata voz avisa o embarque imediato. -

— Não deixa ela arrumar outras amigas tia. -Ariel berra.-

 Ali acaba tudo. Ia largar todos ali e viver a vida em outro lugar. Quebra de tempo O táxi para na frente da minha nova casa, há alguns meninos jogando bola na rua, cinco para ser exata. Desço do carro indo para a parte traseira do mesmo, pego minha mochila e bolsa do porta malas e encosto no muro esperando dona Patricia, ela passa por mim abrindo o portão e porta. A casa já era mobiliada, isso significaria que não iria demorar para voltar pro meu lar de origem. Prendo me em meu quarto, me jogo na cama encarando o teto com pensamentos aleatórios só que nenhum deles me conforta e por isso decido arrumar minhas coisas em quarda roupa e banheiro. Ao acabar saio de onde estava e vou até a sala, mamãe me espera com um sanduíche e suco. Sento no sofá e começo a comer, quando engulo o primeiro pedaço solto um suspiro de alívio, comida de verdade é ótimo.

 — Aqui vão as regras: Pouquíssimas pessoas quando eu estiver fora. Quando for pro colégio venha direto pra casa e vice e versa, se tiver que ir para algum lugar me ligue avisando. Essas são as principais, você me entendeu? - confirmo com a cabeça, ela passa a mão em meus cabelos e se levanta dizendo que vai me matricular no colégio daqui que fica um pouco mais de seis quadras de casa. Ela indagou se eu queria ir, neguei e pedi para que ela desse o endereço exato quando voltasse. - 

 Ela foi. E lá estava eu. Novamente só, cansada. Minha mãe passaria 99% do tempo longe, não tinha meu pai e nem minhas amigas por isso voltarei e me relacionar com minha antiga conhecida, a lâmina.


Notas Finais


Comentem. Kiss e até o próximo capítulo.

Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...