História Um Amor Para Recordar - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Castanhari, Igor Cavalari (Igão Underground), Júlio Cocielo, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Rafael Moreira
Personagens Daniel Mologni, Júlio Cocielo, Lukas Marques, Personagens Originais, Rafael Moreira
Exibições 31
Palavras 772
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi oiiiiiiii. Tudo bem? Comigo sim, tenho um pequeno aviso, espero vocês lá embaixo.

Capítulo 2 - Novo Colégio e Novos Amigos Part. 1


                 P.O.V Bia 

 Acordo com alguma batidas intensas na porta, dona Patrícia e sua pontualidade estressante. Saio de meus confortáveis lençóis, não queria ir para a escola, preferia ficar em casa e assistir meus filmes. Preparo a roupa sobre a cama e me guio até o banheiro, entro trancando a porta. Nua e dentro do box eu procuro coragem para entrar no chuveiro, os cortes feitos ontem ainda ardem, deixo um gemido agoniante quando a água morna toca meus ferimentos e por isso tomo um banho rápido. Retorno ao quarto com a toalha enrolada no quarto, jogo a mesma em algum lugar e começo a me vestir, procuro desesperadamente achar um casaco pois sem ele eu fico aqui e vou pra lugar nenhum. Acho o mesmo amassado debaixo da penteadeira, visto-o e aproveito para me olhar, o reflexo chega a me assustar um pouco: mesmo tendo a pele moreninha, estou pálida, meu cabelo ondulado vive preso de uma forma não elegante. Pareço uma morta viva. Aperto minhas bochechas na tentativa de trazer um pouco de cor. Pego minha mochila que habita a cômoda e vou para o centro da casa mais conhecida por sala. 

 — To aqui. - minha mãe poe um prato com um sanduíche e uma caneca com leite com achocolatado.- 

 — Já deixei almoço pronto, está no microondas, quando chegar esquente, coma e faça seu dever de casa. 15:00 eu estou de volta. Volto a empresa no inicio da noite.

 — Okay mãe. Já vou indo, meu quarto está arrumado. -levo prato e copo na pia, recolho celular, chave e mochila. Saio porta afora. -

 Goiânia está com o ar frio hoje, o que é bom já que ninguém iria olhar estranho por estar calor e eu ficar com blusa de frio. Enquanto eu luto para desfazer os nós do fone de ouvido, dois meninos que conversavam param perto de mim.

 — Oi. Você que se mudou pra cá ontem não é? - diz o moreno um pouco mais alto e de óculos, ele carrega um olhar simpático o suficiente para me fazer sorrir.- 

 — Er... Foi sim. - ponho um dos lados do fone no ouvido, passo a extensão por dentro da blusa e acoplo a ponta no celular e seleciono alguma coisa da playlist.-

 — Vimos ontem você chegando... Estamos jogando bola aqui. - ele sorri piscando o olho, me senti tímida, ele era bem bonitinho, diferente do de óculos ele parece mais íntimo e eu nem o conhecia.- Meu nome é Lukas, o dele é Daniel.

 — Pra-prazer, meu nome é Bianca mas prefiro Bia. 

 — Não precisa gaguejar, keep calm. - Daniel gargalha. - Está indo pro colégio da rua de baixo? 

 — Vou sim, é meu primeiro dia. - deslizo os dedos pelo cabelo, fico receosa de falar com eles a menos de 10 metros de distância da minha casa, mamãe poderia surtar-

 — Vamos pra lá também, podemos ir juntos e ai você fala de você. - Lukas sugere e eu acabo concordado, vamos os três caminhando pela rua basicamente deserta. Eu no meio, Lukas do lado esquerdo e Daniel do direito.- 

                 P.O.V Lukas

 Eu tinha olhado ela assim que havia chegado, ela parece nova demais para ter uma sombra de angústia nos olhos. Foi o que Daniel comentou quando a vimos no portão de sua casa. Nesse momento achamos que talvez ela precisasse de amigos e fomos até ela. 

 — Por que veio morar aqui? - Daniel começa, ela ri sem graça mas responde.-

 — A empresa que minha mãe trabalha transferiu ela para cá. -ela é rápida na resposta.-  

— Onde você morava? - pergunto.- — Recife. - isso explica porque o sotaque ela é engraçado e ao mesmo tempo fofo.- 

 Logo, logo chegamos na portaria da escola, estávamos 11 minutos atrasados e por isso subimos as pressas para nossa sala. Ela ficou na frente da classe, ela tinha que se apresentar e blá blá blá. Me sentei na decima primeira cadeira da sala ou seja a última e guardei um lugar a minha frente que seria o dela. 

 — Pessoal essa é a nova aluna, espero que a recebam bem. Eu sou Romero, professor de química e agora se apresente para todos. - ela parecia nervosa, sorri pra ela que retribuiu e relaxou visivelmente.-

 — Meu no-nome é Bianca Maria, tenho... 15 anos, vim de Recife porque minha mãe foi transferida para cá e só. -ela suspira,algumas pessoas dizem um seja bem vinda porém ouço um comentário de Rodrigo e sua turminha.-

 — Gatinha, está meio maltrada mas eu pego mesmo assim.

A coitada mal chegou e já terá dor de cabeça.

  


Notas Finais


Voltei! Bom, só para avisar os dias de postagem são as terças, sextas e domingos. Espero que estejam gostando, sweet beijos
Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...