História Um Amor Para Recordar - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Castanhari, Igor Cavalari (Igão Underground), Júlio Cocielo, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Lukas Marques & Daniel Mologni (Você Sabia?), Rafael Moreira
Personagens Daniel Mologni, Júlio Cocielo, Lukas Marques, Personagens Originais, Rafael Moreira
Exibições 29
Palavras 1.112
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI MEUS GATINHOS E GATINHAS, pessoas lindas, cheirosas e gostosas. Tudo bem? Esse capítulo ficou melhor que o outro (Glória a Deus). Chega de enrolação e boa leitura.

Capítulo 4 - Desconfiança, Cabulando aula e primeira briga


Fanfic / Fanfiction Um Amor Para Recordar - Capítulo 4 - Desconfiança, Cabulando aula e primeira briga


                P.O.V Daniel

 Meu despertador toca, fico imóvel na cama e apenas estico o braço para fazer o despertador parar de fazer barulho. Sento-me, estico o corpo e vou ao banheiro. Tomo banho e visto, assim que pego minha mochila me lembro que não troquei os livros, bufo e substituo os livros de história e português por física, inglês e matemática. 

Com bolsa organizada, vou para sala tomar café. Ao terminar de escovar os dentes meu celular vibra, desbloqueio o mesmo e vejo a mensagem de Lukas.

Lukas: Vou estar só hoje, bora jogar? 

Daniel: Eu chamei a Bia pra cá esqueceu? 

Lukas: Trás ela também e você já pode vir me buscar. 

Daniel: Você nem deve estar pronto -_- 

Lukas: Eu tô. Só falta achar a camisa do colégio. 

 Rio e bloqueio o aparelho pondo ele dentro da mochila. Saio de casa descendo três quarteirões, notando agora a casa do Lukas é bem mais perto da Bianca. Como se fosse uma diagonal bastante íngreme. Logo ele passa pelo portão e ficamos alguns minutos parados na esquina esperando nossa nova amiga. 

 — Ela já deve ter ido. - digo dando um leve tapa em seu braço.- Encontramos ela lá! 

— Qual é? Não mata esperar um pouco mais. - ele suspira e olha fixamente para a porta da casa dela.- 

 — Calma Romeu, se não a vimos sair ela vai estar no colégio. Vamos. -começo a ir empurrando ele.- E que agonia é essa que não consegue esperar para vê-la? Já se apaixonou? 

 — Seu cu. - ele revira os olhos e sai em passos rápidos. Desde que à vimos chegar Lukas não para de falar nela, até já sei o fim dessa história.- 

 Assim que chegamos, vemos Bianca no pátio, minha primeira reação ao vê-la é franzir a testa. Provavelmente são uns 29C° e ela está com blusa de mangas compridas. Iria falar com ela se Lukas não tivesse chegado primeiro. Balanço a cabeça e me sento ficando de vigia para o futuro casal. 


             P.O.V Lukas 

 — Oi Bia. - sorrio e me sento ao seu lado.- 

 — Oi. - ela diz sem desviar a atenção de seus tênis. Seu oi foi duro e frio. Como se tentasse não se aproximar.- 

 — Nossa que oi seco. - rio e recebo um olhar do tipo: “pare de ser ridículo ”.- Bem diferente de ontem, está tentando me afastar?  

— Sim, estou. Você e Daniel. - finalmente ela olha para mim para ter um conversa. Os belos olhos castanhos trazem uma ponta de angústia.- 

 — Por que?

 — Porque eu não vou ficar, vou voltar pra casa e não quero me apegar a ninguém aqui para depois ficar chorando por ter deixado alguém para trás. Não quero cometer o mesmo erro duas vezes. - seus olhos se enchem de água, instantaneamente eu a abraço.-

 Pressiono seu corpo fortemente contra o meu. Seu rosto é quente, sinto poucas lágrimas escorrerem por seu rosto e molharem meu ombro. Algumas pessoas nos encaram mas logo voltam a sua conversa com seus amigos. Ela se afasta de mim bruscamente, recolhe suas coisas e sai como um raio. Penso em ir atrás porém o sinal interrompe meus pensamentos. 

No caminho para a sala encontro Daniel e obviamente ele pergunta o que aconteceu, explico a ele o ponto de vista da Bianca e o meu. 

 — Bom, acho que existe mais razões. Talvez devêssemos mostrar que queríamos ser amigos dela e que mesmo que ela vá embora isso não significa que nunca mais a veremos. - entramos na sala e nos sentamos, o lugar a minha frente está vazio e espera por ela.- 

 — Exatamente. Ela vai lá para casa?

 — Não falei com ela, quando ela chegar eu digo. -esperamos um pouco e ela chega junto com o professor de física, seus olhos passeam pelo lugar e param na cadeira à minha frente. Seu suspiro incômodo me entristece levemente.-  

Quebra de tempo

 Marcos [ N/a: Professor de física. Depois faço uma pequena lista de professores.] Nos deixou a vontade para conversar já que faltava poucos minutos para acabar sua aula. 

 — Bia. - Daniel a chama fazendo a mesma olhar.- No lugar de ir lá pra casa, vamos pra casa do Lukas?

 — Okay. - ela confirma com a cabeça e um pequeno sorriso. Logo o professor sai e alguns alunos vão pro fundo da sala e pulam a janela.- O que estão fazendo? 

 — Cabulando aula. Isso é óbvio. - digo me levantando junto com Daniel.- A gente também vai, vem conosco.

Seu cenho se franze. Queria descrever o quão fofo é ela fazendo isto e mordendo o lábio inferior mas me faltam palavras para espressar.

— Vamos nos meter em problema? - ela se levanta, Daniel está sentado na janela esperando pela gente.-

— Não. Se quiser ficar tudo bem mas se quiser ir... - estendo a mão para ela. No primeiro instante ela recusa mas quando insisto mais uma vez ela aceita e toma minha mão na dela. O toque dá um pequeno choque em meus dedos porém a sensação é bastante agradável.-

Pulo primeiro para ajudar Bia do outro lado, saímos no momento exato, assim que os pés dela tocam o chão conseguimos ouvir a porta da sala ser aberta e isso indica que a professora de inglês havia chegado. Daniel, Bianca e eu corremos portão a fora. Encostamos na esquina cansados e ofegantes.

Ficamos conversando até dar a hora de ir embora, hoje é dia de sair mais cedo. Retornamos a sala,pegamos o que é nosso e vamos para casa.

               P.O.V Bia

Assim que chego minha mãe já esta dentro de casa, mais precisamente no sofá.

— Oi mãe. - jogo a mochila na poltrona.- Posso te pedir algo?

— O que? -ela me olha como se houvesse um sorriso em seu rosto mas acho isso muito difícil já que ela quase nunca sorri.-

— Posso ir pra casa de um amigo meu?

— Que amigo? - seu rosto se fecha-

— Lukas e o Daniel vai estar lá. Somos da mesma sala. 

— Eu não conheço eles muito menos seus pais. Não acho boa ideia deixar você ir.

— Mas são meus amigos mãe. -droga! Já me sentia intima deles já que foram os únicos daquele lugar que interagiam comigo.-

— Mas e se forem meninos mau caráter? - ela levanta a voz-

— Esses talvez meninos de mau caráter ficam mais tempo comigo do que você que é mãe. Se não tivesse me arrastado para cá eu ainda teria as amigas que você conhece. - eu também gritava.-

— Não vou discutir com você. Aliás, acredito que não vamos voltar, arrumei um segundo emprego aqui. -ela sai batendo a porta e fazendo o mundo desabar sob minha cabeça.-


Notas Finais


Ops. Acho que ficou muito grande hahaha. Segunda que vem chega a minha semana de provas e talvez atrase as postagens.
A fic é dividida em sua fases: Fase adolescente e fase adulta. Só não sei se farei tudo em uma fanfic só ou farei outra só pra eles adultos. Não esqueçam de favoritar e comentar. Divulguem pros amigos fodinhas
Adeuszinho, até sexta, sweet beijo e bye.
Xoxo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...