História Um amor pelo qual lutar


Escrita por: ~


Sinopse:
Um professor e um aluno... Um amor proibido e frágil, que a qualquer segundo pode se romper.
Um estudante do primeiro ano do ensino médio e um do terceiro, amaldiçoados por uma garota sem amor próprio que quer vingança contra seu (não exatamente) "ex-namorado".
Um jovem apaixonado pelo colega de classe, cujo coração já tem um dono, mas que tem medo de amar e se decepcionar.
Até onde se deve ir em nome de um grande amor?
Iniciado
Atualizada
Idioma Português
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Ecchi, Lemon, Originais, Romance, Romance Gay, Sexo, Sexo Gay, Yaoi
Exibições 705
Comentários 10
Palavras 7.458
Terminada Não

Fanfic / Fanfiction Um amor pelo qual lutar
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Lista de Capítulos

Capítulo
Palavras
1.
O novo professor
2
216
1.524
 
2.
Dedicado a você
2
150
1.227
 
3.
"Eu quero ficar com você"
1
146
1.090
 
4.
Único incomparável
0
99
1.349
 
5.
Tapa na cara
2
69
1.143
 
6.
O novo amigo, a nova paixão
3
25
1.125

Gostou da História? Compartilhe!

Comentários em Destaque

Postado por ~teozinhoo
Capítulo 2 - Dedicado a você
Usuário: ~teozinhoo
Usuário
Sério, necessito do próximo capítulo aushaush. To amando a fic!
Postado por ~QueenElsaCold
Capítulo 1 - O novo professor
Usuário: ~QueenElsaCold
Usuário
Oi e parabéns!!!! 👏👏👏
Adorei a sua forma de escrita e o dessenrrolar da fic, é muito simples e exótica ao mesmo tempo.
Percebi um pouco de "Tom Violetta" que só somou mais atrativos bons à história.
Você nasceu com o dom da criatividade e usa ela muito bem... O Thomaz quebrou a cara – e o coração –, mas eu pude perceber o quão ele é forte psicologicamente, por não sair por aí chorando. E gostei também da intimidade da Ingrid e André, por sinal ela é bem esperta, sacou tudo de cara
Encerrando: tudo foi perfeito e só não dou nota mil, porque não pode, mas saiba ainda que mil é muito pouco pra tudo isso. Você é otimo. Tchau!!